Sócios são a saída para o Santos

O Santos precisa e vai oferecer muito aos seus sócios. Eles garantirão um time grande e forte para sempre. Ha muito o que fazer e tenho esperança de que a nova gestão do Santos, que assumirá a partir das eleições de dezembro de 2014, vai priorizar o sócio como nenhuma outra. É possível chegar a 100 mil, 200 mil sócios. É preciso criatividade, trabalho e contrapartidas ao associado do Santos. Tenho muita fé de que isso será feito.

Este espaço está aberto a todos os santistas que tenham ideias não só para aumentar o quadro associativo do Santos, mas para oferecer mais vantagens e prêmios aos que se associarem ao clube.