Lula, 13 anos de Santos, o técnico que descobriu Pelé, Coutinho, Pepe, Del Vecchio, Lima, Edu, Clodoaldo…, e Leão, campeão brasileiro de 2002 com a geração de Robinho, Diego, Elano, Alex, Léo & Cia.

Luis Alonso Peres (Lula)
963 partidas (1954-1966)
2 Taças Intercontinentais (1962 e 1963)
2 Taças Libertadores da América (1962 e 1963)
5 Taças Brasil (1961, 1962, 1963, 1964 e 1965)
4 Torneios Rio-São Paulo (1959, 1963, 1964 e 1966)
8 Campeonatos Paulistas (1955, 1956, 1958, 1960, 1961, 1962, 1964 e 1965)

Antonio Fernandes (Antoninho)
370 partidas (1951, 1953-1954, 1966-1971)
1 Recopa Mundial (1968)
1 Recopa Sul-Americana (1968)
1 Torneio Roberto Gomes Pedrosa/Taça de Prata (1968)
3 Campeonatos Paulistas (1967, 1968 e 1969)

Wanderlei Luxemburgo
286 partidas (1997, 2004, 2006-2007 e 2009 até 30/06)
1 Campeonato Brasileiro (2004)
1 Torneio Rio-São Paulo (1997)
2 Campeonatos Paulistas (2006 e 2007)

Émerson Leão
273 partidas (1998-1999, 2002-2004, 2008)
1 Copa Conmebol (1998)
1 Campeonato Brasileiro (2002)

Dorival Júnior
(2010)
1 Campeonato Paulista e 1 Copa do Brasil (2010)

José Macia (Pepe)
369 partidas (1972-1974, 1979-1980, 1989-1990, 1993-1994)
1 Campeonato Paulista (1973)

Chico Formiga
250 partidas (1978-1979, 1982-1984, 1986-1987)
1 Campeonato Paulista (1978)

Castilho
(1984-1985)
1 Campeonato Paulista (1984)

Caêtano di Domênica
(1934-1935 e 1950)
1 Campeonato Paulista (1935)

Bilú
(1935)
1 Campeonato Paulista (1935)

Muricy Ramalho
(2011)
1 Campeoanto Paulista (2011)

Urbano Caldeira
329 partidas (1913-1932)
Atuou também como jogador em algumas partidas