Blog do Odir Cunha

O ombudsman do Santos FC

Time dos Sonhos

Page 2 of 488

Maior espetáculo da Terra

Os 200 primeiros compradores terão o nome no livro e ganharão um exemplar com apenas 90 reais. Clique aqui e garanta o seu! Este livro vale como um título mundial!

MAIOR ESPETÁCULO DA TERRA

O técnico Levir Culpi, que ainda não comandará o Santos neste domingo, em Curitiba, contra o Atlético Paranaense, é um personagem especial do futebol, pois tem no mínimo dois neurônios que se conectam. Como hoje está com a vida mansa e não tem o rabo preso com a CBF ou alguma rede de tevê, falou o que todo mundo já sabe: que o Santos dispensa apresentações, pois é daqueles times que têm um lugar cativo entre os grandes da história. Agora sou eu que digo: que se curtam mais os rappers ou os pagodeiros do momento é compreensível, mas isso não quer dizer que se deva esquecer Tom Jobim e a bossa nova.

Entre os anos 60 e 70 o Santos chegou a um ponto inalcançável por qualquer outro time no mundo. E suas marcas permanecem. Sempre que entra em campo, com a mesma camisa e o mesmo distintivo, remete o futebol aos seus tempos mais belos e apaixonantes. É como disse Pelé: “Hoje o time joga no quintal de sua casa, coloca o vídeo no Youtube e todo mundo vê; no nosso tempo nós tínhamos de jogar no mundo todo para sermos vistos. Só não jogamos na Lua”.

Engraçado que o Santos demorou 42 anos para jogar fora do Brasil, mas foi só sentir o gostinho da aventura e se libertou de vez do rabo da saia da mamãe Belmiro. Time brasileiro que mais jogou e venceu equipes estrangeiras, o Glorioso Alvinegro Praiano escreveu histórias que parecem lenda. Em alguns países paralisou guerras, em outros provocou conflitos. Em todos, a causa era a mesma: testemunhar aqueles mágicos homens de branco levitando pelo gramado verde como santos que eram.

Confesso que já tinha dado por encerrado o meu ciclo de livros sobre a história do Santos. Ainda queria escrever sobre alguns ídolos, mas a respeito apenas do time só um livro me apeteceria: queria contar como foram as viagens por todos os continentes, por dezenas de países, mas não me contentaria com nomes e números. Seria preciso sentir o ambiente local, conhecer as opiniões da imprensa estrangeira, conseguir fotos inéditas, ingressos dos jogos, descobrir detalhes, histórias curiosas…

Não via, porém, como conseguir tempo e recursos para empreender essa pesquisa longa e universal. Até que me surgiu um anjo que há muitos anos já fazia esse trabalho meticuloso de garimpagem dos rastros do Santos pelo mundo afora. Morador em Luxemburgo, na Europa, o santista Marcelo Fernandes já fazia essa garimpagem há muitos anos. Como o seu trabalho, em uma companhia aérea, lhe permite viajar pelo mundo, Marcelo visitou os lugares pelos quais o Santos passou e pesquisou em museus, bibliotecas, exposições, estádios e participou de leilões para adquirir peças importantes da memorabilia das viagens santistas.

Os 200 primeiros compradores terão o nome no livro e ganharão um exemplar com apenas 90 reais. Clique aqui e garanta o seu! Este livro vale como um título mundial!

Começamos os planos para o livro há sete anos, temos falado e completado nossas informações desde então, entramos na reta final no ano passado e agora, finalmente, podemos anunciar, com muito orgulho e enorme prazer, o lançamento do livro “Santos FC, o maior espetáculo da Terra”, próximo lançamento da Editora Onze, de Marco Piovan, outro apaixonado pela história do futebol.

Não conheço nenhum outro livro que fale, exclusivamente, das viagens internacionais de um time. Bem, certamente não há uma equipe que tenha tanto assunto, tantas aventuras a contar que envolvam desde as cidades iluminadas da Europa até as povoações modestas na África. Por isso, não é exagero dizer que jamais haverá um time tão impactante como o Santos de Pelé. Por onde ele passou, deixou sua marca.

Trata-se, portanto, de obra única, inigualável, tão valiosa para a história do nosso Santos como mais um título mundial. E outra notícia sensacional é que você poderá ter o seu nome impresso no livro, garantir presença no evento de lançamento, ao lado de grandes craques daquele Santos formidável e ainda obter outras recompensas por preços promocionais de pré-lançamento.

Se esperarmos que os outros reconheçam os méritos inigualáveis do nosso Santos, morreremos sentados. Portanto, nos unamos para que “Santos FC, o maior espetáculo da Terra” seja lançado com o esmero e a divulgação que merece e espalhe essa história singular do time de uma pequena cidade brasileira que colocou o mundo aos seus pés.

Os 200 primeiros compradores terão o nome no livro e ganharão um exemplar com apenas 90 reais. Clique aqui e garanta o seu! Este livro vale como um título mundial!

Curso de Tênis de Férias da Suzana Silva

Sou suspeito para falar, mas se eu tivesse filhos pequenos, eles já estariam inscritos no Curso de Tênis de Férias da Suzana Silva. As crianças passarão quatro dias aprendendo e aprimorando seu jogo de tênis, fazendo novas amizades e convivendo com professores especializados no ensino e no treinamento de crianças.

O lugar é paradisíaco, nem parece que você está em São Paulo. Considero as quadras de saibro do Clube de Campo Castelo as mais bonitas da cidade. As crianças e seus pais adoraram as clínicas anteriores. Um dia todo de tênis, com refeições, transfer direto do Shopping Morumbi. Abaixo segue o cartaz do evento com o telefone e o e-mail para informações e a inscrição.

clinica de tenis do castelo - 2017


Para começar de novo

20 vitórias consecutivas no Pacaembu!

De 1940 a 1950 o São Paulo e o Palmeiras foram cinco vezes campeões paulistas cada um, jogando boa parte de suas partidas no Pacaembu, estádio que chegou a ser o principal do Corinthians. Pois bem. Com a vitória de 1 a 0 sobre o Botafogo, com gol de cobrança de falta de Victor Ferraz aos 50 minutos do segundo tempo, o Santos completou 20 vitórias consecutivas no Pacaembu, estabelecendo uma marca que dificilmente será superada. 14.486 pessoas presenciaram o feito histórico. O time não mostrou um futebol vistoso, mas lutou e teve sorte.


No ano passado foi assim.

PARA COMEÇAR DE NOVO

Olho para o céu, está firme, o chamado “de brigadeiro”. O confronto é histórico. Jamais no futebol brasileiro houve um clássico assim, com o Santos de Pelé diante do Botafogo de Garrincha. Hoje faltarão os ídolos, os super craques, mas a rivalidade estará em campo a partir das 21 horas, no aconchegante Pacaembu. O improvisado Elano dirigirá um remendado Santos diante do bom Botafogo de Jair Ventura. O adversário está melhor, mas o Santos está em sua maior casa e lutará pela marca inacreditável de 20 vitórias consecutivas no Pacaembu.

Mais do que nunca o Alvinegro Praiano experimenta a sensação de viver uma crise que pode se transformar em oportunidade. O torcedor já viveu momentos assim tantas vezes, que sente um misto de apreensão e ansiedade. Há o medo de um novo insucesso, mas também há a esperança de uma vitória redentora.

Com as contusões de Zeca e Caju a lateral esquerda virou um problema e Elano resolveu colocar o ambidestro Matheus Ribeiro por ali. A princípio, é o lado mais preocupante da preocupante defesa santista, que ainda terá Vanderlei, Victor Ferraz, Lucas Veríssimo, David Braz.

No meio, o técnico interino decidiu escalar o experiente Vecchio no lugar de Vladimir Hernandez. Elano conhece aquele pedaço, Vecchio tem um estilo mais cadenciado, como o próprio Elano. O argentino jogará ao lado de Renato e Thiago Maia. Creio que foi uma boa escolha.

A grande novidade no Santos será a entrada do garoto Arthur Gomes como centroavante, ladeado por Vitor Bueno e Ricardo Oliveira, ou Kayke. Gostei. Elano sabe que o torcedor santista gosta de garotos no ataque, pois com eles em campo sempre terá bons motivos para acreditar que um dia surgirá um novo menino de ouro, como Elano já foi um dia.

Mas o adversário é perigoso e destemido. No papel, não é nenhuma brastemp, mas tem um técnico inteligente, que sabe tirar o máximo de seus jogadores. Sétimo colocado, com sete pontos, o time carioca tem quatro pontos ganhos a mais do que o Santos, que é o décimo-sexto na classificação geral. Será um duelo bom de se assistir e de torcer. Todos ao Pacaembu!

Santos x Botafogo – Pacaembu, 21 horas
(Se ainda não tem ingressos, chegue uma hora e meia antes para comprar com tempo de ver o início da partida. Senhores e senhoras com 60 anos ou mais, ou crianças até 12 anos podem entrar de graça. Para isso é preciso levar o RG, ou a Certidão de Nascimento).
Santos – Vanderlei, Victor Ferraz, Lucas Veríssimo, David Braz e Matheus Ribeiro; Renato, Thiago Maia e Vecchio; Vitor Bueno, Arthur Gomes e Ricardo Oliveira (Kayke). Técnico: Elano.
Botafogo – Jefferson (Helton Leite), Arnaldo, Joel Carli, Igor Rabello e Gilson; Bruno Silva, Rodrigo Lindoso, Matheus Fernandes e João Paulo; Rodrigo Pimpão e Roger. Técnico: Jair Ventura.
Arbitragem:Jailson Macedo Freitas, auxiliado por Alessandro A. Rocha de Matos e Elicarlos Franco de Oliveira, todos da Bahia.

E você, o que espera do jogo de hoje?

Santos FC, o maior espetáculo da Terra
Ainda este ano finalmente será lançado o livro “Santos FC, o maior espetáculo da Terra”, que fiz em parceria com Marcelo Fernandes, um brasileiro que vive em Luxemburgo e é o maior pesquisador das viagens internacionais do Santos. Já é possível participar da campanha de financiamento coletivo para garantir o seu exemplar deste livro único.
Clique aqui para garantir o livro definitivo, único, sobre a história do Santos.
Veja alguns vídeos que o Marcelo gravou em dibersos lugares do planeta em que o Santos jogou (assista aos outros no Youtube).

CURSO DE REDAÇÃO NAS FÉRIAS DE JULHO

Para Vestibular, Enem e Concursos

Professor: jornalista e escritor Odir Cunha

Aulas teóricas e práticas

Curso 1
Terças e quintas das 19 às 21 horas
A partir de 3 de julho
Carga horária: 16 horas
Inscrições abertas
Vagas limitadas

Curso 2
Apenas às sextas feiras, das 19 às 21 horas
A partir de 7 de julho
Carga horária: oito horas
Inscrições abertas
Vagas limitadas

Local: Dept Cult!
Rua Alexandre Dumas, 613, Chácara Santo Antonio
Informações: blogdoodir@blogdoodir.com.br


Baixei os preços pensando em você e nos seus filhos! Nunca os livros do blog foram tão baratos. Compre-os e divulgue a rica história santista

Agora, tanto o Dossiê Unificação dos Títulos Brasileiros como o Time dos Sonhos custar apenas 39 reais o exemplar e 69 reais dois exemplares. Também dá para comprar um exemplar de cada um por 69 reais a dupla. Os PDFs também estão quase de graça. Aproveite para comprar os livros que você ainda não tem e também presentear os amigos.

time-dossie ok
1 Time dos Sonhos + 1 Dossiê + 3 PDFs + dedicatórias + frete pago = apenas 69 reais.

A história do Santos em PDFs a preços simbólicos
DonosdaTerraNa Raça!Ser SantistaPedrinho escolheu um time

Diante de constantes pedidos de livros já esgotados em papel, como Donos da Terra, Na Raça, Ser Santista e Pedrinho escolheu um time, o blog está oferecendo cópias em PDF dessas obras por preços simbólicos. O PDF é enviado pelo e-mail que o comprador designar no endereço para a entrega.

Clique aqui para maiores informações e para adquirir bem baratinho PDFs de livros históricos do Santos já esgotados em papel. Os preços vão de R$ 2,50 a R$ 6,50.

Que tal gastar só um pouquinho para conhecer um pouco mais a história do Santos e também divulgá-la entre os amigos santistas?


Por que Dorival caiu

Agradecimento: Tenho liberado novos leitores da moderação após confiar no seu bom senso. Estou feliz com o resultado. Um blog está sujeito às leis de imprensa, que permitem a crítica, porém sem injúria, calúnia ou difamação. Agradeço a todos por respeitarem esses preceitos. Estamos construindo um importante espaço democrático para analisar o Santos, o futebol e outros assuntos de forma amplamente participativa e democrática!

POR QUE DORIVAL CAIU


Um time sem dinheiro, fazendo todos os jogos fora de casa, ganhou a Copa Davis pela primeira vez. Assim foi a Argentina em 2016, um exemplo de coragem e coerência que o Santos deve adotar para voltar a ser campeão.

Estava assistindo ao Workshop Internacional de Tênis, no Clube Curitibano, em Curitiba, ministrado pelo Departamento de Capacitação da Confederação Brasileira de Tênis, quando soube que Dorival Junior tinha sido demitido. Coincidentemente, as palestras do espanhol Pancho Alvariño, que trabalhou com o russo Marat Safin, ex número um do mundo, e a do técnico argentino Ignacio Asenzo capitão de diversas equipes argentinas em campeonatos sul-americanos me explicaram, claramente, os dois motivos principais que levaram à demissão de Dorival.

Em uma de suas frases marcantes, Pancho disse que o técnico que pede coragem ao seu tenista também precisa ser corajoso. Sim, essa é uma verdade cristalina, olvidada no futebol. Antes de pedir destemor, ousadia, aos seus atletas, um técnico de futebol precisa demonstrar essas qualidades, ou suas palavras soarão falsas, automáticas.

Em suas duas passagens pelo Santos, Dorival Júnior ganhou três títulos: dois Paulistas e uma Copa do Brasil. Porém, com o perdão da expressão vulgar, sempre “com as calças na mão”. A insistência para se jogar na Vila Belmiro era outra materialização desse medo, desse temor inexplicável que crescia assustadoramente nos momentos mais importantes. Mesmo um Pacaembu lotado de santistas era considerado um ambiente hostil para o assustado Dorival Junior, que transmitia essa fobia para seus comandados.

Até a sagrada oportunidade da preleção, momento único em que o comandante inflama seus combatentes para a vitória, era negligenciado por Dorival, que a delegava a Ricardo Oliveira, um pastor evangélico que aproveitava o momento para discursos que buscavam fazer um link entre Deus e o futebol.

Assim, a primeira causa da demissão de Dorival Junior, sem qualquer dúvida, foi a Falta de Coragem. Talvez essa deficiência passasse batida em outros times, mas no Santos, que conseguiu uma posição de respeito no mundo do futebol com muita luta, derrotando os mais temíveis adversários no campo destes, esse defeito é fatal.

O outro motivo da queda do técnico me foi revelado na palestra de Ignacio Asenzo, que contou em detalhes magníficos a campanha que levou a Argentina ao título da Copa Davis em 2016, o primeiro do país depois de perder quatro finais.

É preciso que se saiba, antes de tudo, que a Associação Argentina de Tênis tem menos verba do que a Confederação Brasileira de Tênis. Na campanha da Copa Davis os jogadores não teriam qualquer luxo e precisariam se revezar nas tarefas mais simples, como arrumar as quadras para os treinos e limpá-las depois. Até o astro Juan Martin del Potro se dedicou a elas.

Outro detalhe é que para chegar ao título a equipe teve de vencer quatro confrontos consecutivos em quadras adversárias: Polônia, Itália, Reino Unido e, na decisão, derrotou a Croácia, em Zagreb, de virada, por 3 a 2. Nem é preciso dizer que jamais faltou coragem aos argentinos nessa caminhada, mas um outro detalhe foi essencial: a transparência do técnico Daniel Orsanic.

Antes de cada confronto, o veterano Orsanic conversou em particular com os jogadores, titulares e reservas, e lhes explicou as razões pelas quais seriam escalados ou não. Assim, a equipe se tornou unida e consciente de seus objetivos. Esse comportamento estava de acordo com a nova filosofia da Associação Argentina de Tênis, que depois de ver o esporte degringolar por falta de disciplina e de metas, criou um Programa de Valores baseado em cinco regras de ouro, das quais aquela que, sem dúvida, deveria ser adotada pelo técnico e os jogadores do Santos, diz: Ter planos em vez de desculpas.

Mas dar desculpas é uma demonstração de falta de coragem, da qual já falamos. O exemplo de Orsanic que deveria ser adotado por todo técnico de futebol é a coerência. Se o jogador sabe quais são os critérios do treinador, a rebeldia às suas ordens é menor. Mas Dorival lançava um jogador em uma partida e na outra nem o deixava no banco; insistia com alguns fora de posição e evitava escalar outros especialistas. Um dia reclamava no cansaço devido aos jogos seguidos, no outro alegava falta de ritmo após um longo descanso. Enfim, sua cabeça escondia razões indecifráveis.

Dessa forma, o segundo motivo da queda de Dorival Junior foi a sua Falta de Coerência. Esse defeito não irritou apenas os jogadores, mas também os torcedores, que já faziam piada de suas escalações e, principalmente, de suas substituições. Dorival demonstrou sérias dificuldades para usar o melhor do elenco que tinha nas mãos. Preferiu se apegar aos jogadores de mais ascendência no time, o que incentivava a formação da “panelinha”.

O que esperar de Levir Culpi


Copa do Brasil de 1996, primeiro título importante de Levir Culpi, ao vencer o Palmeiras, de virada, no Parque Antártica (comentei esse jogo pela Rádio Record, com a narração do lendário Fiori Gigliotti).

Dos técnicos possíveis, o experiente Levir Culpi, 64 anos, é o que está mais próximo de acertar com o Santos. Já recebeu até proposta e parece estar a caminho de Santos. Se este blog tivesse a ânsia de dar furos, eu poderia afirmar, com 95% de chances, que o ponderado curitibano será o novo técnico santista. Outra opção, mais arriscada, seria o mineiro Fernando Diniz, 43 anos, ainda sem passagens por times grandes, mas atrevido como um técnico santista deve ser.

Creio que Levir Culpi ficará com a vaga. Duas vezes campeão da Copa do Brasil, ele tem personalidade e, ou consegue montar um bom time, ou fica pouco tempo no clube. Será um bom teste ver como ele se dará com o estilo autoritário da presidência santista e com a confraria já formada entre os jogadores. Uma coisa é certa: Levir não engole sapos e fará o que sua experiência na profissão mandar.

Acredito, ainda, que Fernando Diniz seria uma boa aposta para as categorias de base do Santos. O rapaz tem potencial para se tornar um grande técnico e poderia ser preparado para substituir Levir, que geralmente só permanece uma temporada em cada clube e já está pensando na aposentadoria.

Para você, o que o Levir fará para o Santos jogar melhor?

CURSO DE REDAÇÃO NAS FÉRIAS DE JULHO

Para Vestibular, Enem e Concursos

Professor: jornalista e escritor Odir Cunha

Aulas teóricas e práticas

Curso 1
Terças e quintas das 19 às 21 horas
A partir de 3 de julho
Carga horária: 16 horas
Inscrições abertas
Vagas limitadas

Curso 2
Apenas às sextas feiras, das 19 às 21 horas
A partir de 7 de julho
Carga horária: oito horas
Inscrições abertas
Vagas limitadas

Local: Dept Cult!
Rua Alexandre Dumas, 613, Chácara Santo Antonio
Informações: blogdoodir@blogdoodir.com.br


Baixei os preços pensando em você e nos seus filhos! Nunca os livros do blog foram tão baratos. Compre-os e divulgue a rica história santista

Agora, tanto o Dossiê Unificação dos Títulos Brasileiros como o Time dos Sonhos custar apenas 39 reais o exemplar e 69 reais dois exemplares. Também dá para comprar um exemplar de cada um por 69 reais a dupla. Os PDFs também estão quase de graça. Aproveite para comprar os livros que você ainda não tem e também presentear os amigos.

time-dossie ok
1 Time dos Sonhos + 1 Dossiê + 3 PDFs + dedicatórias + frete pago = apenas 69 reais.

A história do Santos em PDFs a preços simbólicos
DonosdaTerraNa Raça!Ser SantistaPedrinho escolheu um time

Diante de constantes pedidos de livros já esgotados em papel, como Donos da Terra, Na Raça, Ser Santista e Pedrinho escolheu um time, o blog está oferecendo cópias em PDF dessas obras por preços simbólicos. O PDF é enviado pelo e-mail que o comprador designar no endereço para a entrega.

Clique aqui para maiores informações e para adquirir bem baratinho PDFs de livros históricos do Santos já esgotados em papel. Os preços vão de R$ 2,50 a R$ 6,50.

Que tal gastar só um pouquinho para conhecer um pouco mais a história do Santos e também divulgá-la entre os amigos santistas?


Santos é o melhor parceiro para o Pacaembu

Por Luca Otero, cientista social

Dando vazão às promessas de campanha do prefeito, foi anunciado hoje um projeto de concessão por no mínimo 10 anos do complexo do Pacaembu, por 9 milhões anuais. Não é só o estádio que está em jogo: são quadras poliesportivas, piscinas, quadras de tênis. A meta desse texto é discutir o valor cultural do complexo, além de cifras financeiras e discussões partidárias.

Não é novidade para ninguém que o Pacaembu passa por uma crise. Sem os jogos que o Corinthians costumava mandar no local, os custos parecem proibitivos para a Prefeitura. Além disso, a maior ameaça é o esquecimento: com menos jogos no ano, o estádio vai perdendo seu significado histórico como lugar de confrontos esportivos.

Na área de patrimônio histórico, sabemos o que isso pode acarretar: menos gente se lembra de sua importância, menos verbas são destinadas para o local, num ciclo de degradação que pode destruir até os lugares que nos parecem mais intocáveis. Sem sensacionalismos, mas cabe colocar os pontos nos is.

É principalmente por isso que é interessante?—?para o Pacaembu!?—?que o Santos o assuma como sua segunda casa e mande regularmente jogos lá. É assim que se manterá sua importância, a mesma que justificou a proteção por órgãos de patrimônio como o CONPRESP e o CONDEPHAAT.

Pense em time com o histórico que o Santos possui, jogando em um lugar tão relevante quanto o Pacaembu. É uma conjunção de forças que as novas arenas, com seus mármores e alumínios, nunca alcançarão. Também seria impossível pensar que essa cena seria tão forte se fosse um time movido por investimento ou empresários de longínquos lugares.

Além de recolocar o Pacaembu no circuito esportivo da cidade, com a regularidade de jogos, o Santos também poderia trazer uma nova vitalidade para o uso do complexo esportivo. Já há programas interessantes acontecendo no local, mas que podem ser complementados por um fluxo maior de sócios do clube. Difícil imaginar que, com facilidades para sócios do Santos, o uso de um complexo tão completo e central não aumentaria. Poderia, até mesmo, ser um atrativo para mais santistas da capital se tornarem sócios, inclusive.

Também cabe falar das famosas dificuldades devido ao tombamento. Creio que a maior dificuldade é o costume de renegar a história das cidades brasileiras, devastando totalmente para depois criar planejamentos que parecem perfeitos.

Para quem costuma lidar com o campo do patrimônio, sabemos que a aparente dificuldade de manter o que já existe é, na verdade, um grande benefício. E, no caso do Pacaembu, as restrições de alteração física são poucas. No fundo, basta respeito à história construída no local para adequar as instalações às demandas atuais.

Caso seja concretizada a parceria entre o Pacaembu e o Santos, a oportunidade que se apresenta é única, pelo tamanho das duas instituições envolvidas. A história do futebol brasileiro, do estádio e do clube seria relembrada e continuada. Enfim, mais um capítulo marcante na história do Paulo Machado de Carvalho?—?o seu, o meu, o nosso Pacaembu.

E você, o que acha da opinião do Luca Otero?

CURSO DE REDAÇÃO NAS FÉRIAS DE JULHO

Para Vestibular, Enem e Concursos

Professor: jornalista e escritor Odir Cunha

Aulas teóricas e práticas

Curso 1
Terças e quintas das 19 às 21 horas
A partir de 3 de julho
Carga horária: 16 horas
Inscrições abertas
Vagas limitadas

Curso 2
Apenas às sextas feiras, das 19 às 21 horas
A partir de 7 de julho
Carga horária: oito horas
Inscrições abertas
Vagas limitadas

Local: Dept Cult!
Rua Alexandre Dumas, 613, Chácara Santo Antonio
Informações: blogdoodir@blogdoodir.com.br


Baixei os preços pensando em você e nos seus filhos! Nunca os livros do blog foram tão baratos. Compre-os e divulgue a rica história santista

Agora, tanto o Dossiê Unificação dos Títulos Brasileiros como o Time dos Sonhos custar apenas 39 reais o exemplar e 69 reais dois exemplares. Também dá para comprar um exemplar de cada um por 69 reais a dupla. Os PDFs também estão quase de graça. Aproveite para comprar os livros que você ainda não tem e também presentear os amigos.

time-dossie ok
1 Time dos Sonhos + 1 Dossiê + 3 PDFs + dedicatórias + frete pago = apenas 69 reais.

A história do Santos em PDFs a preços simbólicos
DonosdaTerraNa Raça!Ser SantistaPedrinho escolheu um time

Diante de constantes pedidos de livros já esgotados em papel, como Donos da Terra, Na Raça, Ser Santista e Pedrinho escolheu um time, o blog está oferecendo cópias em PDF dessas obras por preços simbólicos. O PDF é enviado pelo e-mail que o comprador designar no endereço para a entrega.

Clique aqui para maiores informações e para adquirir bem baratinho PDFs de livros históricos do Santos já esgotados em papel. Os preços vão de R$ 2,50 a R$ 6,50.

Que tal gastar só um pouquinho para conhecer um pouco mais a história do Santos, ou difundi-la entre os amigos santistas?


Quantos são os santistas

Até hoje não me conformo do dia em que José Carlos Brunoro, responsável pelo marketing do Santos, foi ao Conselho Deliberativo dizer que a torcida santista era a décima do Brasil e estava envelhecida e diminuindo. Não é isso que dizem as pesquisas mais abrangentes.

Não me refiro a essas enquetes sem nenhum valor científico, que ouvem 1.000 pessoas e querem definir o percentual de torcedores de uma cidade como São Paulo, com 12 milhões de habitantes. Veja as duas abaixo, que envolvem milhões de pessoas e tirem suas conclusões. A primeira reúne, principalmente, jovens, e a segunda, senhores de 40 anos para cima. A torcida do Santos está entre a quarta e a quinta do Brasil. Ponto.

Na mídia social:

Agora clique aqui para checar a Timemania

CURSO DE REDAÇÃO NAS FÉRIAS DE JULHO

Para Vestibular, Enem e Concursos

Professor: jornalista e escritor Odir Cunha

Aulas teóricas e práticas

Curso 1
Terças e quintas das 19 às 21 horas
A partir de 3 de julho
Carga horária: 16 horas
Inscrições abertas
Vagas limitadas

Curso 2
Apenas às sextas feiras, das 19 às 21 horas
A partir de 7 de julho
Carga horária: oito horas
Inscrições abertas
Vagas limitadas

Local: Dept Cult!
Rua Alexandre Dumas, 613, Chácara Santo Antonio
Informações: blogdoodir@blogdoodir.com.br

Baixei os preços pensando em você! Nunca os livros do blog foram tão baratos. Compre-os e divulgue a rica história santista

Agora, tanto o Dossiê Unificação dos Títulos Brasileiros como o Time dos Sonhos custar apenas 39 reais o exemplar e 69 reais dois exemplares. Também dá para comprar um exemplar de cada um por 69 reais a dupla. Os PDFs também estão quase de graça. Aproveite para comprar os livros que você ainda não tem e também presentear os amigos.

time-dossie ok
1 Time dos Sonhos + 1 Dossiê + 3 PDFs + dedicatórias + frete pago = apenas 69 reais.

A história do Santos em PDFs a preços simbólicos
DonosdaTerraNa Raça!Ser SantistaPedrinho escolheu um time

Diante de constantes pedidos de livros já esgotados em papel, como Donos da Terra, Na Raça, Ser Santista e Pedrinho escolheu um time, o blog está oferecendo cópias em PDF dessas obras por preços simbólicos. O PDF é enviado pelo e-mail que o comprador designar no endereço para a entrega.

Clique aqui para maiores informações e para adquirir bem baratinho PDFs de livros históricos do Santos já esgotados em papel. Os preços vão de R$ 2,50 a R$ 6,50.

Que tal conhecer um pouco mais a história do Santos?


« Older posts Newer posts »

© 2017 Blog do Odir Cunha

Theme by Anders NorenUp ↑