Blog do Odir Cunha

O ombudsman do Santos FC

Tag: A Bíblia do Santista

Hoje é o dia do jogão


No último jogo entre ambos, o domínio do Santos foi total e 1 a 0 foi pouco.

Nunca escondi que considero Santos e Corinthians o jogo de mais tradição e rivalidade na história santista. Primeiro clássico paulista, final do primeiro título estadual e do mais recente título brasileiro do Alvinegro Praiano, duelo dos tabus, encontro que mais vezes atraiu público superior a 100 mil pessoas, chamo esta partida de “a maior rivalidade alvinegra do futebol” e até fiz um livro, intitulado “o Grande Jogo”, em parceria com o amigo corintiano Celso Unzelte, contando as glórias e peripécias desse embate secular.

Hoje, às 22 horas, na sagrada Vila Belmiro, os dois times completos começarão a escrever novo capítulo dessa riquíssima história, iniciando, pela primeira vez, um desafio pela Copa do Brasil. O jogo de volta será dia 26, próxima quarta-feira, também às 22 horas, na Arena Corinthians.

Por mais que o desempenho de ambos no Campeonato Brasileiro mostre duas realidades distintas – já que um é líder e o nosso Santos se esforça para não ser rebaixado –, acredito que nesse desafio da Copa do Brasil não há favoritos. Se o Santos estiver nos seus bons dias, pode ganhar, e ganhar bem, a partida de logo mais.

No Santos, Renato volta ao time, que deverá entrar em campo com Vanderlei, Victor Ferraz, David Braz, Gustavo Henrique e Zeca; Thiago Maia, Renato e Lucas Lima; Gabriel, Ricardo Oliveira e Geuvânio. O Corinthians, que terá os retornos de Renato Augusto e Uendel, poupados contra o Avaí, deverá iniciar a partida com Cássio, Fagner, Felipe, Gil e Uendel; Bruno Henrique; Jadson, Elias, Renato Augusto e Malcom; Luciano. Como se vê, na formação tática o Santos será mais ofensivo.

Esse é o tipo de jogo que motiva o jogador do Santos, porque ele sabe que o duelo será muito comentado pela imprensa. Jogar bem essa partida é deixar uma boa impressão durante muito tempo. Por isso, sabemos que os santistas se doarão ao máximo, e sempre que fazem isso conseguem bons resultados.

Meia dúzia de patrocinadores

Como estava impossível fechar com um patrocinador máster, o Santos está loteando sua camisa. Não é o ideal, mas ajuda a pagar as contas. É melhor do que ficar de braços cruzados. Para os dois jogos contra o Corinthians, pela Copa do Brasil, o clube deve arrecadar 500 mil reais com seis patrocinadores: iFood (Alimentos), CNA (escola de línguas), Futura (gráfica online), Diniz (ótica), Petz (veterinária) e Zaeli (alimentos).

Quem lerá o Time dos Sonhos reeditado

time dos sonhos - milton neves no lancamento 3

Como você deve saber, prossegue a campanha de pré-venda do livro Time dos Sonhos, chamado de A Bíblia do Santista. O objetivo dessa campanha é arrecadar ao menos o suficiente para editarmos 1.000 exemplares deste livro que conta toda a história do Santos desde sua fundação até o título Brasileiro de 2002, com casos e Estatísticas atualizadas.

É justo que você saiba, portanto, a quem se destinam esses exemplares impressos. Vamos lá: Cerca de 300 exemplares irão para os kickantes, ou contribuintes, pessoas que estão adquirindo o livro nessa pré-venda. É claro que se mais pessoas adquirirem, mais livros irão para os kickantes, mas creio que 300 é um número até otimista. Outros 50 exemplares serão doados ao Santos Futebol Clube. Mais 50 exemplares serão distribuídos aos formadores de opinião da imprensa esportiva – como Fábio Rocco Sormani, Milton Neves, Celso Unzelte, Mauro Beting, Mauro César Pereira, PVC… – e doados a museus e a grupos de pesquisa do futebol, como a Asshophis, a Associação dos Pesquisadores e Historiadores do Santos, e ao pessoal que se reúne no auditório do Museu do Futebol, no Pacaembu.

Os restantes 600 exemplares serão oferecidos ao preço de 120 reais cada. Esse valor anunciado de 70 reais, com direito a ter o nome impresso no último capítulo do livro, valerá apenas para os que adquirirem Time dos Sonhos durante a pré-venda, cujo prazo termina em 23 dias. Se você ainda não o fez, sugiro que não deixe para depois. No mínimo você terá muitos argumentos na hora em que um parente ou um amigo chato quiser discutir a história do futebol com você.

Clique aqui para adquirir o seu Time dos Sonhos com 58% de desconto e ainda ganhar seu nome impresso no último capítulo do livro

Do valor líquido arrecadado com as vendas serão pagos os profissionais envolvidos no trabalho – edição de arte, edição de texto, fotografia, divulgação… – e os royalties devidos ao Santos Futebol Clube. Não representará muito dinheiro para ninguém, mas isso não é o mais importante. O valor de um livro está nas ideias que ele semeia e propaga. Se hoje a imprensa sabe que Santos e Corinthians é o primeiro clássico de São Paulo, respeita a vocação ofensiva do Alvinegro Praiano e o seu dom de revelar jogadores, é porque soube desses fatos pelos livros escritos sobre o Santos.

E pra você, o que dará hoje no jogão da Vila?


Problema é estrutural

Dorival Junior: para começar, mudar a postura.

Problema é estrutural

O sofrimento nos torna fraternos, solidários e lúcidos. Tenho vontade de abraçar e beijar a todos, amigos ou inimigos, e dizer que é bom estarmos dividindo o mesmo tempo, o mesmo planeta, os mesmos sonhos e aflições, a mesma paixão pela vida. Sigamos juntos, tentando ao menos respeitar os valores e as idéias de cada um.

Se aprendi alguma coisa nesse período de cirurgia e convalescença, que ainda perdura, é que amizade e amor são os grandes bens do homem, os únicos que valem a pena. É preciso, sempre, caminhar na direção da compreensão e do apoio mútuo, principalmente nos momentos difíceis – como este que o nosso querido Santos atravessa.

Não acho justo aproveitar a crise que paira sobre a Vila para desancar tudo e todos. O que eu tinha de dizer, as críticas que julguei pertinentes, as fiz no púlpito do Conselho Deliberativo do Santos e em artigos neste blog.

Não irei, hoje, após a triste exibição contra o Goiás, dirigir minha ira para jovens que têm uma carreira toda pela frente, como Thiago Maia, Lucas Otávio e Daniel Guedes. Acho até que os dois primeiros fizeram um bom primeiro tempo em Goiânia. Thiago mostrou personalidade para marcar e até fazer bons lançamentos. Pela idade, pelo físico e personalidade, arrisco-me a dizer que será um bom jogador de meio-campo.

Estes três são ainda muito jovens, inexperientes, e estão sendo jogados às feras, esta é a verdade. Muitos se esquecem de que mesmo as muitas gerações vencedoras de Meninos da Vila estavam escoltadas por uma maioria de jogadores tarimbados. Não se pode esperar que uma equipe com tantos garotos tenha maturidade para conseguir bons resultados, ainda mais fora de casa, em que se exige maior equilíbrio emocional.

O Santos tem sido um time à beira de um ataque de nervos, esta é a verdade. Basta uma falha, um gol do adversário, para desencadear um dilúvio de erros. Sim, todo o sistema defensivo do time está com problemas e os números confirmam isso, pois colocam a defesa do Alvinegro Praiano como a mais vazada do Brasileiro.

Mas o maior problema do Santos não é sua defesa, meio-campo ou ataque; sua parte técnica, tática ou psicológica; sua situação financeira; sua administração e sua eterna luta para conseguir uma visibilidade à altura de sua história. O grande problema do Santos é estrutural e envolve todos esses fatores citados.

Não adiantará nada se salvar do rebaixamento e no ano que vem cometer os mesmos erros que se repetem desde 2008 e tornam o segundo semestre do santista um verdadeiro pesadelo. É preciso atacar as causas de tanta desorganização, amadorismo e precariedade. É preciso planejar o Santos para o futuro.

O ideal seria que as correntes que lutam pelo poder no clube discutissem as dificuldades, as possibilidades e os caminhos viáveis para tornar o Santos tão grande quanto ele possa ser e, após um encontro edificante e civilizado, assinassem uma carta de intenções colocando os interesses corporativos do clube acima dos individuais. Mas sei que devo estar ainda sob o efeito da anestesia. Esse mundo perfeito não existe, ao menos no Alvinegro Praiano, hoje dominado por ambições tão ou mais mesquinhas e oportunistas do que nas gestões anteriores.

Nesta sexta-feira, após cinco anos, o técnico Dorival Junior deverá voltar oficialmente ao Santos. Em sua primeira passagem, de janeiro a setembro de 2010, ele ganhou dois títulos e em 61 jogos obteve 37 vitórias, oito empates e 16 derrotas, com aproveitamento de 65%. Foi seu melhor trabalho na carreira. Só saiu pela desavença com Neymar.

Não escolheria Dorival Junior neste momento, mas, como sempre, torcerei pelo sucesso do técnico que assume o Alvinegro Praiano. Sei que há males que vêm para o bem, mas prefiro que o Santos se salve da Série B e ao mesmo tempo seu presidente e sua diretoria tenham a humildade de perceber que do jeito que a coisa vai o clube se apequena a cada dia.

Síndrome do Salmão
Enquanto agremiações sonham estender sua influência além dos limites de sua cidade, seu estado, seu país, o Santos, por tantos anos o time de futebol mais conhecido da Terra, a cada dia se restringe mais e mais ao seu município natal, à sua vila, como um salmão que retorna às suas origens para morrer.

No jogo deste sábado, às 18h30, na Vila Belmiro, diante do Figueirense, o torcedor que comprar o ingresso nas bilheterias vestindo a camisa do Santos, pagará apenas meia entrada.

Garanta o livro Time dos Sonhos por um preço de pré-venda e ainda tenha o seu nome publicado na história do Santos. Vamos abrir o turno no segundo turno da campanha.

Quer a Bíblia do santista pelo preço de pré-venda e ainda ter seu nome impresso no livro? Clique aqui para saber como.

Neste vídeo abaixo, dirigido pelo talentoso santista João Lucca Piovan, eu conto a história curiosa de como o livro ganhou o título de Time dos Sonhos. Assista:

E você, não acha que o problema do Santos é estrutural?


Vitória na hora certa!

Mestre Zito merecia essa!

Ricardo Oliveira

Ricardo Oliveira

Comemoração

Valeu Ricardo Oliveira! (Fotos: Ivan Storti/ Santos FC)

Mesmo sem muitos titulares, entre eles os craques Lucas Lima e Robinho, o Santos mostrou coração, personalidade, e venceu o Corinthians por 1 a 0, com um golaço de Ricardo Oliveira, o leão dos clássicos.

Foi preciso muita luta – e um pouco de sorte – para segurar o resultado. A torcida santista, que só ocupou metade da Vila Belmiro, sofreu até o final. Mas o que vale é que a vitória, mais do que tirar o time da zona de rebaixamento, mostra que a equipe está crescendo em um momento ainda difícil, mas agora recheado de esperança.

Veja os melhores momentos do grande jogo:

Santos 1 x 0 Corinthians

Gabriel

Vila Belmiro, 20/06/2015, sábado, 16h30
Público: 7.574 pagantes. Renda: R$ 255.965,00.

Santos: Vladimir; Daniel Guedes, Werley, David Braz e Victor Ferraz; Lucas Otávio, Rafael Longuine e Marquinhos Gabriel (Thiago Maia); Geuvânio (Leandrinho), Gabriel (Neto Berola) e Ricardo Oliveira. Técnico: Serginho Chulapa (interino).
Corinthians: Cássio; Fagner, Edu Dracena (Danilo), Gil e Uendel; Ralf, Petros (Luciano), Jadson Renato Augusto e Mendoza (Edílson); Vagner Love. Técnico: Tite.
Gol: Ricardo Oliveira, aos 9 minutos do primeiro tempo.

Arbitragem: Luiz Flavio de Oliveira, auxiliado por Rogerio Pablos Zanardo e Daniel Paulo Ziolli, todos de São Paulo.
Cartões amarelos: Daniel Guedes, Rafael Longuine, Vladimir, Geuvânio e Neto Berola (Santos); Fagner, Ralf, Luciano e Uendel (Corinthians)
Cartões vermelhos: Rafael Longuine (Santos) e Fagner (Corinthians).

Leia, preserve, guarde, faça parte da história do Santos

O livro Time dos Sonhos, que terminou no dia em que o Santos venceu o Corinthians e se sagrou campeão brasileiro de 2002, vendeu suas três edições e passou a ser chamado de “A Bíblia do Santista”. Ele está esgotado, mas agora, com o apoio de leitores como você, a sua volta, com nova roupagem, mas com o mesmo texto repleto de informações, está se tornando uma realidade.

Com apenas 70 reais você terá um exemplar do novo livro Time dos Sonhos ,que custará mais de 100 reais nas livrarias, e ainda verá o seu nome impresso no capítulo final do livro. ou seja, seu nome ficará gravado para sempre no livro mais completo sobre a saga santista. Tem mais alguma coisa que eu posso fazer para convencê-lo a apoiar o relançamento de Time dos Sonhos, a Bíblia do Santista?

novo time dos sonhos

As recompensas da campanha pela reedição do livro Time dos Sonhos aumentaram, ao mesmo tempo em que os valores para participar diminuíram. Clique no link abaixo e escolha a melhor maneira de você participar do relançamento do livro mais completo sobre a história do Santos até o título brasileiro de 2002.

Clique aqui e saiba como reservar um exemplar do livro Time dos Sonhos, além de ter seu nome impresso nos agradecimentos, por apenas 70 reais.

Qual a importância dessa vitória para você?


© 2017 Blog do Odir Cunha

Theme by Anders NorenUp ↑