Confira a luta do Paraguai contra a França nas oitavas-de-final de 1998 (os franceses só venceram com o “gol de ouro”)

Tudo bem, a Austrália está para o futebol assim como o Brasil está para o rugby, mas mesmo assim a vitória de 4 a 0, o preciso toque de bola e as muitas oportunidades de gols fizeram da Alemanha o melhor time da Copa até aqui. O segundo melhor que eu vi foi a Coreia do Sul, depois Gana e Inglaterra, França e África do Sul. Quanto à Argentina, pode ter um bom elenco, mas não é um time.

Aliás, não é à toa que o futebol é chamado de “association”. É um esporte coletivo, que necessita harmonia e equilíbrio entre os seotres de uma equipe. E além de Messi, o que mais a Argentina mostrou em sua magérrima vitória sobre a Nigéria? Uma defesa errática e insegura, um meio-campo e um ataque desencontrados. Se continuar jogando assim, perderá da Coréia do Sul, empatará com a Grécia (e olhe que será preciso fazer muita força para empatar com o fraquíssimo time grego) e voltará para casa.

Como time, coeso, com uma proposta comum de jogo, talvez o Paraguai consiga se sair melhor. Sua estréia, nesta segunda-feira, às 15h30m, não poderia ser mais complicada: enfrentará a Itália, equipe quatro vezes campeã do mundo. Entretanto, se confiar em suas possibilidades, como fez com 1998, quando realizou grande partida contra a França campeã (só perdeu de 1 a 0, na prorrogação) poderá provocar a grande surpresa da Copa.

A Itália tem muita tradição, além dos quatro títulos, mas volta e meia costuma ser eliminada de uma Copa por uma equipe bem menos gabaritada: em 1962 caiu diante do Chile ainda na fase de grupos; repetiu o vexame em 1966, perdendo da Coreia do Norte, e em 2002 caiu nas oitavas diante da Coreia do Sul. Perder para o Paraguai não seria novidade.

No jogo das 8h30m não dá para não considerar a Holanda ampla favorita contra a Dinamarca. Vou torcer pelos dinamarqueses, mas sei que a tarefa será das mais ingratas. A Holanda é dos times que, desde 1974, tem merecido um título mundial no seu currículo.

Quanto a Japão e Camarões, jogo das 11 horas, bem que eu preferiria uma vitória dos japoneses, povo tão próximo de nós, paulistanos. Porém, o ambiente será totalmente favorável ao time africano e é evidente que isso deverá ter influência no resultado.

E você, o que acha que dará nos jogos de hoje? Será que o Paraguai terá forças de ao menos arrancar um empate dos campeões do mundo?