Ataque da SeleSantos: Dorval, Mengálvio, Coutinho, Pelé e Pepe.

Ah, o democrático e universal Youtube, como ele é importante para difundir a verdadeira história do futebol. Se não fossem alguns filmes preciosos garimpados do passado, muito do que dizemos diriam que é mentira. Veja, querido leitor e leitora, a riqueza desta descoberta que fiz há algum tempo e que cito no livro “Ser Santista”.

Era o dia 5 de maio de 1963, vivia-se o auge do futebol-arte. O Brasil era bicampeão do mundo (bicampeão mesmo, não duas vezes esparsadas). O jogo era no Volkspasrkstadion, em Hamburgo, superlotado com 71 mil pagantes para ver o Brasil contra a poderosa Alemanha Ocidental – que três anos depois, como se sabe, seria vice-campeã da Copa da Inglaterra, roubada na decisão contra os donos da casa.

Pois bem, para este confronto entre duas potências do futebol, acompanhado com expectativa por todo o mundo, a Seleção Brasileira jogou todo o tempo com oito titulares do Santos! Isso mesmo! O goleiro Gylmar dos Santos Neves, o lateral-direito Lima, o médio-volante Zito e o ataque formado por Dorval, Mengávio, Coutinho, Pelé e Pepe.

O número de santistas poderia ser maior, pois Mauro Ramos de Oliveira estava escalado, mas sentiu uma contusão e cedeu o lugar a Eduardo. Os outros dois não santistas foram o zagueiro Roberto Dias e o lateral esquerdo Rildo (que depois foi contratado pelo Santos).

Neste jogo, que você poderá apreciar em dois filmes, a Seleção Brasileira ganhou, de virada, por 2 a 1, gols de Coutinho e Pelé.

Primeira parte do filme de Alemanha Ocidental 1, Brasil 2, em 5 de maio de 1963.

Segunda parte da partida em que a Seleção jogou com oito titulares do Santos.

E você, tem vasculhado muito o youtube em busca de jogos históricos? Encontrou algum que vale a pena? Dá o link pra gente…