Como já comentamos aqui, o profissional da Rede Globo que decidiu transmitir o jogo Santos e Kashiwa Reysol apenas para o Estado de São Paulo, mantendo a indefectível Ana Maria Braga para o resto do País, pensou muito mal. Como qualquer criança podia imaginar, a audiência do jogo do Santos, que chegou a 17 pontos, atingiu mais do que o dobro do que os sete pontos dos programas da Globo no horário das 8h23m às 10h30m: “Mais Você” e “Bem Estar”.

A decisão foi motivo de chacota na rede social. Teve gente que escreveu que acordou para ver o topete do Neymar e acabou vendo o da apresentadora. Como cada ponto equivale a 58.000 domicílios na Grande São Paulo, a estreia do Santos no Mundial de Clubes foi vista em 986.000 residências paulistanas.

É de se esperar que, mesmo com algumas variações, a audiência do jogo superasse a do programa feminino em todas as praças do País. Em muitas delas, como Pernambuco, a expectativa pelo jogo era tanta, que, segundo enquetes de blogs esportivos locais, mais de 70% dos torcedores do Estado prometiam torcer para o Alvinegro Praiano, por representar o Brasil.

Diante do protesto generalizado – que deixou evidente a popularidade do Santos e de Neymar em todo o País – a Globo prometeu que a decisão de domingo, às 8h30m, será transmitida em tevê aberta para o Brasil inteiro. Menos mal. Antes tarde do que nunca. Mas que hoje ela pisou na bola, ah, pisou feio…

O que você achou de a Globo só transmitir o jogo do Santos para São Paulo?