Blog do Odir Cunha

O ombudsman do Santos FC

Tag: Antonio Delomodarme

Fernando Silva contesta Niquinha e diz que vai processá-lo

Mais uma entrevista cristalina e esclarecedora de José Carlos Peres. Leia!

É sócio do Santos? Confira se você pode voltar ou não.

Atenção torcedor de Cruzeiro, Palmeiras, Santos, Fluminense, Botafogo e Bahia:

Livro Dossiê por apenas R$ 10,00 até o Natal!

crruzeiro tetra

Inspirado no torcedor do Cruzeiro, que comemora o tetra brasileiro de boca cheia, validando assim a histórica conquista da Taça Brasil de 1966, este blog resolveu fazer uma loucura e vender o Dossiê que unificou os títulos brasileiros por apenas 10 reais.

Mas a promoção vai só até o Natal ou o fim do nosso estoque. Aproveite para comprar e dar de presente o livro que sacramentou os títulos brasileiros da era de ouro do nosso futebol.

Clique em “Comprar Livros”, no alto desta página, escolha a melhor forma de pagamento, adquira o seu Dossiê pelo PagSeguro e o receba em casa. Mas não demore, pois a promoção só vai até o dia 25 de dezembro.

Clique aqui e compre por apenas 10 reais o Dossiê da Unificação dos Títulos Brasileiros

dossie na saraiva

Livro Dossiê por apenas R$ 10,00 até o Natal!

FERNANDO SILVA CONTESTA NIQUINHA E DIZ QUE VAI PROCESSÁ-LO

Acusado por Antonio Delomodarme, o Niquinha, presidente do Olímpia Futebol Clube, de pedir dinheiro “por fora” para prestar consultoria ao time do interior paulista, Fernando Silva, candidato a presidente do Santos, enviou nota a este blog definindo as acusações de Niquinha como “absurdas e inverídicas” e informando que deverá processar o dirigente do Olímpia.

Em nota enviada pelo assessor de imprensa Fábio Gorski, Fernando Silva diz:

São absurdas e inverídicas as afirmações do Sr. Antonio Delomodarme, presidente do Olímpia Futebol Clube, feitas no Blog do Odir Cunha.

Tal declaração deverá ser comprovada na Justiça, pois é neste foro no qual me relacionarei com este cidadão a partir de agora.

Fernando Silva

Nesta terça, Peres fala para Santos e Baixada Santista

Atenção sócio do Santos morador em Santos e na Baixada Santista: venha ouvir as propostas do candidato José Carlos Peres para o Alvinegro Praiano nesta terça-feira, a partir das 19 horas, no bar Meu Escritório, à rua Goiás, 128, no bairro do Gonzaga (entre a avenida Washington Luiz e a rua Tocantins). Segue o convite:

convite peres santos 25-11

E então, vamos nos ver em Santos esta noite?


Uma acusação grave

É sócio do Santos? Confira se você pode voltar ou não.

Atenção torcedor do Cruzeiro

Livro Dossiê por apenas R$ 10,00 até o Natal!

crruzeiro tetra

Em homenagem a você, que comemora o tetra brasileiro de boca cheia, validando assim a histórica conquista da Taça Brasil de 1966, este blog resolveu fazer uma loucura e vender o Dossiê que unificou os títulos brasileiros por apenas 10 reais.

Mas a promoção vai só até o Natal ou o fim do nosso estoque. Aproveite para comprar e dar de presente o livro que sacramentou o primeiro título brasileiro do Cruzeiro.

Clique em “Comprar Livros”, no alto desta página, adquira o seu Dossiê pelo PagSeguro e o receba em casa. Aproveite que fiquei com o coração mole de ver a bela e justa festa da Raposa.

Como não posso pedir carteirinha de torcedor para vender o Dossiê, a promoção se estende aos outros torcedores. Mas, repito, só até o dia 25 de dezembro.

Clique aqui e compre por apenas 10 reais o Dossiê da Unificação dos Títulos Brasileiros

dossie na saraiva

Livro Dossiê por apenas R$ 10,00 até o Natal!

UMA ACUSAÇÃO GRAVE

Na primeira versão deste post, pela manhã, citei, equivocadamente, que o promotor Francisco Cembranelli apoiava a chapa de Fernando Silva. O texto que falava de Cembranelli foi suprimido logo depois, mas, para que não pairem dúvidas, estou fazendo este adendo. O promotor está apoiando a chapa de Nabil Khaznadar, conselheiro do Santos.

niquinha presidente
À esquerda, Antonio Delomodarme, o Niquinha, o massagista que se tornou presidente do Olímpia Futebol Clube. Ao seu lado, o vice-presidente Teotônio da Silva Filho, o Nenão.

Há duas semanas tenho recebido telefonemas insistentes de Antonio Delomodarme, conhecido como Niquinha, presidente do Olímpia Futebol Clube, time do Interior do Estado que disputa a quarta divisão do Campeonato Paulista. Segundo suas palavras, ele quer me prevenir, e a todos os santistas, para a maneira “desonesta” de agir de um dos candidatos à presidência do Santos, pois o Santos é o time do seu coração, a ponto de ter chorado desbragadamente quando o Santos “foi roubado e perdeu a final do Brasileiro de 1983 para o Flamengo”.

Confesso que não me senti e não me sinto bem ao divulgar a história do senhor Antonio Delomodarque. Tentei de todas as formas afastar de mim este cálice amargo, sei que no Brasil criou-se o hábito de atacar o jornalista, sem, no entanto, desmentir as informações trazidas por ele. Mas Niquinha foi incisivo:

“O senhor não se preocupa com o futuro do Santos? Vai deixar uma pessoa como esta ser eleita presidente do seu clube? Que tipo de jornalista é o senhor, que vai ignorar um caso tão grave?”

Perguntei-lhe se tinha documentos para comprovar sua história. Respondeu que não. Argumentei, então, que não poderia divulgar algo que não pudesse ser provado, ao que ele retrucou que tinha testemunhas e quis saber se eu não confiava nele. Disse-lhe que não era questão de confiar, mas de ter provas ou testemunhas.

Então, além de me passar os números de seus telefones e me autorizar a publicá-los, informou que Valter Joaquim Bittencourt, diretor de esportes e promoções do Olímpia, é uma de suas testemunhas e já se prontificou a depor em juízo se for necessário.

Perguntei-lhe por que me procurava e enfatizei que não fazia questão de dar furos e nem de levantar esse tipo de assunto no meu blog. Respondeu que assim o fazia porque meu blog é muito lido pelos santistas, que ele gosta muito do Santos e não quer que o clube seja dirigido por alguém que não tem palavra e “é uma pessoa complicadíssima e desonesta”.

Assegurou-me que não apoia nenhum candidato a presidente do Santos, que na verdade nem os conhece, a não ser a pessoa em questão. Que só me ligava porque estava indignado com a tal pessoa, que fez com que ele envolvesse a prefeitura de Olímpia em uma promessa de investimento no clube, mas acabasse “com a cara no chão”, o que prejudicou sua imagem na cidade em que vive há tantos anos.

Contou-me que foi roupeiro do clube por 10 anos e, com o tempo, virou presidente. Lembrou, com emoção, de 1991, ano em que o Olímpia disputou a primeira divisão do Campeonato Paulista e, na primeira partida, empatou com o poderoso São Paulo de Zetti, Cafu, Müller e Raí por 1 a 1.

Admitiu que está sendo difícil tocar o time, agora na quarta divisão, mas ficou esperançoso quando, no início de 2014, foi procurado por Fernando Silva, hoje candidato a presidente do Santos, com a proposta de investimento no clube. Chequei as informações de Niquinha e, pesquisando na Internet, encontrei uma matéria publicada no site da Prefeitura de Olímpia em 4 de fevereiro deste ano, em que Fernando Silva, apresentado como gestor do Grupo Coral de Investidores, prometia amparar o Olímpia na sua tentativa de ascensão no futebol paulista.

niquinha - fernando falando
À esquerda, Niquinha ouvindo Fernando Silva, em reunião de fevereiro deste ano para selar o acordo entre o Grupo Coral e o Olímpia Futebol Clube.

Matéria que fala do acordo entre o Olímpia e o Grupo Coral

Perguntei a Antonio Delomodarme sobre o time e o investimento necessário para mantê-lo, e ele respondeu que a equipe é formada por garotos com média de idade de 23 anos e que 30 mil reais são suficientes para pagar a folha de pagamentos. Para se ter uma ideia, o maior salário do time é de quatro mil reais. E, ao falar em dinheiro, chegou ao episódio que o deixou possesso:

“O Fernando Silva prometeu trazer vários jogadores e não cumpriu a palavra. Tive de contratar em cima da hora, se não, não teria time. Mas o pior foi que ele me pediu um dinheiro por fora que não estava no acordo. A gente estava no Bar Brahma, em São Paulo, quando ele me pediu cinco mil reais por mês para continuar no projeto. Falou que era ‘pegar ou largar’. Isso não estava combinado. O Valter Joaquim também ficou louco da vida.”

“Isso não era uma verba de consultoria, senhor Niquinha?”, eu quis saber.

“Não, não, não. O próprio sócio dele me disse que não estava certo, que o valor já tinha sido combinado. Era algo por fora mesmo.”

Niquinha começou a falar de outros negócios de Fernando Silva, mas nesse momento eu o interrompi e expliquei que não poderia publicar nada se ele não se comprometesse a confirmar a história. Para minha surpresa, o dirigente me passou todos os seus telefones e o e-mail do clube. Disse que estaria à disposição de quem quisesse ouví-lo:

“Eu sou homem, não sou moleque. Quer meus telefones? Anote aí: (017) 99755-8635, (017) 3281-1224 e (017) 8152-8969. Fica também com o e-mail do clube: olimpiafc@bol.com.br. Se este homem agiu assim com o Olímpia, o que não poderá fazer com um Santos na mão, seu Odir?”

Como disse no começo deste post, há semanas recebo telefonemas do senhor Antonio Delomodarme, o Niquinha, que terminou por me autorizar a divulgar os números de seus telefones e citar o diretor Valter Joaquim Bittencourt como sua testemunha. Eu teria sido negligente com minha responsabilidade de jornalista se o ignorasse.

Não é um assunto que me agrada, repito, pois pode atrapalhar amizades que pretendia manter, em uma fase de minha vida que prefiro me afastar de problemas, mas é relevante no momento, pois o sócio do clube precisa do maior número possível de informações sobre os candidatos à presidência do Santos, a fim de escolher o melhor.

Consultei amigos advogados e eles concordam que este caso não se trata de “assunto de ordem pessoal”, pois envolve uma atividade profissional ligada ao futebol, similar àquela de um presidente de clube. Uma prerrogativa da democracia é informar ao eleitor sobre os candidatos de uma eleição, para que este possa direcionar o seu voto com segurança. Se houve um comportamento inadequado no trato com o modesto Olímpia, o que tudo leva a crer, é de se supor que ele também ocorrerá nos negócios do Santos com outros clubes, o que seria danoso à instituição.

Este blog não poderia ignorar esta história, mas está à disposição de Fernando Silva para sua versão no caso do Olímpia Futebol Clube relatado por seu presidente, Antonio Delomodarme, conhecido como Niquinha. Espero, sinceramente, que haja uma explicação plausível para essas graves acusações.

E você, o que achou desta história?

Nesta terça, Peres fala para Santos e Baixada Santista

Atenção sócio do Santos morador em Santos e na Baixada Santista: venha ouvir as propostas do candidato José Carlos Peres para o Alvinegro Praiano nesta terça-feira, a partir das 19 horas, no bar Meu Escritório, à rua Goiás, 128, no bairro do Gonzaga (entre a avenida Washington Luiz e a rua Tocantins). Segue o convite:

convite peres santos 25-11


© 2017 Blog do Odir Cunha

Theme by Anders NorenUp ↑