Blog do Odir Cunha

O ombudsman do Santos FC

film izle

Tag: Artilheiro

Santos deve contratar um fazedor de gols para a fase final da Libertadores

O Santos pode inscrever mais um jogador para a fase semifinal da Copa Libertadores e espero que seja um fazedor de gols. Como disse um leitor desse blog, seria uma pena perder um título da Libertadores por falta de um bom centroavante. E Zé Eduardo e Keirrison estão longe de ser um.

Zé Eduardo jogava como titular quando era reserva, e hoje, que é titular, se preocupa tanto em ajudar na marcação, que perdeu o dom para marcar gols, a qualidade primordial de um centroavante que se preze.

Keirrison é um caso clínico de jogador que desaprendeu a jogar. Outro leitor também deste blog afirmou que Zé Eduardo é um morto-vivo e Keirrison é um morto-morto. O certo é que justamente na posição que exige atenção total e gana absoluta em busca do gol, o Santos conta com um jogador que não marca há 14 jogos (desde 23 de março, contra o Mogi-Mirim) e um que entra em campo para um jogo feroz como se estivesse indo para um piquenique.

Notícias dão conta de que o técnico Muricy Ramalho sugeriu á diretoria os nomes de Grafite e Rafael Moura. Grafite está no Wolfsburg, da Alemanha. Não é mais nenhum moleque – já tem 32 anos –, mas para atuar em quatro partidas decisivas, pode ser importante. Rafael Moura, o He-Man, está no Fluminense.

Outros leitores deste blog ficaram impressionados com Rentería, do Once Caldas. Porém, como já jogou pelo time colombiano nesta Libertadores, creio que não poderia atuar pelo Santos.

De qualquer forma, é evidente que o Alvinegro Praiano está carente nesta posição essencial. Um fazedor de gols é aquele que salva uma partida perdida, que transforma em goleada uma vitória difícil e que está sempre rondando a área, esperto para as oportunidades que surgem.

Se tivesse um jogador assim, ontem o Santos teria se classificado para as semifinais em grande estilo, com um banquete seguido por sorvete com calda de chocolate. Não precisaria ter sofrido tanto.

Contratações e interesses

O meia Zé Roberto, de saída do Hamburgo, espera uma proposta concreta do Santos para responder se volta ou não para a Vila Belmiro. O problema é que ele ganha um salário muito alto para os padrões brasileiros e ainda tem mercado no futebol alemão. Como a família está muito bem adaptada no país, acho que o Zé só voltará se não o quiserem mais na Alemanha.

Segundo o jornal italiano Corriere dello Sport, o volante Arouca está sendo pretendido por três clubes italianos: Palermo, Fiorentina e Roma. Destes, só a Roma tem maior expressão. Seria uma pena se ele fosse para a Europa justo agora que se firma como um dos melhores do país e tem grandes possibilidades de ser convocado para a Seleção Brasileira. Se ainda fosse um grande da Itália, como Juventus, Internazionale e Milan, tudo bem, mas em Palermo e Fiorentina ele ficará escondido.

O técnico Muricy Ramalho quer que o clube contrate mais um zagueiro experiente. Muricy quer ter mais opções caso não possa contar com os titulares Edu Dracena e Durval.

E para você, que fazedor de gols o Santos deve contratar?


Pelé, o maior artilheiro do planeta (texto inédito de Guilherme Guarche)

O último gol marcado pelo eterno Rei Pelé, no Estádio Urbano Caldeira, com a camisa do clube que ele tanto ama, o Santos FC aconteceu no dia 02/05/1974 em partida valida pelo campeonato nacional contra o Rio Negro FC na vitória santista pelo placar de 3 a 0 com um gol dele e dois de Brecha com o Peixe formado com: Cejas; Hermes, Vicente, Bianque e Zé Carlos; Léo Oliveira e Brecha; Fernandinho, Nenê, Pelé (Adílson) e Mazinho. Técnico Tim.

O último gol marcado pelo eterno Rei Pelé, fora da Vila Belmiro, com a camisa do Peixe, foi no dia 22/09/1974 no paulista na cidade de Campinas no Brinco de Ouro, no empate santista diante do Guarani FC pelo placar de 2 a 2 com o Rei marcando os dois gols do Peixe que formou com: Cejas; Wilson Campos, Marinho Peres, Oberdã e Zé Carlos; Léo Oliveira e Brecha (Vicente); Cláudio Adão, Adílson, Pelé e Edu (Mazinho). Técnico Tim.

Jogando pelo Santos FC em partidas da equipe principal o Rei atuou em 1106 partidas tendo marcado 1098 gols. A primeira partida em que o Rei atuou foi um amistoso no estádio Américo Guazzelli na cidade de Santo André no dia 07/09/1956 na vitória esmagadora sobre uma equipe de mesmo nome do nosso arquirrival da capital paulista pelo placar de 7 a 1 com ele marcando um dos gols da histórica jornada.

A última vez em que vestiu a camisa que ele tanto ama foi no dia 01/10/1977 na cidade de Nova York nos EUA na derrota diante do New York Cosmos pelo placar de 2 a 1 com Reinaldo marcando para o Peixe e ironicamente Pelé e Mifflin marcando para o adversário, nesta partida festiva em que o Rei disse adeus definitivo ao futebol o Atleta do Século jogou meio tempo para o Santos e meio tempo para o time americano e o gol por ele marcado para os “gringos” foi de falta, o time santista que nesse dia era dirigido por Oto Glória formou com: Ernani; Fernando, Joãozinho, Alfredo e Neto; Zé Mário, Aílton Lira (Pelé) e Carlos Roberto; Nilton Batata, Reinaldo (Juary) e Rubens Feijão (Bianque).

Resumo dos gols marcados e das partidas disputadas pelo Rei Pelé no Santos FC:

ANO     GOLS          PARTIDAS

1956     02                 02

1957     67                 57

1958     80                 60

1959     100                82

1960      61                 66

1961     110                74

1962      63                50

1963      67                52

1964      58                47

1965      96                66

1966      30                38

1967      55                65

1968      54                73

1969      57                61

1970      47                54

1971      29                72

1972      50                74

1973      52                66

1974      20                45

1975       –                  1

1977       –                  1

Durante a chamada Era de Ouro do Santos FC que teve início a partir da primeira partida em que o Rei Pelé passou a atuar no time principal em 07/09/1956 até a despedida dele no dia 02/10/19974 o time santista jogou um total de 1.452 partidas tendo marcado 3.864 gols.

Guilherme Gomez Guache


© 2017 Blog do Odir Cunha

Theme by Anders NorenUp ↑