Wilson Luiz Seneme apitará o primeiro jogo da final

Em sorteio realizado esta tarde na sede da Federação Paulista de Futebol, Wilson Luiz Seneme, paulista de São Carlos, 42 anos, 1,78m e 84 quilos, será o árbitro de Corinthians e Santos, neste domingo, às 16 horas, no Pacaembu, no primeiro jogo da decisão do Campeonato Paulista. Árbitro Fifa, Seneme é o terceiro do ranking da arbitragem paulista, atrás apenas de Paulo César de Oliveira e Sálvio Spínola Fagundes Filho. Considero Seneme um ótimo árbitro e lhe desejo uma boa atuação domingo.

neymar inclinado
Ponto de equilíbrio do Santos, Neymar desafia a lei da gravidade (Foto: Ricardo Saibun/Divulg. Santos FC)

O momento que o clube e a cidade de Joinville esperavam desde que saiu a tabela da Copa do Brasil finalmente chegou. O Santos de Neymar está na cidade e nesta quarta-feira às 22 horas, com transmissão para todo o Brasil da Band e da ESPN, enfrenta o time local pela segunda fase da competição nacional.

O garoto Jubal pode ser a novidade do Alvinegro Praiano. Com problemas nas laterais, o técnico Muricy Ramalho escalará o Santos com três zagueiros para este duelo que está sendo anunciado na região catarinense como “o jogo do ano”.

Com 19 anos, 1,90m, categoria e calma que impressionam, Jubal disputa posição com o experiente Neto. Os outros dois zagueiros serão os indefectíveis Edu Dracena e Durval. Felipe Anderson, pela direita, e Émerson Palmieri, pela esquerda, serão os alas. O meio-campo terá Renê Júnior, Arouca e Cícero, e o ataque, Neymar e Miralles.

Considero uma boa formação. No mínimo é uma tentativa válida de Muricy, que tentará evitar o jogo de volta com uma vitória por dois gols de diferença ou mais. Gosto quando Felipe Anderson e Miralles se aproximam para tabelar. Ambos se entendem. É preciso ter outras opções de ataque para tirar um pouco o peso das costas de Neymar.

Mas que os santistas não esperem moleza. O Joinville, que na primeira fase passou pelo Aracruz, do Espírito Santo, com um empate, fora, por 1 a 1, e uma vitória, em casa, por 1 a 0, é um time orgulhoso, que sonha alto.

Treinado por Arturzinho, atacante que fez sucesso no Vasco e atuou, pelo Corinthians, no jogo decisivo do Campeonato Paulista de 1984 (em que o Santos, como todos sabem, venceu por 1 a 0, gol de Serginho Chulapa, e sagrou-se campeão), o time do Interior de Santa Catarina deverá jogar com Ivan; Carlos Alberto, Rafael, Sandro e Rafinha; Marcus Vinícius, Augusto Recife, Ricardinho (Arthur Maia) e Marcelo Costa; Matheus Carvalho e Lima.

Arena Joinville lotada, com 17 mil pessoas; aumento de 12,5% do número de sócios do clube dede que a tabela da Copa do Brasil revelou que o time enfrentaria o Santos; possibilidade de arrecadar ainda mais caso não perca por dois gols de diferença a provoque o jogo de volta – estas são algumas das vitórias que o Joinville já acumulou antes de entrar em campo esta noite para enfrentar o Santos.

Outro desafio do tricolor local é não perder por dois ou mais gols, pois assim, além de forçar o jogo de volta, ficará com 100% da arrecadação desta noite. Do contrário, apenas 40% ficarão com o Joinville e 60% irão para o Santos.

O retrospecto entre os times é equilibrado. Em seis jogos ocorreram duas vitórias para cada lado e dois empates. A maior vitória do Santos foi um 3 a 0, na Vila Belmiro, em 10/06/1978, pelo Campeonato Nacional. O Joinville venceu por 2 a 0, em casa, em 20 de abril de 1980, também pelo Nacional.

santos x joinville
Estádio lotado para ver o Santos em 20/04/1980 com Joãozinho, Márcio Rossini…

Acho que o Santos deve vencer hoje, e você?