Em 1969 o Santos estava no auge. Nos últimos 15 anos tinha conquistado 11 títulos paulistas, seis brasileiros (5 Taças Brasil e um Roberto Gomes Pedrosa), duas Libertadores, dois Mundiais, quatro Rio-São Paulo, uma Recopa Sul-americana e uma Mundial, além de dezenas de torneios internacionais. A imprensa corintiana vivia louca para tirar alguns jogadores do Santos.

Esta matéria, de um jornal paulistano – enviada pelo amigo Wesley Miranda, do blog Santistas Loucos – mostra que a situação tinha chegado a tal ponto que a diretoria do Alvinegro Praiano teve de fazer um comunicado oficial para acabar com as fofocas.

Percebeu por que não dá para ficar surpreso com essa boataria? Em 1969 já diziam que metade do Santos iria embora.