Veja como o Santos se sai fora de casa e comente aqui

Depois de ótima estreia contra o Ituano, em que venceu por 3 a 0, na Vila Belmiro, o Santos/2015 sai pela primeira vez neste Campeonato Paulista. A partida, hoje, às 22 horas, deve marcar a estreia do goleiro Vanderlei. O jogo requer cuidados. O Mogi, presidido pelo craque Rivaldo, estreou com vitória sobre o XV de Piracicaba e jogará em seu campo, onde dificilmente é batido. Assista pela Band (se quiser, abaixe o som) e depois comente aqui. Hoje o blog só fecha no último freguês.

Veja como foi no ano passado:

São Bernardo 2 X 1 XV de Piracicaba, 19h30
Botafogo-SP 1 X 1 Audax, 19h30
Ituano 2 X 0 Bragantino, 17 horas
Portuguesa 2 X 1 São Bento, 17 horas
São Paulo 3 X 0 Capivariano, 19h30
Red Bull Brasil 1 X 2 Penapolense, 19h30
Marília 2 X 1 Rio Claro, 19h30
Mogi Mirim 1 X 2 Santos, 22h00

naufrago
Mais um santista falando sozinho…

Leitores do blog estão furiosos com a lista de pagamentos do pay-per-view aos clubes brasileiros. Não se conformam com o Santos estar em 13º, atrás de Botafogo e Bahia, entre outros, e de receber apenas R$ 10.469.180,00, metade do Vasco, o sétimo, que jogou a Série B, e sete milhões a menos do que o Palmeiras, que o Santos salvou da B em 2014.

O canal do pay-per-view é o Premiere, mais um filhote da Globo. Muitos santistas têm certeza de que a TV carioca está sacaneando o Santos, pois ainda não engoliu aqueles gritos de “Chupa Rede Globo, é o meu Santos campeão de novo!”, muito entoados de 2010 a 2012.

Temos de analisar a situação com calma antes de tudo. Em primeiro lugar, o estranhamento do santista tem a sua razão de ser, pois em todas as pesquisas de torcida, mesmo as mais desfavoráveis ao Santos, o alvinegro Praiano jamais tem aparecido abaixo da oitava posição na preferência dos brasileiros. Justo na hora de receber um dinheirinho, ele cai para 13º?!

Em segundo lugar, é realmente inexplicável o método de aferição da torcida praticado pelo pay-per-view. Se o assinante pode dizer para qual time torce no exato momento em que faz a assinatura, o que daria uma amostragem com 100% de acerto, por que não se aceita essa informação? Por que contratar depois os manjados Ibope e Datafolha para fazer a pesquisa ouvindo apenas uma pequena amostragem do universo total de assinantes?

Vários amigos santistas contam a mesma história, entre eles o prezadíssimo Adriano Riesemberg: ao assinar o pay-per-view, tentam dizer que são santistas, mas não são ouvidos e recebem como resposta a informação de que o procedimento é outro.

Fico sabendo que 1.825 mil domicílios foram consultados pelos tais institutos de pesquisa. Quem foi ouvido aí, levanta a mão! Ora, se ainda fossem mensurar a audiência do pay-per-view para distribuir a grana, eu ficaria quieto, pois não tenho como obter essa informação, mas se há uma pesquisa em domicílios para se saber para quem as pessoas torcem, ou qual jogo estão assistindo, então porque essa pergunta não pode ser feita pelo assinante da PQP do PPW?

Ocorre ainda que tudo indica que a maioria dos assinantes do ppw são adultos, muitos deles idosos. Pois bem. Recentemente uma pesquisa mostrou que o Santos era o quarto do País nessa faixa etária. A Timemania está aí para não nos deixar mentir: há cinco anos o Alvinegro se reveza entre a terceira e a quarta posições entre as milhões de apostas no país inteiro..

Bem, agora que todas as situações foram expostas, eu lhes adianto que não direi que houve má fé com o Santos, porque se dissesse não poderia provar. O que eu digo é que a diretoria santista, que está aceitando sem pestanejar qualquer dinheiro que venha tapar os buracos, precisa pedir para conferir com atenção a pesquisa do Ibope e da Datafolha sobre as torcidas no pay-per-view. Algo me diz que tem PP nesse W.

E pra você, a divisão do pay-per-view está certa?