Por Ernesto Franze

Neymar, peço a sua permissão para falar de algumas coisas que andam mexendo com milhões de corações alvinegros, torcedores santistas apaixonados, como eu.

A gente levou um susto grande com essa notícia que você vai para a Europa na metade do ano vem, na verdade esperávamos que ficasse até a copa do mundo, aí tudo bem, aí você já estaria com vinte e dois anos, mais experiente, com mais cancha e rodagem, inclusive na seleção brasileira.

É muito cedo, o ano que vem você terá APENAS VINTE ANOS. O sentimento é que estão arrancando você a força, e prematuramente do meio do seu povo, numa atitude colonialista de uma Espanha rica e poderosa.

Na verdade, a situação hoje é outra, a Europa vive uma crise, e a Espanha é a chamada “bola da vez”. E quando a crise assola um país e o dinheiro diminui, até os mais civilizados se transformam rapidamente nos piores xenófobos, e esse não é um momento legal para estar por lá.

Veja que loucura essa situação do Breno na Alemanha: http://esporte.uol.com.br/futebol/ultimas-noticias/2011/09/24/breno-e-preso-preventivamente-por-suspeita-de-incendiar-propria-casa.htm

Até 2.014 os olhos do mundo do futebol estarão voltados para o Brasil. A nossa economia cresce, e a Espanha vive uma grande crise, mantendo esse ritmo, daqui alguns anos o PIB brasileiro será duas vezes maior que o deles, eles estão ficando pobre e o Brasil rico, e ainda não perderam a velha arrogância colonial.

O que há de bom em Madri eu não preciso dizer, certamente já lhe foi dito à exaustão, e é tudo verdade, acredite. Eu vou falar um pouco da parte ruim, sei que também já te falaram, mas, não custa repetir.

Já li, e ouvi declarações de jogadores da seleção espanhola sub 20, dizendo que o Madri não precisa de “Neymar”, e que, enquanto o Madri correr atrás de Neymar eles nunca terão um time como o do Barcelona, e que o segredo do time catalão é ter vários jogadores oriundos da base no time principal.

Li durante esse período da janela de transferência internacional, comentários de torcedores do Madri fazendo criticas duras a você nos blogs do jornal Marca, criticas que para nós, alvinegros, são verdadeiras heresias em se tratando do nosso novo REI DO FUTEBOL.

Mourinho é um grande técnico é inegável, mas, é chefe. Já enviou cobranças via imprensa a você. O rigor tático dele poderá impedir sua criatividade, acho que o Messi não seria o Messi que a gente está acostumado a ver sob a batuta do Mourinho, no Madri. Lá você será apenas mais um AQUI VOCÊ É REI.

No Madri você vai enfrentar a questão dos “egos”, imagino que comece pelo treinador, o Mourinho, “estrelona” e o que falar de Cristiano Ronaldo e Cia Ltda.? Será muito difícil, se não, impossível, um garoto de apenas vinte anos ser feliz num lugar assim, e eu, e mais a torcida do Santos inteira tem muitas dúvidas que o projeto madrilenho de certo??? http://uolesporte.blogosfera.uol.com.br/2011/09/24/mourinho-e-estrela-de-propaganda-de-barbeador-e-vira-embaixador-global-de-empresa-de-beleza-assista/

Tem mais: http://uolesporte.blogosfera.uol.com.br/2011/09/25/mourinho-esbanja-lado-egocentrico-e-diz-ser-o-melhor-do-mundo/

E a questão financeira, tão importante na vida de um profissional de sucesso e de carreira curta como a de jogador de futebol, imagino, será resolvida da melhor maneira possível. A direção do Santos tem tratado o assunto de forma exemplar e profissional, certamente não terás nenhum prejuízo, e quando for embora os direitos federativos serão seus.

Está ocorrendo um fenômeno que a gente ainda não sabe exatamente sua dimensão, a verdade é que o Brasil está vivendo um grande caso de amor com você, como diria os italianos “o Brasil está enamorado de ti”, são milhões de crianças e jovens imitando o ídolo, multidões que se aglomeram nos aeroportos e nas portas dos hotéis por onde quer o time do Santos vai, como no tempo dos Beatles.

Encerrar esse processo agora seria um aborto com proporções absurdas digna de uma tragédia popular, e que só interessa a alguns torcedores fanáticos dos rivais travestidos de jornalistas que iniciaram uma campanha sórdida “vá embora Neymar”, e evidentemente interessa também aos intermediários que vão embolsar alguns milhões de dólares, e estão desesperados para que a transação aconteça o mais rápido possível.

Senhores Neymar da Silva, e Neymar Jr., reflitam. Ainda não está na hora de ir embora, caminhe um pouco mais, até a copa, a gente ainda não tem a noção exata, mas, pode estar começando a história mais linda do futebol mundial desse século, e justamente no país do futebol.

E você, o que acha desse artigo de Ernesto Franze?