Blog do Odir Cunha

O ombudsman do Santos FC

film izle

Tag: Bruno Uvini

Estes jogadores o torcedor não quer mais ver no Santos

O melhor presente de Natal para um santista
Eu lhe ofereço a oportunidade de dar um presente de Natal inesquecível para um santista. Algo que vai durar mais que tudo, pois vai emocioná-lo e não ficará só na prateleira, mas, eternamente, no seu coração. Dê um livro. Mas um livro sobre o Rei do Futebol. Um livro lindamente produzido pela Magma Cultural, com fotos incríveis, que pesquisei e escrevi com amor e capricho, mostrando que mesmo um mito como Pelé precisou superar obstáculos inacreditáveis para reinar na atividade mais competitiva do mundo. Espero você neste sábado à tarde, na loja Santos na Área – Rua Augusta, 1931, perto da Alameda Santos. Vamos começar a receber as pessoas às 16 horas e ficaremos abertos até o último freguês. Compre o melhor presente de Natal. Por um preço menor do que você pensa.
convite - segundo tempo - dia 20

dossie na saraiva

Atenção torcedores de Santos, Palmeiras, Cruzeiro, Fluminense, Botafogo e Bahia:

Até o Natal o blog manterá a promoção do Dossiê que unificou os títulos brasileiros!

Apenas R$ 10,00! Aproveite porque a promoção só vai até o dia 25 deste mês messsmo.

Estes jogadores o torcedor não quer mais ver no Santos

fora 1 - vladimirfora 3 - bruno uvinifora 4 - vinicius simonfora 6 - Menafora 2 - edu dracenafora 5 - cicinhofora 8 - renatinhofora 7 - alan santosfora 9 - souzafora 10 - leandro damiãofora 11 - patito rodriguesfora rildofora 12 - thiago ribeiro

Enfim, aqui está o resultado da enquete que perguntou ao leitor deste blog quais jogadores devem ficar e quais devem sair do Santos. Foram computados cerca de 150 votos completos. O resultado será expresso em porcentagens e não em números absolutos.

Esses jogadores das fotos não foram os únicos rejeitados pelo torcedor, mas aqueles que tiveram mais de 70% de desaprovação. O zagueiro Neto, com 67%, e o meia Leandrinho, com 62%, foram outros renegados pelo torcedor. A seguir, a análise dos reprovados:

Vladimir – O Santista ainda tinha esperança nele enquanto estava no banco. Era considerado uma promessa, capaz até de ser titular caso tivesse oportunidades. Enfim ele as teve, mas não correspondeu. 78% querem que não esteja no Santos em 2015.

Bruno Uvini – Grande rejeição. Creio que a falha no gol do Cruzeiro que desclassificou o Santos na Copa do Brasil deva ter influenciado bastante. Nada menos do que 94% dos votantes não o querem mais vestindo a camisa do Santos.

David Braz – A opinião sobre ele está dividida. 52% querem que saia, 48% que fique. Os gols que marcou no Pacaembu provavelmente influenciaram positivamente, mas muitos continuam achando que não tem categoria para ser zagueiro do Alvinegro Praiano.

Edu Dracena – Sua idade, o alto salário e a falta de mobilidade foram motivos para que 72% dos leitores considerassem que a sua carreira no Santos acabou. Pedem que tenha uma despedida honrosa e, talvez, continue trabalhando em outras áreas do clube.

Neto – Por pouco não entrou na foto dos renegados. 67% dos votantes não o querem no Santos na próxima temporada. As maiores queixas estão relacionadas à falta de categoria e aos crônicos problemas físicos.

Vinicius Simon – Depois de ser considerado uma esperança da zaga, este Menino da Vila machucou-se muito, não foi bem nas poucas oportunidades que teve e por isso amargou uma rejeição de 86% dos votantes.

Cicinho – Alguns sugerem que vá para o meio de campo, mas o certo é que como lateral-direito poucos o querem no Santos em 2015. Sua rejeição foi de 80%. O futebol atrapalhado e a dificuldade para concluir uma jogada pesaram nesse julgamento.

Mena – Assim como Cicinho, o titular da Seleção do Chile não agradou aos santistas. Com dificuldades para marcar e apoiar, Mena foi reprovado por nada menos que 83% dos leitores. Muitos sugerem que ele seja negociado para reduzir as dívidas do clube.

Victor Ferraz – Sua votação foi equilibrada: 58% querem que saia, 42% que fique. O fato de seu passe não pertencer ao Santos influiu para que seu índice de rejeição fosse maior. O santista provou mais uma vez que é mais complacente com seus Meninos.

Alan Santos – Surpreendi-me com a rejeição a Alan Santos. 75% dos santistas não o querem na Vila em 2015. Alguns sugerem que seja emprestado para ganhar experiência e volte mais maduro, ligado e menos violento.

Renatinho – Outro que, segundo p santista, deve receber uma despedida honrosa e pendurar as chuteiras. Seu notável passado no Santos não impediu que Renato, ou Renatinho, fosse rejeitado por 83% dos votantes.

Souza – Este quase conseguiu a unanimidade negativa. 99% dos santistas não o querem mais no Santos em 2015. Foi mais um jogador vindo do Cruzeiro que não deu certo na Vila, onde não marcou, não apoiou e nem fez os gols de falta que costumava fazer em outros times.

Leandrinho – Não entrou na foto por pouco. Sua rejeição foi de 62%. Ainda há quem acredite que poderá vingar se tiver mais oportunidades, mas o número de santistas que acreditam nele está diminuindo. Foram apenas 38%.

Jorge Eduardo – Também ficou a 6% de entrar na foto dos maiores reprovados. Com 64% de desaprovação, não foi considerado, pela maioria, um atacante digno de jogar no Santos. As maiores críticas dizem respeito à falta de experiência.

Leandro Damião – Sua rejeição não foi maior porque muitos santistas acham que se ele sair agora, desvalorizado, o clube terá grande prejuízo. Para estes, melhor seria jogar ao menos o Campeonato Paulista. 74% votaram por sua saída.

Patito Rodriguez – O simpático argentino voltou a ter chances e voltou a não convencer o torcedor, que o considera errático. Apenas 9% gostariam que ficasse, enquanto 91% preferem que Patito esteja bem longe da Vila em 2015.

Rildo – O esforçado jogador que veio da Ponte Preta definitivamente não caiu no gosto do torcedor do Santos. 94% querem que não vista mais a camisa do Alvinegro Praiano. Para estes, o que mostrou de velocidade, Rildo mostrou de falta de categoria.

Thiago Ribeiro – Os muitos gols perdidos, o salário alto, o tempo gasto com contusões e problemas psicológicos explicam a rejeição de 82% deste atacante que, para boa parte dos santistas, nunca teve uma real identificação com o clube.

Os aprovados

No próximo post divulgarei os jogadores aprovados pela pesquisa, ou seja, aqueles que o torcedor do Santos que participou da enquete quer que continuem no time em 2015.

E você, o que achou da lista dos reprovados?


Dos males, o mínimo

Mesmo com um time remendado na defesa, no meio de campo e no ataque, o Santos perdeu pela contagem mínima no Itaquerão. Aliás, mesmo resultado do primeiro turno, quando enfrentou o Corinthians na Vila e não merecia perder. Meno male. Para um time que agora vai jogar apenas pela honra até o final do Brasileiro, não foi uma grande decepção, apesar de frustrante, como toda derrota.

A defesa falhou de novo, desta vez com Bruno Uvini, que tentou sair jogando, perdeu a bola, levou o drible em seguida e permitiu o cruzamento para Guerrero marcar, logo aos 7 minutos de partida.

Agora restará ao Santos ser o fiel da balança neste Brasileiro, já enfrentará, em casa, Cruzeiro e São paulo, os dois times que lutam pelo título. Como o jogo na Vila não atrairá ninguém, esperamos que o clube saiba usar o interesse dos adversários, e da tevê, nessas partidas, para jogar em estádios maiores e ao menos arrecadar um bom dinheiro para aliviar as dívidas.

Curiosamente, o jogo teve 58 pagantes a mais do que o primeiro clássico entre Corinthians e Palmeiras no Itaquerão – 31.089 pagantes hoje, contra 31.031 no jogo que os corintianos dizem ser contra o seu maior rival. Engraçado…

Victor Ferraz foi testado mais uma vez no lugar de Cicinho, mas não foi bem e acabou substituído pelo titular. Algo me diz que Daniel Guedes, do sub-20, poderá ganhar a vaga em 2015.

Caju jogou na lateral esquerda e falhou menos do que Menas, ou melhor, Mena. O garoto Serginho entrou no meio, mas acabou substituído por Leandro Damião, que nada fez. Gabriel também fez pouco. O ataque do Santos inexistiu.

O melhor do time foi o goleiro Aranha, desta fez autor de grandes defesas – duas delas na mesma jogada. No meio de campo, Alison, Arouca e Lucas Lima se esforçaram para evitar o pior.

Corinthians 1 x 0 Santos
09/11/2014 (domingo), 19h30, Itaquerão
Público pagante: 31.089 (31.357 total. Renda: R$ 1.886.861,00.
Corinthians: Cássio, Fagner, Gil, Felipe e Fábio Santos; Elias (Bruno Henrique) e Ralf; Renato Augusto (Danilo) e Petros; Malcon (Luciano) e Guerrero. Treinador: Mano Menezes.
Santos: Aranha, Victor Ferraz (Cicinho), Edu Dracena, Bruno Uvini e Caju; Alison, Arouca, Lucas Lima e Serginho (Damião); Gabriel e Rildo.Treinador: Enderson Moreira.
Gol: Guerrero, aos 7 minutos do primeiro tempo.
Arbitragem: Vinícius Furlan (CBF-SP), auxiliado por Anderson José de Moraes Coelho (SP) e Carlos Augusto Nogueira Junior (SP).
Cartões amarelos: Victor Ferraz, Edu Dracena e Elias.

http://youtu.be/_qXALJTl-HE

Nesta segunda-feira, vamos ao Tatu Bola ouvir o Peres

Você que está acompanhando as campanhas dos candidatos a presidente do Santos e quer conhecer de perto as propostas de José Carlos Peres, candidato da Ong Santos Vivo, está convidado a comparecer ao evento desta segunda-feira, a partir das 19 horas, no bar Tatu Bola, na esquina das ruas Joaquim Floriano e Clodomiro Amazonas, no Itaim Bibi, São Paulo.

Vista sua camisa do Santos, leve bandeira, se tiver e ouça as propostas daquele que tem tudo para ser o novo presidente do Santos e liderar o clube a caminho de uma nova era de trabalho, competência, transparência e prosperidade.

convite tatu bola

O que achou do Santos no clássico? E você, vai ao Tatu Bola?


O momento é dos jovens, não de astros decadentes

mena e Diogo
Mena e Diogo mergulham na bola (Divulgação Santos FC)

Com gols dos jovens Bruno Univi e Alison, cada um em um tempo, o Santos ganhou com justiça do Palmeiras por 2 a 0, ontem, na Vila Belmiro, e saltou para a quinta posição no Campeonato Brasileiro. Mas o que interessa mesmo é que com essa garotada o que não falta é vontade. Na defesa e no ataque.

A defesa continua sem sofrer gols – mesmo sem Edu Dracena, Gustavo Henrique e Jubal – e o ataque continua criando oportunidades e fazendo seus golzinhos. Mesmo desfalcado, o Palmeiras sempre merecerá respeito. Afinal, dizem, costumava ganhar do Santos na Vila. Costumava… Desta vez, nem a estreia do técnico Gareca impediu o triunfo do Alvinegro.

Depois do vexame da Seleção Brasileira na Copa do Mundo, o cão negro do óbvio ululante uiva nos nossos ouvidos que o momento é de renovação. Talvez não surja nenhum grande craque desse bando de garotos, mas ao menos o torcedor santista terá alguma esperança.

Contra o Palmeiras, Lucas Lima e Arouca foram os melhores do jogo. O estreante Victor Ferraz não impressionou e ainda saiu machucado. Bruno Uvini fez seu primeiro gol pelo Santos e mostrou bom espírito e caráter. Gostei do garoto. Lá atrás, Aranha garantiu a vitória.

Na quarta-feira, o locutor Luiz Roberto, tão bonzinho que parece animador de festa infantil, repetiu que o São Paulo é um time “cheio de estrelas” e por isso será favorito ao título brasileiro, no que foi apoiado, com entusiasmo, pelos comentaristas Caio e Casagrande.

Não tenho bola de cristal para dizer quem será o campeão, mas será ruim para o futebol brasileiro se uma equipe recheada de veteranos ficar com o título. Lembro-me que há 12 anos, quando os Meninos da Vila Robinho, Diego & Cia foram campeões brasileiros, o tricolor do Morumbi já contava com Rogério Ceni, Kaká e Luís Fabiano. Hoje eles estão bem mais velhos e menos eficientes.

Dos novos contratados, Pato parece ter vindo para ficar na reserva e só Alan Kardec parece acrescentar alguma coisa, mesmo sem ser um craque. Quanto ao Ganso, vive de altos e baixos. Não creio que uma vitória sobre o indigente Bahia seja motivo para grande entusiasmo. Vamos ver esse São Paulo contra um time ao menos competitivo.

Ganhar um clássico é outra coisa e fico imaginando que barulho não se faria caso o Palmeiras fosse vencido com tamanha propriedade pelos outros times da capital. Não se pode esquecer que até antes do jogo o alviverde estava a apenas um ponto do Santos. Com a vitória, o Alvinegro Praiano vai para 17 e só não entra no G4 por ter uma vitória a menos do que o Sport.

Nosso grande Zito sofreu um AVC

Às 22h30m recebi a notícia de que o grande, o enorme Zito, o jogador mais importante da história do Santos depois de Pelé, sofreu um AVC e está internado em estado grave. Não tenho mais informações.

Gilmar Rinaldi não!!!

O empresário de jogadores Gilmar Rinaldi é o novo coordenador da Seleção Brasileira e já disse que o próximo técnico continuará sendo brasileiro. Ou seja: as coisas não só não mudarão, como poderão piorar. Pressinto que o ex-goleiro de Internacional e São Paulo não terá vida longa no cargo.

Santos 2 x 0 Palmeiras, às 19h30m, na Vila Belmiro

Santos: Aranha; Victor Ferraz (Zeca aos 11’2ºT), David Braz, Bruno Uvini (Paulo Ricardo aos 46’2ºT) e Mena; Alison, Arouca (Souza aos 42’2ºT) e Lucas Lima; Geuvânio, Rildo e Gabriel. Técnico: Oswaldo de Oliveira
Palmeiras: Fábio; Wendel, Tobio, Wellington e Marcelo Oliveira; Josimar (Mendieta aos 14’/2ºT), Renato, Wesley e Bruno César (Érik aos 20’/2ºT); Diogo e Leandro (Eduardo Júnior aos 33’2ºT). Técnico: Ricardo Gareca.
Gols: Bruno Uvini aos 23 minutos do primeiro, Alison aos 23 do segundo.
Arbitragem: Raphael Claus, auxiliado por Rogério Pablos Zanardo e Marcio Luiz Augusto, todos de São Paulo.
Cartões amarelos: Gabriel (Santos); Wellington e Marcelo Oliveira (Palmeiras).

http://youtu.be/d9ZCES_vYtY

E você, acha que o momento é dos jovens, ou não?


© 2017 Blog do Odir Cunha

Theme by Anders NorenUp ↑