André e Robinho irão embora. Só Neymar deve ficar

Na pesquisa anterior, com 57% dos 1024 votos, mais do que o dobro dos votos pelo título da Copa do Brasil, o santista deixou bem claro que o que o deixaria mais feliz neste primeiro semestre seria “saber que o Santos manterá estes jogadores por muitos anos”.

Os grandes jogos, as goleadas que entraram para a história e o futebol alegre, bonito e envolvente de mais uma geração de meninos da Vila fizeram do Santos o time mais comentado do Brasil em 2010. A tevê cansou de mostrar o time-espetáculo, no qual se destacaram Robinho, Paulo Henrique Ganso, Neymar e André.

Tudo isso encheu os santistas de orgulho e os fez sonhar com uma felicidade duradoura, baseada na permanência dos principais jogadores da equipe. Esta felicidade pareceu se concretizar quando o presidente que assumiu este ano, Luís Álvaro Ribeiro, disse para todos que quisessem ouvir, que “o Santos venderá o espetáculo, não os artistas”.

Como o departamento de marketing nos tempos do presidente Marcelo Teixeira era muito criticado, e como Luís Álvaro substituiu todos os profissionais da área – além de anunciar o apoio de investidores que colocariam R$ 40 milhões no clube –, o torcedor do Santos não só acreditou que a equipe se manteria intacta, como novos reforços chegariam, colocando o time no nível dos melhores do mundo.

Agora, de chofre, vem a notícia da venda de André, o centroavante mais efetivo do País neste primeiro semestre, para o Dínamo de Kiev. Preço? Oito milhões de euros, dos quais 35% seriam do Santos que, segundo fontes, conseguiu aumentar a porcentagem para 50% – o que resulta em um valor aproximado de oito e meio milhões de reais.

As perguntas que ficam é se valeu a pena e que uso será dado a este dinheiro. O negócio mostra que o presidente do Santos faltou com a palavra, ou André não pode ser considerado um dos jogadores mais importantes da equipe? Bem, agora passo a palavra a você, caro leitor.

Além do comentário, peço que vote na enquete aí do lado. Até para a diretoria do Santos é importante saber o que o torcedor achou dessa transação.