Blog do Odir Cunha

O ombudsman do Santos FC

film izle

Tag: Corinthians (page 2 of 51)

Para ser campeão do turno

Promoção Time dos Sonhos prossegue só até o Dia dos Pais!


Dê um presente que o velho jamais esquecerá!

Atendendo a insistentes pedidos, a promoção do livro Time dos Sonhos volta até o Dia dos Pais. Portanto a partir de agora até 14 de agosto, compre 1 e ganhe 2 exemplares do Time dos Sonhos, mais a versão eletrônica do Donos da Terra, com direito a pedir dedicatórias para os dois livros e sem despesa de correio. Tudo isso por apenas 68 reais. Clique aqui e compre apenas um exemplar de Time dos Sonhos. O outro eu mando de graça para você. Acho que seu pai vai gostar.
Pelé dormindo com os livros Time dos Sonhos

Aí do lado há uma enquete que pergunta: em quem você votaria hoje para presidente do Santos? O blog pinçou os nomes de outras enquetes de blogs de santistas. Fique à vontade para escolher quem lhe passa mais credibilidade.

PARA SER CAMPEÃO DO TURNO

Com as prováveis voltas de Lucas Lima e Ricardo Oliveira, o Santos aumenta suas chances de vencer o América Mineiro, neste domingo, às 11 horas, no Estádio Independência, e terminar o primeiro turno do Campeonato Brasileiro em primeiro lugar, prosseguindo em busca de um título que não vem desde 2004.

O jogo pode ser chamado de o duelo dos opostos, pois enquanto o Santos é o líder da competição, o América é o último colocado, mas tudo indica que o confronto será muito disputado. O América tem tentado se recuperar desde que contratou o técnico Enderson Moreira e vem de dois empates: 0 a 0 com o Grêmio, no Independência, e 1 a 1 com o Sport, em Recife, quando vencia até o final e sofreu o empate em cima da hora, e de um jogador em posição de impedimento.

Mesmo desfalcado do trio olímpico, o Santos tem melhor elenco e, caso se entregue à luta com vontade, terá boas chances de vencer o América, cujo jogador mais conhecido é o veterano volante Leandro Guerreiro, ex-Botafogo, com 37 anos.

Com apenas duas vitórias, quatro empates e 12 derrotas, das quais cinco em casa, o América chegou a passar seis jogos consecutivos sem marcar gols. Marcou apenas 11 gols em 18 jogos e sofreu 30. Jogou nove vezes no Independência, com duas vitórias (1 a 0 no Figueirense e 2 a 1 no Coritiba), dois empates e cinco derrotas, das quais a pior foi contra o Santa Cruz, de quem perdeu por 3 a 0.

Cinco outros times podem vencer o turno

Em uma situação inédita desde que o campeonato brasileiro de pontos corridos foi instituído, em 2003, outros cinco times, além do Santos, podem terminar o primeiro turno na primeira colocação. São eles:

2 – Palmeiras, tem apenas dois gols a menos de saldo do que o Santos. Enfrenta o Vitória, domingo, às 16 horas, no Allianz Parque.

3 – Corinthians, mesma situação, com três gols de saldo a menos do que o Santos, enfrenta o Cruzeiro, segunda-feira, às 21 horas, no Pacaembu.

4 – Grêmio, 32 pontos, joga contra o Botafogo, no Estádio Luso-Brasileiro, no Rio, domingo, às 19h30.

5 – Atlético Mineiro, 32 pontos, enfrenta a Chapecoense, segunda-feira, às 20 horas, no Estádio Independência.

6 – Flamengo, 31 pontos, joga com o Atlético Paranaense, sábado, às 18h30m, no estádio Kleber Andrade.

E se for levar em conta também as chances matemáticas, diria que até o Atlético Paranaense, com 30 pontos, poderia terminar o primeiro turno na liderança, mas para isso teria de dar uma goleada estrondosa no Flamengo, fora de casa, e ainda depender de outros resultados.

Enfim, o nivelamento por baixo transformou esse Campeonato Brasileiro em um dos mais disputados da história. Porém, o Santos só depende dele para se manter na ponta. Torçamos.

E você, acredita que o Santos vencerá o América Mineiro?


Dia de luta. Dia de fé

Aos jogadores do Santos que entrarão amanhã no jogo da maior rivalidade alvinegra do futebol, eu só digo o seguinte: querem que seus passes valorizem 100, 200, 300 por cento da noite para o dia? Querem ser comentados a semana inteira pela imprensa da Capital? Querem ser elogiados, indicados para a Seleção Brasileira, chamados de craques? Pois corram, lutem, caprichem nos passes e nos chutes e ganhem o jogo. Esqueçam a arbitragem, esqueçam a torcida. Apenas joguem futebol. E ganhem o jogo.

E você, o que acha do grande jogo de hoje?


E eles ganharam uma…

Pênalti contra no finzinho do jogo e jogador santista expulso; pressão da arbitragem, enchendo os jogadores santistas de ameaças e cartões; torcida contrária até do narrador e do comentarista da tevê – tudo isso fez o torcedor do Santos se lembrar de outras partidas, nas mesmas circunstâncias, diante do alvinegro paulistano. Porém, nesse domingo, em que pese esses favorecimentos, o oponente buscou mais o gol e, no todo, jogou melhor.

Depois de ter enfrentado o rival por quatro vezes este ano e sair invicto, com três vitórias e um empate, era de se esperar que o Santos passasse por muitas dificuldades nesse domingo. Seria humilhante para o rival sair novamente de campo com um resultado negativo contra o Alvinegro Praiano. Ainda mais diante dos mais de 41 mil pagantes que lotaram o Itaquerão.

Motivado, o alvinegro de Itaquera marcou o campo todo e dominou o primeiro tempo. Mesmo assim, o Santos melhorou na segunda etapa e equilibrava o jogo quando, a sete minutos para o final, o árbitro caseiro Flávio Rodrigues Guerra não viu o lance, mas seguiu o bandeirinha e marcou pênalti de Zeca sobre Wagner Love, em jogada na qual o atacante corintiano levou a bola com a mão. Em seguida, Guerra ainda se equivocou e expulsou David Braz, que nem participou da jogada. Isso não seria um erro de direito? Para completar, instantes depois, Thiago Maia escorregou no gramado-armadilha do Itaquerão e a bola sobrou, livre, para o adversário ampliar.

O goleiro Vanderlei merece destaque por algumas grandes defesas. Lucas Lima, Ricardo Oliveira e Gabriel foram marcados em cima e desta vez não puderam decidir a partida. Marquinhos Gabriel sofreu um rodízio de faltas e ainda levou amarelo por reclamação. O técnico Dorival Junior armou o time como tem feito, mas mexeu mal na equipe ao tirar Gabriel e colocar Neto Berola, que recebeu cartão amarelo sob alegação de ter cavado um pênalti. De qualquer forma, ainda há muito campeonato pela frente. Vida que segue.

Corinthians 2 x 0 Santos
20/09/2015, 11 horas, Itaquerão
Público pagante: 41.748 pessoas. Renda: R$ 2.649.100,00.
Corinthians: Cássio; Fagner, Felipe, Gil e Yago; Ralf; Jadson, Elias (Cristian), Renato Augusto e Malcom (Lucca); Vagner Love (Danilo). Técnico: Tite.
Santos: Vanderlei; Victor Ferraz, Gustavo Henrique, David Braz e Zeca; Thiago Maia, Renato, Lucas Lima e Marquinhos Gabriel (Leandro); Gabriel (Neto Berolo) e Ricardo Oliveira (Paulo Ricardo). Técnico: Dorival Júnior.
Gols: Jadson, aos 40 e aos 43 minutos do segundo tempo.
Arbitragem: Flávio Rodrigues Guerra, auxiliado por Rodrigo Pablo Zanardo e Alex Ang Ribeiro.
Cartões amarelos: Ricardo Oliveira, Marquinhos Gabriel, Neto Berola e Werley (Santos) Elias e Felipe (Corinthians).
Cartões vermelhos: Werley e David Braz (Santos).

E você, o que achou do Santos no clássico alvinegro?


Sportv: quero assistir dez vezes Coritiba 2 x 0 Flamengo

O Sportv, como filhote da Rede Globo, segue a mesma política de lavagem cerebral de sua mentora. Um dos pilares dessa política é transmitir, até a exaustão, os jogos e os reprises dos jogos dos dois queridinhos da emissora, o alvinegro paulistano e o rubro-negro carioca, aqueles que a Globo elegeu como os futuros Barcelona e Real Madrid do Brasil. Se o Flamengo vencesse o Coritiba, pode estar certo que teríamos dez oportunidades de ver o teipe dessa partida.

Porém, em uma jornada espetacular do Coxa, este simpático time de Curitiba venceu o decantado rubro-negro por 2 a 0, com direito a gol de Kléber, o Gladiador. Pois agora eu quero ver o teipe dessa partida dez vezes, o mesmo número de vezes que vocês, do Sportv, programariam o reprise do jogo caso a vitória fosse do time carioca. Afinal de contas, a maioria dos torcedores brasileiros ficou feliz com esse resultado.

E já que toquei no assunto, aproveito para dizer que essa bajulação dos dois queridinhos pega mal, é mau jornalismo e só aumenta a antipatia da maioria dos amantes do futebol com relação a esta dupla. A índole do torcedor brasileiro jamais aceitará os privilégios advindos dessa tentativa grotesca de espanholização. Parem com a mania de querer repetir a Rádio Nacional dos anos 40 e forçar a barra para que o Brasil ame esses dois times. Amar um time de futebol é algo natural, não pode ser imposto. Quanto mais tentam, mais rejeição conseguem.

Por falar nisso, domingo, pela manhã, a maior parte dos brasileiros que amam o futebol estarão, mais uma vez, torcendo por uma vitória do time que não tem um grande estádio, não tem a maior torcida, não tem mais espaço na tevê, mas tem muito mais história e costuma jogar mais bonito dos que todos os outros brasileiros. O Brasil estará com o Santos, domingo, às 11 horas, no Itaquerão. Ah, mas enquanto o domingo não chega, gostaria de ver, mais uma vez, ou melhor, mais duas vezes, ou três vezes, a grande vitória do Coritiba sobre o time do Pará e do Alan Patrick, orientado pelo professor OO.

Você também não quer ver de novo Coritiba 2 x 0 Flamengo?


Barba e Cabelo

Este é o filme do Rachid. Mostra a torcida do Santos em Itaquera. Veja até o fim:

novo time dos sonhos
Comemore a boa fase do Santos dando um presente a você ou ao santista que você mais gosta. Adquira o livro Time dos Sonhos pelo preço de pré-venda e ganhe o seu nome, ou o nome de quem você indicar, no último capítulo do livro. Clique aqui para saber mais detalhes Faltam só 15 dias! .

Barba e Cabelo

Nos tempos idos diziam que o time fazia barba e cabelo no outro quando ganhava tanto no jogo de aspirantes, quanto no principal. Empresto essa expressão para saudar o Santos, que derrotou o líder do Campeonato Brasileiro na Vila Belmiro e no Itaquerão. E o melhor é que jogou no campo do adversário como se estivesse em casa, vencendo por 2 a 1, sem sustos, classificando-se para as quartas-de-final da Copa do Brasil e deixando algumas evidências que só não vê quem não quer:

1 – Dá para jogar fora de casa tão bem como na Vila. O técnico Dorival Junior teve mérito nisso, sem dúvida, mas contou com a colaboração dos jogadores, que se doaram na marcação sem a bola, e tocaram rápido quando a tinham. Nó tático no afamado treineiro adversário.

2 – Dá para mandar jogos em um estádio da capital e ser tão bem-sucedido como na Vila. Se com a grande maioria da torcida contra, o time se impôs, é fácil imaginar o que não faria se tivesse 95% dos torcedores a favor. É preciso negociar com a Prefeitura de São Paulo a parceria com o Pacaembu. Se quiser, mesmo, sai negócio, e muito bom para o Santos.

3 – No futebol, o Santos sempre vai equilibrar com os melhores do Brasil. No dia em que também fora de campo for melhor administrado, com mais ousadia, competência e visão, voltará a produzir grandes façanhas.

4 – Boa parte da imprensa esportiva deve ficar triste ao constatar que o Santos é que tem jogado o melhor futebol nos últimos dias. Os dois queridinhos da mídia foram eliminados ontem da Copa do Brasil. O time do Guerrero caiu diante do Vasco. E o pior, para eles, é que o Corinthians não tem um craque. Um dos poucos que trata bem a bola é Renato Augusto. Mas não dá para engraxar as chuteiras de Lucas Lima.

5 – Esta vitória, no campo do adversário, é uma amostra do que o Santos pode fazer. Comecemos a associar o Alvinegro Praiano com grandes estádios, grandes platéias, patrocinadores poderosos, dezenas de milhares de associados e dinheiro para dar e vender. Este é o Santos Gigante que o santista não pode deixar morrer nos seus sonhos. Nada de se apequenar, de se restringir ao seu bairro. O Santos é do mundo!

Atuações dos santistas

Vanderlei – Não foi muito exigido, mas quando o foi, se saiu bem. 7.
Victor Ferraz – Atento, com ótimo controle de bola, rápido, fez uma de suas grandes partidas. 7,5.
David Braz – Discreto, mas seguro. Não bobeou. 7.
Gustavo Henrique – Formou uma dupla eficiente com David Braz. 7.
Zeca – Boa atuação. Só se descuidou das costas no gol corintiano. 6,5.
Renato – Sua experiência valeu. Organizou a marcação no meio. Sabe o que faz com a bola. Mas de uma cruzada de bola sua saiu o gol do adversário. 6,5.
Thiago Maia – O que ainda lhe falta de experiência, sobra de garra e vontade. Deu o passe para Marquinhos Gabriel no segundo gol. 7.
Lucas Lima – O maestro do time. Se Dunga viu bem o jogo, LL saiu da partida como titular da Seleção Brasileira. 8.
Gabriel – Gol de grande oportunismo. Vinha mujito bem até se machucar. 7,5.
Ricardo Oliveira – Experiência, presença de área e um golaço. 7,5.
Geuvânio – Caiu no segundo tempo, mas enquanto teve fôlego, criou muitas jogadas. Deu lindo passe para o gol de Gabriel. 7,5.
Dos jogadores que entraram, o melhor foi Marquinhos Gabriel, que se apresentou para o jogo e deu passe perfeito para o gol de Ricardo Oliveira. 7,5. Leandrinho entrou meio sonado, mas merece um 6. Pior foi Chiquinho, sem ritmo, que cismou de dar um calcanhar no meio-campo e quase ajuda o adversário a empatar a partida.
Dorival Junior – Está amadurecendo como técnico. Derrotou o decantado Tite duas vezes. Ontem, fatiou o rival. Não caiu na cômoda armadilha de colocar o time na defesa. Botou seus rapazes para comandar no Itaquerão. Merece um 8.

Corinthians 1 x 2 Santos
Itaquerão, 26/08/2015, 22 horas
Jogo de volta das Oitavas-de-final da Copa do Brasil
Público e renda: 37.338 pagantes e R$ 2.353.824,50.
Corinthians: Cássio; Edílson, Felipe (Edu Dracena), Gil e Uendel; Ralf e Bruno Henrique (Cristian); Matheus Pereira (Romero), Renato Augusto e Malcom; Vagner Love. Treinador: Tite
Santos: Vanderlei; Victor Ferraz, David Braz, Gustavo Henrique e Zeca; Renato e Thiago Maia (Leandrinho); Gabriel (Marquinhos Gabriel), Lucas Lima e Geuvânio (Chiquinho); Ricardo Oliveira. Treinador: Dorival Júnior.
Gols: Gabriel aos 14 minutos do primeiro tempo; Ricardo Oliveira aos 18 e Romero aos 28 do segundo.
Arbitragem: Ricardo Marques Ribeiro (Fifa-MG), auxiliado por Bruno Boschilia (Fifa-PR) e Márcio Eustáquio S Santiago (Especial 1 – MG).
Cartões Amarelos: Bruno Henrique, Felipe, Vagner Love, Ricardo Oliveira e Lucas Lima.

E você, o que achou de Santos 2 x 1 Corinthians?

novo time dos sonhos
Comemore a boa fase do Santos dando um presente a você ou ao santista que você mais gosta. Adquira o livro Time dos Sonhos pelo preço de pré-venda e ganhe o seu nome, ou o nome de quem você indicar, no último capítulo do livro. Clique aqui para saber mais detalhes Faltam só 15 dias! .


Older posts Newer posts

© 2018 Blog do Odir Cunha

Theme by Anders NorenUp ↑