Blog do Odir Cunha

O ombudsman do Santos FC

Tag: Cruzeiro do Centenário

1 a 0 foi pouco. Mas alegrou o pessoal do cruzeiro do centenário

O adversário provoca, lança camisa comemorando uma vitória que já tem sete anos, mas na hora de jogar futebol se encolhe lá atrás como um time inferior que é e fica rezando para achar um golzinho no contra-ataque. Como dizem os santistas, na Vila não tem pra onde correr, nem dentro, nem fora do campo. Há 100 anos é assim.

Hoje, Neymar nem precisou brilhar. Paulo Henrique Ganso jogou pelos dois. Que passe para o Íbson! Sem contar a meia-lua desmoralizante que deu em Adriano. O time todo está jogando melhor. Henrique, Arouca e Íbson subiram um pouco mais de nível. Fucile conquistou a torcida com sua raça e até apoiou bem.

Borges ainda parece fora de forma e Rafael deu alguns sustos, mas nada que comprometesse. A arbitragem foi razoavelmente bem, apesar de ter marcado um impedimento que tinha tudo para dar o primeiro gol ao Santos.

Como já dissemos, o Santos é, disparado, o melhor time de São Paulo, e hoje provou isso mais uma vez. Imagino que o rival, sem assunto e sem futebol, agora deve anunciar a contratação de algum esquimó, ou tupi-guarani. É, o marketing pode atingir níveis patéticos…

Escrevo do elegante Grand Mistral, que está zarpando de Santos para o feliz Cruzeiro do Centenário. Eu e a Suzana nos sentimos no céu, em um ambiente incrível, rodeados de santistas. Almoçamos com Edu, Pepe, Lima, Negreiros, Manoel Maria, Serginho Chulapa… Já falamos com Chorão, que veio para um show exclusivo. Ah, no dia em que a maioria dos brasileiros forem santistas, o País estará definitivamente encravado no primeiro mundo e a paz e o bom gosto reinarão no planeta.

E você, o que achou de Santos x o outro alvinegro?


Santos e Ponte Preta, um jogo de muita história, em Barueri

Santos e Ponte Preta já fizeram jogos memoráveis – entre eles a despedida de Pelé do Santos, em 2 de outubro de 1974, na Vila Belmiro, quando o Rei pegou a bola no centro do campo, se ajoelhou e o mundo parou. Houve ainda ume goleada fenomenal no Paulista de 1959 – 12 a 1, também na Vila, sem Pelé em campo e com cinco gols de um garoto de 16 anos chamado Coutinho. Mas a Ponte também aprontou. Em 2002, quase tira o Santos do octogonal decisivo ao vencer o Alvinegro Praiano, na Vila Belmiro, por 3 a 1.

Como a Ponte é um time altivo, que sabe jogar e não se fecha atrás, acredito em um jogo bonito hoje, às 18h30, em Barueri (transmissão do Sportv). E torço para que o Santos siga a sua vocação ofensiva.

Continuo com remotas esperanças de que Muricy Ramalho faça o óbvio e escale Felipe Anderson ao lado de Paulo Henrique Ganso, na meia. Para escolher os dois volantes é só tirar no 2 ou 1 entre Arouca, Henrique, Elano, Íbson e Anderson Carvalho, se bem que eu prefira Arouca e Anderson Carvalho.

Mas entendo a posição do treinador, claro. Na cabeça de Muricy, os garotos Anderson Carvalho e Felipe Anderson podem esperar mais um pouco, enquanto os afamados Elano, Íbson e Arouca precisam jogar, ou a resistência ao técnico nos bastidores começará a incomodar.

Nesta semana, o UOL, que em matéria de Santos costuma estar muito mal informado, disse que o Elano tem chiado com Muricy por ficar na reserva de Íbson. Se há mesmo algo nesse sentido, o que posso dizer é que Elano sempre foi um coadjuvante. Um ótimo jogador, mas nunca o principal. E, se formos ver bem, ele nunca jogou muito mais do que tem mostrado atualmente.

Atuava ali pela lateral e pela meia direita, marcando, tocando pouco na bola, mas aparecendo de surpresa em lances importantes. Com a idade e os maus hábitos extra-campo, perdeu a pouca velocidade e o fôlego que tinha. Não tem justificado o alto salário (R$ 400 mil) e se quiser mudar isso, não adianta pressionar o técnico para jogar, tem mais é de se esforçar para readquirir a forma que perdeu.

A história dos confrontos Santos x Ponte Preta

Por Wesley Miranda

Santos e Ponte Preta já se enfrentaram 114 vezes, e o Santos tem boa vantagem, com 64 vitórias contra 27 derrotas e 23 empates. O Peixe marcou 221 gols e a Macaca, 129.

Em Campeonatos Paulistas são 82 confrontos, com 48 vitórias santistas contra 18 vitórias campineiras e 16 empates. O Santos marcou 149 gols e sofreu 87.

Brasileiros 8, 4, 6
Paulistas 48, 16, 18 51
Rio-SP 0, 0, 1
Amistosos 8, 3, 2
e Pré Paulistão, Laudo Natel…

Pepe, o artilheiro

O artilheiro do confronto é o aniversariante do dia, José Macia, o Pepe, que hoje está completando 77 anos. O Canhão da Vila marcou 15 gols contra a Ponte Preta, três a mais do que Pelé!

As maiores goleadas da história do Santos
Quando pensamos em Santos e suas goleadas, lembramos especialmente do autor de 1.091 gols na história do time, Pelé. Mas, curiosamente, o Alvinegro tem no seu histórico duas goleadas por 12 a 1, uma frente ao Ypiranga, em 1927 com aquele famoso ataque do 100 gols (o Rei, obviamente, não tinha nem nascido) e a outra em cima da Ponte Preta em 1959 com o time de Pelé, ops….Pelé não jogou, então o time de Coutinho, que marcou cinco gols na aprtida, e Pepe!

Com a palavra o artilheiro do confronto e aniversariante do dia:
“Por incrível que pareça, o Pelé não jogou nos 12 a 1. O Coutinho marcou cinco vezes e eu quatro. Porém, pelo juiz, deixei de quebrar meu recorde de gols em uma só partida. No final, tive um gol anulado. Esse time era bom!”

Modesto o senhor José Macia, esse time era excelente! Em 1959 o Santos estabeleceu o ataque mais arrasador de sua história, com 342 gols nos 99 jogos realizados naquele ano!

Santos 12 x 1 Ponte Preta – Resumo
Dalmo, Pagão e Mourão não tiveram preocupação na parte defensiva, e até o defensor Formiga foi mais ao ataque. Zito e Jair, mesmo sem muitas condições físicas, fizeram valer a técnica que tinham. No ataque, Dorval destoou um pouco de seus companheiros e chegou a perder algumas chances. Mas Agnaldo, que teve a enorme responsabilidade de substituir Pelé, foi bem, marcando dois!

Pelé e o recorde de público
Apesar de saber que o Pepe é um grande monstro na história do Santos, você deve estar se perguntando porque o Pelé não é o recordista de gols contra a Ponte Preta, se marcou 50 contra o Corinthians, 43 contra a Portuguesa, 42 contra o Juventus, 40 contra o Guarani e Botafogo-SP, 32 contra São Paulo e Palmeiras… Mas é bom saber que a Ponte Preta ficou ausente da divisão especial de 1961 a 1970. Então, como diria os mais engraçados: Malandra é a Macaca, que ficou na segunda divisão pra não enfrentar o Santos de Ouro!

Com ausência de uma década de duelos, o primeiro confronto no Moisés Lucarelli do Santos de Pelé depois do longo jejum, fez o estádio receber um público oficial de 33.500 torcedores. Porém, mais de 40 mil torcedores estavam presente na vitória do Santos por 1 a 0, com gol de Douglas, em 16 de agosto de 1970. E esse é o recorde de público do Majestoso.

A despedida do Rei
E na partida do Paulistão do dia 02/10/1974 justamente contra a Ponte Preta que Pelé decidiu até então encerrar a carreira. No estádio que foi palco de muitas alegrias, a Vila Belmiro, lotou para ver pela última vez o Pelé em ação. O Rei que jogou contundido, aguentou só até aos 23 minutos da primeira etapa. Pelé se ajoelhou no centro do gramado, abriu os braços em uma forma de agradecimento, se despediu emocionado e emocionando.

De lá para cá arrumaram e arrumam inúmeros sucessores para o seu reinado, mas quem é rei nunca perde a majestade, e Pelé, que decidiu encerrar a carreira jovem, aos 34 anos, para parar no auge, poderia, sim, jogar no Santos no mínimo por mais uns quatro, cinco anos.
Reveja esse jogo contra a Ponte Preta no dia 20/05/1973 e tire suas conclusões (o número 9 é Eusébio):

Os Meninos da Vila e a maior Ponte da história
A Ponte era um timaço em 1978, tinha Dicá e três jogadores que foram para a Copa de 78, na Argentina: o goleiro Carlos e os zagueiros Oscar e Polozzi. Um excelente time, um dos maiores do Brasil no fim dos anos 70. E esse time fez alguns grandes duelos decisivos com os meninos da Vila de Chico Formiga, no longo Campeonato Paulista de 1978.

Semifinal do 1º turno: Com um golaço de falta de Ailton Lira o Santos venceu por 1 a 0 e foi para a final do turno contra o Corinthians.
Semifinal do 2º turno: A Ponte venceu por 2 a 1 com gols de Lúcio e Jorge Campos. Claudinho fez o gol santista.
Na penúltima rodada do terceiro turno, o Santos bateu a Ponte por 2 a 0 com gols de Juary e, de novo, de falta Ailton Lira. E o Santos contou com uma vitória da Ponte sobre o Juventus para se classificar para a semifinal como o segundo do grupo.

Kléber Pereira em dia de Pepe
Em 5 de abril de 2009, no Majestoso, o Santos precisava vencer a Ponte, vice do Paulista de 2008, para se classificar para as semifinais. Kléber Pereira marcou primeiro aos 38º minutos de jogo, colocando o Santos em vantagem no primeiro tempo. Na volta do intervalo, a Ponte Preta do goleiro Aranha, fez mais que só cumprir tabela ao fazer dois gols relâmpagos e virar o jogo. O resultado eliminava o Santos e classificava a Portuguesa. Mas aos 37 minutos do segundo tempo, Kléber Pereira iniciou a reação com o gol de empate e consolidou a classificação ao converter um pênalti aos 43 minutos! Um jogo histórico do time das viradas.

A última decisão
Apesar de dividindo a atenção com a Libertadores, o Santos era o grande favorito das quartas de final do Paulista de 2011. Mas a Ponte, invicta contra os grandes, vendeu caro a derrota, mesmo jogando na Vila Belmiro. O gol da classificação saiu aos 20 minutos, dos pés do iluminado Neymar.

Cruzeiro: maior conhecedor da história do Santos ganhará moto Kazinski


Moto Kazinski, o prêmio ao maior conhecedor da história do Santos a bordo do Grand Mistral

Você que vai participar do Cruzeiro do Centenário, comece a estudar a história do Santos. Durante a viagem de quatro dias todos poderão participar do concurso sobre a história do Santos. Aquele que der mais respostas certas ganhará uma moto elétrica Kazinski.

Desculpe, mas santista que não conhece a história do clube, é meio santista. Por falar nisso, no Cruzeiro teremos palestras e debates sobre eventos marcantes da história do Santos, com a participação de ídolos do clube, pesquisadores e do apresentador Milton Neves.

O transatlântico Grand Mistral larga do porto de Santos dia 4 de março, domingo. Soube que ainda há cabines vagas. Se quiser nos dar a honra e o prazer de sua companhia, ligue na segunda-feira para (11) 3038-5301 ou envie e-mail para reservas@navio100sfc.com.br

Despedida de Pelé, em 1974:

Robinho, Diego & Cia, no Brasileiro de 2003:

E hoje, o que esperar do Santos contra a respeitável Ponte Preta?


Centenário: Sesc Santos pode ter show do santista Zeca Baleiro!

Já sugeri a Zeca Baleiro, para mim um dos maiores compositores e intérpretes da nova geração da MPB, que compusesse o hino do Centenário do Santos. Ele, que virou santista na geração de Juary, Pita e João Paulo, prometeu pensar. Hoje posso informar que o Sesc Santos – que fará a exposição de fotos de torcedores do Santos, em homenagem ao Centenário do clube – iniciou as tratativas para oferecer um show do Zeca durante as comemorações dos 100 anos do Alvinegro Praiano. Não é genial?!

No mesmo Sesc Santos a CBN transmitirá, no dia do aniversário do Alvinegro Praiano, um programa especial de uma hora, em que convidados ilustres contarão maravilhosas histórias do Peixe.

Não há dúvida de que o Sesc é uma das entidades que dão certo neste País. Organizado, profissional, sensível à cultura e à história, o Sesc tem sido e será um grande divulgador do Centenário do Santos.

Por falar em história, quem for ao Cruzeiro do Centenário, no elegante transtlântico Grand Mistral, vai tomar um banho de história do Santos, pois os pesquisadores Guilherme Guarche e Guilherme Nascimento, além de mim, passaremos a vida do Santos a limpo, em animadas palestras.

Além disso, o Cruzeiro terá bate-papos comandados pelo apresentador Milton Neves – que, eu posso assegurar, pessoalmente é bem menos chato do que na tevê. Chega a ser até simpático…

14 de abril será o dia da Santosfest!

O Centenário do Santos será comemorado, em todo o mundo, às 14 horas (do Brasil) do sábado, 14 de abril. A ideia, neste exato momento, é ligar santistas de várias partes do mundo (por skype, celular, o qeu for possível). Comemoraremos com champanhe o Reveillon do melhor time de todos os tempos.

No mesmo dia 14 de abril faremos uma carretata descendo a serra em direção a Santos, enquanto os santistas da cidade farão uma romaria do ponto em que o Santos foi fundado até a Vila Belmiro, onde uma série de atrações agaurdará pelos visitantes. Conto com sua participação!

Há momentos em que não se pode esperar por decisões e consentimentos superiores, por iniciativas que venham de cima. O santista pode e deve transformar o dia 14 de abril em uma data marcante. Basta que vá a Santos, a meca do futebol, e renda sua homenagem ao sagrado Alvinegro Praiano.

Imaginemos Santos com suas ruas tomadas por pessoas com a camisa do time, bandeiras pelas janelas e nas janelas dos carros, desfiles de blocos e escolas de samba, festas em todo canto. Assim será a capital do futebol no dia 14 de abril. Pense nisso e contribua para que isso aconteça.

Blog do Odir coloca você no Cruzeiro do Centenário! Agora!!!

Parem as máquinas! Consegui uma promoção especial para os leitores do Blog do Odir que queiram garantir uma das 100 cabines que faltam para o Cruzeiro do Centenário. Quem ligar ou passar e-mail para comprar a cabine e dizer que leu a notícia neste blog, ganhará uma cabine acima do valor pago. Por exemplo: pelo preço de uma cabine E, ganhará uma G, ou pelo preço de uma D, receberá uma F. Além da boa diferença em dinheiro, o pagamento poderá ser feito em cartão, cheque ou boleto, em até dez vezes sem juros!

Esta oferta vai até o dia 24 deste mês – portanto, você só tem mais uma semana –, ou até esgotar a disponibilidade das cabines. Dá para espera mais? Não. Já combinei com a Suzana e também estaremos no Cruzeiro. Afinal de contas, serão quatro dias de sonho! Todo casal santista merece! Aliás, todo santista merece!

Imagine quatro dias no elegante navio Grand Mistral, convivendo com ídolos como Edu, Rodolfo Rodriguez, Pepe, Mengálvio, Mengálvio, Lima, Abel, Serginho Chulapa, Alberto, assistindo shows da banda Charlie Brown Junior, participando de concursos e bate-papos sobre a história do Santos, vivendo a emoção única de estar a bordo do Cruzeiro do Centenário Santista, que zarpará domingo, 4 de março, do Porto de Santos, e percorrerá Búzios e Angra dos Reis, antes de voltar para nossa querida cidade do futebol.

Quer um exemplo dos preços? Categoria F = US$ 740,00 por pessoa, mais taxas (preço de D). Categoria G = US$ 870,00 por pessoa, mais taxas (preço de categoria E). Dividindo em dez vezes, você gastará pouco mais de 100 reais por mês para um evento que ficará marcado em sua memória por toda a vida. Você merece esse presente!

Quer fechar agora? Ou precisa de mais informações? Ligue para (11) 3038-5301 ou envie e-mail para reservas@navio100sfc.com.br

Gosta do Milton Neves? Pois ele confirmou que estará a bordo coordenando as mesas redondas com os ídolos e os passageiros.

O pacote inclui toda a programação especial do projeto, pensão completa com cinco refeições diárias, bebidas livres nas principais refeições (almoço e jantar – água, suco, refrigerante, cerveja e vinho), além de toda a infraestrutura do transatlântico Grand Mistral, que inclui três restaurantes, nove bares, três piscinas, duas jacuzzi, Spa, centro de ginástica e uma equipe de animação experiente que oferece inúmeras alternativas de entretenimento, entre shows, brincadeiras, aulas e práticas esportivas.

Outras atrações do Cruzeiro do Centenário
Baile do Branco e Preto (esse não dá para perder!)
Sessões de Cinema com jogos históricos do Peixe (Santos 3 x 2 Corinthians, em 2002; Santos 5 x 2 Fluminense, em 1995; Santos 2 x 1 Peñarol, em 2012, entre outros)
Aulas de futebol freestyle
Torneio de videogame
Gosta do Milton Neves? Pois ele confirmou que estará a bordo coordenando as mesas redondas com os ídolos e os passageiros.

Cruzeiro de Centenário é ideia nossa

O Cruzeiro do Centenário está no planejamento do Centenário do Santos desde 2009. O outro alvinegro soube e se apoderou da idéia, mas realizou um evento bem aquém do nosso, que terá um outro nível. Será um cruzeiro fino, de pessoas educadas, unidas pelo amor e o respeito ao time de futebol mais importante do Brasil. Por isso, repito, você e sua família não podem faltar.

Canal de contato para compra:
(11) 3038-5301 e reservas@navio100sfc.com.br

Não se esqueça de dizer que leu a notícia no Blog do Odir, para pagar menos por uma cabine melhor.

E aí, vamos nos ver no Cruzeiro do Centenário?


Cruzeiro do Centenário será de 4 a 7 de março, no Grand Mistral


Grand Mistral, um navio moderno e confortável para o santista comemorar o Centenário em grande estilo

É com imenso prazer que anuncio o Cruzeiro do Centenário para o período de 4 a 7 de março, no moderno e elegante navio Grand Mistral, da Ibero Cruzeiros, com capacidade para 1.800 pessoas.

A persistência de Marco Galvão e Alexandre Zubaran, da Football Marketing, finalmente deu resultado e, com a aprovação do marketing do Santos, o cruzeiro já é uma realidade. Pelas atrações programadas, estou certo de que o santista não se arrependerá de participar desse evento.

Na viagem de três noites – Santos, Búzios, Angra dos Reis, Santos – haverá sessões de cinema e teatro, a Noite do Branco e Preto, shows especiais com artistas santistas, jantares temáticos, campeonato de videogame, refeições com os ídolos, mesa redonda com especialistas, coletiva de fã, filmes sobre o Santos na tevê interna, campeonato de videogame, boletim Football diário na cabine, venda de souvenires…

O Grand Mistral, reconhecido pela infraestrutura e serviço de bordo, possui 3 restaurantes, 9 bares, 3 piscinas, 2 jacuzzi, Spa, centro de ginástica. Uma equipe de animação experiente oferece inúmeras alternativas de entretenimento, entre brincadeiras, aulas e prática esportiva.

Era uma obrigação

Era essencial que o Centenário do Santos, clube de uma cidade praiana e do maior porto do Brasil, tivesse um cruzeiro. Agora, nossa obrigação é tornar o passeio um sucesso. E isto se fará com alegria, confraternização, mas também com o comportamento adequado que se espera da família santista.

Digo isso porque uma experiência similar, com outro clube de São Paulo, não foi bem sucedida. Porém, conhecedor da índole dos santistas, cheguei a garantir ao Marco e ao Alexandre que este Cruzeiro do Centenário será o maior sucesso.

O navio dispõe de 580 cabines. Há preços diferenciados entre elas. Quem quiser mais informações, basta enviar um e-mail para cruzeiro100SFC@naopercopornada.com.br

cruzeiro100SFC@naopercopornada.com.br

Gostou? Logo mais anunciarei mais boas notícias do Centenário.


© 2017 Blog do Odir Cunha

Theme by Anders NorenUp ↑