No almoço após o anúncio da unificação dos títulos brasileiros, no lindíssimo Itanhangá Golf Clube, fiquei na mesma mesa com José Carlos Peres, meu parceiro nesse trabalho, o presidente da Federação Bahiana de Futebol, Ednaldo Rodrigues Gomes (que, vim a saber, nasceu em Vitória da Conquista, mesma cidade natal de minha mãe) e diretores de Botafogo e Fluminense.

Nisso, fui cumprimentado por um senhor elegante, muito simpático, que se sentou ao meu lado, apertou-me a mão e me cumprimentou pelo Dossiê, segundo ele “muito bem fundamentado”. Na sequência das conversas – muito alegres e cordiais, pela alegria e a certeza de estarmos vivendo um momento de redenção do futebol brasileiro – este afável senhor apresentou-se. Seu nome, que confiro agora no cartão, é Carlos Eugenio Lopes, simplesmente o diretor jurídico da CBF, a pessoa que analisou o Dossiê sob o crivo rigoroso das leis.

Conversamos sobre aspectos do trabalho de unificação e fiquei com a certeza de que, não fossem tomados os devidos cuidados com a justeza das informações e com os conceitos emitidos no Dossiê, este teria muitas dificuldades para ser aprovado.

Vejo aqui, em uma rápida pesquisa no Google, que o doutor Carlos Eugenio Lopes, nascido no Rio de Janeiro e formado na Faculdade de Direito da Universidade da Guanabara, está inscrito na OAB do Rio de janeiro desde 1965 e na OAB de São Paulo desde 1995.

Além de diretor jurídico da Confederação Brasileira de Futebol, doutor Carlos é membro da comissão que elaborou o Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD) e membro da Comissão para Assuntos Legais da Fifa. Enfim, trata-se de uma autoridade em direito esportivo no Brasil.

Conhecê-lo só depois do pleito decidido aqueceu meu coração, me trouxe uma sensação de triunfo e alívio, a mesma de um aluno aprovado diante de um mestre que lhe inspira respeito e admiração. A certeza, enfim, de que a conquista da unificação dos títulos brasileiros a partir de 1959 representou a vitória dos fatos, das idéias e dos argumentos.

O que esta unificação dos títulos brasileiros significou para você?