Blog do Odir Cunha

O ombudsman do Santos FC

Tag: Elano (page 1 of 40)

Perder para o Sport não dá


Lucas Lima voltou e passeou em campo. Jean Mota perdeu um gol que minha mãe faria e o Santos conseguiu a proeza de perder para o Sport na Vila Belmiro. Esqueçamos o título brasileiro. Esse time é muito ruim.

Santos FC, o maior espetáculo da Terra

Este livro de arte nenhum time tem e nunca terá. Chegou o livro que traz as maravilhosas viagens do Santos pelo mundo. Um livro único, que vale por um título mundial.

Esse livro de arte nenhum time tem e nunca terá. Chegou a esperada obra que conta as maravilhosas viagens do Santos pelo mundo. Um livro único, que vale por um título mundial.

Prossegue a campanha de financiamento coletivo para o lançamento do livro “Santos FC, o maior espetáculo da Terra”, uma obra única, que nos encherá de orgulho e consolidará o Santos em outro nível na história do futebol mundial. Os autores são Marcelo Fernandes e eu. Prestigie. Garanto que não vai se arrepender. Há muitas recompensas para quem adquirir o livro nessa fase de pré-lançamento.

Vamos transformar este sonho de todo santista em realidade. Clique aqui para entrar no time que vai lançar o livro das viagens maravilhosas do Santos pelo mundo. Ele está pronto e precisa ser impresso. Participe e não se arrependerá!

Ninguém vende Time dos Sonhos e Dossiê mais baratos

time-dossie ok
Compare os menores preços do mercado (com o frete incluso)

Time dos Sonhos
Livraria 2005, RJ, livro usado: R$ 52,89
Sebo do Monge, SP, livro usado: R$ 57,70
Livraria do Blog do Odir, livro novo, com dedicatória exclusiva e três PDFs de brinde: R$ 39,00

Dossiê Unificação dos Títulos Brasileiros
Livraria Capítulo Primeiro, livro usado, Santos: R$ 67,89
Travessa da Praia, livro usado, Santos, R$ 87,89
Livraria do Blog do Odir, livro novo, com dedicatória exclusiva: R$ 39,00

E tem mais: Na compra de dois exemplares você só paga R$ 31 reais por exemplar.

Clique aqui para comprar os livros Time dos Sonhos e Dossiê Unificação dos Títulos Brasileiros pelo menor preço do mercado.

Curso de Especialização em Jornalismo Esportivo
Inscrições abertas
Para jornalistas, estudantes e interessados.

Aproveite o mês de julho para se especializar na profissão

Novo Jornalismo Esportivo – Técnica e Ética
Curso de Especialização

Ministrado por Odir Cunha, jornalista profissional há 40 anos – Jornal da Tarde, O Globo, rádios Globo, Excelsior e Record, TV Record, editor de nove revistas esportivas, diretor de comunicação da Secretaria Municipal de Esportes de São Paulo, diretor da Ampla Comunicação, editor das editoras de livros Novo Conceito e Magma Cultural, dono do Blog do Odir, autor de 27 livros, curador do Museu Pelé, coautor do Dossiê que unificou os títulos brasileiros, biógrafo de Oscar Schmidt, Pelé e Gustavo Kuerten, ganhador de dois Prêmios Esso e três prêmios da Associação Paulista dos Críticos de Arte.

Temas do Curso

Pirâmide Invertida X Novo Jornalismo
As maneiras tradicional e criativa de se escrever uma reportagem.

As regras para uma boa entrevista
Conhecimento – Respeito – Planejamento – Dicas

Os limites da polêmica
Os cuidados com os crimes de opinião: Difamação, Injúria e Calúnia

Princípios do bom texto
Clareza
Escolha das palavras
Uma ideia por parágrafo
Precisão. Sem ela não há credibilidade.
Isenção. A necessidade de ser neutro.
Empatia. O melhor repórter se apaixona pela matéria.
Criatividade. Os caminhos que levam a ela.
Reler é obrigatório
Humildade e Respeito. Qualidades essenciais.
Ousadia e Iniciativa. Quando elas são obrigatórias.

Como escrever para
Jornal diário
Revista
Rádio
Televisão
Blogs e Sites

Funções Jornalísticas
Repórter
Copidesque
Chefe de Reportagem
Editor
Editor Chefe

Fechamento de matérias
Títulos
Subtítulos
Olhos
Intertítulos
Legendas

Lições de casa durante o curso
Matérias sobre eventos escolhidos

Trabalho Final

Certificado de Conclusão

Novo Jornalismo Esportivo – Técnica e Ética
Curso de Especialização

Carga horária: 16 horas
Datas e horários: dias 4, 6, 11, 13, 18, 20, 25 e 17 de julho, das 19h30 às 21h30.
Local: Associação dos Cronistas Esportivos do Estado de São Paulo (Aceesp).
Endereço: Av. Paulista, 807, 9º andar, conjunto 904, São Paulo. Fones: (11) 3251-2420 e 3289-8409.
Investimento: R$ 300, 00 (trezentos reais – 50% na matricula, 50% até o dia 15 de julho.
Sócios da Aceesp em dia com a anuidade não pagam.
Informações e inscrição: blogdoodir@blogdoodir.com.br

clinica de tenis do castelo - 2017

E você, acha que o Santos pode deslanchar no Brasileiro? Ou não?


Um Santos com atitude

Clique aqui, conheça e participe da campanha de financiamento coletivo para lançar “Santos FC, o maior espetáculo da Terra”. Os 200 primeiros terão o nome impresso no livro e poderão adquirir um exemplar por apenas 90 reais.

UM SANTOS COM ALTITUDE

Era só isso que o torcedor queria: um Santos vibrante, que se entregasse ao jogo com vontade. Em Curitiba, mesmo sem quatro jogadores que vinham sendo titulares, o time dirigido pelo interino Elano venceu por 2 a 0, gols de Kayke no primeiro tempo, após ótimos contra-ataques, e acabou com um tabu de 10 anos sem superar o Atlético Paranaense na Arena da Baixada.

Dos 18 mil pagantes, calculo que cinco mil eram santistas, muitos pertencentes à Embaixada do Santos em Curitiba. Dessa vez, os torcedores saíram felizes, pois o time não se contentou em tocar a bola de lado. Sofreu um sufoco no segundo tempo, é verdade, mas garantiu uma importante vitória fora de casa.

O Santos jogou com Vanderlei, novamente com grande atuação; Daniel Guedes, de regular para bom, mas expulso aos 40 minutos do segundo tempo; Lucas Veríssimo e David Braz, que ganharam todas as bolas pelo alto, e Jean Mota, que não comprometeu. Thiago Maia, muito bem, substituído por Alison aos 17 minutos do segundo tempo; Renato, discreto, e Vitor Bueno, fraco, substituído por Cléber aos 36 minutos do segundo tempo; Bruno Henrique, se mexeu bem e deu um excelente passe no segundo gol; Copete, idem, e Kayke, o artilheiro do jogo, substituído por Leandro Donizete aos 42 minutos da segunda etapa.

A próxima partida do Alvinegro Praiano no Campeonato Brasileiro será o clássico contra o Palmeiras, na quarta-feira, às 21h45, na Vila Belmiro. As duas vitórias consecutivas devem fazer o torcedor lotar o Urbano Caldeira na expectativa de mais três pontos que podem deixar o Santos, atualmente em décimo lugar, próximo da zona da Libertadores.

E você, o que achou do Santos do Elano?

Clique aqui, conheça e participe da campanha de financiamento coletivo para lançar “Santos FC, o maior espetáculo da Terra”. Os 200 primeiros terão o nome impresso no livro e poderão adquirir um exemplar por apenas 90 reais.

MAIOR ESPETÁCULO DA TERRA

O técnico Levir Culpi, que ainda não comandará o Santos neste domingo, em Curitiba, contra o Atlético Paranaense, é um personagem especial do futebol, pois tem no mínimo dois neurônios que se conectam. Como hoje está com a vida mansa e não tem o rabo preso com a CBF ou alguma rede de tevê, falou o que todo mundo já sabe: que o Santos dispensa apresentações, pois é daqueles times que têm um lugar cativo entre os grandes da história. Agora sou eu que digo: que se curtam mais os rappers ou os pagodeiros do momento é compreensível, mas isso não quer dizer que se deva esquecer Tom Jobim e a bossa nova.

Entre os anos 60 e 70 o Santos chegou a um ponto inalcançável por qualquer outro time no mundo. E suas marcas permanecem. Sempre que entra em campo, com a mesma camisa e o mesmo distintivo, remete o futebol aos seus tempos mais belos e apaixonantes. É como disse Pelé: “Hoje o time joga no quintal de sua casa, coloca o vídeo no Youtube e todo mundo vê; no nosso tempo nós tínhamos de jogar no mundo todo para sermos vistos. Só não jogamos na Lua”.

Engraçado que o Santos demorou 42 anos para jogar fora do Brasil, mas foi só sentir o gostinho da aventura e se libertou de vez do rabo da saia da mamãe Belmiro. Time brasileiro que mais jogou e venceu equipes estrangeiras, o Glorioso Alvinegro Praiano escreveu histórias que parecem lenda. Em alguns países paralisou guerras, em outros provocou conflitos. Em todos, a causa era a mesma: testemunhar aqueles mágicos homens de branco levitando pelo gramado verde como santos que eram.

Confesso que já tinha dado por encerrado o meu ciclo de livros sobre a história do Santos. Ainda queria escrever sobre alguns ídolos, mas a respeito apenas do time só um livro me apeteceria: queria contar como foram as viagens por todos os continentes, por dezenas de países, mas não me contentaria com nomes e números. Seria preciso sentir o ambiente local, conhecer as opiniões da imprensa estrangeira, conseguir fotos inéditas, ingressos dos jogos, descobrir detalhes, histórias curiosas…

Não via, porém, como conseguir tempo e recursos para empreender essa pesquisa longa e universal. Até que me surgiu um anjo que há muitos anos já fazia esse trabalho meticuloso de garimpagem dos rastros do Santos pelo mundo afora. Morador em Luxemburgo, na Europa, o santista Marcelo Fernandes já fazia essa garimpagem há muitos anos. Como o seu trabalho, em uma companhia aérea, lhe permite viajar pelo mundo, Marcelo visitou os lugares pelos quais o Santos passou e pesquisou em museus, bibliotecas, exposições, estádios e participou de leilões para adquirir peças importantes da memorabilia das viagens santistas.

Clique aqui, conheça e participe da campanha de financiamento coletivo para lançar “Santos FC, o maior espetáculo da Terra”. Os 200 primeiros terão o nome impresso no livro e poderão adquirir um exemplar por apenas 90 reais.

Começamos os planos para o livro há sete anos, temos falado e completado nossas informações desde então, entramos na reta final no ano passado e agora, finalmente, podemos anunciar, com muito orgulho e enorme prazer, o lançamento do livro “Santos FC, o maior espetáculo da Terra”, próximo lançamento da Editora Onze, de Marco Piovan, outro apaixonado pela história do futebol.

Não conheço nenhum outro livro que fale, exclusivamente, das viagens internacionais de um time. Bem, certamente não há uma equipe que tenha tanto assunto, tantas aventuras a contar que envolvam desde as cidades iluminadas da Europa até as povoações modestas na África. Por isso, não é exagero dizer que jamais haverá um time tão impactante como o Santos de Pelé. Por onde ele passou, deixou sua marca.

Trata-se, portanto, de obra única, inigualável, tão valiosa para a história do nosso Santos como mais um título mundial. E outra notícia sensacional é que você poderá ter o seu nome impresso no livro, garantir presença no evento de lançamento, ao lado de grandes craques daquele Santos formidável e ainda obter outras recompensas por preços promocionais de pré-lançamento.

Se esperarmos que os outros reconheçam os méritos inigualáveis do nosso Santos, morreremos sentados. Portanto, nos unamos para que “Santos FC, o maior espetáculo da Terra” seja lançado com o esmero e a divulgação que merece e espalhe essa história singular do time de uma pequena cidade brasileira que colocou o mundo aos seus pés.

Clique aqui, conheça e participe da campanha de financiamento coletivo para lançar “Santos FC, o maior espetáculo da Terra”. Os 200 primeiros terão o nome impresso no livro e poderão adquirir um exemplar por apenas 90 reais.

Curso de Tênis de Férias da Suzana Silva

Sou suspeito para falar, mas se eu tivesse filhos pequenos, eles já estariam inscritos no Curso de Tênis de Férias da Suzana Silva. As crianças passarão quatro dias aprendendo e aprimorando seu jogo de tênis, fazendo novas amizades e convivendo com professores especializados no ensino e no treinamento de crianças.

O lugar é paradisíaco, nem parece que você está em São Paulo. Considero as quadras de saibro do Clube de Campo Castelo as mais bonitas da cidade. As crianças e seus pais adoraram as clínicas anteriores. Um dia todo de tênis, com refeições, transfer direto do Shopping Morumbi. Abaixo segue o cartaz do evento com o telefone e o e-mail para informações e a inscrição.

Clique aqui, conheça e participe da campanha de financiamento coletivo para lançar “Santos FC, o maior espetáculo da Terra”. Os 200 primeiros terão o nome impresso no livro e poderão adquirir um exemplar por apenas 90 reais.

Participe dessa obra histórica e poderá dizer, para sempre: eu sou um dos responsáveis por um dos livros mais importantes do Santos e do futebol mundial, o livro das viagens do time que ficou conhecido como “O maior espetáculo da Terra”.


Para começar de novo

20 vitórias consecutivas no Pacaembu!

De 1940 a 1950 o São Paulo e o Palmeiras foram cinco vezes campeões paulistas cada um, jogando boa parte de suas partidas no Pacaembu, estádio que chegou a ser o principal do Corinthians. Pois bem. Com a vitória de 1 a 0 sobre o Botafogo, com gol de cobrança de falta de Victor Ferraz aos 50 minutos do segundo tempo, o Santos completou 20 vitórias consecutivas no Pacaembu, estabelecendo uma marca que dificilmente será superada. 14.486 pessoas presenciaram o feito histórico. O time não mostrou um futebol vistoso, mas lutou e teve sorte.


No ano passado foi assim.

PARA COMEÇAR DE NOVO

Olho para o céu, está firme, o chamado “de brigadeiro”. O confronto é histórico. Jamais no futebol brasileiro houve um clássico assim, com o Santos de Pelé diante do Botafogo de Garrincha. Hoje faltarão os ídolos, os super craques, mas a rivalidade estará em campo a partir das 21 horas, no aconchegante Pacaembu. O improvisado Elano dirigirá um remendado Santos diante do bom Botafogo de Jair Ventura. O adversário está melhor, mas o Santos está em sua maior casa e lutará pela marca inacreditável de 20 vitórias consecutivas no Pacaembu.

Mais do que nunca o Alvinegro Praiano experimenta a sensação de viver uma crise que pode se transformar em oportunidade. O torcedor já viveu momentos assim tantas vezes, que sente um misto de apreensão e ansiedade. Há o medo de um novo insucesso, mas também há a esperança de uma vitória redentora.

Com as contusões de Zeca e Caju a lateral esquerda virou um problema e Elano resolveu colocar o ambidestro Matheus Ribeiro por ali. A princípio, é o lado mais preocupante da preocupante defesa santista, que ainda terá Vanderlei, Victor Ferraz, Lucas Veríssimo, David Braz.

No meio, o técnico interino decidiu escalar o experiente Vecchio no lugar de Vladimir Hernandez. Elano conhece aquele pedaço, Vecchio tem um estilo mais cadenciado, como o próprio Elano. O argentino jogará ao lado de Renato e Thiago Maia. Creio que foi uma boa escolha.

A grande novidade no Santos será a entrada do garoto Arthur Gomes como centroavante, ladeado por Vitor Bueno e Ricardo Oliveira, ou Kayke. Gostei. Elano sabe que o torcedor santista gosta de garotos no ataque, pois com eles em campo sempre terá bons motivos para acreditar que um dia surgirá um novo menino de ouro, como Elano já foi um dia.

Mas o adversário é perigoso e destemido. No papel, não é nenhuma brastemp, mas tem um técnico inteligente, que sabe tirar o máximo de seus jogadores. Sétimo colocado, com sete pontos, o time carioca tem quatro pontos ganhos a mais do que o Santos, que é o décimo-sexto na classificação geral. Será um duelo bom de se assistir e de torcer. Todos ao Pacaembu!

Santos x Botafogo – Pacaembu, 21 horas
(Se ainda não tem ingressos, chegue uma hora e meia antes para comprar com tempo de ver o início da partida. Senhores e senhoras com 60 anos ou mais, ou crianças até 12 anos podem entrar de graça. Para isso é preciso levar o RG, ou a Certidão de Nascimento).
Santos – Vanderlei, Victor Ferraz, Lucas Veríssimo, David Braz e Matheus Ribeiro; Renato, Thiago Maia e Vecchio; Vitor Bueno, Arthur Gomes e Ricardo Oliveira (Kayke). Técnico: Elano.
Botafogo – Jefferson (Helton Leite), Arnaldo, Joel Carli, Igor Rabello e Gilson; Bruno Silva, Rodrigo Lindoso, Matheus Fernandes e João Paulo; Rodrigo Pimpão e Roger. Técnico: Jair Ventura.
Arbitragem:Jailson Macedo Freitas, auxiliado por Alessandro A. Rocha de Matos e Elicarlos Franco de Oliveira, todos da Bahia.

E você, o que espera do jogo de hoje?

Santos FC, o maior espetáculo da Terra
Ainda este ano finalmente será lançado o livro “Santos FC, o maior espetáculo da Terra”, que fiz em parceria com Marcelo Fernandes, um brasileiro que vive em Luxemburgo e é o maior pesquisador das viagens internacionais do Santos. Já é possível participar da campanha de financiamento coletivo para garantir o seu exemplar deste livro único.
Clique aqui para garantir o livro definitivo, único, sobre a história do Santos.
Veja alguns vídeos que o Marcelo gravou em dibersos lugares do planeta em que o Santos jogou (assista aos outros no Youtube).

CURSO DE REDAÇÃO NAS FÉRIAS DE JULHO

Para Vestibular, Enem e Concursos

Professor: jornalista e escritor Odir Cunha

Aulas teóricas e práticas

Curso 1
Terças e quintas das 19 às 21 horas
A partir de 3 de julho
Carga horária: 16 horas
Inscrições abertas
Vagas limitadas

Curso 2
Apenas às sextas feiras, das 19 às 21 horas
A partir de 7 de julho
Carga horária: oito horas
Inscrições abertas
Vagas limitadas

Local: Dept Cult!
Rua Alexandre Dumas, 613, Chácara Santo Antonio
Informações: blogdoodir@blogdoodir.com.br


Baixei os preços pensando em você e nos seus filhos! Nunca os livros do blog foram tão baratos. Compre-os e divulgue a rica história santista

Agora, tanto o Dossiê Unificação dos Títulos Brasileiros como o Time dos Sonhos custar apenas 39 reais o exemplar e 69 reais dois exemplares. Também dá para comprar um exemplar de cada um por 69 reais a dupla. Os PDFs também estão quase de graça. Aproveite para comprar os livros que você ainda não tem e também presentear os amigos.

time-dossie ok
1 Time dos Sonhos + 1 Dossiê + 3 PDFs + dedicatórias + frete pago = apenas 69 reais.

A história do Santos em PDFs a preços simbólicos
DonosdaTerraNa Raça!Ser SantistaPedrinho escolheu um time

Diante de constantes pedidos de livros já esgotados em papel, como Donos da Terra, Na Raça, Ser Santista e Pedrinho escolheu um time, o blog está oferecendo cópias em PDF dessas obras por preços simbólicos. O PDF é enviado pelo e-mail que o comprador designar no endereço para a entrega.

Clique aqui para maiores informações e para adquirir bem baratinho PDFs de livros históricos do Santos já esgotados em papel. Os preços vão de R$ 2,50 a R$ 6,50.

Que tal gastar só um pouquinho para conhecer um pouco mais a história do Santos e também divulgá-la entre os amigos santistas?


Ficou fácil ser sócio do Santos

Santos iguais

Reservas do Santos empataram em Macapá, por 1 a 1, com o Santos amapaense. Era de se esperar mais do Alvinegro Praiano. Pelos salários que recebem e pela maior experiência que possuem, os jogadores do Santos da Baixada deveriam ter vencido a partida, e bem. Os melhorzinhos foram Ronaldo Mendes, que entrou no segundo tempo, e Joel, que marcou o gol de empate. Mas o Peixe do Amapá correu e lutou muito. Um temporal transformou o jogo em uma batalha na lama durante quase todo o segundo tempo. No final, o resultado acabou sendo justo. No jogo de volta, o empate em 0 a 0 já classifica o Santos de Santos para a próxima fase da Copa do Brasil.

Meu amigo Ademir Teles, direto de Macapá:

Fala Odir!

Tudo bem?

Que jogo histórico !

Santos AP X Santos SP!

Acabei de chegar do estádio Zerão.

Bobeamos um pouco mas no final arrancamos um empate.

O povo é bem acolhedor. Torcedores de diversos times com seus respectivos mantos. Tinha camisa do “Mengo”, claro. Dos caras da marginal, Porcada, Grêmio , Coritiba, Botafogo, Remo, Paysandu, Sampaio Correia…. Sem contar a molecada com camisas de clubes do exterior.

A banda da torcida do time local animou o jogo. Chegou a ser hilário após o término da tempestade, pois era um cai daqui, escorrega dali, derrapa de lá , que parecia uma apresentação circense ao som das marchinhas. Muito divertido.

Olha quem eu encontrei no estádio.

Acho que você o conhece.

E logo abaixo uma foto tirada com um pé no hemisfério Norte e o outro no Sul.

Ademir Teles

Um abraço !
Ademir Teles
São Bernardo do Campo

no amapáamapa

Artigo sobre a espanholização no site Comunique-se

O site Comunique-se é um dos mais lidos entre os jornalistas brasileiros. Seus artigos são enviados, por e-mail, a um mailing de dezenas de milhares de profissionais. Por isso, resolvi escrever para ele explicando porque a Globo não trata o futebol como jornalismo, mas como produto de marketing.

Clique aqui para ler meu artigo no Comunique-se explicando porque a Globo não trata o futebol como jornalismo.

FICOU FÁCIL SER SÓCIO DO SANTOS

Ufa, finalmente parece que ficou fácil se tornar sócio do Santos. É só entrar no site oficial, clicar sobre o logotipo do sócio-rei e ser encaminhado para o cadastro necessário. O cartão “Oficial” é o menos caro, mas já dá direito a compra de ingressos com desconto e, o mais importante, condição de votar nas próximas eleições para presidente do clube, em dezembro de 2017.

Esse cartão oficial pode ser pago com uma anuidade de R$ 235, o que dá 19 reais por mês. Acho que é a melhor opção. Mas quem preferir pagar mensalmente, arcará com 27 pilas por mês. De qualquer forma, vale a pena, pois um sócio participa mais da vida do clube e pode agir diretamente para levar o Santos ao caminho que todos queremos.

Clique aqui para saber como ficar sócio do Santos. É fácil.

Os Meninos do Sub-17

Caso continuem, humildemente, se aplicando nos treinos, corrigindo os defeitos e aprimorando as qualidades, alguns meninos desse sub-17 do Santos têm tudo para se tornarem bons profissionais. Ainda é cedo para previsões específicas, mas adianto é alguns têm talento. Só é preciso ver se terão caráter, a chamada índole de campeão.

Outros não mostram tanta habilidade, mas são inteligentes e competitivos, o que também pode levar um jovem a ir longe no futebol. Então, esperemos um pouco mais para análises mais detalhadas. No momento, eles não precisam de broncas, mas de incentivo.

Que tal o “Donos da Terra” de presente?

Como se sabe, o blog está fazendo uma promoção do livro “Time dos Sonhos” neste mês de abril em que o Santos comemora 104 anos de vida. O leitor recebe um livro com dedicatória exclusiva e sem custos de correio por 68 reais. Porém, muitos interessados têm pedido também o livro “Donos da Terra”, que conta a história do primeiro título mundial do Santos. Ocorre que essa obra está esgotada e não há previsão de novo lançamento. Então, pensei em algo para presentear os leitores do blog.

O livro “Donos na Terra” em papel está esgotado, mas consegui sua versão eletrônica, em PDF, e vou enviá-la, por e-mail, a todo aquele que adquirir o livro “Time dos Sonhos” até o dia 30 de abril. Não custará nada. É um brinde do Blog do Odir aos santistas que acompanham este espaço há tanto tempo. Você poderá lê-lo no computador, tablet, laptop…

E para não ser injusto com os que compraram “Time dos Sonhos” este mês e não receberam a versão eletrônica de “Donos da Terra”, peço que solicitem seu exemplar enviando e-mail para blogdoodir@blogdoodir.com.br Vamos conhecer, defender e divulgar a rica história do Glorioso Alvinegro Praiano.

DonosdaTerra Neste mês de aniversário do Santos, presenteie a você mesmo, ou a um(a) santista querido(a), com um exemplar de Time dos Sonhos e ainda ganhe uma versão eletrônica do livro Donos da Terra. Clique aqui para saber como adquirir o seu exemplar de Time dos Sonhos – uma autêntica Bíblia Santista, de 528 páginas – sem nenhuma despesa de correio e com dedicatória do autor, por apenas 68 reais. E ainda ganhe o e-book do livro Donos da Terra. Faltam apenas 10 dias para terminar a promoção!

Um pouco do Santos do Amapá


Um dos títulos do Santos, o grande time do Amapá.


Lembra do uruguaio Acosta? É ídolo por lá, quase aos 40 anos.

Até que ponto a história do Santos é importante para você?


A força da marca Santos


Hora dos reservas mostrarem o que sabem (Foto: Ivan Storti/ Santos FC).

Mesmo com um time reserva orientado por Lucas Silvestre, filho de Dorival Junior, o Santos – desde que jogue com vontade – tem tudo para vencer bem o seu xará do Amapá, na quinta-feira, às 21h30, em Macapá, e passar para a próxima fase da Copa do Brasil. Mas antes de falar do nosso Santos, falarei do Santos do Amapá, que também não deixa de ser nosso.

Tenho uma alegre gratidão por todos que amam o Santos e por isso não consigo sentir nenhuma hostilidade pelo Santos da pujante cidade de Macapá, com seus 370 mil habitantes. Ao contrário. Ele é uma prova viva da força da história, do carisma e da marca Santos.

Fundado em 11 de maio de 1973, 12 dias depois de o nosso Santos enfiar 3 a 0 no alvinegro da capital, no Morumbi (dois de Pelé e um de Brecha), o Santos de Macapá nasceu do amor pelo Alvinegro Praiano cultivado pelo funcionário público Otaviano Nogueira e o professor da rede estadual Delson Furtado, que convidaram amigos e fundaram, no bairro do Trem, um time que pudesse ser uma fábrica de campeões, como o consagrado Santos de Pelé, Pepe e Coutinho.

Após muitos anos como amador, o Santos do Amapá tornou-se profissional em 1998. Seu primeiro título estadual, heróico, veio em 2000, justamente na virada do milênio, quando o clube não tinha patrocinador e nem campo para treinamento. Hoje a equipe é tricampeã do estado, sendo que em 2013 e 2014 chegou ao título invicta.

Amparado pelo empresário Brasil Luciano Marba, seu presidente de honra, hoje o Santos do Amapá se orgulha de ter a melhor infra-estrutura esportiva dos clubes do Estado, com ginásio coberto, piscina, restaurante, quadras de basquete, vôlei, futsal, além de campos de futebol e beach soccer, enfim, um clube de verdade.

Havia também um Santos no Acre, outro no Amazonas e mais um na Paraíba, mas foram desativados. O maior Santos da região Norte do País é este de Amapá. Espero que a nossa delegação santista leve flâmulas e outros mimos aos nossos coirmãos alvinegros.

Confesso que não faço ideia de como joga o Santos amapaense, mas descobri que o time que há um mês perdeu por 4 a 2 para o Nacional, em Manaus, pela Copa Verde, jogou com Rafael, Maicon, Anderson, Diney, Batata; Pretão (Bruno), Lessandro, Willian (Renato) e Raí; Renatinho (Fazendinha) e Acosta. O técnico era Romeu Figueira e esse Acosta é aquele atacante uruguaio que jogou pelo alvinegro da capital e pelo Náutico. A figura já está com 39 anos.

Vila Belmiro, 100 anos de Paixão!

O documentário sobre o Centenário da Vila Belmiro, produzido por Beatriz Plácido, Giovana Pinheiro, Nicolaos Garófalo e Victor Onofre merece o nosso apoio. Visite a página no Facebook.

Clique aqui para entrar na página do documentário “100 anos de Paixão”, tocante homenagem à Vila mais famosa do mundo.

Neste mês de aniversário do Santos, presenteie a você mesmo, ou a um(a) santista querido(a), com um exemplar de Time dos Sonhos.

Clique aqui para saber como adquirir o seu exemplar de Time dos Sonhos – uma autêntica Bíblia Santista, de 528 páginas – sem nenhuma despesa de correio e com dedicatória do autor, por apenas 68 reais.
Faltam apenas 11 dias para terminar a promoção!

Por que não Fernando Medeiros, Ronaldo Mendes e Maxi Rolóm?

O time do Glorioso Alvinegro Praiano que treinou na segunda e deverá treinar todos os dias para se entrosar para o jogo de quinta-feira, foi escalado por Lucas Silvestre com Vladimir, Alison, Lucas Veríssimo, Luiz Felipe e Caju; Leandrinho, Léo Cittadini, Elano e Rafael Longuine; Paulinho e Joel.

Não sei se é este o time que jogará, mas acho que o filho do Dorival deveria experimentar outras formações. Muitos torcedores pedem Fernando Medeiros, Ronaldo Mendes e Maxi Rolóm, por exemplo. E se o povo pede – como pediu Vitor Bueno – é bom ouvir o pedido. Leandrinho e Léo Cittadini ainda precisam convencer, e Elano tem de controlar os nervos.

De qualquer forma, acredito em uma vitória por dois gols de diferença. O xará do Amapá jamais passou da primeira fase da Copa do Brasil e em seis jogos só conseguiu marcar um gol – na derrota por 3 a 1 para a Portuguesa, no ano passado. Por mais que o nosso Santos costume dar moleza quando joga fora de casa, não acredito que será surpreendido pelo valente e simpático xará do Norte.

E você, o que espera do Santos contra o Santos?


Older posts

© 2017 Blog do Odir Cunha

Theme by Anders NorenUp ↑