Na Copa São Paulo, o Santos goleou o América de Natal por 5 a 0, em São Carlos, e se classificou para as oitavas de final; no Torneio Internacional, jogado em Araraquara, as Sereias da Vila venceram o bom time do Foz Cataratas e ficaram com o título. Agora, para completar a tríplice coro…, quero dizer, a tríplice alegria neste sábado, o time profissional tem de vencer o Linense, em sua estréia no Campeonato paulista, a partir das 19h30m.

Marta pode ser a melhor do mundo, mas hoje, quem foi vê-la, acabou apreciando o futebol maravilhoso de Gabi, a craque e líder do jovem Foz Cataratas. Como joga essa garota! Quase que, praticamente sozinha, ela deu o título ao time paranaense.

Aos sete minutos ela roubou a bola no meio-campo e, mesmo de longe, percebeu a goleira Andréia adiantada e bateu por cima, marcando um golaço. O Santos empatou aos 35 minutos do primeiro tempo, com chute de longa distãncia de Angélica, mas logo no segundo tempo, depois de uma arrancada irresistível, Gabi deu a Daine, que fez 2 a 1.

Mesmo com uma jogadora a menos, já que teve a zagueira Leti expulsa no primeiro tempo (em uma falha da arbitra Katiuscia de Mota Lima, que deu um cartão amarelo errado para a jogadora do Foz), a equipe do Paraná lutou muito e sempre foi perigosa nos contra-ataques.

Porém, pressionando o tempo todo, o Santos chegou ao empate com Maurine, a melhor das Sereias neste sábado, e aos 3 a 2 finais com Thais, no finzinho do jogo.

Um título sempre é importante, mas deu para perceber neste torneio que a superioridade do Santos com relação a outras equipes brasileiras – como Palmeiras e Foz – já não é tão grande. Sem Marta, que só fará um último amistoso antes de ir embora, só restará uma craque ao time: a pequena e incansável Maurine. Outra que tem potencial é Thaís, mas precisa aprender a jogar mais para a equipe.

Uma inesperada goleada dos Meninos na Copa

O jogo na Copa São Paulo estava enrolado. O Santos tinha mais posse de bola, mas o América de Natal atacava bem, explorando o lado do lateral Crystian, que apoia bem, mas marca mal. Porém, o gol de Geovânio, aos 40 minutos, abriu a porteira e em três minutos o Santos definiu o jogo.

O lateral-esquerdo Geovânio, um dos poucos destaques do time até ali, aproveitou uma bola fora da área e bateu de direita, colocado. Ao quicar no gramado, a bola enganou o goleiro e entrou. Dois minutos depois, Fábio Bulgarello, de peixinho, aproveitou um bom centro de Dimba para fazer 2 a 0. Não havia passado um minuto e Leandro, de fora da área, marcou o terceiro.

No segundo tempo, Fábio Bulgarelli, mais centroavante do que o próprio Dimba, aproveitou um cruzamento e marcou um gol, sem ângulo, de cabeça. Depois, Geovane sofreu pênalti após bela jogada e Dimba cobrou, fazendo 5 a 0.

Quanto teve a vitória garantida, o Santos se soltou bem mais e alguns jogadores parecem ter perdido o medo ou a timidez. No entanto, não dá para ficar muito otimista. Alguns jogadores melhoraram, mas o único que mostra muita habilidade, apesar de continuar fominha, é o lateral-direito Crystian.

Mesmo em um jogo em que o time venceu por 5 a 0, Dimba só marcou de pênalti, depois de perder alguns gols e várias posses de bola. Ou seja: é um centroavante muito fraco e não tem qualquer condição de jogar no Santos. Uma boa opção para o próximo jogo seria tirá-lo do time e colocar Tiago Alves, já que Fábio Bulgarelli pode fazer bem o papel de homem-gol.

Estréia no Paulista

Logo mais o Santos inicia sua participação no Paulista 2011 contra o Linense. Logo que o jogo terminar, deixe o seu comentário. Mais tarde eu falo sobre a partida (se o Pedro Reino não falar antes)

E você, o que achou das Sereias e da goleada dos Meninos na Copa São Paulo?