Blog do Odir Cunha

O ombudsman do Santos FC

film izle

Tag: final do Campeonato Paulista

Santos saiu perdendo


Neste Paulista o Audax já foi à Vila e deu muito trabalho.

O Santos precisa faturar. Sem patrocínio máster, sem boas cotas de tevê, sem campanha de sócios, com arrecadações pequenas ao longo do Campeonato Paulista, com os juros bancários fazendo sua dívida aumentar a cada mês, ainda com os 70 milhões de Leandro Damião a serem pagos, as finais do Paulista eram uma boa oportunidade de tirar a barriga da miséria. Porém, o presidente Modesto Roma agiu como se o clube nadasse em dinheiro.

Aceitar que as finais do Campeonato Paulista sejam jogadas no estádio José Liberatti, em Osasco, com capacidade para 12.787 pessoas, e no Urbano Caldeira, a Vila Belmiro, que comporta apenas 16.650 torcedores, não é só pensar pequeno demais. É pensar errado.

Na reunião dos presidentes Roma, do Santos, e Vampeta, do Audax, nenhum queria abrir mão de jogar em sua cidade. Foram turrões e agiram como amadores. Perderão dinheiro e terão a mesma chance de vencer o campeonato que teriam em estádios bem maiores e confortáveis. Na verdade, a composição final acabou sendo melhor para o Audax. O bairrismo cego impediu Roma de enxergar a melhor solução para o Santos.

Jogar as duas partidas em São Paulo, como fez nas finais do Paulista contra Santo André, Guarani e Ituano, seria a opção ideal para o popular Alvinegro Praiano. Não só pelos fatores renda, visibilidade e conforto para sua torcida, mas também pelo aspecto técnico, já que o Santos tem muita dificuldade de conseguir bons resultados em pequenos estádios hostis.

Nesse mesmo José Liberatti o Audax sapecou 4 a 1 no São Paulo nas quartas de finais, fora o baile. Uma estratégia óbvia era evitar que o Santos jogasse a primeira partida da final ali. Como Modesto Roma não abriu mão de fazer a segunda partida na Vila, Vampeta também não cedeu com relação a Osasco e com isso o time que acabou perdendo com esse acordo foi o Santos. O bairrismo impediu Roma de pensar no clube.

Com dois jogos no Pacaembu, ou no Morumbi, o público e a renda seriam muito maiores e a torcida santista faria o time se sentir em casa. Leco, presidente do São Paulo, chegou a oferecer o Morumbi para os jogos – mesmo estádio, aliás, em que o Santos foi campeão paulista em 2007 e 2012.

Em 2007, na administração de Marcelo Teixeira – por incrível que pareça muito menos bairrista do que Modesto Roma –, o Santos decidiu o título com o São Caetano no estádio do tricolor paulista. No primeiro jogo o público foi de 32.136 pagantes, e no segundo, que deu o título ao Santos, o estádio recebeu 59.953 pagantes, com renda de mais de um milhão de reais.

Em 2010, já na administração de Luís Álvaro Ribeiro, as finais do Paulista diante do Santo André, no Pacaembu, tiveram públicos de 33.354 e 35.0001 pessoas, com arrecadações de R$ 1.770.150,00 e R$ 2.244.465,00.

Dois anos depois, ainda na administração de Laor, a decisão com o Guarani foi jogada no Morumbi, e os públicos foram 53.749, com renda de R$ 2.667.232,00 e 40.146 pessoas, com arrecadação de R$ 1.849.376,00.

Finalmente, em 2014, na gestão de Odílio Rodrigues, o Santos disputou a decisão do Paulista com o Ituano, no Pacaembu, com públicos de 27.114 e 34.965 pessoas e arrecadações de R$ 1.459.353,00 e R$ 1.901.845,00.

Agora, diante do Audax, a soma do público dos dois jogos não chegará a 30 mil pessoas. A renda somada das duas partidas não chegará à arrecadação diante do Santo André, há seis anos. Mas o pior é que, além dos números da bilheteria, há a questão dos números em campo.

Sensação do Campeonato Paulista, com seu estilo ofensivo e técnico de jogo, o Audax venceu o Palmeiras e o São Paulo em seu estádio, enquanto o Santos se costumou a jogar mal e preguiçosamente longe do grito de sua torcida. Caso o Audax vença a partida no domingo, o que seria um resultado normal, o Alvinegro Praiano terá de se desdobrar para vencer bem na Vila Belmiro, o que, conforme vimos contra o Palmeiras, não será nada fácil.

Time dos Sonhos + dedicatória + frete pago + Donos da Terra (versão eletrônica) por apenas 68 reais! Mas só neste mês do 104º aniversário do Santos. Reserve já!
DonosdaTerra Neste mês de aniversário do Santos, presenteie a você mesmo, ou a um(a) santista querido(a), com um exemplar de Time dos Sonhos e ainda ganhe uma versão eletrônica do livro Donos da Terra. Clique aqui para saber como adquirir o seu exemplar de Time dos Sonhos – uma autêntica Bíblia Santista, de 528 páginas – sem nenhuma despesa de correio e com dedicatória do autor, por apenas 68 reais. E ainda receba, gratuitamente, o e-book do livro Donos da Terra.
Faltam apenas 4 dias para terminar a promoção!

Uma pena que a Federação Paulista de Futebol não tenha intercedido para que a decisão fosse jogada em um estádio maior, mais digno de uma final de Campeonato Paulista. O presidente da Federação, Reinaldo Carneiro Bastos, admitiu que a escolha de Roma e Vampeta trará “prejuízo financeiro”, mas tentou justificar, dizendo que “a escolha dos estádios com certeza acarreta em perdas financeiras, mas o futebol não é feito só do dinheiro”.

O prêmio ao campeão paulista será de R$ 4 milhões. Um bom dinheiro, mas nada que o Santos já não teria acumulado se jogasse mais vezes em São Paulo nesse Campeonato Paulista.

Bem, agora resta saber se Dorival Junior vai poupar muitos titulares no jogo de meio de semana, diante do Santos do Amapá, pela Copa do Brasil. Vimos muito bem o que deu poupar jogadores na reta final do Campeonato Brasileiro do ano passado.


Como um presidente eleito por uma chapa que se intitulava “Santos Gigante” aceita que o Santos jogue a final de um título paulista em um estádio como esse?

Agora veja a torcida do Santos comemorando o título de 2007 em um Morumbi com 59.953 pagantes e renda de R$ 1.028.550,00:

E você, o que achou da escolha dos estádios para a final?


Mais de 20 mil ingressos ainda estarão à venda no Morumbi neste domingo

Ainda está sem ingresso para a partida entre Santos e Guarani, neste domingo? Não há problema. Mais de 20 mil ingresos serão colocados à venda nas bilheterias do estádio das 10 às 14 horas.

Leia abaixo o comunicado enviado à imprensa pela departamento de comunicação do Santos Futebol Clube:

Guarani x Santos FC – Ingressos para primeiro jogo da final do Paulista seguem à venda neste domingo (06) somente no Morumbi

Cerca de 33 mil e 100 ingressos foram vendidos – 25 mil e 500 para santistas e 7 mil 600 para bugrinos – para o primeiro jogo da final do Paulista 2012, entre Santos FC e Guarani. Como a carga total para a partida é de 60 mil torcedores, os ingressos continuam à venda neste domingo (06) somente no estádio do Morumbi das 10 às 14 horas. O primeiro jogo da final acontece domingo (06), às 16 horas, no Morumbi.

A torcida do Santos FC ainda tem disponível para compra ingressos de arquibancada do setor amarelo, que teve abertura de vendas neste sábado.

Todos os outros setores do estádio têm venda liberada para qualquer torcedor, independente da agremiação.

Sócios

Como as finais são mando da Federação Paulista de Futebol, e não dos clubes, e a renda será dividida entre os dois times, os associados do Santos não terão a possibilidade de comprar ingressos pelo portal www.sociorei.com.br . Em compensação, a diretoria santista, em negociação com o Guarani e a Federação Paulista, conseguiu garantir que os sócios paguem meia-entrada em qualquer um dos setores do Morumbi nas duas partidas.

Para comprar ingressos, os sócios devem se dirigir a um dos postos de venda munidos de suas carteirinhas. Haverá guichê especial de atendimento para associados.

Para entrar no estádio, sócios devem apresentar carteirinha e ingresso.

Donos de cadeira

Por conta do mando das partidas ser da FPF, donos de cadeira na Vila Belmiro também devem comprar ingressos da mesma forma que os sócios que não possuem cadeira.

Para entrar no estádio, sócios devem apresentar carteirinha e ingresso.

Opções de ingresso

Arquibancada Azul – Setor esgotado – portão 6 – torcida do Santos FC: R$ 60,00 (meia entrada R$ 30,00);

Arquibancada Laranja – Setor esgotado – portão 6 – torcida do Santos FC: R$ 60,00 (meia entrada R$ 30,00);

Arquibancada Amarela – Torcida do Santos FC: R$ 60,00 (meia entrada R$ 30,00);

Setor Térreo VISA (Vermelha) – portão 3: R$ 70,00 (meia entrada R$ 35,00);

Morumbi Premium Clube – portão 4: R$ 120,00 (meia entrada R$ 60,00);

Cativa Azul – Proprietário – portão 5: R$ 60,00 – disposição de venda apenas no Morumbi;

Cadeira Especial Azul – portão 5: R$ 120,00 (meia entrada R$ 60,00);

Laranja Premium – portão 5: R$ 120,00 (meia entrada R$ 60,00);

Cadeira Laranja – portão 5: R$ 70,00 (meia entrada R$ 35,00);

Setor Visa Infinite – portão 5: R$ 170,00 (meia entrada R$ 85,00);

Cativa Vermelha – Proprietário – portão 16: R$ 60,00 – disposição de venda apenas no Morumbi;

Cadeira Amarela – portão 16: R$ 70,00 (meia entrada R$ 35,00);

Setor Deficiente – portão 17: R$ 60,00 (meia entrada R$ 30,00);

Setor Térreo VISA (Vermelha) – portão 18: R$ 70,00 (meia entrada R$ 35,00);

Arquibancada Vermelha – portão 15 – torcida do Guarani: R$ 60,00 (meia entrada R$ 30,00).

Meia entrada

Possuem direito à meia entrada estudantes do ensino fundamental, médio ou superior (público ou particular). Para compra e acesso ao estádio, o estudante deverá apresentar declaração escolar relativa ao ano letivo ou carteirinha escolar com validade e carimbo da escola, ou boleto referente ao mês vigente e RG original ou cópia autenticada (lei Municipal nº 11.355/1993 – Decreto Municipal nº 33.468/1993 – Lei Municipal nº 13.715/2004).

Aposentado do INSS paga meia entrada com a apresentação do holerite ou cartão do benefício e RG original ou cópia autenticada (Lei Estadual nº 10.858/2001).

Cadastro de torcedores

Em atendimento à lei 14.590, que prevê identificação dos frequentadores de partidas de futebol, o Santos FC está realizando o cadastro dos torcedores no momento da compra. Sócios do clube não precisam realizar este cadastro.

Boteco da Vila

A Santos FC Tour, operada em parceria com a Futebol Tour, realizará um “Boteco da Vila” especial direto do Morumbi com as presenças de Lima e Edu. O ingresso custa R$ 275,00 e dá direito a assento em local privilegiado para a hora do jogo, alimentação e bebida não-alcoólica. A entrada dos torcedores deverá ser feita pelo portão 2, a partir das 14h.

Os interessados em comparecer a esta edição especial do “Boteco da Vila” devem adquirir suas entradas antecipadamente com a Santos FC Tour pelos telefones (13) 4062-9446 e (11) 3813-3231, pelos e-mails santos@futeboltour.com.br e atendimento@futeboltour.com.br ou pelo site www.botecodavila.com.br .

As vendas serão realizadas pelo www.botecodavila.com.br até as 10 horas de domingo (06).

Retrospecto de decisões no Morumbi

Se vencer o Guarani, o Santos poderá conquistar seu sétimo título no Morumbi e o segundo tricampeonato da história no estádio – em 1969, o título do estadual que nos deu o último tri veio depois de um 0 a 0 com o São Paulo. Aliás, este foi o primeiro título da história do Morumbi.

Depois disso, quatro Paulistas ainda seriam conquistados no Cícero Pompeu de Toledo: 1973 (Santos FC 0 x 0 Portuguesa, decisão nos pênaltis), 1979 – referente ao estadual de 1978 (Santos FC 0 x 2 São Paulo, título veio após empate de 0 a 0 na prorrogação), 1984 (Santos FC 1 x 0 Corinthians) e 2007 (Santos FC 2 x 0 São Caetano). Além disso, o Brasileirão 2002 também foi conquistado no Morumbi após um 3 a 2 contra o Corinthians.

E aí, criou coragem para comprar o seu ingresso?


© 2017 Blog do Odir Cunha

Theme by Anders NorenUp ↑