Blog do Odir Cunha

O ombudsman do Santos FC

Tag: Flamengo (page 1 of 31)

*Underdogs x queridinhos


Underdogs 3 x 2 Queridinhos

O leitor Guilherme Gonçalves dos Santos enviou ao blog lindas fotos da torcida santista que foi ao Pacaembu assistir Santos e Flamengo. Aqui estão três delas. No próximo jogo, mande as suas.
santos x flamengo - torcidabandeirao - pacaembutorcida - frente do Pacaembu

Em jogo emocionante, de duas viradas, o Santos venceu o Flamengo por 3 a 2, diante de cerca de 25 mil pessoas, no Pacaembu. Coisas extraordinárias ocorreram. Alison acertou o chute de sua vida, de fora da área, e Daniel Guedes colocou “com a mão” na cabeça de Ricardo Oliveira para marcar o gol da vitória aos 43 minutos do segundo tempo. Os outros jogos da rodada favoreceram os times que estão na frente e o Santos não subiu na tabela, mas mostrou que tem espírito para os grandes embates e poderá, sim, brigar com boas chances pelo seu quarto título na Copa Libertadores.

*Underdogs x queridinhos

O Santos representa a arte e a beleza do futebol, a meritocracia, o time que ganha títulos limpamente, contra tudo e contra todos, o melhor que o futebol brasileiro já produziu, aquele que mais ajudou a Seleção Brasileira a conquistar a Jules Rimet (nem vou falar de Pelé, pois aí é covardia). O Flamengo é um grande time, porém protegido pelo sistema, aquele que parte da mídia tenta empurrar goela abaixo dos brasileiros. Eles se enfrentarão hoje, a partir das 21h45, no Pacaembu, e o Brasil estará dividido para acompanhar esse grande jogo.

Não creio que haverá espírito de vingança por parte dos santistas devido à forma como foram prejudicados pela arbitragem na semana passada. Haverá, sim, motivação, a mesma que existe quando se enfrenta uma equipe que não joga apenas com 11 jogadores, mas geralmente tem a arbitragem, as instituições do futebol e parte influente da mídia ao seu lado. E por essa motivação, somada ao incentivo incondicional dos santistas que estarão no Pacaembu, acredito que o Santos, mais uma vez, se sairá bem contra o ardiloso rival.

Pena que o copeiro Vecchio não possa jogar, mas Renato provavelmente retornará ao time e sua experiência poderá ser vital em um jogo eletrizante como deve ser o de hoje. Outra esperança santista é a de que Lucas Lima e Ricardo Oliveira voltem a mostrar ao menos um pouco do que sabem. Faz tempo que o habilidoso meia e o artilheiro não dão o ar de suas graças. A certeza, porém, é a de que jogadores como Bruno Henrique e Copete se empenharão bastante em busca da vitória.

O Santos tem sido muito mais eficiente no ataque com o técnico Levir Culpi. Parou com aquela frescura de tocar indefinidamente a bola, sem objetividade. Sua defesa também está bem mais firme, o que não é o caso da defesa do Flamengo. Por isso, o jogo deve ser equilibrado, mas as chances de uma boa vitória santista são grandes.

O Santos sempre foi do povo

Com o déficit educacional que grassa no País e com a tevê substituindo a sagrada e imparcial difusão de conhecimento, que deveria ser sua obrigação, pela lavagem cerebral dos seus telespectadores, ultimamente se quer impor apenas dois times como os do povo brasileiro, em uma enorme falácia. Se o futebol é o esporte mais popular, todos os times profissionais têm sua parcela de popularidade, principalmente os de grande torcida, que no Brasil ultrapassam duas dezenas.

Se para analisar as raízes dessa popularidade tivermos de ir até as origens dos clubes, veremos que o Santos, fundado por abolicionistas, já nasceu popular e sem preconceito, pois tinha jogadores negros em seus quadros em 1913, enquanto o Flamengo se conservava rigorosamente elitista décadas depois. Sobre isso, no livro “O Negro no Futebol Brasileiro”, escreveu o notável jornalista Mario Filho, o mesmo que dá nome ao Maracanã:

O Flamengo não podia ter nenhum preto em futebol. Em futebol precisava ser branco, tão branco como o Fluminense. Não era de admirar, portanto, que quando gente do Flamengo e do Fluminense se juntava para formar um escrete carioca, o escrete saísse todo branco, do quíper ao extrema-esquerda.

Um detalhe: Mário Filho era flamenguista. Pertencia, porém, a uma época em que jornalistas priorizavam a verdade. E a verdade é que o rubro-negro, instalado confortavelmente na Zona Zul do Rio, jamais foi tão ligado ao povo simples como o Vasco, por exemplo, este sim um clube do subúrbio que se abriu aos negros, pobres e nordestinos e por isso foi marginalizado pelos outros grandes do Rio. E ao inaugurar o seu estádio, em 1927, construído com o esforço de seus aficionados, foi o Santos, outro underdog de São Paulo, que os vascaínos convidaram para o jogo inaugural. Essa é a história. Essa é a verdade.

Em 1935, ano em que o Santos conquistou o seu primeiro título paulista, a situação do Campeonato Carioca mostrava o Fluminense com nove títulos, o Botafogo com oito e, empatados, América e Flamengo com seis cada um. Depois vinha o Vasco, com quatro. Há informações de que a partir dali é que surgiu um plano, com apoio de parte da mídia, para que o Flamengo se tornasse, ou parecesse, mais popular. O domínio da Rede Globo, a partir da década de 70, trouxe a cereja que faltava.

Mas mesmo esses científicos homens do marketing sabem que os mercados mais ricos do Brasil são a capital e o interior do Estado de São Paulo, e nesses dois mercados cobiçadíssimos a torcida do Santos é dez vezes maior do que a do clube carioca. Jamais farão com que uma criança paulista engula um time carioca, ainda mais um de elite disfarçado de popular.

Esses mesmos marqueteiros já devem saber que uma pesquisa internacional recente mostrou que o Santos tem 1,2 milhão de aficionados no exterior, contra 700 mil do rival carioca.

Bem, vamos ao jogo. Ao entrar no Pacaembu, logo mais, olhe bem as arquibancadas, as numeradas, o tobogã, e perceba que a proporção entre torcedores do Santos e do Flamengo será a mesma que distingue a importância de um e outro na história do futebol mundial. Quem reinou no planeta, sempre será majestade.

Vamos tornar essa história imortal!


Clique aqui para deixar seu nome neste livro histórico e impedir que a etapa mais maravilhosa da história do Santos seja esquecida.

dia dos pais

O Dia do seu Pai, ou do seu Avô santista, está chegando. Faltam apenas 10 dias. Que presente pode ser mais duradouro e mais barato para quem fez você torcer para o time mais apaixonante do futebol?
Livros Time dos Sonhos e Dossiê Unificação dos Títulos Brasileiros com dedicatória do autor e porte pago por apenas 38 reais o exemplar.
Clique aqui para comprar antes que acabe!

Após adquirir seu Time dos Sonhos ou Dossiê, envie e-mail para blogdoodir@blogdoodir.com.br e diga para quem quer que eu faça a dedicatória.

Compare os menores preços do mercado e compre o Dossiê e o Time dos Sonhos

Time dos Sonhos
Livraria 2005, RJ, livro usado: R$ 52,89
Sebo do Monge, SP, livro usado: R$ 57,70
Livraria do Blog do Odir, livro novo, com frete pago, dedicatória exclusiva e três PDFs de brinde: R$ 38,00

Dossiê Unificação dos Títulos Brasileiros
Livraria Capítulo Primeiro, livro usado, Santos: R$ 67,89
Travessa da Praia, livro usado, Santos, R$ 87,89
Livraria do Blog do Odir, livro novo, com frete pago, dedicatória exclusiva: R$ 38,00

Clique aqui para garantir o presente do seu pai

Preocupação com Matheus Jesus

O santista e associado Valter Derencio me envia um e-mail preocupado com a situação do novo contratado Matheus Jesus. Ele escreve:

“Vi uma entrevista do diretor de futebol do São Paulo, o sr. Pinotti, dizendo que desistiu da contratação deste jogador porque o São Paulo poderia perder pontos no Campeonato Brasileiro devido a Fifa caracterizar uma ponte na negociação, o que é proibido”.

Derencio lembra que “esse jogador foi vendido da Ponte para o Estoril, de Portugal, e posteriormente emprestado ao Santos”.

Será que por isso é que foi tão fácil dar um “chapéu” no São Paulo? O certo é que o departamento jurídico do Santos deve ficar alerta, pois há muita gente sedenta para tirar pontos do Santos e rebaixá-lo à Série B. Quem avisa, amigo é.

*Underdog é a zebra, aquele que é considerado perdedor antes mesmo de a competição começar. Essa é a imagem que muitos querem para o Santos. Mas a gente sabe que a realidade é bem diferente.


Novo jornalismo esportivo

curso - alunos comportadosCurso - alunos alegres
Meus queridos alunos do 1º Curso de Técnica e Ética do Novo Jornalismo, com seus certificados. Próxima turma será em setembro. Inscreva-se.

Um bom jornalista esportivo não deve estar interessado apenas no dinheiro e no prestígio que a profissão pode trazer, mas na técnica e na ética essenciais a essa atividade tão fascinante. Assim, com o objetivo de usar minha experiência de 40 anos de atividade profissional dedicados a todas as mídias existentes, criei o Curso de Técnica e Ética do Novo Jornalismo Esportivo, e tive o apoio da Aceesp, a Associação dos Cronistas Esportivos do Estado de São Paulo, e de seu presidente, Erick Castelhero, para ministrá-lo neste mês de julho a jornalistas, estudantes e interessados nessa área.

Com aulas às terças e quintas, das 19h30 às 21h30, em um total de 16 horas/aula, pudemos versar sobre as mais variadas técnicas do texto jornalístico, desde a adequada ao jornal diário e à revista, até a mais indicada para rádios, tevês, blogs, livros e mídia social. Dos alunos inscritos, mais da metade frequentou as aulas, fez os trabalhos pedidos e recebeu o certificado entregue na quinta-feira, dia 27, em um momento de muita alegria para alunos e este professor.

Como costumo dizer, escrever bem implica escrever e ler, de preferência bons autores, todos os dias. A prática e a busca do conhecimento levam à perfeição. Um mês é pouco para dar um salto profissional, mas fiquei feliz de saber que muitos alunos já perceberam melhoras no seu trabalho.

As inscrições para o II Curso de Técnica e Ética do Novo Jornalismo Esportivo já estão abertas. Ele é indicado para jornalistas, estudantes e interessados na área. Sócios da Aceesp, em dia com a entidade, não pagam. Os demais terão seu investimento, de 300 reais, divididos em duas vezes. Frequentadores do primeiro curso gozarão de condições especiais. Se você perdeu o de julho, não deixe passar a oportunidade de fazer o de setembro, o último do ano. Terei o maior prazer de ensinar-lhe o que aprendi em 40 anos de profissão. Para maiores informações, envie e-mail para blogdoodir@blogdoodir.com.br

Alunos da primeira turma

Estes são os alunos que receberam o certificado do primeiro Curso de Especialização Técnica e Ética do Novo Jornalismo Esportivo, ministrado neste mês de julho na sede da Aceesp, a Associação dos Cronistas Esportivos do estado de São Paulo:

Alexandre da Silva Barreira
Augusto Cesar Lovatto
Bruno Filandra Lopes
Candido José de Sousa Neto
Cleyton Correa dos Santos
Eric Filardi
Fábio Augusto Ferreira Gonçalves
Gaspar Bissolotti Neto
Gustavo Cesar Alves Lovatto
Gustavo Zogobi Ciarlariello
Isadora Travagin
Jessica Di Risio
Leonardo Martins Pratt de Almeida Motta
Luiz Carlos Alves Junior
Luiz Fernando Vieira Minici
Marcella Raquel de Azevedo Sousa
Márcio Henrique Reis
Narjara Wotekoski
Ricardo Sena
Ricardo Soares
Samara Angélica Gomes
Victor Giuglianno da Silva Miceli

Coincidência?

Antes diziam que era besteira um jogador reclamar da marcação de um pênalti, pois o árbitro nunca voltava atrás. Agora, porém, estão voltando. Por que será? Recentemente já fizeram isso duas vezes contra o Santos e duas vezes a favor do rubro-megro carioca. Mas é claro que é tudo coincidência. Não vivemos, de jeito nenhum, em um país de ladrões.

dia dos pais
Que presente para o seu pai pode ser mais duradouro e mais barato?
Livros Time dos Sonhos e Dossiê Unificação dos Títulos Brasileiros com dedicatória do autor e porte pago por apenas 38 reais o exemplar.
Clique aqui para comprar antes que acabe!

Estamos correndo contra o tempo para lançar o livro mais importante da história do Santos, mas sem o seu apoio será impossível! Participe da campanha de pré-financiamento de “Santos FC, o maior espetáculo da Terra”, um livro único, que vale por um título mundial, e tenha o seu nome impresso nessa edição histórica! Essa oportunidade tem prazo limitado.

Este livro de arte nenhum time tem e nunca terá. Chegou o livro que traz as maravilhosas viagens do Santos pelo mundo. Um livro único, que vale por um título mundial.

Este livro de arte nenhum time tem e nunca terá. Chegou a esperada obra que conta as maravilhosas viagens do Santos pelo mundo. Um livro único, que vale por um título mundial e está sendo oferecido por um preço super acessível e ainda dá ao comprador a honra de ter o seu nome impresso em suas páginas. Não perca essa oportunidade de ter o seu nome em um dos livros mais importantes da literatura futebolística mundial!

Prossegue a campanha de financiamento coletivo para o lançamento do livro “Santos FC, o maior espetáculo da Terra”, uma obra única, que nos encherá de orgulho e consolidará o Santos em outro nível na história do futebol mundial. Os autores são Marcelo Fernandes e eu. Prestigie. Garanto que não vai se arrepender. Há muitas recompensas para quem adquirir o livro nesta fase de pré-lançamento.

Clique aqui para entrar no time que vai lançar o livro das viagens maravilhosas do Santos pelo mundo. Ele está pronto e precisa ser impresso. Vamos transformar este sonho de todo santista em realidade. Participe e não se arrependerá!

Reserve desde já os melhores presentes para o Dia dos Pais
O Dia dos Pais está chegando, será em 13 de agosto, e nenhum presente é mais duradouro do que um livro com a história do time do coração do velho. Na livraria deste blog o Dossiê e o Time dos Sonhos continuam a preços de custo. Aproveite!
Entre a compra dos livros, que pode ser parcelada, e a entraga pelos Correios, pode haver uma diferença de até quatro dias úteis. Não deixe para a última hora.

pai santista
Aquele que te fez santista jamais pode ser esquecido

Ninguém vende Time dos Sonhos e Dossiê mais baratos

time-dossie ok

Compare os menores preços do mercado e compre o Dossiê e o Time dos Sonhos

Time dos Sonhos
Livraria 2005, RJ, livro usado: R$ 52,89
Sebo do Monge, SP, livro usado: R$ 57,70
Livraria do Blog do Odir, livro novo, com frete pago, dedicatória exclusiva e três PDFs de brinde: R$ 38,00

Dossiê Unificação dos Títulos Brasileiros
Livraria Capítulo Primeiro, livro usado, Santos: R$ 67,89
Travessa da Praia, livro usado, Santos, R$ 87,89
Livraria do Blog do Odir, livro novo, com frete pago, dedicatória exclusiva: R$ 38,00

Clique aqui para garantir o presente do seu pai


Vai faltar povo…

dia dos pais
Que presente para o seu pai pode ser mais duradouro e mais barato?
Livros Time dos Sonhos e Dossiê Unificação dos Títulos Brasileiros com dedicatória do autor e porte pago por apenas 38 reais o exemplar.
Clique aqui para comprar antes que acabe!

Vai faltar povo…

O Santos recebe o Flamengo nesta quarta-feira, às 21h45, na Vila Belmiro, com a difícil tarefa de vencer por mais de dois gols de diferença para passar para a semifinal da Copa do Brasil. A missão é difícil, mas não impossível. A volta de Ricardo Oliveira pode proporcionar ao Alvinegro os gols que ele precisa. Uma coisa é certa, porém: o jogo será assistido, no estádio, por muito menos torcedores do que deveria.

Informações dão conta de que a diretoria do Santos tentou transferir o jogo para o Pacaembu, estádio mais condizente com a grandiosidade do espetáculo, mas a CBF e a Polícia Militar vetaram porque no mesmo horário haverá um jogo pela importantíssima Copa Sul-americana entre o Alvinegro de Itaquera e o conhecidíssimo Patriotas. Assim, um dos grandes clássicos do futebol brasileiro ficará prejudicado por um joguinho de terceira categoria. Depois, ficam perplexos quanto a Seleção toma de 7 a 1 em uma Copa do Mundo em casa…

Nos tempos em que a meritocracia imperava no futebol e os brasileiros podiam ir aos estádios para, realmente, ver os melhores times e jogadores do mundo, Santos e Flamengo arrastavam multidões para seus duelos. Veja você, amigo leitor e amiga leitora, que dos oito jogos de maior público do tradicional Torneio Rio São Paulo, o único que se repetiu foi Flamengo e Santos, ambos no Maracanã: em 11 de março de 1961 o Santos goleou o rubro-negro por 7 a 1, diante de 87.868 pessoas, e em 6 de fevereiro de 1997 empatou em 2 a 2, conquistando o título do torneio daquele ano, em jogo assistido por um público de 70.729 torcedores.

No Torneio Roberto Gomes Pedrosa, disputado de 1967 a 1970, o único jogo com a presença de um time paulista que figura entre os dez maiores públicos é justamente Santos e Flamengo, que em 15 de setembro de 1968 atraiu 78.022 pessoas ao Maracanã. A partida foi vencida pelo Santos por 2 a 0 e, como se sabe, o Alvinegro Praiano também foi o vencedor do campeonato, conquistando assim o seu sexto título brasileiro.

Se falarmos do Campeonato Brasileiro, a popularidade do clássico é ainda mais ressaltada. Para começar, a finalíssima do título de 1983, jogada no Maracanã, em 29 de maio de 1983, detém o recorde oficial de público de uma partida entre clubes brasileiros, com 155.523 torcedores.

Naquele mesmo Campeonato Brasileiro de 1983 o Santos enfrentou duas vezes o Flamengo no Morumbi. Na primeira partida, pela fase de classificação, venceu por 3 a 2, diante de 111.111 espectadores; na segunda, o primeiro jogo da decisão, venceu por 2 a 1 com um público de 119.984 pessoas. Veja que coisa curiosa: somando-se apenas esses dois públicos do Morumbi já se chega a 231 mil pessoas, cerca de 18 mil a mais do que todo o público somado dos 19 jogos do Santos, como mandante, no Campeonato Brasileiro de 2016 (213.275 torcedores).

Bem, é evidente que o palco natural para os encontros entre Santos e Flamengo só pode ser estádios com capacidade pra 40 mil pessoas ou mais. A Vila Belmiro e a Ilha do Urubu são apenas paliativos de um tempo difícil. Menos mal que a quantidade de torcedores não influi na qualidade do espetáculo, como se viu em 27 de julho de 2011, quando apenas 12.968 pessoas apreciaram, na Vila Belmiro, o jogaço que terminou 5 para o Flamengo de Ronaldinho Gaúcho e 4 para o Santos de Neymar.

Previsão e times

Uma goleada do Santos é difícil, mas não impossível. O Flamengo tem um bom time do meio de campo para a frente, mas sua defesa é vulnerável. Alguns de seus jogadores cansam muito no segundo tempo. Se mantiver a pressão e a motivação constantes, o Santos poderá conseguir o resultado do qual precisa.

Santos: Vanderlei, Victor Ferraz (ou Daniel Guedes), David Braz, Lucas Veríssimo e Jean Mota; Yuri, Vecchio, Lucas Lima; Bruno Henrique, Copete e Ricardo Oliveira. Técnico: Levir Culpi.

Flamengo: Thiago, Pará, Réver, Rafael Vaz e Trauco (Renê); Márcio Araújo, Cuéllar e Diego; Berrío, Everton e Guerrero. Técnico: Zé Ricardo.

Estamos correndo contra o tempo para lançar o livro mais importante da história do Santos, mas sem o seu apoio será impossível! Participe da campanha de pré-financiamento de “Santos FC, o maior espetáculo da Terra”, um livro único, que vale por um título mundial, e tenha o seu nome impresso nessa edição histórica! Essa oportunidade tem prazo limitado.

Este livro de arte nenhum time tem e nunca terá. Chegou o livro que traz as maravilhosas viagens do Santos pelo mundo. Um livro único, que vale por um título mundial.

Este livro de arte nenhum time tem e nunca terá. Chegou a esperada obra que conta as maravilhosas viagens do Santos pelo mundo. Um livro único, que vale por um título mundial e está sendo oferecido por um preço super acessível e ainda dá ao comprador a honra de ter o seu nome impresso em suas páginas. Não perca essa oportunidade de ter o seu nome em um dos livros mais importantes da literatura futebolística mundial!

Prossegue a campanha de financiamento coletivo para o lançamento do livro “Santos FC, o maior espetáculo da Terra”, uma obra única, que nos encherá de orgulho e consolidará o Santos em outro nível na história do futebol mundial. Os autores são Marcelo Fernandes e eu. Prestigie. Garanto que não vai se arrepender. Há muitas recompensas para quem adquirir o livro nesta fase de pré-lançamento.

Clique aqui para entrar no time que vai lançar o livro das viagens maravilhosas do Santos pelo mundo. Ele está pronto e precisa ser impresso. Vamos transformar este sonho de todo santista em realidade. Participe e não se arrependerá!

Reserve desde já os melhores presentes para o Dia dos Pais
O Dia dos Pais está chegando, será em 13 de agosto, e nenhum presente é mais duradouro do que um livro com a história do time do coração do velho. Na livraria deste blog o Dossiê e o Time dos Sonhos continuam a preços de custo. Aproveite!
Entre a compra dos livros, que pode ser parcelada, e a entraga pelos Correios, pode haver uma diferença de até quatro dias úteis. Não deixe para a última hora.

pai santista
Aquele que te fez santista jamais pode ser esquecido

Ninguém vende Time dos Sonhos e Dossiê mais baratos

time-dossie ok

Compare os menores preços do mercado e compre o Dossiê e o Time dos Sonhos

Time dos Sonhos
Livraria 2005, RJ, livro usado: R$ 52,89
Sebo do Monge, SP, livro usado: R$ 57,70
Livraria do Blog do Odir, livro novo, com frete pago, dedicatória exclusiva e três PDFs de brinde: R$ 38,00

Dossiê Unificação dos Títulos Brasileiros
Livraria Capítulo Primeiro, livro usado, Santos: R$ 67,89
Travessa da Praia, livro usado, Santos, R$ 87,89
Livraria do Blog do Odir, livro novo, com frete pago, dedicatória exclusiva: R$ 38,00

Clique aqui para garantir o presente do seu pai


Chega de amadorismo

Sereias da Vila vencem a primeira da semifinal

Mesmo jogando na Arena da Amazônia, em Manaus, as Sereias da Vila derrotaram o Iranduba por 2 a 1, de virada, na primeira partida da semifinal do Campeonato Brasileiro. Mayara abriu o marcador para o forte time local aos 12 minutos, Maria empatou aos 32 e aos três minutos do segundo tempo Ketlen fez o gol da vitória santista. Mais de 25 mil pessoas assistiram à partida, ou seja, 10 mil pessoas a mais do que público de Flamengo e Santos na Ilha do Urubu. O jogo de volta das Sereias será dia 8 de julho, sábado, às 21 horas, na Vila Belmiro. O Santos jogará pelo empate para passar à decisão do título brasileiro. Na outra semifinal, em São José do Rio Preto, o Rio Preto derrotou o Corinthians por 2 a 1. O jogo de volta será dia 9, na Arena Barueni..

CHEGA DE AMADORISMO

Ao final do jogo contra o Flamengo, o que mais doeu no santista não foi a derrota por 2 a 0, quase definitiva em se tratando de Copa do Brasil, mas a entrevista de Diego, falando, com alegria, do apoio de “sua torcida”.

Sim, a torcida de Diego, lendário Menino da Vila do título brasileiro de 2002, é a do time carioca, assim como será a de Geuvânio e como a de Robinho é a do Atlético Mineiro. Clubes mais organizados e profissionais podem pagar para levar os ídolos santistas e nos deixar na saudade. É a triste realidade que vivemos.

Não se contrata nem se segura um grande jogador com sentimentalismo barato, mas com boas condições de trabalho e um salário digno de sua qualidade e valor de mercado.

Sei muito bem que o Santos tem o dom de revelar jogadores de tempos em tempos e com isso tapar os enormes buracos deixados por seus dirigentes. Um dia, porém, a fonte seca e, infelizmente, esse dia parece mais próximo.

Garotos já são assediados antes de subirem para a equipe profissional, as chamadas joias do sub-15 e sub-17 já estão sendo tentadas a começar a carreira bem longe da Vila Belmiro.

Os únicos valores que podem salvar o Santos de um destino parecido ao do Guarani e da Portuguesa é a transparência, a competência, o trabalho e a ousadia. Como sabem, sou pré-candidato à presidência do Santos e, além desses valores, na prática defendo o revezamento de jogos entre Vila Belmiro e Pacaembu, uma campanha permanente para se chegar a 200 mil sócios e a construção de um amplo e moderno CT para a base em Santos.

Esse é o meu compromisso caso seja eleito. Porém, sei que a multiplicação de chapas poderá eleger o pior, como ocorreu em 2014, e não faço questão e nem tenho a vaidade de ter o meu retrato entre os presidentes do Santos. Se nesse processo eleitoral surgir um candidato mais capaz do que eu, que tenha maior probabilidade de colocar em prática tudo isso que queremos para o clube, não terei o mínimo constrangimento de, em nome do futuro do Santos, apoiá-lo com determinação.

Chega de amadorismo, chega de misticismo, chega de compadrio e de obscuridade no nosso Santos. Queremos um clube íntegro, próspero, transparente, ousado e, em uma palavra que talvez resuma tudo isso, profissional. Um clube que trate o seu torcedor e o seu sócio com dignidade e não permita que ele viva momentos tão constrangedores como ele tem vivido.

Aproveite o mês de julho para se especializar na profissão ou começar uma carreira de jornalista esportivo

Novo Jornalismo Esportivo – Técnica e Ética
Curso de Especialização

Ministrado por Odir Cunha, jornalista profissional há 40 anos – Jornal da Tarde, O Globo, rádios Globo, Excelsior e Record, TV Record, editor de nove revistas esportivas, diretor de comunicação da Secretaria Municipal de Esportes de São Paulo, diretor da Ampla Comunicação, editor das editoras de livros Novo Conceito e Magma Cultural, dono do Blog do Odir, autor de 27 livros, biógrafo de Oscar Schmidt, Pelé e Gustavo Kuerten, ganhador de dois Prêmios Esso e três prêmios da Associação Paulista dos Críticos de Arte.

Temas do Curso

Pirâmide Invertida X Novo Jornalismo
As maneiras tradicional e criativa de se escrever uma reportagem.

As regras para uma boa entrevista
Conhecimento – Respeito – Planejamento – Dicas

Os limites da polêmica
Os cuidados com os crimes de opinião: Difamação, Injúria e Calúnia

Princípios do bom texto
Clareza
Escolha das palavras
Uma ideia por parágrafo
Precisão. Sem ela não há credibilidade.
Isenção. A necessidade de ser neutro.
Empatia. O melhor repórter se apaixona pela matéria.
Criatividade. Os caminhos que levam a ela.
Reler é obrigatório
Humildade e Respeito. Qualidades essenciais.
Ousadia e Iniciativa. Quando elas são obrigatórias.

Como escrever para
Jornal diário
Revista
Rádio
Televisão
Blogs e Sites

Funções Jornalísticas
Repórter
Copidesque
Chefe de Reportagem
Editor
Editor Chefe

Fechamento de matérias
Títulos
Subtítulos
Olhos
Intertítulos
Legendas

Lições de casa durante o curso
Matérias sobre eventos escolhidos

Trabalho Final

Certificado de Conclusão

Novo Jornalismo Esportivo – Técnica e Ética
Curso de Especialização

Carga horária: 16 horas
Datas e horários: dias 4, 6, 11, 13, 18, 20, 25 e 17 de julho, das 19h30 às 21h30.
Local: Associação dos Cronistas Esportivos do Estado de São Paulo (Aceesp).
Endereço: Av. Paulista, 807, 9º andar, conjunto 904, São Paulo. Fones: (11) 3251-2420 e 3289-8409.
Investimento: R$ 300, 00 (trezentos reais – 50% na matricula, 50% até o dia 15 de julho.
Sócios da Aceesp em dia com a anuidade não pagam.
Informações e inscrição: blogdoodir@blogdoodir.com.br

Santos FC, o maior espetáculo da Terra

Este livro de arte nenhum time tem e nunca terá. Chegou o livro que traz as maravilhosas viagens do Santos pelo mundo. Um livro único, que vale por um título mundial.

Este livro de arte nenhum time tem e nunca terá. Chegou a esperada obra que conta as maravilhosas viagens do Santos pelo mundo. Um livro único, que vale por um título mundial e está sendo oferecido por um preço super acessível e ainda dá ao comprador a honra de ter o seu nome impresso em suas páginas. Não perca essa oportunidade de ter o seu nome em um dos livros mais importantes da literatura futebolística mundial!

Prossegue a campanha de financiamento coletivo para o lançamento do livro “Santos FC, o maior espetáculo da Terra”, uma obra única, que nos encherá de orgulho e consolidará o Santos em outro nível na história do futebol mundial. Os autores são Marcelo Fernandes e eu. Prestigie. Garanto que não vai se arrepender. Há muitas recompensas para quem adquirir o livro nesta fase de pré-lançamento.

Clique aqui para entrar no time que vai lançar o livro das viagens maravilhosas do Santos pelo mundo. Ele está pronto e precisa ser impresso. Vamos transformar este sonho de todo santista em realidade. Participe e não se arrependerá!

Ninguém vende Time dos Sonhos e Dossiê mais baratos

time-dossie ok

Compare os menores preços do mercado e compre o Dossiê e o Time dos Sonhos

Time dos Sonhos
Livraria 2005, RJ, livro usado: R$ 52,89
Sebo do Monge, SP, livro usado: R$ 57,70
Livraria do Blog do Odir, livro novo, com frete pago, dedicatória exclusiva e três PDFs de brinde: R$ 39,00

Dossiê Unificação dos Títulos Brasileiros
Livraria Capítulo Primeiro, livro usado, Santos: R$ 67,89
Travessa da Praia, livro usado, Santos, R$ 87,89
Livraria do Blog do Odir, livro novo, com frete pago, dedicatória exclusiva: R$ 39,00

Faça a conta: Na compra de dois exemplares você só paga R$ 31 reais por exemplar.

Clique aqui para comprar os livros Time dos Sonhos e Dossiê Unificação dos Títulos Brasileiros pelo menor preço do mercado.

Você não acha que o Santos tem de ser mais profissional?


Uma noite de desafios

Depois de perder para o Sport, na Vila, o Santos terá forças para obter ao menos o empate contra o Flamengo, a partir das 21h45 de hoje, no Ninho do Urubu, pelas quartas de final da Copa do Brasil? Bem, o favoritismo é do time carioca, mas o Santos terá suas alternativas.

Mesmo ainda sem estrear de verdade, Levir Culpi é técnico mais experiente do que Zé Ricardo e certamente armará e orientará o time de forma a fazer um jogo equilibrado e obter, ao menos, um empate. Ele sabe que o ataque do time carioca é bom, mas sua defesa é ruim e o goleiro não é confiável. Nesta noite Levir viverá o seu primeiro grande desafio no Santos. Não apenas ele, mas alguns jogadores que, pelas circunstâncias, estão se tornando titulares.

Mesmo sem Thiago Maia, Ricardo Oliveira e Zeca, o Santos ainda tem jogadores que, em uma noite inspirada, poderão contribuir para um bom resultado. Tenho esperanças no trio atacante formado por Bruno Henrique, Kayke e Copete, não pelo esmero técnico, mas pela força física, garra e velocidade.

Com exceção de Lucas Lima, pelo Santos, e Diego, pelo Flamengo, não haverá nenhum craque em campo, mas muitos jogadores estarão dispostos a, com muita vontade, suprir suas carências técnicas. Por isso, espero um jogo corrido, com mais oportunidades aos rubro-negros, mas com boas possibilidades aos santistas nos contra-ataques.

O Santos deverá jogar com Vanderlei, Victor Ferraz, Lucas Veríssimo e Jean Mota; Renato, Leandro Donizete e Lucas Lima; Bruno Henrique, Kayke e Copete. Creio que Vitor Bueno é nome certo para entrar no transcorrer da partida.

O Flamengo, que ainda não poderá contar com os contratados Geuvânio, Everton Ribeiro e Rhodolfo, provavelmente será escalado com Thiago, Rodinei, Réver, Juan e Trauco; Cuéllar e Márcio Araújo; Berrio, Diego e Everton; Guerrero.

A arbitragem, detalhe que sempre causa calafrios nos times que visitam o Flamengo, será toda mineira: Ricardo Marques Ribeiro será auxiliado por Guilherme Dias Camilo e Fabrício Vilarinho da Silva. Esperamos que seja neutra, mas sabemos que, na dúvida, as marcações tenderão a favorecer o time da casa.

Por falar em casa, o jogo será no acanhado Ninho do Urubu, nome dado ao estádio da Portuguesa Carioca, na Ilha do Governador, que, devido aos problemas com o Maracanã, foi arrendado pelo Flamengo por três anos. Assim como a Vila Belmiro, no papel o estádio comporta 20 mil pessoas, mas na prática só cabe 16 mil e ainda não chegou a reunir mais de 14 mil pagantes.

A Teoria Tostines e o Yin e o Yang do Futebol

Sempre me pergunto se a imprensa fala mais de certos times porque eles têm mais torcida, ou se eles têm mais torcida porque a imprensa fala mais deles. Isso só seria respondido por uma pesquisa séria, que remontasse aos primórdios do futebol brasileiro, quando imperava a meritocracia e equipes como o América Carioca e a Portuguesa de Desportos às vezes tinham mais espaço nos jornais do que os hoje queridinhos da mídia. Preparo uma tese de mestrado sobre isso.

Sempre que o Santos enfrenta Flamengo ou Corinthians reflito sobre a importância desse contraste: entre o time que representa o máximo de técnica, beleza, eficiência e prestígio que o futebol brasileiro já alcançou, e os que, joguem como jogarem, são guindados ao estrelato pelo simples fato de terem mais torcedores. Creio que aí tenhamos o confronto entre o yin e o yang do futebol.

E note o leitor e a leitora que a imprensa pode não saber, ou fingir não saber, por ignorância ou conveniência, mas o torcedor sabe e sente a importância de um confronto assim. Tanto, que o recorde oficial de público de um jogo entre clubes no Brasil é o da final do Campeonato Brasileiro de 1983, no Maracanã, entre Glamengo e Santos, que recebeu 155.523 pessoas. Sem contar muitos outros duelos, como o do Torneio Rio-São Paulo de 1961, cujas imagens reproduzo no início deste post, que atraiu 90.218 pessoas ao mesmo Maracanã e terminou com a goleada santista por 7 a 1.

Quanto ao Corinthians, dizem que seus maiores rivais são os outros dois grandes da Capital, mas o clássico paulista que mais vezes ultrapassou a marca de 100 mil pessoas é o que reúne o alvinegro da capital e o Santos, em confrontos disputados na era pós-Pelé. Portanto…

Um olhar de amor ao futebol

O ibopismo, a ânsia por pontos de audiência em rádios e tevês e por uma maior frequência em sites e blogs tem nivelado o jornalismo esportivo por baixo. Nesse novo panorama, a polêmica, mesmo fútil, ganhou o espaço que antes era ocupado pela informação precisa e o texto elegante, ou que ao menos buscava ser elegante. Ao pensar em fazer alguma coisa para alterar essa triste tendência, criei o Curso de Especialização em Jornalismo Esportivo que ministrarei a partir da próxima terça-feira, 4 de julho, na sede da Associação dos Cronistas Esportivos do Estado de São Paulo.

Se você é estudante de jornalismo, já ingressou na profissão, ou está pensando em trabalhar na área, aconselho-o a se inscrever neste curso. Nele ensinarei o que de mais importante aprendi em 40 anos de profissão. Darei dicas preciosas, que o acompanharão para sempre. Caso tenha se interesse, leia as informações, abaixo, ou envie e-mail para blogdoodir@blogdoodir.com.br .

O valor da história

Acredito que a história, que os livros não permitem ser esquecida, modifica o presente. Com todo o respeito a tudo que aprendi com pai e mãe, costumo dizer que os livros me educaram, formaram minha concepção da vida e do mundo. E agora posso escrevê-los para eternizar fatos, pessoas e o nosso Santos, claro.

Valorizar a história não quer dizer desvalorizar o marketing, o planejamento, a boa gestão e tudo o que é necessário para tornar o nosso Santos moderno, próspero e autossustentável. Por isso escrevo livros sobre a história única do Glorioso Alvinegro Praiano e peço que vocês os comprem e os divulguem. Sem poder contar com a meritocracia que deveria imperar na imprensa esportiva, nosso Santos depende demais dessas obras que eternizam seus feitos.

Santos FC, o maior espetáculo da Terra

Este livro de arte nenhum time tem e nunca terá. Chegou o livro que traz as maravilhosas viagens do Santos pelo mundo. Um livro único, que vale por um título mundial.

Este livro de arte nenhum time tem e nunca terá. Chegou a esperada obra que conta as maravilhosas viagens do Santos pelo mundo. Um livro único, que vale por um título mundial e está sendo oferecido por um preço super acessível e ainda dá ao comprador a honra de ter o seu nome impresso em suas páginas. Não perca essa oportunidade de ter o seu nome em um dos livros mais importantes da literatura futebolística mundial!

Prossegue a campanha de financiamento coletivo para o lançamento do livro “Santos FC, o maior espetáculo da Terra”, uma obra única, que nos encherá de orgulho e consolidará o Santos em outro nível na história do futebol mundial. Os autores são Marcelo Fernandes e eu. Prestigie. Garanto que não vai se arrepender. Há muitas recompensas para quem adquirir o livro nesta fase de pré-lançamento.

Clique aqui para entrar no time que vai lançar o livro das viagens maravilhosas do Santos pelo mundo. Ele está pronto e precisa ser impresso. Vamos transformar este sonho de todo santista em realidade. Participe e não se arrependerá!

Ninguém vende Time dos Sonhos e Dossiê mais baratos

time-dossie ok

Compare os menores preços do mercado e compre o Dossiê e o Time dos Sonhos

Time dos Sonhos
Livraria 2005, RJ, livro usado: R$ 52,89
Sebo do Monge, SP, livro usado: R$ 57,70
Livraria do Blog do Odir, livro novo, com dedicatória exclusiva e três PDFs de brinde: R$ 39,00

Dossiê Unificação dos Títulos Brasileiros
Livraria Capítulo Primeiro, livro usado, Santos: R$ 67,89
Travessa da Praia, livro usado, Santos, R$ 87,89
Livraria do Blog do Odir, livro novo, com dedicatória exclusiva: R$ 39,00

Faça a conta: Na compra de dois exemplares você só paga R$ 31 reais por exemplar.

Clique aqui para comprar os livros Time dos Sonhos e Dossiê Unificação dos Títulos Brasileiros pelo menor preço do mercado.

Curso de Especialização em Jornalismo Esportivo
Inscrições abertas
Para jornalistas, estudantes e interessados.

Aproveite o mês de julho para aprender sobre essa profissão tão fascinante

Novo Jornalismo Esportivo – Técnica e Ética
Curso de Especialização

Ministrado por Odir Cunha, jornalista profissional há 40 anos – Jornal da Tarde, O Globo, rádios Globo, Excelsior e Record, TV Record, editor de nove revistas esportivas, diretor de comunicação da Secretaria Municipal de Esportes de São Paulo, diretor da Ampla Comunicação, editor das editoras de livros Novo Conceito e Magma Cultural, dono do Blog do Odir, autor de 27 livros, curador do Museu Pelé, coautor do Dossiê que unificou os títulos brasileiros, biógrafo de Oscar Schmidt, Pelé e Gustavo Kuerten, ganhador de dois Prêmios Esso e três prêmios da Associação Paulista dos Críticos de Arte.

Temas do Curso

Pirâmide Invertida X Novo Jornalismo
As maneiras tradicional e criativa de se escrever uma reportagem.

As regras para uma boa entrevista
Conhecimento – Respeito – Planejamento – Dicas

Os limites da polêmica
Os cuidados com os crimes de opinião: Difamação, Injúria e Calúnia

Princípios do bom texto
Clareza
Escolha das palavras
Uma ideia por parágrafo
Precisão. Sem ela não há credibilidade.
Isenção. A necessidade de ser neutro.
Empatia. O melhor repórter se apaixona pela matéria.
Criatividade. Os caminhos que levam a ela.
Reler é obrigatório
Humildade e Respeito. Qualidades essenciais.
Ousadia e Iniciativa. Quando elas são obrigatórias.

Como escrever para
Jornal diário
Revista
Rádio
Televisão
Blogs e Sites

Funções Jornalísticas
Repórter
Copidesque
Chefe de Reportagem
Editor
Editor Chefe

Fechamento de matérias
Títulos
Subtítulos
Olhos
Intertítulos
Legendas

Lições de casa durante o curso
Matérias sobre eventos escolhidos

Trabalho Final

Certificado de Conclusão

Novo Jornalismo Esportivo – Técnica e Ética
Curso de Especialização

Carga horária: 16 horas
Datas e horários: dias 4, 6, 11, 13, 18, 20, 25 e 17 de julho, das 19h30 às 21h30.
Local: Associação dos Cronistas Esportivos do Estado de São Paulo (Aceesp).
Endereço: Av. Paulista, 807, 9º andar, conjunto 904, São Paulo. Fones: (11) 3251-2420 e 3289-8409.
Investimento: R$ 300, 00 (trezentos reais – 50% na matricula, 50% até o dia 15 de julho.
Sócios da Aceesp em dia com a anuidade não pagam.
Informações e inscrição: blogdoodir@blogdoodir.com.br

Coloque seu filho para jogar tênis e o eduque melhor para a vida
clinica de tenis do castelo - 2017

E para você, quais serão os grandes desafios do Santos diante do Flamengo?


Older posts

© 2017 Blog do Odir Cunha

Theme by Anders NorenUp ↑