Blog do Odir Cunha

O ombudsman do Santos FC

film izle

Tag: Globo

A Globo transmitirá só um jogo do Santos na Libertadores. Pode?

Por mais boa vontade que se tenha, não dá para entender a TV Globo transmitir apenas um jogo do Santos na fase inicial da Copa Libertadores. Atual campeão sul-americano, com Neymar, maior ídolo do futebol brasileiro no momento, além de astros como Paulo Henrique Ganso e Elano, e uma popularidade comprovadamente crescente, o Santos é uma atração bem mais interessante para o telespectador do que as outras equipes brasileiras na competição sul-americana.

Mesmo considerando-se que o discutível critério “torcida” garanta uma reserva de mercado para Flamengo e Corinthians, ainda assim o Santos, por critérios exclusivamente jornalísticos, merecia maior atenção da grande rede de tevê brasileira.

Neymar e Ganso, duas maiores celebridades do futebol.

Os santistas Neymar e Ganso são, hoje, as duas maiores celebridades do futebol brasileiro, segundo o Celeb. Para quem aind anão conhece, o “Celeb é um termômetro de popularidade de celebridades brasileiras na mídia nacional. O ranking é gerado automaticamente a partir de um sistema que monitora centenas de sites de mídia convencional (jornais, revistas, blogs etc.) e social (Orkut, Facebook, Twitter etc.). O endereço do site é
http://www.celeb.com.br/sobreceleb.php

Ainda pelo Celeb descobrimos que Elano (décimo) e Muricy Ramalho (décimo-quarto) estão muito bem colocados entre os famosos que mais aparecem na Internet, somando-se personalidades de todos os times de futebol do País. Esse panorama, que destaca jogadores e técnicos santistas, se mantém inalterado desde o ano passado.

Em 2011 o Santos foi, de novo, o terceiro em apostas na Timemania

Na Timemania, com mais de três milhões de apostas como o “time do coração”, o Santos voltou a ocupar a terceira posição em 2011, repetindo a colocação de 2010. Este resultado representa cerca de 500 mil apostas mais do que Vasco e Internacional e um milhão a mais do que o Fluminense. É mais do que evidente a preferência dos brasileiros pelo Alvinegro Praiano em comparação aos times citados.

É importante destacar que a Timemania é apostada em 62,8% das cidades brasileiras, enquanto a “pesquisa” de torcida mais abrangente que se fez não chegou a ouvir habitantes de 3% das cidades do País. Outro detalhe é que a Caixa Econômica Federal comprovou que cerca de 99% dos apostadores preenchem apenas um volante, o que cai por terra a teoria de que um bando de velhinhos apaixonados pelo Santos (e milionários, provavelmente), aposta amalucadamente na Timemania, a ponto de fazer o time superar rivais que teoricamente teriam maior torcida.

O que realmente ocorre, e que muitos não querem admitir, é que o Santos é um dos times mais queridos do Brasil, e já tem um universo de admiradores que supera quase todos os outros times brasileiros. A seguir, o resultado da Timemania em 2011 e 2010:

Acumulado da Timemania em 2011

1º FLAMENGO RJ 4.949.692 6,20%

2º CORINTHIANS SP 3.792.418 4,75%

3º SANTOS SP 3.002.491 3,76%

4º SAO PAULO SP 2.934.318 3,67%

5º PALMEIRAS SP 2.829.947 3,54%

6º GREMIO RS 2.751.417 3,44%

7º VASCO DA GAMA RJ 2.535.332 3,17%

8º INTERNACIONAL RS 2.528.407 3,17%

9º BOTAFOGO RJ 2.156.341 2,70%

10º CRUZEIRO MG 2.040.456 2,55%

11º FLUMINENSE RJ 2.038.509 2,55%

Acumulado da Timemania em em 2010

1º FLAMENGO RJ 3.848.273 6,38%

2º CORINTHIANS SP 3.198.431 5,30%

3º SANTOS SP 2.316.061 3,84%

4º SAO PAULO SP 2.259.467 3,75%

5º GREMIO RS 2.246.505 3,72%

6º PALMEIRAS SP 2.238.473 3,71%

7º INTERNACIONAL RS 1.993.735 3,30%

8º VASCO DA GAMA RJ 1.910.772 3,17%

9º BOTAFOGO RJ 1.675.546 2,78%

10º CRUZEIRO MG 1.620.941 2,69%

11º FLUMINENSE RJ 1.571.862 2,61%

Solução é mobilizar a torcida

Se toda a lógica pode ser contrariada por decisões de uma emissora de tevê que age como se fosse deus – apesar de ser uma concessão do Estado –, então é perda de tempo apelar para os fatos e argumentos. A única saída para o torcedor santista é mobilizar-se. Por isso, insisto, a criação das embaixadas, espalhadas por todo o País, é tão importante. As embaixadas tornarão mais eficazes as participações das comunidades santistas e contribuirão para o crescimento e a consolidação da torcida.

Bem, esta é uma ação a médio e longo prazo. Porém, a Libertadores está aí e o que fazer diante da estranha opção da Globo é emergencial. Um leitor, o Luiz, sugere que os santistas assinem o pacote da Fox, que detém os direitos da transmissão da Libertadores e está oferecendo toda a cobertura da Copa por 39,90 ao mês. Vale a pena buscar mais informações sobre este plano da Fox.

E você, acha justo a Globo transmitir apenas um jogo do campeão e cada vez mais popular Santos na Copa Libertadores? É uma boa assinar a Fox?


Esporte Espetacular trará imagens inéditas de Santos 7, Palmeiras 6

Amanhã o melhor aperitivo para o grande jogo da Vila Belmiro será uma matéria no Esporte Espetacular (TV Globo, logo após a Fórmula-1) sobre aquele que é considerado o jogo mais emocionante do futebol brasileiro: a vitória de 7 a 6 do Santos sobre o Palmeiras, no Pacaembu, pelo Torneio Rio-São Paulo.

O lembrete chegou a mim por um e-mail do Marcelo Fernandes, o nosso santista em Luxemburgo. Ele alertava para a incrível descoberta de Aníbal Massaini, diretor do documentário “Pelé Eterno” (2004), que encontrou em seus arquivos uma fita com os dizeres “imagens não catalogadas”. E lá estava um registro visual impressionante deste 7 a 6.

“Eu achei que não tivessem sobrado imagens desse duelo em lugar algum. Eu ouvi esse jogo no rádio, era muito marcante em minha vida. Por isso fiquei feliz demais quando descobri esse material”, conta Massaini na matéria que irá ao ar neste domingo pela manhã na Globo.

Um clássico com 13 gols e 5 mortes

O jogo mais emocionante da história

Palmeiras: Edgard, Waldemar e Edson; Formiga, Waldemar Fiume e Dema; Paulinho, Nardo (depois Caraballo), Mazzola, Ivã e Urias. Santos: Manga, Hélvio (depois Urubatão) e Dalmo; Fiote, Ramiro e Zito; Dorval, Jair, Pagão (Afonsinho), Pelé e Pepe.

Urias abriu o marcador aos 8 minutos, mas dois minutos depois Pelé empatou. Pagão fez 2 a 1 aos 25 minutos, mas um minuto depois Nardo empatou de novo. Aos 33 minutos Dorval fez 3 a 2 e, faltando cinco minutos para terminar o primeiro tempo, Pepe marcou mais duas vezes: aos 42 e 44 minutos.

Com a vantagem de 5 a 2 no primeiro tempo, o vestiário do Santos estava animado e excitado. O líder Zito gritava: “É hoje que metemos dez no Palmeiras!”

Mas o adversário também tinha muita categoria. Mazzola diminuiu para 5 a 3 aos 16 minutos do segundo tempo. Aos 19, Paulinho marcou o quarto gol palmeirense e aos 27 Mazzola empatou o jogo em inacreditáveis 5 a 5. Mas a história não pararia aí.

Aos 35, Urias fez o sexto gol palmeirense, para delírio do Pacaembu. Com a virada palmeirense dois torcedores morreram do coração no estádio e um outro teve um ataque fulminante no bonde, rádio de pilha colado ao ouvido. Mas as emoções não tinham terminado.

Aos 37 minutos Pepe deixou tudo igual, com mais um de seus chutes certeiros. Quatro minutos depois o mesmo Pepe marcou de novo, dando a espetacular vitória ao Santos e causando mais duas mortes entre torcedores.

O Santos não ganhou o Rio-São Paulo de 1958 (seria campeão do torneio no ano seguinte), mas este jogo ficou para a história.

Herói da partida, com quatro gols, Pepe tem uma história engraçada sobre aquela noite. Depois da partida, como era de praxe, os jogadores santistas desceram de táxi-lotação até Santos. Lá, Pepe ainda teve de tomar um bonde para São Vicente. Sentado no último banco do bonde, já de madrugada, foi interpelado por um passageiro que lhe perguntou quanto tinha sido o jogo. Ao ouvir do cansado e àquela altura lacônico Pepe, que o Santos tinha ganhado de sete a seis, o rapaz se irritou e insultou o ponta, que só podia estar tirando um sarro.


© 2017 Blog do Odir Cunha

Theme by Anders NorenUp ↑