Blog do Odir Cunha

O ombudsman do Santos FC

film izle

Tag: Kerirrison

Diogo, ex-Lusa, está chegando. Ele pode ser o homem-gol?


Aos 23 anos, Diogo conseguirá reviver no Santos os bons tempos de Portuguesa?

Ele tem apenas 23 anos, é a maior revelação dos últimos anos da Portuguesa, jogou até bem no Olimpiakos, da Grécia, mas só marcou um gol pelo Flamengo. Estou falando de Diogo Luis Santo, ou só Diogo, o centroavante que o Santos acaba de emprestar do Olimpiakos, por um ano, e para quem pagará 100 mil reais por mês, apenas 20 mil a mais do que pagava para Roberto Brum (o resto do salário será completado pelo clube grego).

Como eu disse, Diogo tem 23 anos, nasceu em 26 de maio de 1987, em São Paulo. Tem bom físico de 1,76m e 71 quilos. É ambidestro. Pode jogar tanto de centroavante, como na meia. Gosta de vir com a bola dominada, mas tem boa presença na área. Sabe tabelar. Não é fominha.

Já fez 40 gols na carreira profissional: 24 pela Lusa, que o vendeu ao Olimpiakos por nove milhões de euros; 16 pelo time grego e apenas um pelo Flamengo. Algo me diz que no Santos ele poderá reviver os seus bons tempos de Portuguesa. Não veio para ser titular absoluto, mas poderá ganhar a posição de Keirrison e Zé Eduardo.

Selecionei um vídeo do rapaz. Reveja boas jogadas do Diogo e depois me diga o que achou da nova contratação do Santos.


Santos joga pra ganhar. Ou… ganhar

Na Vila, Neymar vestirá a camisa 70, em homenagem a Pelé.

Hoje deve ser um dia importante para o Santos na caminhada em busca da tríplice coroa. Uma vitória simples sobre o lanterna Grêmio Prudente, às 18h30m, na Vila Belmiro – jogo em que Neymar vestirá a camisa 70, em homenagem a Pelé – e uma não vitória do Corinthians sobre o Palmeiras, no Pacaembu, e o Santos pulará para a terceira posição do Brasileiro.

Um empate entre Corinthians e Palmeiras e o Santos passará para a terceira posição com uma vitória na Vila, pois ficará empatado com o alvinegro da capital em pontos ganhos (51), mas levará vantagem no número de vitórias.

E o bom é que são dois resultados lógicos. O Grêmio Prudente tem apenas 21 pontos e é um virtual rebaixado para a Série B. Só se salva com vitórias nos oito jogos que faltam. E no Pacaembu, apesar de contar com o apoio de sua fanática torcida, o Corinthians vem de sete jogos sem vencer, enquanto o Palmeiras vem de sete partidas sem perder.

Além de assumir a terceira posição, o Santos pode reduzir sua distância para Fluminense e Cruzeiro. O time do Rio, que fará uma homenagem a Pelé, jogará em Curitiba contra o Atlético Paranaense e, desfalcado de Deco, Fred e Emerson, deverá jogar com o mesmo time que empatou sem gols no clássico contra o Botafogo, com Washington e Rodriguinho no ataque.

O favoritismo em Curitiba, no entanto, é do Atlético do técnico Sérgio Soares, que com uma vitória diminuirá para três pontos a diferença para o Fluminense. O time do Paraná deverá jogar com Neto, Elder Granja, Manoel, Rhodolfo e Paulinho; Chico, Vitor, Branquinho e Paulo Baier; Guerrón e Bruno Mineiro.

Por falar em diferença de três pontos, ela também poderá separar o Santos do líder Cruzeiro depois desta rodada, desde que o time de Minas perca o clássico para o Atlético, de Dorival Junior, às 18h30m, no Parque do Sabiá, em Uberlândia. Mas este resultado é menos provável.

O estádio terá apenas uma torcida, a do Cruzeiro, que mantém um retrospecto amplamente favorável no clássico mineiro, já que nas últimas 15 partidas contra o rival venceu 12, empatou duas e perdeu só uma. De qualquer forma, Dorival Junior tem motivado o Atlético e se conseguir ao menos um empate hoje, estará ajudando o Santos a buscar um título que também já foi a sua meta neste ano.

Keirrrison no ataque, com Neymar e Zé Eduardo

O lateral-esquerdo Léo volta ao time, no lugar de Alex Sandro. Com a suspensão de Pará, Marcelo Martelotte resolveu colocar Danilo na lateral-direita e escalar Keirrison no ataque, ao lado de Zé Eduardo e Neymar. O meio-campo continuará com Roberto Brum, Arouca e Alan Patrick.

Escolhido pelos torcedores, com 73% dos votos (contra 11% de Arouca e 7% de Léo), Neymar vestirá hoje a camisa número 70, em homenagem a Pelé. Obviamente o Rei foi convidado para a festa, mas recusou, assim como a outras quase 500 solenidades, e preferiu passar o dia com a família, no interior paulista.

“Infelizmente eu não vi o Pelé jogar. Só que as imagens que vi são espetaculares. A postura e humildade dele também levo em consideração. Sou um fã. Que Deus continue abençoando a vida dele, e ele abençoando o futebol”, disse Neymar sobre um de seus mentores no Santos.

Por mais que se respeite o desespero do Grêmio Prudente, é inegável que o Santos é franco favorito e, se tudo correr conforme a lógica, poderá até golear. Pois além de jogar com o time completo, o Santos enfrentará um time com três desfalques na defesa: os zagueiros Anderson Luís e Diego, suspensos, e o lateral-esquerdo Marcelo Oliveira, machucado.

Confira os times: Santos – Rafael; Danilo, Edu Dracena, Durval e Léo; Arouca, Roberto Brum e Alan Patrick; Zé Eduardo, Keirrison e Neymar. Grêmio Prudente – Giovanni; Bruno Ribeiro, Leonardo, Flávio Boaventura e Cleidson; Anderson Pedra, João Vitor, Sasha e Adriano Pimenta; Wesley e Wanderley. Arbitragem: Marcelo Aparecido Ribeiro de Souza (SP), auxiliado por Emerson Augusto de Carvalho (Fifa/SP) e Herman Brumel Vani (SP).

A homenagem do Fluminense

Em um gesto nobre, o que é de se esperar do clube de futebol mais elegante do Rio de Janeiro, o Fluminense também fará uma pequena homenagem a Pelé. O técnico Muricy Ramalho dirigirá a partida contra o Atlético vestindo uma camisa número 10 com o nome do Rei do Futebol nas costas.

“Quem viu Pelé jogar, e eu vi, tem de ter um respeito muito grande por ele. Temos mesmo de prestar homenagens, porque Pelé representa o Brasil. No meu tempo, o país mais conhecido (da América do Sul) era a Argentina. O Brasil era conhecido por causa de Pelé. Temos de fazer tudo para tê-lo na lembrança porque ele é o Rei”, disse o técnico do Flu.

Pelé chegou a jogar pelo Fluminense em 1978, durante uma excursão à Nigéria. Usando uma camisa branca, o time carioca venceu o Racca Rovers por 2 a 1, mas Pelé não marcou.

Espera-se que no Pacaembu o Corinthians também faça alguma homenagem a Pelé, pois foi graças ao número 10 do Santos que o time do parque São Jorge teve alguma visibilidade durante os 21 anos que permaneceu sem ganhar títulos importantes.

Uma sugestão de homenagem corintiana a Pelé seria Ronaldo usar a camisa número 50, lembrando os 50 gols marcados pelo Rei do Futebol contra o Corinthians, um recorde mundial de gols assinalados por um jogador contra um único adversário.

No primeiro turno, recheado por reservas, o Santos foi a Presidente Prudente e ganhou do Grêmio por 2 a 1. Reveja os gols

O que você espera de Santos x Grêmio Prudente? E dos outros jogos importantes para o Alvinegro Praiano nesta rodada?


© 2017 Blog do Odir Cunha

Theme by Anders NorenUp ↑