Blog do Odir Cunha

O ombudsman do Santos FC

Tag: Lucas Lima (page 1 of 29)

O buraco é mais em cima

Sem tirar as responsabilidades dos jogadores e do técnico Elano, pois elas sempre existem em uma derrota, e muito menos tirar o mérito do adversário ou dos 7.841 torcedores que foram à Vila Belmiro, pois fizeram a sua parte, a verdade é que os problemas do Santos – que culminaram com a melancólica derrota, de virada, para o Vasco – começaram com o desplanejamento do futebol santista a partir de 2016.

Em uma de suas primeiras aparições no Conselho Deliberativo do Santos, o presidente Modesto Roma disse que em contato com o presidente do Benfica ficou sabendo que todo grande clube europeu vende jogadores ao final da temporada para equilibrar o caixa. Então, decidiu que faria o mesmo no Santos.

Ocorre que os grandes europeus já têm estádios enormes e modernos, assim como toda sua estrutura, um trabalho de comunicação e marketing profissional, mais de 100 mil sócios, um faturamento até dez vezes maior do que o Santos e são assistidos pelo mundo inteiro em suas competições nacionais e, principalmente, na Champions League. Não há, hoje, termo de comparação entre eles e o nosso Santos, infelizmente. E se quisesse imitar alguma coisa deles, o Santos teria mil alternativas antes de vender seus melhores jogadores.

Para se ter uma ideia de como o Alvinegro Praiano está se enfraquecendo a cada temporada, é só pegar o time que jogou a final da Copa do Brasil, em dezembro de 2015: Vanderlei, Victor Ferraz, David Braz (Werley), Gustavo Henrique e Zeca; Thiago Maia (depois Paulo Ricardo), Renato e Lucas Lima; Gabriel (Geuvânio), Ricardo Oliveira e Marquinhos Gabriel.

Veja que havia, na zaga, um Gustavo Henrique em plena forma; Thiago Maia no meio de campo e no ataque Dorival Junior podia substituir Gabigol por Geuvânio, além de contar com Marquinhos Gabriel, que então jogava bem. Sem contar que Zeca e Lucas Lima estavam em boa fase e Renato e Ricardo Oliveira eram dois anos mais jovens e mais interessados. Não dá para comparar com o time que ontem jogou e perdeu para o Vasco.

Em janeiro de 2016 o atacante Geuvânio, que jogava o seu melhor futebol no Santos, teve seu passe vendido por 12 milhões de euros, ou 52 milhões de reais, para o Tianjin Quanjian, da China, em negócio muito mal explicado. Para o seu lugar veio Marquinhos Gabriel, por empréstimo. Quando este começou a jogar bem também foi embora e o Santos contratou o colombiano Copete.

Sete meses depois, em agosto de 2016, foi a vez de Gabigol bater asas. Foi para a Internazionale de Milão por 25 milhões de euros, ou 91 milhões de reais. Para os lugares de Geuvânio, Marquinhos Gabriel e Gabigol, o Santos trouxe Kayke, Rodrigão, Vladimir Hernandez e Bruno Henrique. Destes, só o último virou titular.

Na zaga, com as contusões de Gustavo Henrique e Luiz Felipe, a diretoria ouviu o conselho de um taxista e contratou o argentino Fabian Noguera, com quem assinou contrato de cinco anos!, e o brasileiro Cleber, que estava no Hamburgo e mesmo não recuperado de uma contusão no joelho veio por 7,3 milhões de reais, mais salários de 250 mil por mês e um contrato de quatro anos. Detalhe: todo esse investimento por apenas 60% do passe de Clever. Hoje Noguera é um eterno reserva e Cleber está emprestado ao Coritiba, com a condição de que o Santos pague 100 mil reais por mês para completar o seu salário.

Em julho de 2017 foi a vez do garoto Thiago Maia ir embora, contratado pelo Lille, da França, por 14 milhões de euros, ou 51 milhões de reais. Com ele seguiu o lateral-esquerdo Caju, que deveria ser emprestado por 4 milhões de euros, ou 14,5 milhões de reais, mas foi devolvido ao Santos por não passar nos exames médicos.

Além da ausência de Thiago Maia, o time ficou um bom tempo sem Alison, machucado, o que enfraqueceu o seu meio de campo. Assim, para o setor, a direção santista resolveu contratar o argentino Emiliano Vecchio e depois o veterano Leandro Donizete, que mesmo aos 34 anos assinou contrato por três temporadas. Ambos são reservas até hoje.

Agora, a bola da vez – não para vir, mas para partir – é o lateral-esquerdo Zeca, titular da Seleção Brasileira na histórica conquista da medalha de ouro olímpica, em 2016. Mesmo em atrito com a torcida, Zeca tem um bom currículo, é jovem, atua em uma posição carente no futebol e a diretoria já arregalou os olhos com a possibilidade de negociar seu passe, a ponto de dispensá-lo para conseguir o passaporte italiano e iniciar os contatos com um clube estrangeiro.

Se fizermos um gráfico, veremos que a qualidade técnica do elenco do Santos vem caindo de ano a ano. Isso se reflete no rendimento em campo e na própria estratégia, já que o time deixou de ser ofensivo para valorizar a defesa. Agora os raros gols dependem de lances esporádicos, ou de um lançamento fortuito de Lucas Lima para Ricardo Oliveira. Como ambos devem abandonar o clube em 2018, a dúvida é se essa diretoria será capaz de contratar substitutos à altura, ou continuará debilitando a equipe com negociações vultosas e mal explicadas.

Usar a venda de seus melhores jogadores para pagar contas é típico de uma gestão acomodada e incompetente, que não consegue equilibrar as finanças simplesmente gastando menos do que arrecada e, ao mesmo tempo, aumentando sua receita com a bilheteria dos jogos, novos associados, maiores verbas de patrocínio máster, de patrocínio de material e com outras ações de merchandising. Tudo isso, enfim, demanda TRABALHO, palavra que deve causar calafrios em muitos que caíram de paraquedas no Santos.

Clique aqui abaixo para conhecer as propostas da chapa Somos todos Santos

Somos Todos Santos

Mudança de domicílio eleitoral
Você que é sócio do Santos e quer votar em São Paulo no dia 9 de dezembro, deve enviar um e-mail para o endereço domicilioeleitoral@santosfc.com.br avisando que pretende votar em São Paulo. O e-mail deve conter o seu nome completo, número do CPF e número de sua carteirinha de sócio do Santos. No dia da eleição, compareça à sede da Federação Paulista de Futebol, na rua de mesmo nome, Barra Funda, com sua carteirinha do Santos e um documento de identidade com foto.

E você, o que acha disso?

EMPREGO PARA TODOS

chapa cabide gigante pintada

Meus amigos e minhas amigas, a imagem acima me foi enviada por um amigo que mora em Santos e a recebeu esses dias. “Veja Odir”, diz ele, “o gesto generoso da chapa Santos Gigante, do candidato à reeleição Modesto Roma, pois quer acabar com o desemprego, ao menos entre os seus seguidores”. No começo não entendi muito bem, já que não sou dos santistas mais inteligentes, mas depois notei o inusitado e generoso item que pergunta ao pretendente a uma vaga no Conselho Deliberativo do Santos: “Você pleiteia ocupar cargo remunerado no clube? ( ) Não ( ) Sim. Se sim qual?“

Que maravilha. Como todos gostaríamos de ser tão astutos a ponto de desvendar a mágica desta dadivosa chapa. O país ainda está em crise e o número de desempregados beira os 13 milhões, a Prefeitura de Santos sofre com seus cofres às moscas, a dívida do nosso querido Alvinegro Praiano aumenta a cada trimestre e já ultrapassa meio bilhão de reais, a falta de pagamento de obrigações e impostos pode fazer o Santos perder o CT Rei Pelé e o CT da base, não há dinheiro para contratações e muito menos para obras patrimoniais, mas esse brilhante presidente oferece cargos no clube como quem serve omelete de bacon.

O curioso é que o Santos já tem o dobro de funcionários do Bayern de Munique, apesar de não alcançar nem sombra da eficiência do clube alemão. Como conselheiro, testemunhei o Conselho Fiscal alertar reiteradamente a direção do clube para que reduzisse as despesas, mas elas só aumentaram nesses três anos, principalmente com a contratação desmedida de funcionários. Falei sobre isso com o meu amigo santista e ele contou o que ouviu de um velho funcionário do clube:

“Trabalho no Santos há muito tempo e há anos não tenho um aumento. Mas todo dia esbarro com gente no corredor que nunca vi antes e que já ganha mais do que eu”.

Não se sabe ao certo a quantidade desses novos funcionários vindos pela agência de empreg…, ou melhor, pela administração Santos Gigante, mas os relatórios apresentados pelo Conselho Fiscal indicam que são mais de 300. Como a chapa terá de reunir 240 nomes para o Conselho Deliberativo, e como a maioria pedirá um empreguinho na sagrada instituição alvinegra, fico aqui imaginando como o presidente Modesto Roma fará para acochambrar todo mundo no Santos e ainda arrumar dinheiro para pagar as dívidas do clube. Quem sou eu, porém, para duvidar da capacidade de líder tão brilhante e altruísta.

Vejo, evidentemente, um lado bastante criativo nessa iniciativa de oferecer emprego aos que apoiam a chapa Santos Gigante. Isso evita a burocracia e diminui a perda de tempo nas negociações. É o tipo da coisa: “Você me ajuda a continuar no poder e eu uso o dinheiro do clube para lhe dar um emprego”. É cômodo para os dois lados. Confesso, porém, que na Somos todos Santos jamais cogitamos e jamais faríamos algo assim. Acreditamos em algo que parece fora de moda no momento, que se chama ÉTICA.

Sei que esse meu papo parece careta. Para muitos, a pergunta inserida na ficha de inscrição da chapa Santos Gigante abre mil oportunidades. Esse meu amigo de Santos disse que pretende dizer que quer trabalhar no clube no cargo do superintendente Dagoberto dos Santos. Outros podem preferir o lugar do técnico Elano, ou do centroavante Kayke, ou do milionário reserva Leandro Donizete… Enfim, vai que sobra uma vaga e, de repente, você está empregado com um salário acima do mercado. Todos os sonhos são possíveis em uma administração inchad…, ou melhor, gigante.

Em uma coisa eu e meu amigo concordamos: esse milagre, infelizmente, tem prazo de validade e ele é bem curto. A previsão de despesas e receitas indica que 2018 será um ano muito difícil para o Santos. O aconselhável seria tomar medidas urgentes para o equilíbrio financeiro do clube, e se a chapa Santos Gigante ganhar a eleição e continuar contratando funcionários a torto e a direito, essa estará longe de ser uma decisão sensata. Porém, repito, quem sou eu para duvidar de gênios da economia e da política?

E você, o que acha disso?

A Livraria do Blog continua com preços promocionais! Aproveite!
time-dossie ok
Até 80% de desconto! Clique aqui para ver e comprar os livros


A força da grana

Agora que o Santos assumiu, finalmente, o segundo lugar no Campeonato Brasileiro, e poderia se concentrar unicamente na perseguição ao líder, surgem rumores de que Lucas Lima já assinou um pré-contrato com o Palmeiras e que o alviverde também está interessado no goleiro Vanderlei. É muito olho grande do rival, mas não podemos nos esquecer de que recentemente este mesmo clube aproveitou uma situação difícil do Alvinegro Praiano para levar Arouca e Aranha de uma tacada só. No futebol profissional o dinheiro fala mais alto. Sempre.

Patrocinado pela Crefisa, que pode terminar este ano com um aporte de 150 milhões de reais ao clube, dono de uma arena moderna, localizada bem no coração de sua torcida, com a média de 31.514 pagantes por partida em 2017, e um programa de sócios que alcança 122 mil pessoas, a verdade é que hoje o Palmeiras tem muito mais bala na agulha do que o Santos e pode, sim, desfalcar o Alvinegro Praiano.

Jogadores são profissionais e têm carreira curta. É ilusão pensar que continuarão em um clube por amor a ele ou pela importância histórica de sua camisa. Geralmente querem ganhar mais no menor tempo possível e mesmo que não sejam tão dinheiristas, são levados a agir assim por seus empresários, amigos e parentes, que de alguma forma dependem de seus ganhos.

Como o presidente santista descobriu no caso de Robinho, não se segura um craque com apelos melosos e lágrimas, mas com um bom salário e condições de trabalho satisfatórias. Se o Santos não puder oferecer isso, dependerá de seus meninos revelados na base ou de jogadores desconhecidos e desvalorizados que aceitem rendimentos modestos.

Se optasse por fazer seus grandes jogos em estádios maiores desde o início de 2014, o Santos teria arrecadado, no mínimo, um lucro líquido de oito milhões de reais por ano. Se, a exemplo de outros grandes clubes brasileiros, tivesse investido em uma campanha para atrair mais sócios, fatalmente já teria ultrapassado a marca de 100 mil associados, a exemplo dos três grandes da capital paulista, dos dois grandes de Minas e do Rio Grande do Sul e do Flamengo. Porém, enquanto oito clubes brasileiros passaram a marca de 100 mil sócios, nos últimos anos o Santos caiu de 65 mil para 23 mil associados.

Digamos que um sócio dê um lucro líquido de apenas 10 reais por mês. Então, 100 mil sócios equivalem a um milhão de reais mensais, ou 12 milhões por ano. Em dois anos e meio esse valor atingiria 30 milhões de reais. Com mais 20 milhões de lucro nas arrecadações, chegaríamos a 50 milhões de reais desde o início da gestão atual que dirige o clube.

Sem contar que uma coisa puxa a outra. Com um mailing de 100 mil associados e uma média de público de 25 mil pessoas, o Santos negociaria outros valores de patrocínio de camisa e de material, além de poder aspirar a uma cota de tevê mais generosa.

Nos concentremos, porém, nos 50 milhões de reais, em dois anos e meio, que dependeriam apenas do Santos. Essa receita, somada à necessária contenção de despesas na área administrativa, um item ignorado pela atual direção do clube, tornariam o Alvinegro Praiano mais competitivo e menos fragilizado diante do assédio de seus endinheirados rivais.

Sim, porque um clube de futebol pode não ser um banco, mas se não tiver as finanças equilibradas e não puder fazer frente às investidas dos adversários, se tornará um eterno coadjuvante no mundo cada vez mais competitivo do futebol profissional.

AJUDE O GRANDE LIVRO DO SANTOS A NASCER

Felizmente a Kickante entendeu a importância do livro “Santos FC, o maior espetáculo da Terra” e nos deu mais um mês de campanha de pré-financiamento para lançar esta que é uma das obras mais impactantes da história do Santos e do futebol. Agora faltam apenas 19 dias para o encerramento do prazo final. Se você ainda não participou, participe.

Da meta de R$ 48 mil, suficiente para cobrir os custos gráficos da impressão de dois mil exemplares, passamos da metade. Há muitas formas de recompensa para quem participar da campanha. Desde doar 10 reais, até comprar uma cota de patrocínio por 15 mil reais, que dá direito a 100 exemplares, 30 convites para a festa de lançamento, ter o logotipo da empresa impresso no livro e ser divulgado pela assessoria de imprensa.

O livro se baseia na ampla pesquisa de Marcelo Fernandes, um santista que mora em Luxemburgo, e em alguma pesquisa e texto meus. Só digo uma coisa e depois me cobrem: quem não participar, vai se arrepender. Esse livro ficará marcado na história do Santos e da literatura mundial do futebol.

Agora assista a este filme inglês e não se emocione, se puder:

Clique aqui para garantir o seu exemplar e ajudar no lançamento do livro único SANTOS FC, O MAIOR ESPETÁCULO DA TERRA.

No meu aniversário, quem ganha o presente é você

Setembro é mês do meu aniversário e resolvi comemorar com os frequentadores deste espaço promovendo uma oferta inédita das obras expostas na Livraria do Blog.

time-dossie ok

Para atender aos pedidos dos santistas das embaixadas e demais grupos de torcedores espalhados pelo País, criei preços especiais também para a compra de três, quatro e cinco exemplares, tanto do Dossiê de Unificação dos Títulos Brasileiros a partir de 1959, como do Time dos Sonhos.

Neste mês, três exemplares desses dois livros sairão por 75 reais, quatro por 85 e cinco por 95 reais. E todos os pedidos com frete grátis e dedicatórias exclusivas. Faça as contas e veja que não dá para perder. É a oportunidade de presentear os amigos ou já guardar para o Natal.

E caso alguém queira uma quantidade maior do que cinco exemplares, é só enviar e-mail para blogdoodir@blogdoodir.com.br que estudaremos as melhores condições possíveis. O interesse, como sempre, é ver o santista e conhecendo a rica história do clube, elemento fundamental no fortalecimento da marca Santos.

Clique aqui para entrar na Livraria do Blog e conferir todas as ofertas

Todos os PDFs a R$ 1,00

O sistema da loja do blog não permite que se distribua livros sem nenhum pagamento. Então, coloquei o preço de todos os PDFs a apenas um real. Isso mesmo. Qualquer PDF, neste mês de setembro, custará apenas um real.
Comprar com cartão, de débito ou crédito, é totalmente confiável pelo sistema do PagSeguro, mas se quiser pode escolher por boleto ou mesmo fazer depósito bancário (nesse último caso, informe-se pelo e-mail blogdoodir@blogdoodir.com.br

Dentre os PFDs, há quatro livros que falam do Alvinegro Praiano

– Donos da Terra, a história do primeiro título mundial do Santos
Clique aqui para comprar Donos da Terra
– Na Raça!, a história do primeiro clube bicampeão mundial
Clique aqui para comprar Na Raça!
– Ser Santista, um orgulho que nem todos podem ter – Artigos selecionados que mostram várias aspectos da grandeza santista
Clique aqui para comprar Ser Santista
– Pedrinho escolheu um time – A aventura de um garoto paulistano que quer escolher um time para torcer.
Clique aqui para comprar Pedrinho escolheu um time

Há mais três histórias infanto-juvenis

– Pedrinho no Descobrimento do Brasil – Um buraco no tempo leva Pedrinho ao momento em que o Brasil está sendo descoberto pela esquadra de Cabral. Para crianças e adolescentes que gostam de História.
Clique aqui para comprar Pedrinho no Descobrimento do Brasil
– O Diário de Kimmy, uma garota inuit – O dia a dia de uma menina que vive no Alasca, entre as tradições de seu povo e os perigos dos tempos atuais.
Clique aqui para comprar O Diário de Kimmy
O Reino do Pum – A caso insólito do pobre e mal cheiroso reino onde viviam o pequeno Sidney e seu avó Felisberto.
Clique aqui para comprar O Reino do Pum

E uma ficção para adultos

– Morte.Net – Romance impróprio para menores, de Caio Morelli, que fala de pessoas que buscam a felicidade nos encontros fortuitos da Internet.
Clique aqui para comprar Morte.Net

Se tiver qualquer dificuldade para comprar os livros pelo Pagseguro, envie e-mail para blogdoodir@blogdoodir.com.br que eu resolvo.

A grana está curta? Momentaneamente está desempregado? Mas gostaria de ler alguns livros em PDF expostos na livraria deste blog? Mande-me um e-mail para blogdoodir@blogdoodir.com.br que neste setembro eu os envio de presente para você.

A ESPERANÇA ESTÁ NO AR

rollo, peres e eu nova O vice Orlando Rollo, eu e o presidente José Carlos Peres: Somos todos Santos

Muitas daquelas 200 pessoas só tinham dormido de madrugada, frustradas com a derrota, em plena Vila Belmiro, para o Barcelona.. do Equador – resultado que acabou com o sonho de o Santos alcançar o seu quarto título na Libertadores. Mas ao começarem a ouvir os 11 pontos principais do programa da chapa Somos tantos Santos, os olhares se iluminaram e os olhos brilharam de esperança. Sim, é possível resolver os problemas do Santos e fazê-lo ocupar o lugar que merece no futebol.

O evento, na noite de quarta-feira, no auditório do Museu do Futebol, no Pacaembu, anunciou José Carlos Peres como candidato a presidente da chapa Somos todos Santos, com Orlando Galante Rollo como vice. Como prometi aos amigos santistas que me apoiavam para presidente, também farei parte da direção do clube e trabalharei, lá dentro, para que aquelas nossas reivindicações sejam cumpridas.

Em suma, as propostas se baseiam na transparência, no profissionalismo, na meritocracia e na universalidade que devem reger a vida do Santos. Haverá, sim, jogos meio a meio entre Santos e a capital paulista, uma campanha permanente baseada em recompensas para se alcançar 100 mil associados em três anos, o voto à distância, o lançamento do projeto “A Cidade do Futebol” em parceria com a Prefeitura de Santos, a reforma e a deselitização da Vila Belmiro, a construção de um novo CT da base e um monitoramento constante da carreira dos infanto-juvenis, a implantação da responsabilidade financeira e fiscal e um melhor relacionamento com a imprensa…

Quando se fala apenas a verdade, nunca se cai em contradição, e é isso que Peres, Rollo e eu fizemos. Provavelmente por isso o lançamento da chapa foi tão bem aceito por todos os presentes. A mesma excelente recepção tivemos daqueles que assistiram o evento ao vivo, pelo Facebook.

Clique aqui para assistir ao vídeo, postado na fan page de Orlando Rollo.

Ao final da explanação, José Carlos Peres leu um texto que fiz para a página “Por um Santos melhor”, no qual elenco as diferenças entre as posturas e filosofias da situação e da oposição do clube. A disparidade entre a situação, representada pela chapa encabeçada por Modesto Roma, e a oposição, no caso representada pela chapa Somos todos Santos, é gritante. A primeira pensa primeiro nela nos meios, éticos ou não, de se manter no poder; a segunda, a Somos todos Santos, coloca os interesses do clube em primeiro lugar e vive tentando descobrir novas maneiras de servir ao Santos.

E você, o que acha disso?


Por que o ano já acabou


Vanderlei fez boas defesas, a zaga santista não jogou mal, mas o Barcelona foi melhor e mereceu a vitória. Santos terminará 2017 sem títulos.

Faltam 101 dias para terminar 2017, mas para o santista o ano já acabou. A 12 pontos do líder do Campeonato Brasileiro, com problemas no elenco e sem ânimo para empreender uma recuperação, ao Santos resta apenas tentar permanecer no G4 da competição nacional. A derrota e a eliminação diante do Barcelona de Guayaquil, em plena Vila Belmiro, ainda ecoam em nossas cabeças. O que deu errado nessa temporada em que o Santos disputou quatro competições e em todas ficou longe do título?

Bem, as explicações para o fracasso estão nos comentários do post anterior, alguns de uma lucidez impressionante. Por mais que o futebol seja imprevisível, é evidente que faltou planejamento, seriedade, profissionalismo. Perder para um time estrangeiro, na Vila Belmiro, após 33 anos de invencibilidade, não foi obra do acaso.

Há meses temos visto o Santos jogando mal e sendo dominado, mesmo no Urbano Caldeira. Já tinha sido assim contra o Atlético Paranaense, nas oitavas da Libertadores. Aquele time que, em sua casa, pressionava e às vezes goleava os adversários, há muito tempo não dá o ar de sua graça. Falta-lhe a habilidade, a energia e a ousadia de um Geuvânio, um Gabigol, um Thiago Maia, meninos que se foram precocemente para o exterior, trocados por dinheiros para pagar a folha salarial.

Mais uma vez a alegação de que o velho e acanhado estádio é carismático e nele o Santos não perde, caiu por água abaixo. Negligenciou-se novamente a oportunidade de se jogar para 30, 40 mil pessoas no Pacaembu ou mesmo no Morumbi, o que resultaria em uma pressão muito maior sobre o adversário, além de mais dinheiro em caixa.

Se alguém tiver a pachorra de somar os milhões de reais que já foram perdidos pelo preconceito dessa diretoria de utilizar os grandes estádios da capital nos jogos importantes do Santos, verá que o montante já alcança uma pequena fortuna. Um clube profissional não pode se dar a esse luxo.

Um clube profissional que queira ser competitivo não pode vender precocemente seus jovens valores, como os citados Geuvânio, Gabigol e Thiago Maia, apenas para pagar as folhas salariais, e contratar jogadores inconsistentes, sem condição de serem titulares em um time grande do Brasil, como Leandro Donizete, Kayke, Cleber, Vladimir Hernandez, Fabián Noguera, Copete, Vecchio…

O departamento técnico de um clube profissional deve ter um rígido programa de treinamentos, a fim de transformar jogadores em atletas capazes de suportar os 90 minutos de uma partida de futebol. Mas no Santos só se ouve falar de descanso e de poupar jogadores. E justo na hora agá, no jogo decisivo, dois titulares importantes, do mesmo setor do campo – Lucas Lima e Renato – acabaram desfalcando o time.

A administração de um clube profissional não pode passar três anos só aumentando as dívidas, transformando o clube em um grande cabide de empregos e não deixando, de legado, nem um centavo a mais em seu patrimônio. Pode parecer que não, mas tudo isso estava em campo, na noite de quarta-feira, diante do Barcelona de Guayaquil – um clube que talvez pareça humilde, mas é bem estruturado e tem um estádio, o Monumental Isidro Romero Carbo, com capacidade para 57 mil pessoas.

A falta de opções no banco de reservas refletiu a péssima montagem do elenco santista para 2017. Com alguma capacidade técnica, havia apenas Jean Mota, que fez o que pôde. Essa não é a hora de culpar os jogadores, eu sei. A responsabilidade por vestirem a camisa do Santos é de quem os contratou e escalou.

Mas, por falar neles, é óbvio que, como a partida confirmou, alguns não poderão mais estar nos planos do clube em 2018. Assim como faltou categoria a muitos já citados, o ex artilheiro Ricardo Oliveira mostrou que não tem mais pernas e por falta delas perdeu a maior oportunidade do Santos no segundo tempo. Renovar contrato com ele seria mais uma temeridade. O próprio caso de Lucas Lima tem de ser analisado com carinho, pois parece que ele não tem mais a menor motivação de continuar no Santos. E sem motivação o jogador finge que joga, toma cartões de graça e está sempre no departamento médico.

Não se pode, ainda, tirar a responsabilidade do técnico Levir Culpi, que depois de um início firme, em que chegou a discursar contra os cultos religiosos na concentração, parece ter seguido o roteiro de Dorival Junior e sucumbido à vontade, ou falta dela, de alguns líderes do elenco. De que adiantou, por exemplo, poupar todos os titulares contra o Botafogo? Usasse um time misto e hoje o Santos estaria a nove pontos do líder, com alguma chance de tentar alguma coisa no Brasileiro.

Porém, acima do técnico há o departamento de futebol. E se ele é frouxo, não impõe regras claras e não consegue cobrar ou amparar os jogadores, o que se tem é um elenco sem comando, em que não há espírito coletivo e muito menos motivação para grandes conquistas.

Por fim, acima do departamento de futebol há a presidência do clube, que tem a obrigação de definir as metas, os procedimentos e os rumos da entidade. Se ela é correta, responsável e transparente, essa credibilidade passa para todos os setores do clube e chega até o elenco.

Após um fracasso, os torcedores costumam descontar sua frustração nos jogadores, como ocorreu na Vila Belmiro, mas os atletas são apenas o primeiro elo da cadeia e, por isso, quase sempre os menos culpados. Muitas vezes são obrigados a jogar com salários atrasados, o que é desmotivador para qualquer profissional.

De qualquer forma, com ou sem chance de título, o Campeonato Brasileiro ainda não terminou e o Santos tem a obrigação de seguir lutando em busca da melhor colocação possível. Afinal de contas, o verdadeiro profissional tem de estar sempre disposto a dar o melhor pela empresa que lhe dá o sagrado pão de cada dia. E para o sócio do clube restará, até o começo de dezembro, a inadiável tarefa de analisar muito bem e decidir o que quer para o Santos a partir de 2018.

E você, o que acha disso?

Somos todos Santos

Enfim, chegou o momento de anunciarmos a chapa Somos todos Santos, encabeçada por José Carlos Peres, Orlando Rollo e por mim. O anúncio ocorrerá hoje, quinta-feira, a partir das 19 horas, no Museu do Futebol, no estádio do Pacaembu. Na oportunidade falaremos de nossas propostas, resumidas em um conjunto de 11 pontos principais.

Você é nosso convidado(a) para esse evento importante para o futuro do Santos. Confirme sua presença com a Mariana, pelo telefone (13) 99136-3264 e venha viver conosco esse momento que pode ser decisivo na história do clube. Estarei lhe esperando de braços abertos.

cartaz - anuncio chapa

Atenção: Teremos transmissão ao vivo do evento pela fan page do Movimento Somos todos Santos e na fan page de Orlando Galente Rollo.

Felizmente a Kickante entendeu a importância do livro “Santos FC, o maior espetáculo da Terra” e nos deu mais um mês de campanha de pré-financiamento para lançar esta que é uma das obras mais impactantes da história do Santos e do futebol. Agora faltam 23 dias para o encerramento do prazo final. Se você ainda não participou, participe.

Da meta de R$ 48 mil, suficiente para cobrir os custos gráficos da impressão de dois mil exemplares, estamos na metade. Há muitas formas de recompensa para quem participar da campanha. Desde doar 10 reais, até comprar uma cota de patrocínio por 15 mil reais, que dá direito a 100 exemplares, 30 convites para a festa de lançamento, ter o logotipo da empresa impresso no livro e ser divulgado pela assessoria de imprensa.

O livro se baseia na ampla pesquisa de Marcelo Fernandes, um santista que mora em Luxemburgo, e em alguma pesquisa e texto meus. Só digo uma coisa e depois me cobrem: quem não participar, vai se arrepender. Esse livro ficará marcado na história do Santos e da literatura mundial do futebol.

Clique aqui para garantir o seu exemplar e ajudar no lançamento do livro único SANTOS FC, O MAIOR ESPETÁCULO DA TERRA.

No meu aniversário, quem ganha o presente é você

Setembro é mês do meu aniversário e resolvi comemorar com os frequentadores deste espaço promovendo uma oferta inédita das obras expostas na Livraria do Blog.

time-dossie ok

Para atender aos pedidos dos santistas das embaixadas e demais grupos de torcedores espalhados pelo País, criei preços especiais também para a compra de três, quatro e cinco exemplares, tanto do Dossiê de Unificação dos Títulos Brasileiros a partir de 1959, como do Time dos Sonhos.

Neste mês, três exemplares desses dois livros sairão por 75 reais, quatro por 85 e cinco por 95 reais. E todos os pedidos com frete grátis e dedicatórias exclusivas. Faça as contas e veja que não dá para perder. É a oportunidade de presentear os amigos ou já guardar para o Natal.

E caso alguém queira uma quantidade maior do que cinco exemplares, é só enviar e-mail para blogdoodir@blogdoodir.com.br que estudaremos as melhores condições possíveis. O interesse, como sempre, é ver o santista e conhecendo a rica história do clube, elemento fundamental no fortalecimento da marca Santos.

Clique aqui para entrar na Livraria do Blog e conferir todas as ofertas

Todos os PDFs a R$ 1,00

O sistema da loja do blog não permite que se distribua livros sem nenhum pagamento. Então, coloquei o preço de todos os PDFs a apenas um real. Isso mesmo. Qualquer PDF, neste mês de setembro, custará apenas um real.
Comprar com cartão, de débito ou crédito, é totalmente confiável pelo sistema do PagSeguro, mas se quiser pode escolher por boleto ou mesmo fazer depósito bancário (nesse último caso, informe-se pelo e-mail blogdoodir@blogdoodir.com.br

Dentre os PFDs, há quatro livros que falam do Alvinegro Praiano

– Donos da Terra, a história do primeiro título mundial do Santos
Clique aqui para comprar Donos da Terra
– Na Raça!, a história do primeiro clube bicampeão mundial
Clique aqui para comprar Na Raça!
– Ser Santista, um orgulho que nem todos podem ter – Artigos selecionados que mostram várias aspectos da grandeza santista
Clique aqui para comprar Ser Santista
– Pedrinho escolheu um time – A aventura de um garoto paulistano que quer escolher um time para torcer.
Clique aqui para comprar Pedrinho escolheu um time

Há mais três histórias infanto-juvenis

– Pedrinho no Descobrimento do Brasil – Um buraco no tempo leva Pedrinho ao momento em que o Brasil está sendo descoberto pela esquadra de Cabral. Para crianças e adolescentes que gostam de História.
Clique aqui para comprar Pedrinho no Descobrimento do Brasil
– O Diário de Kimmy, uma garota inuit – O dia a dia de uma menina que vive no Alasca, entre as tradições de seu povo e os perigos dos tempos atuais.
Clique aqui para comprar O Diário de Kimmy
O Reino do Pum – A caso insólito do pobre e mal cheiroso reino onde viviam o pequeno Sidney e seu avó Felisberto.
Clique aqui para comprar O Reino do Pum

E uma ficção para adultos

– Morte.Net – Romance impróprio para menores, de Caio Morelli, que fala de pessoas que buscam a felicidade nos encontros fortuitos da Internet.
Clique aqui para comprar Morte.Net

Se tiver qualquer dificuldade para comprar os livros pelo Pagseguro, envie e-mail para blogdoodir@blogdoodir.com.br que eu resolvo.

A grana está curta? Momentaneamente está desempregado? Mas gostaria de ler alguns livros em PDF expostos na livraria deste blog? Mande-me um e-mail para blogdoodir@blogdoodir.com.br que neste setembro eu os envio de presente para você.


Com a alma em campo

Quando há fé, amor e luta em campo, a bola do adversário não entra; quem nunca deu um drible, dá; quem nunca acertou um cruzamento, acerta e quem nunca fez gol, faz. Devemos acreditar no Santos, hoje, não apenas pelo que esses jogadores já fizeram, mas pelo que poderão fazer logo mais. Força Santos!

Tenho recebido mensagens preocupadas, algumas até revoltadas, de santistas falando do jogo contra o Barcelona de Guayaquil. Uma delas, de Curitiba, diz: “Como pode o Santos só usar reservas contra o Botafogo e ainda jogar desfalcado na Libertadores?”. Outra, de Campinas, acusa: “Se não tivesse contratado tão mal, o time não dependeria tanto do Lucas Lima”. Outra, ainda, de Santos, analisa: “Moro do lado da Vila Belmiro, mas este era jogo para o Morumbi”. Enfim, a preocupação está no ar. Porém, não é hora de descrença ou de críticas, mas sim de união em torno da equipe e de apoio para que consiga superar o difícil adversário dessa quarta-feira.

Jogos da Copa Libertadores não são definidos apenas pela técnica, pelo toquinho, pelas jogadas bonitas. É preciso ter raça, é preciso colocar a alma em campo. E se por um lado o Santos não terá Lucas Lima, e provavelmente também jogará sem a experiência de Renato, a presença de Vecchio está garantida. Pelas enormes ironias do futebol, justo o argentino renegado por Dorival Junior volta ao time com a responsabilidade de comandar o time nessa jornada decisiva.

O caminho até o quarto título da Libertadores sempre difícil, mas algo me diz que superar o aguerrido time equatoriano dará ao Santos e energia e o fôlego necessários para buscar a taça. A todos que falam de desfalques lembro as finais contra o Milan, em 1963, em que o Alvinegro Praiano jogou as duas partidas no Maracanã sem o xerife Calvet, o líder Zito e o incomparável Pelé. Então, acreditemos.

Somos todos Santos

Enfim, chegou o momento de anunciarmos a chapa Somos todos Santos, encabeçada por José Carlos Peres, Orlando Rollo e por mim. O anúncio ocorrerá nessa quinta-feira, no Museu do Futebol, no estádio do Pacaembu. Na oportunidade falaremos de nossas propostas, resumidas em um conjunto de 11 pontos principais.

Você é nosso convidado(a) para esse evento importante para o futuro do Santos. Confirme sua presença com a Mariana, pelo telefone (13) 99136-3264 e venha viver conosco esse momento que pode ser decisivo na história do clube. Estarei lhe esperando de braços abertos.

cartaz - anuncio chapa

Felizmente a Kickante entendeu a importância do livro “Santos FC, o maior espetáculo da Terra” e nos deu mais um mês de campanha de pré-financiamento para lançar esta que é uma das obras mais importantes da história do Santos e do futebol. Agora faltam 26 dias para o encerramento do prazo final. Se você ainda não participou, participe.

Da meta de R$ 48 mil, suficiente para cobrir os custos gráficos da impressão de dois mil exemplares, estamos na metade. Há muitas formas de recompensa para quem participar da campanha. Desde doar 10 reais, até comprar uma cota de patrocínio por 15 mil reais, que dá direito a 100 exemplares, 30 convites para a festa de lançamento, ter o logotipo da empresa impresso no livro e ser divulgado pela assessoria de imprensa.

O livro se baseia na ampla pesquisa de Marcelo Fernandes, um santista que mora em Luxemburgo, e em alguma pesquisa e texto meus. Só digo uma coisa e depois me cobrem: quem não participar, vai se arrepender. Esse livro ficará marcado na história do Santos e da literatura mundial do futebol.

Clique aqui para garantir o seu exemplar e ajudar no lançamento do livro único SANTOS FC, O MAIOR ESPETÁCULO DA TERRA.

No meu aniversário, quem ganha o presente é você

Setembro é mês do meu aniversário e resolvi comemorar com os frequentadores deste espaço promovendo uma oferta inédita das obras expostas na Livraria do Blog.

time-dossie ok

Para atender aos pedidos dos santistas das embaixadas e demais grupos de torcedores espalhados pelo País, criei preços especiais também para a compra de três, quatro e cinco exemplares, tanto do Dossiê de Unificação dos Títulos Brasileiros a partir de 1959, como do Time dos Sonhos.

Neste mês, três exemplares desses dois livros sairão por 75 reais, quatro por 85 e cinco por 95 reais. E todos os pedidos com frete grátis e dedicatórias exclusivas. Faça as contas e veja que não dá para perder. É a oportunidade de presentear os amigos ou já guardar para o Natal.

E caso alguém queira uma quantidade maior do que cinco exemplares, é só enviar e-mail para blogdoodir@blogdoodir.com.br que estudaremos as melhores condições possíveis. O interesse, como sempre, é ver o santista e conhecendo a rica história do clube, elemento fundamental no fortalecimento da marca Santos.

Clique aqui para entrar na Livraria do Blog e conferir todas as ofertas

Todos os PDFs a R$ 1,00

O sistema da loja do blog não permite que se distribua livros sem nenhum pagamento. Então, coloquei o preço de todos os PDFs a apenas um real. Isso mesmo. Qualquer PDF, neste mês de setembro, custará apenas um real.
Comprar com cartão, de débito ou crédito, é totalmente confiável pelo sistema do PagSeguro, mas se quiser pode escolher por boleto ou mesmo fazer depósito bancário (nesse último caso, informe-se pelo e-mail blogdoodir@blogdoodir.com.br

Dentre os PFDs, há quatro livros que falam do Alvinegro Praiano

– Donos da Terra, a história do primeiro título mundial do Santos
Clique aqui para comprar Donos da Terra
– Na Raça!, a história do primeiro clube bicampeão mundial
Clique aqui para comprar Na Raça!
– Ser Santista, um orgulho que nem todos podem ter – Artigos selecionados que mostram várias aspectos da grandeza santista
Clique aqui para comprar Ser Santista
– Pedrinho escolheu um time – A aventura de um garoto paulistano que quer escolher um time para torcer.
Clique aqui para comprar Pedrinho escolheu um time

Há mais três histórias infanto-juvenis

– Pedrinho no Descobrimento do Brasil – Um buraco no tempo leva Pedrinho ao momento em que o Brasil está sendo descoberto pela esquadra de Cabral. Para crianças e adolescentes que gostam de História.
Clique aqui para comprar Pedrinho no Descobrimento do Brasil
– O Diário de Kimmy, uma garota inuit – O dia a dia de uma menina que vive no Alasca, entre as tradições de seu povo e os perigos dos tempos atuais.
Clique aqui para comprar O Diário de Kimmy
O Reino do Pum – A caso insólito do pobre e mal cheiroso reino onde viviam o pequeno Sidney e seu avó Felisberto.
Clique aqui para comprar O Reino do Pum

E uma ficção para adultos

– Morte.Net – Romance impróprio para menores, de Caio Morelli, que fala de pessoas que buscam a felicidade nos encontros fortuitos da Internet.
Clique aqui para comprar Morte.Net

Se tiver qualquer dificuldade para comprar os livros pelo Pagseguro, envie e-mail para blogdoodir@blogdoodir.com.br que eu resolvo.

A grana está curta? Momentaneamente está desempregado? Mas gostaria de ler alguns livros em PDF expostos na livraria deste blog? Mande-me um e-mail para blogdoodir@blogdoodir.com.br que neste setembro eu os envio de presente para você.


Sofrido, mas ainda invicto

O Santos vence por 1 a 0, golaço de Bruno Henrique após uma linha de passe na área do Barcelona de Guayaquil aos 55 segundos do segundo tempo. Aos 17m55 Lucas Lima puxa o contra-ataque. Tem a opção de passe à direita e à esquerda, mas prefere carregar a bola, sofre a falta e cai com a mão na coxa direita. Após a partida dirá que sentiu o músculo da coxa embolar e culpará a viagem “desumana” de 16 horas até Guayaquil pela sua contusão. O Barcelona empataria aos 33m39, com Jonatan Alves, de cabeça, aproveitando um escanteio, e o resultado ficaria assim. Apesar de tudo, o Santos volta invicto do Equador e na semana que vem o empate de 0 a 0 o levará para a sua nona semifinal da Copa Libertadores.

O jogo mostrou a dramática falta de opção do técnico Levir Culpi, que não tinha à disposição reservas à altura dos titulares. Não fosse a boa atuação do goleiro Vanderlei, dos zagueiros Lucas Veríssimo e David Braz, do volante Alison e do atacante Bruno Henrique, e o time teria perdido a invencibilidade diante do aguerrido e incansável time do Barcelona.

Na verdade, mesmo os jogadores não citados se empenharam bastante e foi essa entrega que impediu a vitória do rival. Obrigados a se concentrar na marcação, os laterais Victor Ferraz e Zeca pouco fizeram, assim como o meio campo Renato. No ataque, Thiago Ribeiro nada fez e Ricardo Oliveira teve um pouco mais de presença, porém não chegou a se destacar. Quanto a Lucas Lima, é o mais habilidoso da equipe, mas se soltasse mais a bola evitaria muitos choques e talvez não tivesse se machucado.

De qualquer forma, o empate por 1 a 1 foi um ótimo resultado e deixa a decisão da vaga para o encontro na Vila Belmiro. Não se pode subestimar esse atlético time equatoriano, mas diante de sua torcida o Santos será favorito, mesmo sem Lucas Lima, que talvez fique fora da equipe por mais de uma semana.

15 minutos de bom futebol

Com exceção de um período de 15 minutos, entre as marcas de 20 a 35 minutos do primeiro tempo, em que conseguiu equilibrar a partida e tocar a bola no campo do adversário, o Santos cedeu a posse de bola e foi pressionado pelo Barcelona, em Guayaquil.

O time equatoriano começou atacando e o Santos mal teve tempo de respirar entre uma jogada e outra. Aos seis minutos o quique da bola enganou David Braz, que permitiu a Jonathan Alves girar e bater cara a cara com Vanderlei, que fez a melhor defesa da primeira etapa.

Aos 13m40 Marcos Caicedo passou como uma flecha por Victor Ferraz e o lance acabou em escanteio. Aos 15 minutos o time da casa já tinha cobrado três escanteios, contra nenhum do Santos.

A primeira boa chance santista ocorreu aos 15m40. Em um bom contra-ataque, Zeca telegrafou o passe para Ricardo Oliveira, na esquerda, e o lance acabou interceptado pela defesa, terminando em escanteio.
A partir dos 20 minutos o Santos passou a ficar mais tempo com a bola, diante de um adversário que parecia tomar fôlego após o entusiasmo inicial. Nesse período o Barcelona pareceu perder a tranquilidade e dois de seus jogadores receberam cartões amarelos.

Mas o Barcelona voltou a pressionar a partir dos 35 minutos e se manteve no ataque até o final da primeira etapa, sem criar nenhuma chance clara de gol, entretanto. Dos santistas, os destaques no primeiro tempo foram Vanderlei, os zagueiros Lucas Veríssimo e David Braz, os meio-campistas Alison, Renato e Lucas Lima e o atacante Bruno Henrique. Ricardo Oliveira ao menos lutava. O mais fraco do time foi Thiago Ribeiro, que não conseguiu dar sequência às jogadas.

Santos melhor, até a saída de Lucas Lima

O belo gol de Bruno Henrique, com menos de um minuto de jogo, e o consequente nervosismo do Barcelona deu a impressão de que o Santos definiria a classificação na segunda etapa.

Aos 10 minutos Aimar levou o terceiro cartão amarelo de seu time. O Barcelona ainda atacava, mas sem convicção. Um contra-ataque bem encaixado definiria a vitória santista. Mas Lucas Lima saiu, machucado, aos 19m37, substituído por Jean Mota, e o Santos perdeu seu grande articulador.

Aos 33m39, após um escanteio, Jonatan Alves subiu mais do que Bruno Henrique, que o marcava, e fez, de cabeça, o gol de empate do Barcelona. A partir daí virou um jogo de ataque contra defesa. Aos 40 minutos Vanderlei defendeu um chute à queima roupa de Castilho, aos 45m40 David Braz colocou para escanteio em outra chance de ouro para o Barcelona.

Antes do final, como era de se esperar, Vanderlei levou o cartão amarelo por fazer cera na hora de bater o rito de meta. O empate de 1 a 1 foi ótimo, mas de voltar a jogar assim na Vila Belmiro, o Santos poderá ter uma péssima surpresa na próxima quarta-feira. O jeito será mesmo poupar alguns titulares na partida de fim de semana contra o Botafogo. Quem sabe alguns reservas não aproveitam a chance.

Voos de São Paulo para Guayaquil

Há uma empresa panamenha que já opera voos do aeroporto de Guarulhos para Guayaquil. Segue o link:

Clique aqui para saber como chegar a Guayaquil, de São Paulo, em bem menos do que 16 horas. .

Felizmente a Kickante entendeu a importância do livro “Santos FC, o maior espetáculo da Terra, e nos deu mais 31 dias de campanha de pré-financiamento para lançar esta que é uma das obras mais importantes da história do Santos e do futebol.

Da meta de R$ 48 mil, suficiente para cobrir os custos gráficos da impressão de dois mil exemplares, estamos na metade. Há muitas formas de recompensa para quem participar da campanha. Desde doar 10 reais, até comprar uma cota de patrocínio por 15 mil reais, que dá direito a 100 exemplares, 30 convites para a festa de lançamento, ter o logotipo da empresa impresso no livro e ser divulgado pela assessoria de imprensa.

O livro se baseia na ampla pesquisa de Marcelo Fernandes, um santista que mora em Luxemburgo, e em alguma pesquisa e texto meus. Só digo uma coisa e depois me cobrem: quem não participar, vai se arrepender. Esse livro ficará marcado na história do Santos e na literatura mundial do futebol.

Clique aqui para garantir o seu exemplar e ajudar no lançamento do livro único SANTOS FC, O MAIOR ESPETÁCULO DA TERRA.

No meu aniversário, quem ganha o presente é você

Setembro é mês do meu aniversário e resolvi comemorar com os frequentadores deste espaço promovendo uma oferta inédita das obras expostas na Livraria do Blog.

time-dossie ok

Para atender aos pedidos dos santistas das embaixadas e demais grupos de torcedores espalhados pelo País, criei preços especiais também para a compra de três, quatro e cinco exemplares, tanto do Dossiê de Unificação dos Títulos Brasileiros a partir de 1959, como do Time dos Sonhos.

Neste mês, três exemplares desses dois livros sairão por 75 reais, quatro por 85 e cinco por 95 reais. E todos os pedidos com frete grátis e dedicatórias exclusivas. Faça as contas e veja que não dá para perder. É a oportunidade de presentear os amigos ou já guardar para o Natal.

E caso alguém queira uma quantidade maior do que cinco exemplares, é só enviar e-mail para blogdoodir@blogdoodir.com.br que estudaremos as melhores condições possíveis. O interesse, como sempre, é ver o santista e conhecendo a rica história do clube, elemento fundamental no fortalecimento da marca Santos.

Clique aqui para entrar na Livraria do Blog e conferir todas as ofertas

Todos os PDFs a R$ 1,00

O sistema da loja do blog não permite que se distribua livros sem nenhum pagamento. Então, coloquei o preço de todos os PDFs a apenas um real. Isso mesmo. Qualquer PDF, neste mês de setembro, custará apenas um real.
Comprar com cartão, de débito ou crédito, é totalmente confiável pelo sistema do PagSeguro, mas se quiser pode escolher por boleto ou mesmo fazer depósito bancário (nesse último caso, informe-se pelo e-mail blogdoodir@blogdoodir.com.br

Dentre os PFDs, há quatro livros que falam do Alvinegro Praiano

– Donos da Terra, a história do primeiro título mundial do Santos
Clique aqui para comprar Donos da Terra
– Na Raça!, a história do primeiro clube bicampeão mundial
Clique aqui para comprar Na Raça!
– Ser Santista, um orgulho que nem todos podem ter – Artigos selecionados que mostram várias aspectos da grandeza santista
Clique aqui para comprar Ser Santista
– Pedrinho escolheu um time – A aventura de um garoto paulistano que quer escolher um time para torcer.
Clique aqui para comprar Pedrinho escolheu um time

Há mais três histórias infanto-juvenis

– Pedrinho no Descobrimento do Brasil – Um buraco no tempo leva Pedrinho ao momento em que o Brasil está sendo descoberto pela esquadra de Cabral. Para crianças e adolescentes que gostam de História.
Clique aqui para comprar Pedrinho no Descobrimento do Brasil
– O Diário de Kimmy, uma garota inuit – O dia a dia de uma menina que vive no Alasca, entre as tradições de seu povo e os perigos dos tempos atuais.
Clique aqui para comprar O Diário de Kimmy
O Reino do Pum – A caso insólito do pobre e mal cheiroso reino onde viviam o pequeno Sidney e seu avó Felisberto.
Clique aqui para comprar O Reino do Pum

E uma ficção para adultos

– Morte.Net – Romance impróprio para menores, de Caio Morelli, que fala de pessoas que buscam a felicidade nos encontros fortuitos da Internet.
Clique aqui para comprar Morte.Net

A grana está curta? Momentaneamente está desempregado? Mas gostaria de ler alguns livros em PDF expostos na livraria deste blog? Mande-me um e-mail para blogdoodir@blogdoodir.com.br que neste setembro eu os envio de presente para você.


Older posts

© 2017 Blog do Odir Cunha

Theme by Anders NorenUp ↑