Blog do Odir Cunha

O ombudsman do Santos FC

Tag: Lucas Lima (page 2 of 29)

A realidade do futebol

Com grandes times brasileiros priorizando outras competições, o alvinegro da capital se distanciou na liderança do Campeonato Brasileiro e, como era de se esperar, acabou endeusado por cronistas-torcedores. Nesse domingo, porém, com os times descansados e completos, tivemos uma boa ideia da realidade do nosso futebol: o Santos dominou, criou mais chances de gol, ganhou de 2 a 0 e ainda teve um pênalti não marcado. Jogadores badalados do adversário pouco ou nada fizeram, enquanto muitos santistas mostraram uma qualidade que os levaria até à Seleção nacional caso o técnico desta fosse neutro, como deveria ser.

Bruno Henrique, por quem passou quase todas as chances de gol do Santos, fez o que quis com Fagner, lateral que Tite inventou na Seleção (depois não chorem se vierem outras goleadas na Copa da Rússia). Lucas Lima se destacou no meio de campo, em que sua classe e noção de tempo destoa das caneladas dos demais. Ricardo Oliveira mostrou presença de área e a defesa santista se saiu bem melhor do que a adversária, o ponto forte do rival.

O primeiro tempo terminou 0 a 0, mas a maior oportunidade foi do Santos, aos 42 minutos, com passe de Bruno Henrique e arremate de Ricardo Oliveira que Cássio defendeu à queima-roupa. No segundo tempo, Lucas Lima marcou aos 12 minutos, após Bruno Henrique deixar Fagner sentado e cruzar para a área.

Depois, o adversário tentou pressionar, mas provou do seu próprio veneno, pois criou muito pouco no ataque e viu o Santos chegar mais perto do segundo gol em diversas oportunidades. Ricardo Oliveira estava realmente impedido quando partiu sozinho e chutou colocado para fazer o gol, mas o pênalti de Fagner sobre Bruno Henrique deveria ter sido marcado. A jogada de ombro a ombro é permitida, mas jogar o corpo contra o tronco do adversário, desequilibrando-o, como fez Fagner, é falta.

Por fim, para coroar a ótima atuação e a cristalina superioridade santista, Lucas Lima viu Bruno Henrique livre e este tocou para Ricardo Oliveira, mais livre ainda, só empurrar para as redes, aos 47 minutos. Vitória justíssima, assistida por 12.567 espectadores em uma Vila Belmiro em festa, primeira derrota do medíocre líder em campos adversários e sinal de que, se desse ao Brasileiro o valor que ele merece, o Santos bem que poderia estar na liderança.

A delegação santista viajaria para Guayaquil logo em seguida, onde, como único invicto da competição, enfrentará o Barcelona local, pelas quartas de final da Copa Libertadores. É evidente que se trata do jogo mais importante para o futebol brasileiro nesta semana. Por mais que alguns veículos da imprensa tentem fantasiar as coisas, com interesses indecifráveis, a verdade é que o Clássico Alvinegro deste domingo mostrou qual é, no campo, a realidade do nosso futebol.

Faltam três dias para se encerrar a campanha de pré-financiamento de uma das obras mais importantes da história do Santos e, por incrível que pareça, ainda não conseguimos alcançar metade do valor necessário para imprimir 2.000 exemplares do livro “Santos FC, o maior espetáculo da Terra”. Da meta de R$ 48 mil, quando escrevo esse post não se chegou a 24. Mas não desistiremos, pois assim como correu com o Dossiê, sabemos que se trata de uma obra fundamental para documentar para sempre as façanhas que só o Santos realizou por gramados de todo o mundo.

O livro se baseia na ampla pesquisa de Marcelo Fernandes, com alguma pesquisa e texto meus. Só digo uma coisa e depois me cobrem: quem não participar, vai se arrepender. Esse livro ficará marcado na história do Santos e na literatura mundial do futebol.

Clique aqui para garantir o seu exemplar e ajudar no lançamento do livro único SANTOS FC, O MAIOR ESPETÁCULO DA TERRA.

No meu aniversário, quem ganha o presente é você

Setembro é mês do meu aniversário e resolvi comemorar com os frequentadores deste espaço promovendo uma oferta inédita das obras expostas na Livraria do Blog.

time-dossie ok

Para atender aos pedidos dos santistas das embaixadas e demais grupos de torcedores espalhados pelo País, criei preços especiais também para a compra de três, quatro e cinco exemplares, tanto do Dossiê de Unificação dos Títulos Brasileiros a partir de 1959, como do Time dos Sonhos.

Neste mês, três exemplares desses dois livros sairão por 75 reais, quatro por 85 e cinco por 95 reais. E todos os pedidos com frete grátis e dedicatórias exclusivas. Faça as contas e veja que não dá para perder. É a oportunidade de presentear os amigos ou já guardar para o Natal.

E caso alguém queira uma quantidade maior do que cinco exemplares, é só enviar e-mail para blogdoodir@blogdoodir.com.br que estudaremos as melhores condições possíveis. O interesse, como sempre, é ver o santista e conhecendo a rica história do clube, elemento fundamental no fortalecimento da marca Santos.

Clique aqui para entrar na Livraria do Blog e conferir todas as ofertas

Todos os PDFs a R$ 1,00

O sistema da loja do blog não permite que se distribua livros sem nenhum pagamento. Então, coloquei o preço de todos os PDFs a apenas um real. Isso mesmo. Qualquer PDF, neste mês de setembro, custará apenas um real.
Comprar com cartão, de débito ou crédito, é totalmente confiável pelo sistema do PagSeguro, mas se quiser pode escolher por boleto ou mesmo fazer depósito bancário (nesse último caso, informe-se pelo e-mail blogdoodir@blogdoodir.com.br

Dentre os PFDs, há quatro livros que falam do Alvinegro Praiano

– Donos da Terra, a história do primeiro título mundial do Santos
Clique aqui para comprar Donos da Terra
– Na Raça!, a história do primeiro clube bicampeão mundial
Clique aqui para comprar Na Raça!
– Ser Santista, um orgulho que nem todos podem ter – Artigos selecionados que mostram várias aspectos da grandeza santista
Clique aqui para comprar Ser Santista
– Pedrinho escolheu um time – A aventura de um garoto paulistano que quer escolher um time para torcer.
Clique aqui para comprar Pedrinho escolheu um time

Há mais três histórias infanto-juvenis

– Pedrinho no Descobrimento do Brasil – Um buraco no tempo leva Pedrinho ao momento em que o Brasil está sendo descoberto pela esquadra de Cabral. Para crianças e adolescentes que gostam de História.
Clique aqui para comprar Pedrinho no Descobrimento do Brasil
– O Diário de Kimmy, uma garota inuit – O dia a dia de uma menina que vive no Alasca, entre as tradições de seu povo e os perigos dos tempos atuais.
Clique aqui para comprar O Diário de Kimmy
O Reino do Pum – A caso insólito do pobre e mal cheiroso reino onde viviam o pequeno Sidney e seu avó Felisberto.
Clique aqui para comprar O Reino do Pum

E uma ficção para adultos

– Morte.Net – Romance impróprio para menores, de Caio Morelli, que fala de pessoas que buscam a felicidade nos encontros fortuitos da Internet.
Clique aqui para comprar Morte.Net

A grana está curta? Momentaneamente está desempregado? Mas gostaria de ler alguns livros em PDF expostos na livraria deste blog? Mande-me um e-mail para blogdoodir@blogdoodir.com.br que neste setembro eu os envio de presente para você.


Santos e Levir na fogueira

Sereias da Vila perto do título brasileiro!

Isso é garra!

Há muito tempo o Santos não jogava com tanta vontade. Dessa vez, mesmo sem Victor Ferraz, Zeca, Renato, Vitor Bueno, Lucas Lima, Ricardo Oliveira e Copete, que vinham sendo titulares, o time conseguiu uma vitória heroica fora de casa.

Com destaques para Vanderlei, Lucas Veríssimo, Thiago Maia, Vecchio, Bruno Henrique e Daniel Guedes, que acabou fazendo o gol de falta, o Santos conseguiu uma vitória de garra no Independência.

Como já enfatizamos diversas vezes, nem sempre apenas a técnica é o diferencial de um jogador ou de uma equipe. A personalidade, a garra, são essenciais nos times campeões, ainda mais em um futebol nivelado por baixo, como o nosso. Nesse particular, a entrada de jogadores com mais vontade de lutar pelo resultado tornou o Santos um time mais competitivo e honesto, para o qual dá gosto torcer.

Enfim, um jogo para se guardar na memória com carinho, e para se lembrar que o Santos, além de ter sido o maior exemplo de técnica do futebol, também sabe ser um time brigador, valente, que consegue vitórias quase impossíveis.

Um Santos desfalcado e reinventado é o que veremos hoje, às 19h30, pelo Sportv, contra o Atlético Mineiro, no Independência. A missão é inglória. O time está muito desfalcado. Só mesmo a inteligência de Levir Culpi e o brio dos jogadores escalados poderá evitar a derrota diante de um adversário que, no papel, é superior, além de jogar em casa.

Veja você, amigo leitor e amiga leitora, que da equipe que foi campeã naquela final do Campeonato Paulista de 2015, contra o Audax, apenas Vanderlei, David Braz e Thiago Maia estarão em campo hoje.

O joelho de Victor Ferraz inchou depois da partida contra o São Paulo; Gustavo Henrique se recupera de cirurgia; Zeca, um garotão de 23 anos, continua “fora de forma”, assim como o veterano Ricardo Oliveira, de 37 anos; Lucas Lima recebeu o terceiro cartão amarelo e está suspenso; Vitor Bueno se machucou seriamente e só volta em 2018, e Gabriel foi para o futebol italiano. Dos novos contratados, Copete era um dos destaques, mas também está suspenso depois de tirar a camisa para comemorar um gol.

Com tantos problemas, Levir Culpi deverá escalar o Santos com Vanderlei, Daniel Guedes, Lucas Veríssimo, David Braz e Jean Mota; Leandro Donizete, Thiago Maia e Vecchio; Bruno Henrique, Thiago Ribeiro e Kayke. O técnico ainda levou para Belo Horizonte os jogadores Vladimir, Orinho, Fabián Noguera, Alison, Rafael Longuine, Serginho,Yuri, Arthur Gomes e Vladimir Hernández (ao contrário de Dorival Junior, que levava 23 jogadores nas viagens, Levir cortou alguns, entre eles o polivalente Léo Cittadine).

O adversário, orientado por Roger Machado, apresentará uma equipe com jogadores de maior destaque, dos quais se sobressaem Fred, Robinho, Fábio Santos, Elias e Cazares. Porém, o Atlético Mineiro faz uma campanha medíocre e está apenas na décima primeira posição no Campeonato Brasileiro, sete atrás do Santos. É preciso ter fé.

Homens de boa, ou má vontade?

Ricardo Oliveira, Lucas Lima e Renato: nenhum dos três religiosos estará presente no jogo de logo mais, no Mineirão.

Ricardo Oliveira, Lucas Lima e Renato: nenhum dos três religiosos estará presente no jogo de logo mais, contra o Atlético Mineiro, no Independência.

É evidente que algumas decisões do novo técnico, entre elas a de proibir cultos religiosos no interior do CT do Santos, contrariou alguns jogadores, entre eles o pastor Ricardo Oliveira. Coincidentemente, quase todos os jogadores mais fervorosos do time titular não estarão em campo hoje, quando garra e fé serão essenciais para se conseguir um bom resultado.

Se Deus é amor, compreensão e solidariedade, uma pessoa religiosa jamais deveria ser mentirosa e dinheirista, mas sabemos que não é assim na realidade. Jogadores de futebol, mesmo os que falam mais no Senhor e mais erguem as mãos para o céu, estão longe de serem santos. Sabem que para o clube é mais fácil trocar o técnico do que se desfazer deles. Portanto, é evidente que alguns dos contrariados por Levir não farão questão de manter o treinador no Santos. O técnico sabe disso e precisa escalar e valorizar os mais dispostos a colocar as canelas nas divididas.

Quem não quiser se dedicar ao time, que peça para sair e assuma as consequências legais de sua decisão. Ficar enrolando o técnico e o torcedor é inadmissível. Contusões mal explicadas, maus estados físicos não comprovados, suspensões forçadas, tudo isso mina o trabalho de Levir Culpi e mostra o quão pouco certos jogadores estão interessados no sucesso do Santos.

Se há atrasos de pagamento no clube, que isso seja esclarecido, mas mesmo assim considero que não seja motivo para se fazer corpo mole, já que um dia, de uma forma ou de outra, todos receberão por seu trabalho.

E você, acha que já que querem derrubar o Levir, ou ainda é cedo?

Estamos correndo contra o tempo para lançar o livro mais importante da história do Santos, mas sem o seu apoio será impossível! Participe da campanha de pré-financiamento de “Santos FC, o maior espetáculo da Terra”, um livro único, que vale por um título mundial, e tenha o seu nome impresso nessa edição histórica! Essa oportunidade tem prazo limitado.

Este livro de arte nenhum time tem e nunca terá. Chegou o livro que traz as maravilhosas viagens do Santos pelo mundo. Um livro único, que vale por um título mundial.

Este livro de arte nenhum time tem e nunca terá. Chegou a esperada obra que conta as maravilhosas viagens do Santos pelo mundo. Um livro único, que vale por um título mundial e está sendo oferecido por um preço super acessível e ainda dá ao comprador a honra de ter o seu nome impresso em suas páginas. Não perca essa oportunidade de ter o seu nome em um dos livros mais importantes da literatura futebolística mundial!

Prossegue a campanha de financiamento coletivo para o lançamento do livro “Santos FC, o maior espetáculo da Terra”, uma obra única, que nos encherá de orgulho e consolidará o Santos em outro nível na história do futebol mundial. Os autores são Marcelo Fernandes e eu. Prestigie. Garanto que não vai se arrepender. Há muitas recompensas para quem adquirir o livro nesta fase de pré-lançamento.

Clique aqui para entrar no time que vai lançar o livro das viagens maravilhosas do Santos pelo mundo. Ele está pronto e precisa ser impresso. Vamos transformar este sonho de todo santista em realidade. Participe e não se arrependerá!

Reserve desde já os melhores presentes para o Dia dos Pais
O Dia dos Pais está chegando, será em 13 de agosto, e nenhum presente é mais duradouro do que um livro com a história do time do coração do velho. Na livraria deste blog o Dossiê e o Time dos Sonhos continuam a preços de custo. Aproveite!
Entre a compra dos livros, que pode ser parcelada, e a entraga pelos Correios, pode haver uma diferença de até quatro dias úteis. Não deixe para a última hora.

pai santista
Aquele que te fez santista jamais pode ser esquecido

Ninguém vende Time dos Sonhos e Dossiê mais baratos

time-dossie ok

Compare os menores preços do mercado e compre o Dossiê e o Time dos Sonhos

Time dos Sonhos
Livraria 2005, RJ, livro usado: R$ 52,89
Sebo do Monge, SP, livro usado: R$ 57,70
Livraria do Blog do Odir, livro novo, com frete pago, dedicatória exclusiva e três PDFs de brinde: R$ 39,00

Dossiê Unificação dos Títulos Brasileiros
Livraria Capítulo Primeiro, livro usado, Santos: R$ 67,89
Travessa da Praia, livro usado, Santos, R$ 87,89
Livraria do Blog do Odir, livro novo, com frete pago, dedicatória exclusiva: R$ 39,00

Faça a conta: Na compra de dois exemplares você só paga R$ 31 reais por exemplar.

Clique aqui para comprar os livros Time dos Sonhos e Dossiê Unificação dos Títulos Brasileiros pelo menor preço do mercado.

Reserve o livro para o seu pai agora.


Creio na Santa Determinação

Copete, um nome de três sílabas, marcou os três gols no São Paulo, também com três sílabas, que deu três pontos ao Santos e manteve o time razoavelmente bem nas três competições que disputa. Isso no dia 9, que é o múltiplo de três. No sábado, as Sereias da Vila venceram o Iranduba, de Manaus, também por 3 a 2, e garantiram presença na final do Campeonato Brasileiro. Os mais crédulos devem estar fazendo o sinal do Pai, do Filho e do Espírito Santo e se apegando à Santíssima Trindade para que a boa fase continue. Eu, confesso, não sou tão religioso nem supersticioso.

Acredito no planejamento, no trabalho, e noto que a tabela de classificação do campeonato tem refletido isso. Vejo um líder mediano se distanciar dos demais pela disciplina tática e física. Enquanto isso, nosso Santos segue meio desordenado. O herói no clássico cismou de tirar as duas camisetas e por isso ficará fora do próximo jogo, contra o Atlético Mineiro. A vedete Lucas Lima também levou um cartão bobo e ganhou uma folga não merecida. Levir Culpi está percebendo onde veio amarrar o seu burro.

Parece que o jogador escolhe onde quer e onde não quer atuar. Gostam de jogar em casa, torcem o nariz para as viagens. Nas arquibancadas da Vila, apenas 10.300 pessoas, menos da metade do que veríamos no Pacaembu. Levir percebeu e pediu mais apoio aos torcedores. Mas ele deveria saber que esse apoio nunca virá na dimensão que poderia ser e que o Santos merece. Desde que foi inaugurada, a média de público da Vila não chega a oito mil pessoas. No clube atual, o marketing e o planejamento perdem para a superstição e a política. Para voltar a ser o time de massa que já foi, o Santos terá de jogar mais em São Paulo, mas isso atrapalha os planos de quem quer morrer grudado nos testítulos da grande baleia macho.

Mas fazer críticas depois de uma vitória não é aconselhável, eu sei. Dirão que sou pessimista. Pois prefiro apontar as falhas agora do que após uma derrota para o Atlético Mineiro, resultado bem provável já que Lucas Lima e Copete decidiram tomar cartões amarelos e ficar fora do jogo. A extrema tolerância do técnico anterior gerou um time que joga e se esforça de acordo com as circunstâncias, essa é a verdade.

Reconheço que há jogos perdíveis, em que a derrota é normnal, como ocorreu contra o líder e o Fluminense, ambos fora de casa. Mas ser derrotado na Vila por Cruzeiro e Sport, empatar no Pacaembu com a Ponte Preta e em Goiânia com o Atlético local roubaram 10 pontos do Santos que hoje o colocariam a uma rodada da primeira posição. Esses altos e baixos, essas desconcentrações, são um problema a ser resolvido pelo perspicaz Levir.

Como já disse em outras oportunidades, continuo acreditando que os times brasileiros estão nivelados por baixo, sem craques ou mesmo jogadores de categoria. Será campeão o conjunto mais aplicado e determinado, que conquistar a confiança e o apoio de seu torcedor. Por isso Levir pediu estádio cheio nos próximos jogos em casa e conversará com Copete e Lucas Lima. O Santos precisa deles no maior número de jogos possíveis.

Superstições e crendices fazem parte do mundo do futebol, eu sei, mas só conseguem vencer batalhas, jamais as grandes guerras. Se “estádios-alçapões” decidissem títulos, por exemplo, o Rosário Central seria um dos maiores do mundo e não teria perdido o troféu da Conmebol para o Santos em 1998. Levir já percebeu que está lidando com uma espécie de seita, que prefere perder dinheiro a ver o Santos crescer e ser mais amado e incentivado por um público muito maior. Dono de um modo lógico de pensar, ele deve estar confuso. Por que jogamos para 10 mil pessoas na Vila se podíamos jogar para 30 mil no Pacaembu? Bem, só espero que ele tenha paciência. Amém.

Participe da campanha de pré-financiamento de “Santos FC, o maior espetáculo da Terra”, um livro único, que vale por um título mundial, e tenha o seu nome impresso nessa edição histórica! Essa oportunidade tem prazo limitado.

Este livro de arte nenhum time tem e nunca terá. Chegou o livro que traz as maravilhosas viagens do Santos pelo mundo. Um livro único, que vale por um título mundial.

Este livro de arte nenhum time tem e nunca terá. Chegou a esperada obra que conta as maravilhosas viagens do Santos pelo mundo. Um livro único, que vale por um título mundial e está sendo oferecido por um preço super acessível e ainda dá ao comprador a honra de ter o seu nome impresso em suas páginas. Não perca essa oportunidade de ter o seu nome em um dos livros mais importantes da literatura futebolística mundial!

Prossegue a campanha de financiamento coletivo para o lançamento do livro “Santos FC, o maior espetáculo da Terra”, uma obra única, que nos encherá de orgulho e consolidará o Santos em outro nível na história do futebol mundial. Os autores são Marcelo Fernandes e eu. Prestigie. Garanto que não vai se arrepender. Há muitas recompensas para quem adquirir o livro nesta fase de pré-lançamento.

Clique aqui para entrar no time que vai lançar o livro das viagens maravilhosas do Santos pelo mundo. Ele está pronto e precisa ser impresso. Vamos transformar este sonho de todo santista em realidade. Participe e não se arrependerá!

Reserve desde já os melhores presentes para o Dia dos Pais
pai santista
Aquele que te fez santista jamais pode ser esquecido

Ninguém vende Time dos Sonhos e Dossiê mais baratos

time-dossie ok

Compare os menores preços do mercado e compre o Dossiê e o Time dos Sonhos

Time dos Sonhos
Livraria 2005, RJ, livro usado: R$ 52,89
Sebo do Monge, SP, livro usado: R$ 57,70
Livraria do Blog do Odir, livro novo, com frete pago, dedicatória exclusiva e três PDFs de brinde: R$ 39,00

Dossiê Unificação dos Títulos Brasileiros
Livraria Capítulo Primeiro, livro usado, Santos: R$ 67,89
Travessa da Praia, livro usado, Santos, R$ 87,89
Livraria do Blog do Odir, livro novo, com frete pago, dedicatória exclusiva: R$ 39,00

Faça a conta: Na compra de dois exemplares você só paga R$ 31 reais por exemplar.

Clique aqui para comprar os livros Time dos Sonhos e Dossiê Unificação dos Títulos Brasileiros pelo menor preço do mercado.

Reserve o livro para o seu pai agora.


Um apelo à lógica

UM APELO À LÓGICA

Sei que para muitos o futebol deve continuar sendo uma convulsão de emoções e improvisações, mas nos campeonatos mais prósperos do mundo, onde atuam os times de futebol mais atraente e valorizado, o bom senso e a velha lógica preponderam. Digo isso porque o futebol brasileiro e o nosso Santos parecem estar de ponta cabeça. Veja o querido leitor e a querida leitora que eu já ia escrever que o Sansão será nesta tarde de domingo, mas me lembrei que, na verdade, o jogo começa às 19 horas, portanto, à noite.

O único clássico paulista da rodada marcado para o anti-horário das 19 horas! Não sei como os presidentes dos clubes aceitam isso. É evidente que esse horário deprecia o espetáculo. Não é lógico, assim como carece de bom senso o Santos insistir em jogar na Vila Belmiro quando poderia ter escolhido o Pacaembu, já que neste domingo não jogos na capital e na última vez que enfrentou o São Paulo no Paulo Machado de Carvalho o público pagante foi de 19.748 pessoas, com 24.830 no total. No Urbano Caldeira, com sorte, teremos metade disso.

Ouvi por aí que alguém disse não sei aonde que clássico tem de ser na Vila. Eu pergunto: qual é a lógica de se jogar em um estádio menor, que, consequentemente, proporciona menos público e menos renda e no qual o Santos já perdeu cinco vezes neste semestre, ao invés de atuar em um outro que comporta 40 mil pessoas e, devido à determinação de torcida única, só poderia contar com santistas?

No jogo, se der a lógica, o Santos vencerá, pois tem mais time e está mais arrumado do que o adversário, que vive o seu pior inferno astral neste século. Com apenas uma alteração no time que venceu o Atlético Paranaense, a saída de Bruno Henrique para a entrada de Thiago Ribeiro, a equipe de Levis Culpi ainda terá o apoio de sua torcida contra um São Paulo que há mais de um ano é uma sombra do que já foi um dia.

Por falar em Levir Culpi, gostei da enquadrada que ele deu no elenco em uma conversa reservada no auditório do CT. Técnicos despersonalizados ficam amiguinhos dos jogadores para se segurarem mais tempo no cargo e garantirem os altos salários. Sabem que a profissão é incerta. Hoje em um time grande, amanhã podem amargar um ostracismo definitivo. Pelo jeito, Levir não é desses. Não precisa fazer média com as igrejinhas.

Quer os jogadores indo e voltando dos jogos no mesmo ônibus, nada de retornar para casa em seus carros particulares. Estão a serviço do clube na ida e na volta. Está certo. Quer os substituídos sentando quietinhos no banco, educadamente, como qualquer trabalhador, e como esses próprios jogadores fariam em um grande clube europeu. Por que no Brasil, e no Santos, irão desrespeitar o técnico? Quem é Lucas Lima, meia atacante que não faz um gol há uma eternidade, para chutar a garrafinha d’água ao ser substituído? Menos, garoto, menos. Por fim, vai acabar com as gracinhas no vestiário para a Santostv filmar. Realmente, tem hora que é preciso se concentrar na partida. Todas essas medidas são lógicas e visam o melhor rendimento do time.

Melhor rendimento que levou o time feminino do Santos à final do Campeonato Brasileiro, após emocionante vitória sobre o ótimo Iranduba, de Amazonas, por 3 a 2, na Vila Belmiro. O destaque da partida foi a centroavante santista, a argentina Sole James, com dois gols que fariam inveja aos atacantes do time masculino. As Sereias da Vila decidirão o título com o vencedor do duelo entre Rio Preto e Corinthians, que jogarão beste domingo na Arena Barueri. O Rio Preto joga pelo empate.

Participe da campanha de pré-financiamento de “Santos FC, o maior espetáculo da Terra”, um livro único, que vale por um título mundial, e tenha o seu nome impresso nessa edição histórica! Essa oportunidade tem prazo limitado.

Este livro de arte nenhum time tem e nunca terá. Chegou o livro que traz as maravilhosas viagens do Santos pelo mundo. Um livro único, que vale por um título mundial.

Este livro de arte nenhum time tem e nunca terá. Chegou a esperada obra que conta as maravilhosas viagens do Santos pelo mundo. Um livro único, que vale por um título mundial e está sendo oferecido por um preço super acessível e ainda dá ao comprador a honra de ter o seu nome impresso em suas páginas. Não perca essa oportunidade de ter o seu nome em um dos livros mais importantes da literatura futebolística mundial!

Prossegue a campanha de financiamento coletivo para o lançamento do livro “Santos FC, o maior espetáculo da Terra”, uma obra única, que nos encherá de orgulho e consolidará o Santos em outro nível na história do futebol mundial. Os autores são Marcelo Fernandes e eu. Prestigie. Garanto que não vai se arrepender. Há muitas recompensas para quem adquirir o livro nesta fase de pré-lançamento.

Clique aqui para entrar no time que vai lançar o livro das viagens maravilhosas do Santos pelo mundo. Ele está pronto e precisa ser impresso. Vamos transformar este sonho de todo santista em realidade. Participe e não se arrependerá!

Reserve desde já os melhores presentes para o seu pai
pai santista
Aquele que te fez santista jamais pode ser esquecido

Ninguém vende Time dos Sonhos e Dossiê mais baratos

time-dossie ok

Compare os menores preços do mercado e compre o Dossiê e o Time dos Sonhos

Time dos Sonhos
Livraria 2005, RJ, livro usado: R$ 52,89
Sebo do Monge, SP, livro usado: R$ 57,70
Livraria do Blog do Odir, livro novo, com frete pago, dedicatória exclusiva e três PDFs de brinde: R$ 39,00

Dossiê Unificação dos Títulos Brasileiros
Livraria Capítulo Primeiro, livro usado, Santos: R$ 67,89
Travessa da Praia, livro usado, Santos, R$ 87,89
Livraria do Blog do Odir, livro novo, com frete pago, dedicatória exclusiva: R$ 39,00

Faça a conta: Na compra de dois exemplares você só paga R$ 31 reais por exemplar.

Clique aqui para comprar os livros Time dos Sonhos e Dossiê Unificação dos Títulos Brasileiros pelo menor preço do mercado.

E você, acha que vai prevalecer a lógica?


Que sufoco!


Vanderlei foi o grande responsável por esta vitória.

Um gol de David Braz no começo da partida e várias defesas do goleiro Vanderlei, entre elas em um pênalti no finalzinho do jogo – em lance infantil do mesmo David Braz – garantiram a primeira vitória do Santos no Campeonato Brasileiro. Como se esperava, o técnico Dorival Junior, expulso por reclamação, alegou desgaste dos jogadores para explicar o domínio do Coritiba em plena Vila Belmiro. Também como se esperava, o público não chegou a seis mil pessoas. O que ninguém esperava é que Lucas Lima saísse machucado, o que ocorreu aos cinco minutos de jogo.

Ouça agora o comentário de Gustavo Roman:

Mistão contra o Coritiba

O técnico Dorival Junior deve poupar titulares nesta tarde de sábado, contra o Coritiba, na Vila Belmiro. Ele já disse que o time voltou muito desgastado de La Paz, onde jogou quarta-feira. Vanderlei, Victor Ferraz, Lucas Veríssimo, Renato e Lucas Lima não deverão jogar.

Por sua vez o técnico Pachequinho escalará todos os titulares do Coritiba, ou seja: Wílson, Dodô, Werley, Walisson Maia e William Matheus; Jonas e Matheus Galdezani; Henrique Almeida, Tomás Bastos e Neto Berola; Kléber. Uma das poucas ausências talvez seja o ex-santista Alan Santos, machucado.

Devem voltar ao Santos os jogadores Thiago Maia, que nem viajou para a Bolívia, o lateral-esquerdo Zeca e o atacante Ricardo Oliveira. Bruno Henrique também é presença garantida. Se Dorival acredita que dá para poupar alguns e ainda ganhar o jogo, tudo bem, mas um empate já será um resultado bem ruim, visto que o Santos ainda não tem pontos no Campeonato Brasileiro.

De qualquer forma, será mais uma boa oportunidade de ver como o meio de campo do Santos se porta sem o veterano Renato, que para muitos santistas já deveria se aposentar. Ricardo Oliveira é outro jogador na mesma situação.

Lembro que isso de se concentrar totalmente na Libertadores e escalar times reservas, ou mistos, no Brasileiro, fez o Fluminense quase ser rebaixado, depois de quase ser campeão continental. Espero que o professor saiba o que está fazendo.

E você, o que acha disso?


Há um ano e meio Lucas Lima saiu do banco de reservas e fez este gol contra a Argentina. Depois, foi muito pouco aproveitado. Por que Tite o chamou agora e o tirou do clássico contra o Palmerias?

Tite e a CBF desfalcam o Santos

Na cabeça do torcedor santista o Palmeiras está em boa fase não só por seu futebol e pela competência de sua direção, mas também pelo influente patrocínio da Crefisa. Enquanto o Santos é prejudicado a cada partida na Copa Libertadores, o coirmão alviverde teve 555444884 minutos de acréscimo até marcar o gol da vitória contra o Peñarol. Bem, não gosto de acreditar em teorias de conspiração, porém, a gente sabe que bruxas existem mesmo. Essa convocação do Lucas Lima para amistosos caça-níqueis da Seleção Brasileira, desfalcando o Santos em três partidas, uma delas justamente contra o Palmeiras, deixa a todos com a pulga atrás da orelha.

Não há justificativa para o meia do Santos, que nem está tão bem e, sabemos, não é nome da lista de Tite para a próxima Copa. Por que, então, desfalcar o Santos, um dos representantes brasileiros na pri8ncipal competição do continente?

Se, conforme os jornalistas brasileiros, Palmeiras e Flamengo têm os melhores elencos do futebol nacional, por que nenhum dos dois teve sequer um jogador convocado, enquanto o Santos teve um jogador chamado por Tite, depois deste ter tido uma reunião com Marco Polo Del Nero?

Sei que é feio pensar em teorias de conspiração, mas os santistas lembram que em 2005 o time perdeu a oportunidade de chegar à final da Libertadores depois de ter Robinho e Léo convocados para inúteis jogos caça-níqueis da Seleção.

Em 2012 as frequentes convocações de Neymar prejudicaram o Santos na Libertadores, competição da qual era o campeão e favorito ao bicampeonato. Enquanto o melhor jogador do País era continuamente chamado pelo Escrete, o alvinegro da capital não tinha nenhum convocado. Só depois que a Libertadores terminou é que o outro alvinegro passou a ter jogadores chamados.

No ano passado, além da Seleção, as Olimpíadas também enfraqueceram o Santos. O engraçado é que mesmo tendo tantos jogadores chamados para as equipes que representam o futebol brasileiro, o Santos não foi festejado pela imprensa como o dono do melhor elenco do Brasil, não teve mais jogos transmitidos pela tevê e nem qualquer flexibilidade no seu calendário.

Ou seja, o Glorioso Alvinegro Praiano continua sendo um dos clubes que mais se sacrifica pela Seleção Brasileira e, por extensão, pela CBF, mas continua padecendo da perseguição da tevê, que evita transmitir os seus jogos, e em 2017 tem sido um dos mais prejudicados pelas arbitragens. Será que isso tudo é coincidência?

Veja a lista dos 24 convocados por Tite:
Goleiros: Diego Alves (Valencia), Weverton (Atlético-PR) e Ederson (Benfica).
Zagueiros: David Luiz (Chelsea), Gil (Shandong Luneng), Jemerson (Monaco), Rodrigo Caio (São Paulo) e Thiago Silva (PSG).
Laterais: Alex Sandro (Juventus), Fagner (Corinthians), Filipe Luís (Atlético de Madrid) e Rafinha (Bayern de Munique).
Volantes: Fernandinho (Manchester City) e Paulinho (Guangzhou Evergrande).
Meias: Giuliano (Zenit), Lucas Lima (Santos), Philippe Coutinho (Liverpool), Renato Augusto (Beijing Guoan), Rodriguinho (Corinthians) e Willian (Chlesea).
Atacantes: Diego Souza (Sport), Douglas Costa (Bayern de Munique), Gabriel Jesus (Manchester City) e Taison (Shakhtar Donetsk).

Começou o Brasileiro, voltou a promoção do Dossiê

Convencido por insistentes pedidos, especialmente de palmeirenses e santistas, em homenagem ao início de mais um Campeonato Brasileiro estendo até o final de maio a promoção do Dossiê da Unificação dos títulos brasileiros. Um exemplar, com frete pago e dedicatória exclusiva, volta a custar apenas R$ 39,00.

dossie - livro
Um exemplar = 39 reais. Dois exemplares = 69 reais.

Clique aqui para comprar um exemplar do Dossiê por 39 reais ou dois exemplares por apenas 69 reais, com frete pago e dedicatória do autor. E veja outras promoções!.

time-dossie ok

1 Time dos Sonhos + 1 Dossiê + 3 PDFs + dedicatórias + frete pago = apenas 79 reais.

A história do Santos em PDFs a preços simbólicos

DonosdaTerraNa Raça!Ser SantistaPedrinho escolheu um time

Diante de constantes pedidos de livros já esgotados em papel, como Donos da Terra, Na Raça, Ser Santista e Pedrinho escolheu um time, o blog está oferecendo cópias em PDF dessas obras por apenas R$ 6,50 (quatro reais e cinquenta centavos) e apenas R$ 4,50 para o livro Pedrinho escolheu um time. O PDF é enviado pelo e-mail que o comprador designar no endereço para a entrega.

Clique aqui para maiores informações e para adquirir bem baratinho PDFs de livros históricos do Santos já esgotados em papel. Os preços vão de R$ 4,50 a R$ 6,50.


Older posts Newer posts

© 2017 Blog do Odir Cunha

Theme by Anders NorenUp ↑