Blog do Odir Cunha

O ombudsman do Santos FC

Tag: Luxemburgo

Corinthians vence com ajuda da arbitragem. Fluminense, nem assim…

Um pênalti não marcado sobre Junior, do Vitória, foi decisivo para que o Corinthians vencesse no Pacaembu, assim como o pênalti mal marcado para o Fluminense, em uma clara bola na mão, poderia ter permitido ao time carioca manter sua vantagem na liderança do campeonato.

Mas Rogério Ceni, inspirado, impediu a injustiça. Ele que já havia marcado um gol de falta, pegou o pênalti cobrado por Washington e garantiu ao menos o empate para o São Paulo, que continua perto da zona de rebaixamento.

Em Minas, Luxemburgo reabilitou Felipão e ficou perto de um recorde. Seu time já sofreu 11 derrotas neste turno. Parece que o projeto do professor não está dando certo. No Palmeiras, Kléber e Marcos Assunção fizeram a diferença.

O Grêmio se salvou da derrota contra o Atlético Paranaense, que abriu o marcador com Maikon Leite.

O Avaí também garantiu ao menos um pontinho contra o Atlético Goianiense, em Goiás.

O curioso é que os três jogos das 16 horas terminaram com o mesmo placar: 2 a 1. E os três das 18h30m foram empates.

O jogo que deixou meu amigo Godô mais feliz foi a vitória do Guarani, de virada, sobre o Flamengo.

Resultados de hoje

Corinthians 2, Vitória 1
Guarani 2, Flamengo 1
Atlético/MG 1, Palmeiras 2
Fluminense 2, São Paulo 2
Atlético/GO 2, Avaí 2
Atlético/PR 1, Grêmio 1

O que você achou desta rodada?


Um blog virado para o mundo

Austin, Texas: aqui um leitor fica, em média, 11m22s no blog

Hoje tenho uma consciência mais precisa das dimensões do mundo e da universalidade do Santos – digo isso porque, como neste início tenho falado prioritariamente do Alvinegro Praiano, imagino que os meus leitores ou torcem pelo time ou ao menos são simpáticos a ele.

E estou surpreso da forma como este blog, que nasceu na surdina, apenas com uma pequena divulgação no twitter, já esparrama seus artigos – e preciosos comentários – pelos quatro cantos do mundo.

É agradável e surpreendente acessar o Google Analytics e constatar que tenho leitores não só em grandes cidades como Londres, Tóquio, Sydney, Nova York, Los Angeles; mas também em Moriguchi, Kusatsu e Shibuya, no Japão; Antuérpia e Wilrijk, na Bélgica; Atlanta, na Geórgia, e Austin, no Texas/EUA; Sacavem, em Portugal; Monterrey, no México; Zurich, na Suíça; Caracas, na Venezuela; Guatemala, no país de mesmo nome, além da querida Luxemburgo, grão ducado onde vive o santista Marcelo Fernandes.

Citei as mais significativas, das centenas de cidades de diversos países e 21 idiomas que acessam este blog. Gente de tantos lugares diferentes, unidas, certamente, pelo mesmo interesse nas coisas do Santos Futebol Clube.

Gostaria muito de conhecer, por exemplo, o leitor, ou a leitora, de Austin, que a cada vez que entra no blog fica, em média, 11 minutos e 22 segundos. Obviamente não lê só o último post, mas os anteriores e também lê minha biografia, as seções de cursos e palestras e os livros. Pensando em leitores assim é que é preciso arrumar tempo para dar ao blog mais atrativos.

Média ainda maior é de um leitor de Sacavem, em Portugal, que gasta 17 minutos e 45 segundos a cada vez que acessa o blog. Na Guatemala, América Central, há um leitor que também dedica um tempo precioso aos meus textos: sete minutos e 59 segundos, em média.

No Brasil, uma surpresa: Apucarana em sexto lugar

Como, repito, neste início o blog priorizou informações sobre o Santos, acredito que a estatística dos meus leitores dá também uma boa idéia dos lugares nos quais o Santos tem mais torcedores no Brasil.

Como era de se esperar, as visitas de habitantes da cidade de São Paulo equivalem a 3,5 vezes as visitas provenientes de Santos. Em terceiro lugar, o que mostra bem a força do Santos no Paraná, aparece Coritiba, com um terço dos acessos de Santos.

Em quarto aparece Campinas; depois São Vicente. O sexto lugar eu pularei só para dar um suspense. Em sétimo vem Ribeirão Preto, depois Belo Horizonte, Santo André e, encerrando os top ten, o Rio de Janeiro.

Pulei o sexto lugar de propósito porque é impressionante que nesta posição, praticamente empatada com São Vicente, surja Apucarana, cidade do centro do Paraná, com 121.290 habitantes (IBGE/2009). Lá deve haver um animado grupo de santistas que acessa meu blog, pois só em um dia ocorreram 46 visitas, com média superior a dois minutos.

A surpreendente Apucarana/ PR: sexta cidade brasileira que mais acessa

Como vocês podem notar, este blog, cujos primeiros 30 dias se encerram domingo, já está me dando muitas alegrias. Cristaliza-se como um elo entre leitores do mundo todo, que através dele saciam parte de sua curiosidade sobre o Santos, sobre outros temas que porventura sejam abordados aqui, e no qual têm também – o que considero essencial – plena liberdade de expressão (repito, os comentários deste blog devem ser lidos com a mesma atenção dos artigos).

Alô você(s) leitores de Austin, Guatemala, Sacavem, Apucarana, Wilrijk, Zurich… Que tal mandar uma foto pra mim? Blog também é relacionamento. Abraços apertados gerais.

 

 A blog turned to the world

Today I have a more precise awareness of the dimensions of the world and the universality of the Santos – I say this because in the beginning I have spoken primarily of Alvinegro Praiano, I imagine my readers or cheer for the team or at least are sympathetic to him.

And I’m surprised how this blog, who was born in muted, with only a small posting on twitter, now spreading their articles – and precious comments – the four corners of the world.

It’s nice and amazing access Google Analytics and found that I have readers not only in big cities like London, Tokyo, Sydney, New York, Los Angeles, as well as in Moriguchi, Shibuya and Kusatsu, Japan; Wilrijk and Antwerp, Belgium; Atlanta, Georgia, and Austin, Texas, USA; Sacavem, Portugal, Monterrey, Mexico; Zurich, Switzerland; Caracas, Venezuela, Guatemala, the country of the same name, and the beloved Grand Duchy of Luxembourg, grand duchy where he lives the Santos Marcelo Fernandes.

I quoted the most significant of the hundreds of cities of different countries and 21 languages accessing this blog. People from many different places, united, indeed, the same interest in things of Santos Futebol Clube.

I would love to know, for example, the reader, or reader, of Austin, Texas, that each time you enter the blog gets on average 11 minutes and 22 seconds. Obviously not only read the last post, but earlier and also read my biography, sections of courses and lectures and books. Thinking about this is that readers must make time to give the blog more attractive.

Average is even more of a reader Sacavem, Portugal, who spends 17 minutes and 45 seconds each time you access the blog. In Guatemala, Central America, there is a reader who also devotes precious time to my texts: seven minutes and 59 seconds on average.

In Brazil, a surprise: Apucarana sixth

How, I repeat, the beginning of this blog prioritized information about the Santos, I believe the statistics of my readers also gives a good idea of the places where the Santos have more fans in Brazil.

As might be expected, visits by residents of the city of Sao Paulo is equivalent to 3,5 times the requests from the Santos. Thirdly, which shows the strength of Santos in São Paulo, Coritiba appears, with one third of the hits of Santos.

Fourth appears Campinas, after São Vicente. The sixth place I will skip only to build suspense. Seventh comes Ribeirão Preto, after Belo Horizonte, Andrew and, closing the top ten, Rio de Janeiro.

I jumped to sixth place on purpose because it is striking that in this position, virtually tied with São Vicente, arises Apucarana, city center of Paraná, with 121,290 inhabitants (IBGE/2009). There must be a group of santistas who access my blog, because only one day there were 46 visits, averaging more than two minutes.

As you can see, this blog, the first 30 days will close Sunday, is already giving me many joys. Crystallizes as a link between readers around the world via this part of quench your curiosity about the Saints, on matters that may be discussed here, and they also – which I consider essential – full freedom of expression.

Hello readers of Austin, Guatemala, Sacavem, Apucarana, Wilrijk, Zurich … How about sending a picture for me? Blog is also a relationship. Close embraces general.


Palmas para Marcelo Fernandes, o embaixador dos santistas em Luxemburgo!

Confesso que relutei antes de ter um blog. Sabia que ele exigiria muita dedicação e meu tempo não é tão elástico assim. Só o fiz aconselhado e assessorado pelo amigo Vítor Queiroz, que trabalhava na filial do Santos em São Paulo. Especialista em marketing, Vítor me convenceu a usar este meio incontrolável de comunicação. Hoje se completam 23 dias que o Blog do Odir está no ar e a cada dia ele me traz sensações diferentes.

Hoje, de madrugada, deixei um post sobre um jogo histórico da Seleção Brasileira – e do Santos, pois o escrete enfrentou a Alemanha Ocidental com oito titulares santistas. Isso foi em 1963, mas há um detalhado filme no youtube sobre o jogo. No fim do artigo exortei os leitores a indicarem outros filmes raros sobre o Santos. Foi a deixa para que Marcelo Fernandes, um santista que mora em Luxemburgo, pequeno país encravado na Alemanha, nos brindasse com inúmeros links de exibições santistas nos tempos de Pelé

(E em um comentário, outro santista notável, o Henry Conde, já ensinou como baixar os filmes do Youtube. Ele disse: “Quem quiser baixar os vídeos do Youtube (que são em flash, extensão FLV) e convertê-los em MP-4 ou 3GP (celular), sugiro: http://www.vid2pc.com/ Não precisa instalar nada. Abre o site, cola o endereço do vídeo do Youtube, escolhe a extensão e faz o download).

Marcelo Fernandes, a enciclopédia santista, e Edinho

Natural de Osasco, vivendo no grão ducado de Luxemburgo desde 1996, Marcelo se autodefine como: “Colecionador e pesquisador do Santos. Possuo a coleção completa da Placar, todas as revistas da Gazeta Esportiva de 1963 a 1967, mais de 3.000 jogos de futebol gravados e mais de 1.000 revistas e jornais que falam do Santos. Sou, talvez, o único brasileiro que tenha o primeiro tempo do segundo jogo da final entre Santos e Milan, no Maracanã.”

Marcelo é uma dessas pessoas imprescindíveis para a preservação da memória esportiva. Conheci muitos ao longo da minha carreira de jornalista e escritor e faço questão de agradece-los publicamente. Sem eles, os clubes não teriam uma história tão rica, por exemplo. Teriam a história, mas ela se perderia com o tempo.

A enquete publicada na revista El Gráfico, que divulguei neste blog e o fez bater todos os recordes de visitação, só foi obtida pela intervenção do Marcelo, que conhecia um jornaleiro em Buenos Aires que possuía exemplares antigos da El Gráfico. Alguns documentos incorporados ao “Dossiê pela Unificação dos Títulos Brasileiros a partir de 1959” também vieram dos arquivos de Marcelo Fernandes.

Por isso, fiz questão que nosso embaixador no pequeno Luxemburgo nos enviasse sua foto, para que a homenagem seja completa. Aí está ele, ao lado de Edinho, filho do rei e, como Marcelo, apaixonado pelo Santos desde criança. Obrigado Cello. Abração.

E você, sabe de algum link ou tem algo histórico sobre o Santos? Recorde de jornal, ingresso de jogo, uma foto? Se possível, escaneie e mande pra cá. Documento guardado é energia parada. Vamos pôr a história do Santos pra correr mundo.


© 2017 Blog do Odir Cunha

Theme by Anders NorenUp ↑