Blog do Odir Cunha

O ombudsman do Santos FC

film izle

Tag: Pacaembu (page 1 of 30)

Mais uma piada do Levir


Foi um joquinho. Dava para ganhar

O técnico do Santos é espirituoso, tem boas tiradas e parece sempre de bom humor. Bem, qualquer um de nós, se ganhasse o que ele ganha para fazer o que todo brasileiro sabe, que é escalar um time de futebol, também passaria o tempo todo rindo de orelha a orelha. Só que nesta segunda-feira Levir Culpi abusou das suas piadas e escalou um time para não ganhar do Fluminense e com isso deixar de continuar na luta pelo título brasileiro.

Um time com Alison, Léo Cittadini, Vladimir Hernández e Lucas Crispim vai ganhar de quem? Sem contar as más fases de Zeca, do enrolador Lucas Lima, que sempre dá um jeito de tomar um cartão amarelo , e do ex-artilheiro e pastor Ricardo Oliveira.

Sei que alguns dirão que agora é fácil comentar, pois o jogo já acabou e o Santos, mesmo incentivado por 22 mil pessoas, dos quais 19.457 pagantes, não saiu do zero no Pacaembu. Então, pedindo desculpas desde já por parecer cabotino, repetirei o que escrevi no Facebook logo que soube a escalação que o professor tinha elaborado para enfrentar o Fluminense:

Marcação no meio campo terá problemas. Alison não está bem, Lucas Lima não marca ninguém e Cittadini nem sabe marcar, só trota e cerca. Thiago Ribeiro e Hernández terão de recuar para ajudar a fechar o setor quando o Santos perder a bola. A vitória dependerá muito de Lucas Lima e Ricardo Oliveira. Nada indica que Alison, Cittadini e os três atacantes jogarão bem, pois não têm jogado satisfatoriamente. Espero que nos surpreendam, ou a vitória não virá e ainda consideraremos o empate um bom resultado. Levir está sendo muito condescendente com o seu ex-clube. Mas ainda terá oportunidade de fazer três substituições e estou certo de que as fará.

Bem, é isso. Se um técnico acha que não tem elenco para duas competições, deveria tomar uma atitude mais digna do que escalar um catadão para um jogo oficial do Campeonato Brasileiro, desrespeitando os torcedores, principalmente àqueles que foram ao estádio. Espero que Levir Culpi encare com mais seriedade o seu trabalho no Santos. Se deixar de fazer piadinhas e escalar os que estão jogando melhor, já será um bom começo. Do contrário, será engolido pela seita, como seu antecessor.

No time, destaco Vanderlei e os zagueiros Lucas Veríssimo e Gustavo Henrique, que voltou ao time após longa ausência. No mais, só vimos jogadores descartáveis. A maioria não consegue jogar melhor, outros podem render mais, porém estão louquinhos para ir embora, casos de Lucas Lima e Ricardo Oliveira. Mas a maior responsabilidade foi de Levir Culpi, que não percebeu, ou fingiu não perceber, com quais jogadores pode contar este ano.


Livros Time dos Sonhos e Dossiê Unificação dos Títulos Brasileiros com dedicatória do autor e porte pago por apenas 38 reais o exemplar.
Clique aqui para comprar antes que acabe!

time-dossie ok

Após adquirir seu Time dos Sonhos ou Dossiê, envie e-mail para blogdoodir@blogdoodir.com.br e diga para quem quer que eu faça a dedicatória.

Compare os menores preços do mercado e compre o Dossiê e o Time dos Sonhos

Time dos Sonhos
Livraria 2005, RJ, livro usado: R$ 52,89
Sebo do Monge, SP, livro usado: R$ 57,70
Livraria do Blog do Odir, livro novo, com frete pago, dedicatória exclusiva e três PDFs de brinde: R$ 38,00

Dossiê Unificação dos Títulos Brasileiros
Livraria Capítulo Primeiro, livro usado, Santos: R$ 67,89
Travessa da Praia, livro usado, Santos, R$ 87,89
Livraria do Blog do Odir, livro novo, com frete pago, dedicatória exclusiva: R$ 38,00

Clique aqui para garantir o presente do seu pai

Vamos tornar essa história imortal!

Aproveite as condições de pré-lançamento e participe da campanha que imprimirá o livro “Santos FC, o maior espetáculo da Terra”.

Clique aqui para deixar seu nome neste livro histórico e impedir que a etapa mais maravilhosa da história do Santos seja esquecida.

Inscrições abertas para o II Curso de Especialização Técnica e Ética do Novo Jornalismo Esportivo

O primeiro, em julho, foi um sucesso. Não perca o de setembro.

Ministrado por Odir Cunha, jornalista profissional há 40 anos – Jornal da Tarde, O Globo, rádios Globo, Excelsior e Record, TV Record, editor de nove revistas esportivas, diretor de comunicação da Secretaria Municipal de Esportes de São Paulo, diretor da Ampla Comunicação, editor das editoras de livros Novo Conceito e Magma Cultural, dono do Blog do Odir, autor de 27 livros, biógrafo de Oscar Schmidt, Pelé e Gustavo Kuerten, ganhador de dois prêmios Esso e três prêmios da Associação Paulista dos Críticos de Arte.

Temas do Curso

Pirâmide Invertida X Novo Jornalismo

As maneiras tradicional e criativa de se escrever uma reportagem

As regras para uma boa entrevista

Da preparação à técnica de colher informações e escrever

As dez qualidades do bom jornalista

Extraídas do livro “Lições de Jornalismo”.

Como escrever para

Jornal – Revista – Rádio – TV – Blog

Mídia Social e Assessoria de Imprensa

Escrever um livro

Como pesquisar, escrever e publicar

Os limites da polêmica

Como evitar os crimes de opinião:

Difamação, Injúria e Calúnia

Princípios do bom texto

Clareza

Objetividade e ordem direta

Escolha das palavras simples e concretas

Uma ideia por parágrafo

Precisão. Sem ela não há credibilidade.

Isenção. A necessidade de ser neutro.

Empatia. O melhor repórter se apaixona pela matéria.

A importância de reler o texto

Criatividade e os caminhos que levam a ela

Comportamento do repórter

Humildade e Respeito. Qualidades essenciais.

Ousadia e Iniciativa. Quando elas são obrigatórias.

Descrição das funções Jornalísticas

Repórter – Copidesque – Chefe de Reportagem

Revisor – Editor – Editor-chefe

Como fazer

Títulos – Subtítulos – Olhos – Intertítulos – Legendas

Lições na classe e em casa

Matérias sobre eventos escolhidos

Trabalho Final

Certificado de Conclusão com o número de horas/aula

Curso de Especialização Técnica e Ética do Novo Jornalismo Esportivo

Carga horária: 16 horas

Datas e horários: dias 5, 6, 12, 14, 19, 21, 26 e 28 de setembro, das 19h30 às 21h30.

Local: Associação dos Cronistas Esportivos do Estado de São Paulo (ACEESP).

Endereço: Av. Paulista, 807, 9º andar, conjunto 904, São Paulo. Fones: (11) 3251-2420 e 3289-8409.

Investimento: R$ 300,00 (trezentos reais – 50% na matricula, 50% até o dia 15 de setembro.)

Sócios da ACEESP em dia com a anuidade não pagam.

Informações e inscrição até 4 de setembro pelo e-mail blogdoodir@blogdoodir.com.br


Pacaembu, começo de tudo

Há uma nova enquete no ar. Dê sua opinião.

Para alguns torcedores, o fato de Levir Culpi escalar alguns reservas contra o Fluminense indica que o técnico está abrindo mão do Campeonato Brasileiro. Espero que não, pois ainda há um turno inteiro pela frente. Porém, concordo que a prioridade, neste ano, deva ser dada à Copa Libertadores da América. De qualquer forma, quero falar mesmo sobre jogar no Pacaembu, o começo de tudo quando se trata de um planejamento que leve o Santos ao lugar que ele merece.

Exibir-se regularmente em um estádio para 39 mil pessoas, aumentando substancialmente sua média de público, inicia um processo que permite uma campanha permanente de sócios, valoriza o preço da marca Santos na hora de se assinar contratos com patrocinadores e com a televisão e abre enormes perspectivas de marketing.

Quando o menor público que o Santos pode atrair para o Pacaembu ainda é maior do que o público máximo da Vila Belmiro, então não pode haver discussão sobre que estádio é mais conveniente para comportar a imensa torcida santista. Sem contar o aspecto técnico.

Invicto há 23 jogos no estádio paulistano, o Alvinegro tem grande possibilidade de aumentar essa marca logo mais, apesar da escalação de alguns reservas e da experiência de Abel Braga, o técnico do Fluminense.

O time anunciado para hoje deverá ter Vanderlei, Victor Ferraz, Lucas Veríssimo, Noguera e Zeca; Alison, Yuri, Jean Mota e Lucas Lima; Thiago Ribeiro e Ricardo Oliveira. Porém, como o próprio vídeo da Globo diz, Levir pode escalar Léo Cittadini e Vladimir Hernandez no meio. Isso seria temerário, no meu ponto de vista, mas de cabeça de técnico de futebol e de bumbum de nenê a gente nunca sabe o que pode sair.

Tudo indica que, sem Copete e Bruno Henrique, Levir Culpi deverá optar por um 4-4-2, com liberdade para Lucas Lima se aproximar mais dos atacantes Thiago Ribeiro e Ricardo Oliveira. A estratégia pode dar certo, ou não. Na última partida, contra o Atlético Paranaense, na Vila Belmiro, Alison e Yuri não foram bem e perderam o meio campo para o adversário. Agora, além dos dois, o time terá dois atacantes que pouco têm jogado este ano.

O Fluminense deverá ser escalado com Julio César, Lucas, Renato Chaves, Henrique e Marlon; Orejuela, Marlon Freitas, Wendel e Gustavo Scarpa; Wellington Silva e Henrique Dourado. Trata-se de uma equipe nada excepcional, mas de enorme tradição e capaz de algumas vitórias, como aquela sobre o Santos na primeira rodada do campeonato.

A arbitragem terá Andre Luiz de Freitas Castro, auxiliado por Bruno Raphael Pires e Leone Carvalho Rocha, todos de Goiás. O jogo terá cobertura dos canais Sportv e Premiere.

Minha impressão, apenas mais uma entre tantas, é de que a partida ficará amarrada no meio de campo e não haverá muitos gols, talvez nenhum. Como o empate será satisfatório para o time carioca, não me espantaria se Abel Braga armasse bem a defesa à espera de esporádicos contra-ataques.

Se você me perguntar, de chofre, que resultado considero mais lógico, serei obrigado a responder: o empate. Porém, como sempre, torcerei para uma bela a redentora vitória santista. E ela poderá ocorrer se Ricardo Oliveira e Thiago Ribeiro desencantarem esta noite e o time jogar com muito mais vontade do que o fez contra o Atlético Paranaense.


Livros Time dos Sonhos e Dossiê Unificação dos Títulos Brasileiros com dedicatória do autor e porte pago por apenas 38 reais o exemplar.
Clique aqui para comprar antes que acabe!

time-dossie ok

Após adquirir seu Time dos Sonhos ou Dossiê, envie e-mail para blogdoodir@blogdoodir.com.br e diga para quem quer que eu faça a dedicatória.

Compare os menores preços do mercado e compre o Dossiê e o Time dos Sonhos

Time dos Sonhos
Livraria 2005, RJ, livro usado: R$ 52,89
Sebo do Monge, SP, livro usado: R$ 57,70
Livraria do Blog do Odir, livro novo, com frete pago, dedicatória exclusiva e três PDFs de brinde: R$ 38,00

Dossiê Unificação dos Títulos Brasileiros
Livraria Capítulo Primeiro, livro usado, Santos: R$ 67,89
Travessa da Praia, livro usado, Santos, R$ 87,89
Livraria do Blog do Odir, livro novo, com frete pago, dedicatória exclusiva: R$ 38,00

Clique aqui para garantir o presente do seu pai

Vamos tornar essa história imortal!

Aproveite as condições de pré-lançamento e participe da campanha que imprimirá o livro “Santos FC, o maior espetáculo da Terra”.

Clique aqui para deixar seu nome neste livro histórico e impedir que a etapa mais maravilhosa da história do Santos seja esquecida.

Inscrições abertas para o II Curso de Especialização Técnica e Ética do Novo Jornalismo Esportivo

O primeiro, em julho, foi um sucesso. Não perca o de setembro.

Ministrado por Odir Cunha, jornalista profissional há 40 anos – Jornal da Tarde, O Globo, rádios Globo, Excelsior e Record, TV Record, editor de nove revistas esportivas, diretor de comunicação da Secretaria Municipal de Esportes de São Paulo, diretor da Ampla Comunicação, editor das editoras de livros Novo Conceito e Magma Cultural, dono do Blog do Odir, autor de 27 livros, biógrafo de Oscar Schmidt, Pelé e Gustavo Kuerten, ganhador de dois prêmios Esso e três prêmios da Associação Paulista dos Críticos de Arte.

Temas do Curso

Pirâmide Invertida X Novo Jornalismo

As maneiras tradicional e criativa de se escrever uma reportagem

As regras para uma boa entrevista

Da preparação à técnica de colher informações e escrever

As dez qualidades do bom jornalista

Extraídas do livro “Lições de Jornalismo”.

Como escrever para

Jornal – Revista – Rádio – TV – Blog

Mídia Social e Assessoria de Imprensa

Escrever um livro

Como pesquisar, escrever e publicar

Os limites da polêmica

Como evitar os crimes de opinião:

Difamação, Injúria e Calúnia

Princípios do bom texto

Clareza

Objetividade e ordem direta

Escolha das palavras simples e concretas

Uma ideia por parágrafo

Precisão. Sem ela não há credibilidade.

Isenção. A necessidade de ser neutro.

Empatia. O melhor repórter se apaixona pela matéria.

A importância de reler o texto

Criatividade e os caminhos que levam a ela

Comportamento do repórter

Humildade e Respeito. Qualidades essenciais.

Ousadia e Iniciativa. Quando elas são obrigatórias.

Descrição das funções Jornalísticas

Repórter – Copidesque – Chefe de Reportagem

Revisor – Editor – Editor-chefe

Como fazer

Títulos – Subtítulos – Olhos – Intertítulos – Legendas

Lições na classe e em casa

Matérias sobre eventos escolhidos

Trabalho Final

Certificado de Conclusão com o número de horas/aula

Curso de Especialização Técnica e Ética do Novo Jornalismo Esportivo

Carga horária: 16 horas

Datas e horários: dias 5, 6, 12, 14, 19, 21, 26 e 28 de setembro, das 19h30 às 21h30.

Local: Associação dos Cronistas Esportivos do Estado de São Paulo (ACEESP).

Endereço: Av. Paulista, 807, 9º andar, conjunto 904, São Paulo. Fones: (11) 3251-2420 e 3289-8409.

Investimento: R$ 300,00 (trezentos reais – 50% na matricula, 50% até o dia 15 de setembro.)

Sócios da ACEESP em dia com a anuidade não pagam.

Informações e inscrição até 4 de setembro pelo e-mail blogdoodir@blogdoodir.com.br


*Underdogs x queridinhos


Underdogs 3 x 2 Queridinhos

O leitor Guilherme Gonçalves dos Santos enviou ao blog lindas fotos da torcida santista que foi ao Pacaembu assistir Santos e Flamengo. Aqui estão três delas. No próximo jogo, mande as suas.
santos x flamengo - torcidabandeirao - pacaembutorcida - frente do Pacaembu

Em jogo emocionante, de duas viradas, o Santos venceu o Flamengo por 3 a 2, diante de cerca de 25 mil pessoas, no Pacaembu. Coisas extraordinárias ocorreram. Alison acertou o chute de sua vida, de fora da área, e Daniel Guedes colocou “com a mão” na cabeça de Ricardo Oliveira para marcar o gol da vitória aos 43 minutos do segundo tempo. Os outros jogos da rodada favoreceram os times que estão na frente e o Santos não subiu na tabela, mas mostrou que tem espírito para os grandes embates e poderá, sim, brigar com boas chances pelo seu quarto título na Copa Libertadores.

*Underdogs x queridinhos

O Santos representa a arte e a beleza do futebol, a meritocracia, o time que ganha títulos limpamente, contra tudo e contra todos, o melhor que o futebol brasileiro já produziu, aquele que mais ajudou a Seleção Brasileira a conquistar a Jules Rimet (nem vou falar de Pelé, pois aí é covardia). O Flamengo é um grande time, porém protegido pelo sistema, aquele que parte da mídia tenta empurrar goela abaixo dos brasileiros. Eles se enfrentarão hoje, a partir das 21h45, no Pacaembu, e o Brasil estará dividido para acompanhar esse grande jogo.

Não creio que haverá espírito de vingança por parte dos santistas devido à forma como foram prejudicados pela arbitragem na semana passada. Haverá, sim, motivação, a mesma que existe quando se enfrenta uma equipe que não joga apenas com 11 jogadores, mas geralmente tem a arbitragem, as instituições do futebol e parte influente da mídia ao seu lado. E por essa motivação, somada ao incentivo incondicional dos santistas que estarão no Pacaembu, acredito que o Santos, mais uma vez, se sairá bem contra o ardiloso rival.

Pena que o copeiro Vecchio não possa jogar, mas Renato provavelmente retornará ao time e sua experiência poderá ser vital em um jogo eletrizante como deve ser o de hoje. Outra esperança santista é a de que Lucas Lima e Ricardo Oliveira voltem a mostrar ao menos um pouco do que sabem. Faz tempo que o habilidoso meia e o artilheiro não dão o ar de suas graças. A certeza, porém, é a de que jogadores como Bruno Henrique e Copete se empenharão bastante em busca da vitória.

O Santos tem sido muito mais eficiente no ataque com o técnico Levir Culpi. Parou com aquela frescura de tocar indefinidamente a bola, sem objetividade. Sua defesa também está bem mais firme, o que não é o caso da defesa do Flamengo. Por isso, o jogo deve ser equilibrado, mas as chances de uma boa vitória santista são grandes.

O Santos sempre foi do povo

Com o déficit educacional que grassa no País e com a tevê substituindo a sagrada e imparcial difusão de conhecimento, que deveria ser sua obrigação, pela lavagem cerebral dos seus telespectadores, ultimamente se quer impor apenas dois times como os do povo brasileiro, em uma enorme falácia. Se o futebol é o esporte mais popular, todos os times profissionais têm sua parcela de popularidade, principalmente os de grande torcida, que no Brasil ultrapassam duas dezenas.

Se para analisar as raízes dessa popularidade tivermos de ir até as origens dos clubes, veremos que o Santos, fundado por abolicionistas, já nasceu popular e sem preconceito, pois tinha jogadores negros em seus quadros em 1913, enquanto o Flamengo se conservava rigorosamente elitista décadas depois. Sobre isso, no livro “O Negro no Futebol Brasileiro”, escreveu o notável jornalista Mario Filho, o mesmo que dá nome ao Maracanã:

O Flamengo não podia ter nenhum preto em futebol. Em futebol precisava ser branco, tão branco como o Fluminense. Não era de admirar, portanto, que quando gente do Flamengo e do Fluminense se juntava para formar um escrete carioca, o escrete saísse todo branco, do quíper ao extrema-esquerda.

Um detalhe: Mário Filho era flamenguista. Pertencia, porém, a uma época em que jornalistas priorizavam a verdade. E a verdade é que o rubro-negro, instalado confortavelmente na Zona Zul do Rio, jamais foi tão ligado ao povo simples como o Vasco, por exemplo, este sim um clube do subúrbio que se abriu aos negros, pobres e nordestinos e por isso foi marginalizado pelos outros grandes do Rio. E ao inaugurar o seu estádio, em 1927, construído com o esforço de seus aficionados, foi o Santos, outro underdog de São Paulo, que os vascaínos convidaram para o jogo inaugural. Essa é a história. Essa é a verdade.

Em 1935, ano em que o Santos conquistou o seu primeiro título paulista, a situação do Campeonato Carioca mostrava o Fluminense com nove títulos, o Botafogo com oito e, empatados, América e Flamengo com seis cada um. Depois vinha o Vasco, com quatro. Há informações de que a partir dali é que surgiu um plano, com apoio de parte da mídia, para que o Flamengo se tornasse, ou parecesse, mais popular. O domínio da Rede Globo, a partir da década de 70, trouxe a cereja que faltava.

Mas mesmo esses científicos homens do marketing sabem que os mercados mais ricos do Brasil são a capital e o interior do Estado de São Paulo, e nesses dois mercados cobiçadíssimos a torcida do Santos é dez vezes maior do que a do clube carioca. Jamais farão com que uma criança paulista engula um time carioca, ainda mais um de elite disfarçado de popular.

Esses mesmos marqueteiros já devem saber que uma pesquisa internacional recente mostrou que o Santos tem 1,2 milhão de aficionados no exterior, contra 700 mil do rival carioca.

Bem, vamos ao jogo. Ao entrar no Pacaembu, logo mais, olhe bem as arquibancadas, as numeradas, o tobogã, e perceba que a proporção entre torcedores do Santos e do Flamengo será a mesma que distingue a importância de um e outro na história do futebol mundial. Quem reinou no planeta, sempre será majestade.

Vamos tornar essa história imortal!


Clique aqui para deixar seu nome neste livro histórico e impedir que a etapa mais maravilhosa da história do Santos seja esquecida.

dia dos pais

O Dia do seu Pai, ou do seu Avô santista, está chegando. Faltam apenas 10 dias. Que presente pode ser mais duradouro e mais barato para quem fez você torcer para o time mais apaixonante do futebol?
Livros Time dos Sonhos e Dossiê Unificação dos Títulos Brasileiros com dedicatória do autor e porte pago por apenas 38 reais o exemplar.
Clique aqui para comprar antes que acabe!

Após adquirir seu Time dos Sonhos ou Dossiê, envie e-mail para blogdoodir@blogdoodir.com.br e diga para quem quer que eu faça a dedicatória.

Compare os menores preços do mercado e compre o Dossiê e o Time dos Sonhos

Time dos Sonhos
Livraria 2005, RJ, livro usado: R$ 52,89
Sebo do Monge, SP, livro usado: R$ 57,70
Livraria do Blog do Odir, livro novo, com frete pago, dedicatória exclusiva e três PDFs de brinde: R$ 38,00

Dossiê Unificação dos Títulos Brasileiros
Livraria Capítulo Primeiro, livro usado, Santos: R$ 67,89
Travessa da Praia, livro usado, Santos, R$ 87,89
Livraria do Blog do Odir, livro novo, com frete pago, dedicatória exclusiva: R$ 38,00

Clique aqui para garantir o presente do seu pai

Preocupação com Matheus Jesus

O santista e associado Valter Derencio me envia um e-mail preocupado com a situação do novo contratado Matheus Jesus. Ele escreve:

“Vi uma entrevista do diretor de futebol do São Paulo, o sr. Pinotti, dizendo que desistiu da contratação deste jogador porque o São Paulo poderia perder pontos no Campeonato Brasileiro devido a Fifa caracterizar uma ponte na negociação, o que é proibido”.

Derencio lembra que “esse jogador foi vendido da Ponte para o Estoril, de Portugal, e posteriormente emprestado ao Santos”.

Será que por isso é que foi tão fácil dar um “chapéu” no São Paulo? O certo é que o departamento jurídico do Santos deve ficar alerta, pois há muita gente sedenta para tirar pontos do Santos e rebaixá-lo à Série B. Quem avisa, amigo é.

*Underdog é a zebra, aquele que é considerado perdedor antes mesmo de a competição começar. Essa é a imagem que muitos querem para o Santos. Mas a gente sabe que a realidade é bem diferente.


O Santos é do povo

dia dos pais
Que presente para o seu pai pode ser mais duradouro e mais barato?
Livros Time dos Sonhos e Dossiê Unificação dos Títulos Brasileiros com dedicatória do autor e porte pago por apenas 38 reais o exemplar.
Clique aqui para comprar antes que acabe!


Diante de 35.769 torcedores, com renda de R$ 1.262.430,00, o Santos goleou o bom Bahia no Pacaembu, com três gols de Bruno Henrique, dois no primeiro tempo. Será que algum “titular” fez falta? Quem?

Veja a divertida coletiva de Levir Culpi após o jogo:

Ouça a análise de Gustavo Roman:

O Santos é do povo

Assim como a Praça Castro Alves, de Salvador, o Santos é do povo. Santos e Bahia, finalistas do primeiro campeonato que deu ao vencedor o título de campeão brasileiro, a Taça Brasil de 1959. Depois, decidiriam a mesma competição mais duas vezes. Enfim, um jogo histórico e popular. Neste domingo pela manhã, um Pacaembu lotado vê este clássico nacional e sente a grandeza do futebol brasileiro que é escondida pela televisão.

Sem Lucas Veríssimo, suspenso, o Santos deverá ser escalaqdo por Levir Culpi com Vanderlei, Daniel Guedes, Fabián Noguera, David Braz e Jean Mota; Yuri, Vecchio e Lucas Lima; Copete, Bruno Henrique e Kayke. O Bahia deverá jogar com Jean, Eduardo, Tiago, Lucas Fonseca e Matheus Reis; Renê Junior, Juninho, Régis, Zé Rafael e Mendoza; João Paulo.

O Santos é favorito, mas deve tomar cuidado, pois esse Bahia não é nenhuma galinha morta. Rodrigão não deverá jogar pelo time baiano, o que tira do santista o medo da maldição de sofrer gol de ex-jogadores. A arbitragem será de Wagner do Nascimento Magalhães, auxiliado por Rodrigo F. Henrique Correa e Thiago Henrique Neto Correa Farinha, todos do Rio de Janeiro (esperamos que atuem bem e não sejam flamenguistas fanáticos).

Estamos correndo contra o tempo para lançar o livro mais importante da história do Santos, mas sem o seu apoio será impossível! Participe da campanha de pré-financiamento de “Santos FC, o maior espetáculo da Terra”, um livro único, que vale por um título mundial, e tenha o seu nome impresso nessa edição histórica! Essa oportunidade tem prazo limitado.

Este livro de arte nenhum time tem e nunca terá. Chegou o livro que traz as maravilhosas viagens do Santos pelo mundo. Um livro único, que vale por um título mundial.

Este livro de arte nenhum time tem e nunca terá. Chegou a esperada obra que conta as maravilhosas viagens do Santos pelo mundo. Um livro único, que vale por um título mundial e está sendo oferecido por um preço super acessível e ainda dá ao comprador a honra de ter o seu nome impresso em suas páginas. Não perca essa oportunidade de ter o seu nome em um dos livros mais importantes da literatura futebolística mundial!

Prossegue a campanha de financiamento coletivo para o lançamento do livro “Santos FC, o maior espetáculo da Terra”, uma obra única, que nos encherá de orgulho e consolidará o Santos em outro nível na história do futebol mundial. Os autores são Marcelo Fernandes e eu. Prestigie. Garanto que não vai se arrepender. Há muitas recompensas para quem adquirir o livro nesta fase de pré-lançamento.

Clique aqui para entrar no time que vai lançar o livro das viagens maravilhosas do Santos pelo mundo. Ele está pronto e precisa ser impresso. Vamos transformar este sonho de todo santista em realidade. Participe e não se arrependerá!

Reserve desde já os melhores presentes para o Dia dos Pais
O Dia dos Pais está chegando, será em 13 de agosto, e nenhum presente é mais duradouro do que um livro com a história do time do coração do velho. Na livraria deste blog o Dossiê e o Time dos Sonhos continuam a preços de custo. Aproveite!
Entre a compra dos livros, que pode ser parcelada, e a entraga pelos Correios, pode haver uma diferença de até quatro dias úteis. Não deixe para a última hora.

pai santista
Aquele que te fez santista jamais pode ser esquecido

Ninguém vende Time dos Sonhos e Dossiê mais baratos

time-dossie ok

Compare os menores preços do mercado e compre o Dossiê e o Time dos Sonhos

Time dos Sonhos
Livraria 2005, RJ, livro usado: R$ 52,89
Sebo do Monge, SP, livro usado: R$ 57,70
Livraria do Blog do Odir, livro novo, com frete pago, dedicatória exclusiva e três PDFs de brinde: R$ 38,00

Dossiê Unificação dos Títulos Brasileiros
Livraria Capítulo Primeiro, livro usado, Santos: R$ 67,89
Travessa da Praia, livro usado, Santos, R$ 87,89
Livraria do Blog do Odir, livro novo, com frete pago, dedicatória exclusiva: R$ 38,00

Clique aqui para garantir o presente do seu pai


Reencontro com a glória

Em um bom jogo, no qual criou mais chances de gol, o Santos empatou com a Ponte Preta em 0 a 0, no Pacaembu, diante de 20 mil pessoas. Uma pena, pois com um triunfo teria saltado na tabela do Brasileiro e aumentaria para 21 partidas sua série de vitórias consecutivas no estádio. Mas a equipe dirigida por Levir Culpi mostrou uma estrutura tática melhor e dá esperanças ao torcedor de que passe a jogar com mais eficiência e vontade do que estava fazendo sob o comando de Dorival Junior.

Ao visitarmos, na Argentina, algumas das grandes instituições do futebol, como os estádios La Bombonera e Monumental de Nuñez, sentimos, novamente, o quanto o Santos impactou o futebol. Em pensar que essa cidade magnífica, que é a elegante e orgulhosa Buenos Aires, parou para comentar, ver e depois repercutir as exibições do Santos por aqui, percebemos o imenso poder exercido pelo talento, a arte e a personalidade do futebol santista. E como tudo é cíclico, saboreamos a esperança de que esse reinado volte. Quem sabe já tenhamos um indício desse reencontro com a glória no jogo desta noite, contra a Ponte Preta, às 21 horas, no Pacaembu.

A estreia do técnico Levir Culpi foi boa, pelo resultado, pois sempre é muito agradável vencer um clássico, mas o time se mostrou sem forças no final, só não sofrendo o empate por obra e graça de Vanderlei. Tecnicamente a Ponte não fica muito atrás do Palmeiras, o que faz prever outro jogo equilibrado esta noite. Vejamos como Levir maneja o time e os reservas. Creio que nesse início de trabalho o novo técnico deva estar se valendo das opiniões de Elano, que se saiu muito bem como interino. Daqui de longe tenho uma boa expectativa para esta noite.

Só não gostei de saber que Thiago Maia pode ir para a Internazionale de Milão, mas isso já era previsível. Pela maneira como o Santos vem sendo administrado, com muito mais despesas do que receitas, com a intenção de torná-lo regional, era evidente que teria de se desfazer de seus jogadores para saldar a folha de pagamentos e quitar dívidas. Pelo que se fala, o Santos receberá 35 milhões de reais pela venda do passe do volante, o que deverá permitir a essa gestão se arrastar até às próximas eleições, em dezembro. Bem, mas voltemos a falar do jogão deste sábado.

Como nos lembra o amigo Guilherme Gomez Guarche, responsável pelo departamento de memória do Santos, se vencer hoje, o Santos chegará à sua 21ª vitória consecutiva no Pacaembu, igualando a marca que obteve na Vila Belmiro de 16 de julho a 30 de dezembro de 1958. Recordes, primazias, façanhas… A história do Santos está repleta de fatos assim. E além dos já conhecidos, há muitos mais. Por isso o colecionador Marcelo Fernandes e eu resolvemos produzir o livro “Santos FC, o maior espetáculo da Terra”, que será lançado em outubro, com uma bela festa e muita divulgação pela mídia.

Ontem à noite, no jantar com um amigo argentino, bem mais jovem, fiquei surpreso de saber que ele não conhecia a história dos conflitos paralisados pelo Santos na África. Poupei-o de outras histórias similares, pois percebi que, torcedor do Boca Juniors, poderia se sentir incomodado ao descobrir que um time brasileiro havia, mais do que qualquer outro das Américas, abalado as estruturas do futebol. Por outro lado, a sua reação me mostrou que essas proezas do Santos de Pelé, que começaram no final da década de 50 e prosseguiram até os primeiros anos da década de 70, precisam ser contadas em grandes estilo, definitivamente, como só um livro como “Santos FC, o maior espetáculo da Terra” poderia fazer.

Clique aqui, conheça e participe da campanha de financiamento coletivo para lançar “Santos FC, o maior espetáculo da Terra”. Os 200 primeiros terão o nome impresso no livro e poderão adquirir um exemplar por apenas 90 reais.

Aproveite o mês de julho para se especializar na profissão
Curso aberto para jornalistas esportivos ou interessados

Novo Jornalismo Esportivo – Técnica e Ética

Curso de Especialização

Ministrado por Odir Cunha, jornalista profissional há 40 anos – Jornal da Tarde, O Globo, rádios Globo, Excelsior e Record, TV Record, editor de nove revistas esportivas, diretor de comunicação da Secretaria Municipal de Esportes de São Paulo, diretor da Ampla Comunicação, editor das editoras de livros Novo Conceito e Magma Cultural, dono do Blog do Odir, autor de 27 livros, biógrafo de Oscar Schmidt, Pelé e Gustavo Kuerten, ganhador de dois Prêmios Esso e três prêmios da Associação Paulista dos Críticos de Arte.

Temas do Curso

Pirâmide Invertida X Novo Jornalismo
As maneiras tradicional e criativa de se escrever uma reportagem.

As regras para uma boa entrevista
Conhecimento – Respeito – Planejamento – Dicas

Os limites da polêmica
Os cuidados com os crimes de opinião: Difamação, Injúria e Calúnia

Princípios do bom texto
Clareza
Escolha das palavras
Uma ideia por parágrafo
Precisão. Sem ela não há credibilidade.
Isenção. A necessidade de ser neutro.
Empatia. O melhor repórter se apaixona pela matéria.
Criatividade. Os caminhos que levam a ela.
Reler é obrigatório
Humildade e Respeito. Qualidades essenciais.
Ousadia e Iniciativa. Quando elas são obrigatórias.

Como escrever para
Jornal diário
Revista
Rádio
Televisão
Blogs e Sites

Funções Jornalísticas
Repórter
Copidesque
Chefe de Reportagem
Editor
Editor Chefe

Fechamento de matérias
Títulos
Subtítulos
Olhos
Intertítulos
Legendas

Lições de casa durante o curso
Matérias sobre eventos escolhidos

Trabalho Final

Certificado de Conclusão

Novo Jornalismo Esportivo – Técnica e Ética
Curso de Especialização aberto a jornalistas e interessados

Carga horária: 16 horas

Datas e horários: dias 4, 6, 11, 13, 18, 20, 25 e 17 de julho, das 19h30 às 21h30.

Local: Associação dos Cronistas Esportivos do Estado de São Paulo (Aceesp).

Endereço: Av. Paulista, 807, 9º andar, conjunto 904, São Paulo. Fones: (11) 3251-2420 e 3289-8409.

Investimento: R$ 300, 00 (trezentos reais – 50% na matricula, 50% até o dia 15 de julho.

Sócios da Aceesp em dia com a anuidade não pagam.

Informações e inscrição: blogdoodir@blogdoodir.com.br

Clique aqui, conheça e participe da campanha de financiamento coletivo para lançar “Santos FC, o maior espetáculo da Terra”. Os 200 primeiros terão o nome impresso no livro e poderão adquirir um exemplar por apenas 90 reais.

clinica de tenis do castelo - 2017

E para você, o que falta para o Santos reencontrar a glória?


Older posts

© 2017 Blog do Odir Cunha

Theme by Anders NorenUp ↑