Blog do Odir Cunha

O ombudsman do Santos FC

film izle

Tag: Ronaldo Fenômeno (page 1 of 3)

Os brasileiros de bem com a vida torceram por Neymar

Já tinham me prevenido que torcidas organizadas do alvinegro de Itaquera e do tricolor de Vila Sônia estavam orquestrando as vaias a Neymar que ouvimos ontem. Vaias iniciadas por uma minoria de babacas invejosos que se espalhou entre outros iguais e mostrou porque o paulistano é tão mal visto no resto do País. Apupar justo o melhor jogador do time é demonstração patética de complexo de inferioridade.

Dizem que é porque nós, oriundos de São Paulo, herdamos a rebeldia dos anarquistas italianos. Eu acho que é pura babaquice mesmo. Na Copa de 1950 já foi assim. No único jogo que fez em São Paulo, no Pacaembu, o Brasil ficou apenas no empate com a Suíça (2 a 2), embaixo de vaias. Foi por essa partida que Nélson Rodrigues escreveu que São Paulo não fazia parte do Brasil.

Ontem, isso ficou mais uma vez evidente. Espero que a Seleção Brasileira não faça nenhuma partida no suspeito e sombrio Itaquerão, pois lá não teria o apoio incondicional do público. Na verdade, correria até o risco de ser vaiada do começo ao fim. Ainda bem que a decisão da Copa de 2014 está prevista para o Maracanã. O carioca sempre assumiu a Seleção com carinho, como se fosse dele.

Na verdade, a má vontade, ontem, não foi apenas com Neymar – que, repito, xinga a mãe de todos os medíocres com o seu sucesso -, mas sim com o time todo. Em determinado momento gritava-se “olé” para as trocas de passes do violento time da África do Sul, em uma cena vergonhosa. Os afobados africanos estavam dando da medalhinha do pescoço para cima e ainda tinham o apoio de um bando de vendidos.

Por que querem Neymar na Seleção?

A decisão de Mano Menezes de substituir Neymar a um minuto antes do final do jogo foi de mau caratismo ímpar. Ele sabia que com essa atitude covarde serviria o garoto de bandeja para a hostilidade dos torcedores rivais. E depois ainda teve a coragem de dizer que tirou Neymar para poupar-lhe o físico. Ora, poupar um minuto? Que hipocrisia!!! Se quiser mesmo poupar, por que não o dispensa do jogo contra a China, segunda-feira? Quer que o Santos, que paga o salário do jogador, o poupe, mas não está disposto a poupá-lo na Seleção?

Ora, ora, ora, que grande malandro é esse Mano Menezes. Enfim, jogou o seu principal jogador, aquele que mantém o seu emprego, às feras. Acho que faz parte do plano atrapalhar tanto a vida de Neymar no Brasil para que um dia ele aceite ir para a Europa, arrumando a vida de meio mundo.

O que incomoda mais os santistas é que Neymar desfalca o Santos no Brasileiro para passar esses momentos desagradáveis na seleção sanguessua da quadrilha formada por Mano Menezes, José Maria Marin, Ronaldo Fenômeno e Andres Sanchez. É odiável constatar o quanto o mal ainda pode prevalecer sobre o bem, o quanto é fácil disseminar sentimentos negativos sobre alguém de destaque…

Para completar, os problemas para o garoto não estão só no comando pernicioso da Seleção Brasileira ou nas manifestações ensaiadas de um bando de torcedores idiotas. O opositor pode estar travestido de companheiro de time… Ou ninguém percebeu que Oscar evita dar a bola para Neymar?

Ontem isso ficou flagrante quando Neymar tinha um espaço livre até o gol adversário, e Oscar, mesmo vendo a jogada e ouvindo os pedidos do santista, preferiu virar-lhe as costas e passar para Hulk, que estava marcado. No fim do ataque, que não deu em nada, foi possível perceber a decepção de Neymar com o companheiro (que no Sul-americano sub-17 já tinha ouvido do técnico do São Paulo, Paulo César Carpeggiani, o conselho de não passar para o santista).

Enfim, só um cego não percebe o pior dos mundos que algumas pessoas querem inflingir a Neymar para que ele – para alívio dos apátridas interesseiros – se decida por viver e jogar futebol em um país de seres humanos normais. Porém, Neymar sabe que sempre terá o amor incondicional dos santistas e que o povo brasileiro é muito mais generoso do que aquele bando de recalcados que foi ontem ao Morumbi.

E você, o que achou das vaias a Neymar?


Mano, Galvão, Falcão e Ronaldo deveriam ir pra Europa. Para sempre…

Essa insistência suja e interesseira para que Neymar vá para a Europa é um grande desrespeito com o próprio Neymar, seus pais, o Santos, o presidente do Santos e a imensa torcida santista. Parece que o paraquedista que caiu sentado no cargo de técnico da Seleção Brasileira, o locutor que se acha Deus, o técnico mediocre e o ex-jogador que quer virar qualquer coisa que dê dinheiro acham que Neymar e as pessoas que o cercam são idiotas.

Trocar o Brasil pela Europa, no caso de Neymar, já é uma besteira, e antes da Copa de 2014, então, seria uma das maiores tolices que um jogador de futebol – que não precisa provar mais nada – poderia fazer. Falcão e Ronaldo não foram embora pela cultura européia ou para melhorar seu jogo. Foram apenas para ganhar mais dinheiro. Ponto. O resto é papo furado.

Mas Neymar, por ser mais ídolo do que eles quando foram embora , não precisa ficar longe dos amigos, da família, do time que ama ou do calor do Brasil. O Santos, os santistas – atuais e os que estão por vir – estão lhe proporcionando isso. As crianças, as jovens, os adolescentes, quem ama o futebol quer que Neymar fique. Só os invejosos, os babacas e os anti-santistas, que nós estamos cansados de saber quem são, o querem longe do Brasil. Ora, vão pentear macacos!

Neymar é do Santos no mínimo até 2015 e o clube deveria estudar a possibilidade de um vultoso processo contra esse aliciamento amoral contra o garoto. Se gostassem realmente de futebol, esses urubus não quereriam o melhor jogador da América longe de nossos campos. O ideal é que Mano Menezes, Paulo Roberto Falcão, Galvão Bueno e Ronaldo mudem-se definitivamente para a Europa. Ao menos os ares por aqui se tornarão bem mais respiráveis.

Aliás, para que país vocês acham que esse quarteto deveria ir?


Neymar, Ganso, Vasco, Real Madrid, Snoop Dogg…

O presidente Luis Álvaro Ribeiro diz que tem algumas cartas na manga para convencer Neymar a ficar no Santos por mais alguns anos. Portanto, é bem provável que a nova investida do Real Madrid dê com os burros n’água. O clube espanhol oferece a Neymar dez milhões de euros por ano, mas isso o Menino de Ouro receberá no Santos, sem riscos de rejeição.

Robert, campeão brasileiro em 2002, hoje empresário Fifa, disse-me que Neymar, sem sair do Santos, deverá receber de três a quatro milhões de reais por mês até a Copa de 2014. Ele sabe o que diz.

Aqui Neymar é o número um, o maior ídolo de um país que se torna rico, que sediará a Copa do Mundo, que hoje é mais relevante e promissor do que a Espanha. Lá, Neymar será apenas mais um.

Não se pode esquecer que Cristiano Ronaldo não é apenas compatriota, mas também sócio do técnico Mourinho em alguns negócios. É difícil acreditar que o técnico permitirá que o brasileiro se destaque mais no Real Madrid do que o astro português. E ainda há a concorrência dos craques do Barcelona.

O Real Madrid não tem dinheiro à vista para contratar Neymar. A crise já chegou à Espanha e ao futebol espanhol. Está contando com um empréstimo do Santander e oferece o dinheiro em parcelas.

O empresário Vagner Ribeiro, que embolsará 10 milhões de euros com a nogociação, faz pressão diária para Neymar aceitar a proposta dos clubes espanhois. O ex-jogador Ronaldo também pressiona muito, pois ganhará uma boa comissão com a transação. Ronaldo tem parcerias com o locutor Galvão Bueno.

A mãe de Neymar, mais religiosa, não vê necessidade de o filho ir para a Europa agora. O rapaz tem mais 16 anos de futebol, no mínimo. Pode ir depois da Copa, se quiser (eu espero que não vá nunca).

A volta de Ganso
Hoje Paulo Henrique Ganso volta ao time. Que os deuses do futebol o protejam. Mas sua permanência na Vila Belmiro tem prazo limitado. No máximo o rapaz ficará até meados do ano que vem. Sua multa é de 50 milhões de euros, mas se aparecer um clube com 30 milhões na mão, leva o craque.

Santos entrará para ganhar, claro
Não há qualquer dúvida de que o Santos enfrentará o Vasco com o único objetivo da vitória. Neymar quer ganahr pontos na corrida para ser o número um do mundo; Ganso quer atrair mais interessados nos eu passe e provar que está recuperado, e Muricy Ramalho quer ajustar o time para o Mundial.

Santos e Vasco, na Vila Belmiro lotada, confronto que pode decidir a liderança do Brasileiro, é o grande jogo deste domingo. Mas a rede Globo, não se sabe porquê, passará outro jogo para algumas praças, como Santa Catarina. Os santistas desses Estados estão reclamando dessa escolha.

Santos já deu um título para o Corinthians
No Torneio Rio-São Paulo de 1953, Santos e Vasco fizeram o último jogo da competição, na Vila Belmiro. Se vencesse, o time carioca decidiria o título com o Corinthians. Mas o Santos ganhou por 3 a 2 e tornou o alvinegro da capital campeão. Em 1967, o Corinthians empatou com o São Paulo no último minuto e deu ao Santos a possibilidade de decidir o título Paulista com o tricolor, a quem derrotou por 2 a 1.

A Globo e Neymar
Um importante diretor da Rede Globo confidenciou ao presidente Luis Álvaro que se o Santos mantiver Neymar por mais alguns anos, se firmará como a terceira torcida do Brasil, bem próximo da do Corinthians. Para mim, o Santos já é a terceira hoje. A Timemania comprova isso.

Rapper Snoop Dogg já vestiu a camisa:

http://youtu.be/8Arck37eOSM

E você, quer ver o santos ganhar do Vasco, com show de Neymar e Ganso, ou prerefe que o time perca para não ajudar o rival Corinthians?


Os prós e os contras da participação de Neymar no Faustão

Foi muito bom ouvir de Fausto Silva que Neymar é hoje o maior ídolo do Brasil. É uma verdade, mas às vezes as verdades – quando se trata do Santos ou de jogadores do Santos – nem sempre são ditas.

Foi péssimo ver o redondo Ronaldo Macário usar o seu tempo para fazer lobby pela ida de Neymar ao Real Madrid. Todos sabem que Ronaldo ganhará alguns milhões de euros se o negócio se concretizar. A maneira como ele coloca o Brasil, o povo brasileiro e a felicidade de Neymar de lado para pensar apenas no seu bolso chega a ser vergonhosa. Onde foi parar aquele garoto magrelo e talentoso revelado pelo São Cristovão? Virou o quê? Um ganhador de dinheiro sem nenhum escrúpulo? Desculpem-me meus amigos da produção do programa, mas colocar a fala de Ronaldo logo no início pegou mal.

Foi bom saber que Neymar se emocionou ao ouvir o povo do Pará cantando o Hino Nacional. Há coisas que não têm preço. O amor ao país em que nascemos é uma delas. Neymar aprendeu isso na pele.

Não foi legal Fausto Silva pegar a deixa de Ronaldo e dizer que Neymar precisa pensar no “lado profissional”, insinuando que Ronaldo estava certo em sugerir que o garoto vá jogar na Europa. Eu perguntaria a Fausto, que conheço bem: “Você não pensou no seu lado profissional ao fazer a carreira no Brasil, Fausto? E hoje você não ganha por mês duas vezes mais do que Neymar poderá ganhar no Real Madrid? Se você fatura tanto com sem sair do País, por que Neymar também não pode? Como santista, você poderia ter sido mais convincente. Nenhum torcedor do Santos quer que Neymar vá embora.

Excelente a matéria com o rapaz de Belém que vai comprar uma casa com o leilão de uma única bola autografa por Neymar. O jovem craque, que também é religioso, deve ter ficado emocionado e percebido que aqui no Brasil ele será muito mais útil aos pobres do que na Europa. Já pensou quanto gente ele poderá ajudar com bolas e camisas autografadas? Mais um motivo incomensurável para Neymar ficar.

Faltou alguém para defender a permanência de Neymar no Brasil, e há muitos que poderiam ter falado sobre isso, como Sócrates e Romário. Não sei se foi falha da produção, ou a intenção não era mesmo defender esse ponto de vista. Uma pena, pois o programa teria sido muito mais relevante se mostrasse que há plenas condições de Neymar continuar jogando no Brasil ao menos até a Copa de 2014.

Gostei de ouvir de Fausto Silva que ele é santista. O Fausto hoje está em um nível que pode admitir para que time torce sem problemas. Mas gostaria que ele agisse como um grande santista e usasse sua influência para conseguir mais patrocinadores para Neymar e garantir que o garoto continuará fazendo a alegria do povo brasileiro, e não irá para um time como o gelado Real Madrid, que não o ama e no qual será, no máximo, a terceira estrela, atrás de Cristiano Ronaldo e Kaká.

E você, o que achou da participação de Neymar no Domingão do Faustão?


Veja Pelé jogando aos 50 anos. E compare com Ronaldo aos 34

Terça-feira você viu Ronaldo Nazário, aos 34 anos, se arrastando em campo por 17 minutos em sua patética despedida da Seleção Brasileira.

Agora reveja a participação de Pelé, aos 50 anos, em jogo da Seleção Brasileira contra um combinado internacional.

Profissional como sempre, o Rei do Futebol se preparou com semanas de antecedência para esta partida e não ficou parado lá na frente perdendo um gol atrás do outro. Buscou jogo no meio-campo, tabelou e correu com a bola.

Assista e perceba porque Pelé é incomparável:

E aí? Dá pra comparar?


Older posts

© 2018 Blog do Odir Cunha

Theme by Anders NorenUp ↑