Blog do Odir Cunha

O ombudsman do Santos FC

film izle

Tag: Santos Football Music

Qual é o conceito Santos?

Começou a venda de ingressos para Santos e Linense, próximo domingo, no Pacaembu. Clique aqui para comprar o seu. Se tiver algum problema para fazer a compra, deixe um comentário.

O que define o Santos? Já pensou nisso? Seria a tendência de revelar craques meninos e montar jovens equipes atrevidas? Ou a volúpia atávica do gol, que o torna o maior time artilheiro do planeta? Enfim, que ideia, que conceito exprime o nosso Santos?

Estava pensando nisso quando vi, pelo Canal Curta, um belo documentário sobre Gilberto Mendes, expressão da música pós-moderna, santista de Santos, compositor da universal e ousada Santos Football Music.

Revi o rosto sempre sorridente e sábio de Gilberto e imediatamente liguei sua música cibernética ao batuque ancestral da Escola Grande Rio, que no Carnaval de 2016 cantará o Rei Pelé, Neymar e o Santos no dourado e também universal sambódromo carioca.

Lembro essas coisas para mostrar que o entendimento do Santos, do conceito Santos, não permite visão simplista, numérica, pragmática. Não pode ser resumido ao saldo do seu caixa, ou à riqueza ou pobreza técnica de seu elenco. Não pode ser comparado com outros, na verdade, pois cada time, como um ser vivo, tem seu corpo e sua alma.

Poderia até ser chamado de o time do povo, visto que o povo geralmente é pobre e romântico. E ético. Poderia ser venerado por seu passado, como seria normal em um país educado e grato. Poderia, e quem sabe ainda o seja, mas por enquanto qual é o conceito Santos?

Bem, certamente na sua história não podem faltar as tags juventude, ousadia, beleza… Mas será que apenas uma delas pode exprimir o Santos? Creio que não. Acredito que, provavelmente, o Santos é o time que mais aproximou o futebol da arte e esse conceito mais amplo é que o define.

E não me refiro apenas à fria arte estética, mas à arte do desespero pelas derrotas e da catarse do gol, a arte de se reinventar a cada nova geração de meninos, a cada administração caótica.

Enquanto isso, o torcedor do Santos continua sofrendo para ver seu time jogar, como podemos comprovar neste vídeo do conselheiro Rachid:

Cliquei no portal do Sócio Rei para comprar meu ingresso. Dei nesta página.

E pra você, qual é o conceito Santos?


Gilberto Mendes, um gênio santista da música, hoje no Sesc de Santos

Gilberto Mendes, 88 anos de juventude, autor da polêmica Santos Football Music

Falemos agora de Gilberto Mendes, um expoente da música experimental de vanguarda. Sua música incomum, fragmentada, instigante, tem sido tocada nos cinco continentes. E o melhor é que ele é santista de Santos, onde hoje à noite se apresentará no auditório do Sesc.

Ontem fui com a Suzana e os amigos Débora e Carlos vê-lo no Sesc Vila Mariana. Que criatividade! Que desafio aos nossos ouvidos, acostumados aos ritmos compassados e às rimas cruzadas.

Gilberto é tão criativo como Paulo Henrique Ganso, tão imprevisível como Edu e Robinho, tão sereno como Gylmar e Mauro.

Em pensar que este senhor alegre, cujos olhos brilham como os de um menino, já tem 88 anos. É reconhecido no mundo todo, mas continua morando em Santos, onde nasceu. E apesar de intelectual, gosta de futebol e é torcedor do Santos.

Um dia, ao ouvir a transmissão de uma partida pelo rádio do carro de um amigo, teve a idéia de produzir uma obra que retratasse os sons e os sobressaltos de uma partida de futebol. Assim criou a peça “Santos Football Music”, que conta com a participação da platéia para recriar o clima nervoso de um estádio.

Ontem fui ter com ele, pois havia a idéia de uma ária composta por ele para ser apresentada em um jogo do Santos, com a participação da torcida. Mas chegamos à conclusão de que seria muito complicado e sua música não é para as massas. Entretanto, durante o Centenário do Santos, Gilberto dispôs-se a fazer um concerto em homenagem ao time do seu coração.

Não pude ouvir “Santos Fooball Music” ontem, na apresentação no belo Sesc Vila Mariana. A música não foi incluida no programa. Então, cheguei em casa e a revi através do Youtube. Ficou curioso? Então está aqui a obra revolucionária de Gilberto Mendes. Contate que até na arte pós-modernista o Santos se destaca.

Gostou? Não precisa entender, só sentir. Mas estou achando que a música para um estádio todo cantar tem de ser samba, marcha ou rap. O que acha?


© 2017 Blog do Odir Cunha

Theme by Anders NorenUp ↑