Blog do Odir Cunha

O ombudsman do Santos FC

film izle

Tag: Vitória (page 1 of 6)

Santos está chegando…


Três pontos preciosos no Barradão

O Vitória atacou mais, porém os contra-ataques do Santos decidiram a partida. Bruno Henrique e Copete, com o auxílio de Kayke e Vitor Bueno, aproveitaram os buracos deixados pelos avanços do time baiano e construíram os dois gols de Copete, um em cada tempo, que firmam o Alvinegro Praiano no G4 e o permitem sonhar com a briga pelo título.

Deu para perceber uma diferença clara entre o estilo de Dorival Junior e o de Levir Culpi: agora os laterais não avançam tanto, o que atravanca as avenidas antes escancaradas pelos flancos da defesa santista. Com Victor Ferraz e Jean Motta mais preocupados com a marcação, os especialistas Kayke, Copete, Bruno Henrique e Vitor Bueno ficaram com a incumbência de atacar e o fizeram com muito mais perigo e objetividade do que nos tempos do tic-tic do técnico anterior.

O elenco ainda é limitado e algumas falhas podem ser observadas em todos os setores, porém o time está mais seguro, pois confia mais em seu sistema defensivo. Vanderlei tem mantido o nível de suas ótimas atuações e, ao menos como rebatedores, Lucas Veríssimo e David Braz estão muito bem tanto nas bolas altas, como baixas. O que não impediu, entretanto, que o Santos voltasse a sofrer um sufoco no final, com mais um pênalti perdido pelo adversário, dessa vez chutado no travessão.

Como sempre, foi difícil ouvir um comentarista torcendo contra o Santos e vendo pênaltis e mais pênaltis a favor do adversário. Infelizmente isso tem sido comum no Sportv, que tem uma boa quantidade de “especialistas” que jamais chutaram uma bola na vida. Mas a verdade é que o Santos foi mais inteligente, mais objetivo e mereceu a vitória.

Agora o Alvinegro Praiano volta a jogar domingo, às 19 horas, na Vila
Belmiro, contra o Sport, e na rodada seguinte vai a Goiânia enfrentar o Atlético local. Sao jogos que podem colocar o time na briga direta pela liderança. Mesmo sem alguns titulares, a vitória é bem possível e deve ser perseguida a todo custo.

Melhores e piores

Esse trio Kayke, Bruno Henrique e Copete pode não ser um primor de técnica, mas tem força, vontade e velocidade suficientes para incomodar qualquer defesa. Atrás, Vanderlei, Lucas Veríssimo e David Braz também estão se entendendo bem. O meio de campo, porém, está com problemas. Alison, fora de forma, cometeu dois erros crassos na mesma jogada e ainda saiu com cãibras, sobrecarregado por Renato, que só tocou de lado. As entradas de Léo Cittadini e Rafael Longuine pouco ajudaram.

Os que querem ir embora

Descontente com a reserva, Leandro Donizete alegou problemas particulares para não viajar para Salvador. Outros que não atuaram foram Lucas Lima, Ricardo Oliveira, Thiago Maia e Zeca. Não sei ao certo os motivos que afastaram esses quatro da partida, mas percebe-se que se tratam de jogadores que não estão mais fazendo questão de vestir a camisa do Santos. Com a difícil situação financeira do clube, é previsível que sejam trocados por boletos quitados.

Santos FC, o maior espetáculo da Terra

Fiz alguns vídeos em Buenos Aires lembrando passagens importantes da apaixonante história internacional do Santos. Publico o primeiro abaixo, o de La Bombonera, e o convido para participar da campanha que fará o Santos ser o único time de futebol do mundo a ter um grande e belo livro apenas com suas viagens internacionais.


Clique aqui para saber mais detalhes sobre a campanha e, se achar que ela é positiva para o Santos, participar do pré-lançamento do livro “Santos FC, o maior espetáculo da Terra”. Estou certo de que não se arrependerá.

CURSO ABERTO DE ESPECIALIZAÇÃO EM JORNALISMO ESPORTIVO

Castilho de Andrade e eu: ganhadores do Prêmio Esso de 1979

Castilho de Andrade e eu: ganhadores do Prêmio Esso de 1979

Aproveite o mês de julho para se especializar na profissão

Novo Jornalismo Esportivo – Técnica e Ética
Curso de Especialização

Ministrado por Odir Cunha, jornalista profissional há 40 anos – Jornal da Tarde, O Globo, rádios Globo, Excelsior e Record, TV Record, editor de nove revistas esportivas, diretor de comunicação da Secretaria Municipal de Esportes de São Paulo, diretor da Ampla Comunicação, editor das editoras de livros Novo Conceito e Magma Cultural, dono do Blog do Odir, autor de 27 livros, biógrafo de Oscar Schmidt, Pelé e Gustavo Kuerten, ganhador de dois Prêmios Esso e três prêmios da Associação Paulista dos Críticos de Arte.

Curso aberto a jornalistas, estudantes de Jornalismo e interessados

Temas do Curso

Pirâmide Invertida X Novo Jornalismo
As maneiras tradicional e criativa de se escrever uma reportagem.

As regras para uma boa entrevista
Conhecimento – Respeito – Planejamento – Dicas

Os limites da polêmica
Os cuidados com os crimes de opinião: Difamação, Injúria e Calúnia

Princípios do bom texto
Clareza
Escolha das palavras
Uma ideia por parágrafo
Precisão. Sem ela não há credibilidade.
Isenção. A necessidade de ser neutro.
Empatia. O melhor repórter se apaixona pela matéria.
Criatividade. Os caminhos que levam a ela.
Reler é obrigatório
Humildade e Respeito. Qualidades essenciais.
Ousadia e Iniciativa. Quando elas são obrigatórias.

Como escrever para
Jornal diário
Revista
Rádio
Televisão
Blogs e Sites

Funções Jornalísticas
Repórter
Copidesque
Chefe de Reportagem
Editor
Editor Chefe

Fechamento de matérias
Títulos
Subtítulos
Olhos
Intertítulos
Legendas

Lições de casa durante o curso

Matérias sobre eventos escolhidos

Trabalho Final

Certificado de Conclusão

Novo Jornalismo Esportivo – Técnica e Ética
Curso de Especialização

Carga horária: 16 horas
Datas e horários: dias 4, 6, 11, 13, 18, 20, 25 e 17 de julho, das 19h30 às 21h30.
Local: Associação dos Cronistas Esportivos do Estado de São Paulo (Aceesp).
Endereço: Av. Paulista, 807, 9º andar, conjunto 904, São Paulo. Fones: (11) 3251-2420 e 3289-8409.
Investimento: R$ 300, 00 (trezentos reais – 50% na matricula, 50% até o dia 15 de julho.
Sócios da Aceesp em dia com a anuidade não pagam.

Informações e inscrição: blogdoodir@blogdoodir.com.br

Livraria do Blog está reaberta

A Livraria do Blog está reaberta, ainda com os preços antigos. Em nenhum outro lugar, nem mesmo em sites de livros usados, você encontrará obras como Time dos Sonhos e Dossiê Unificação dos Títulos Brasileiros por preços tão baixos como aqui. Aproveite.

Clique aqui para entrar na Livraria do Blog, conhecer as promoções e adquirir livros a preços imbatíveis.

clinica de tenis do castelo - 2017


O milagre só ficou maior

O único time que pode tirar o título do Palmeiras é o Santos. E por mais que seja improvável, não é impossível. Em ascensão, a Chapecoense atropelou o São Paulo (2 a 0) e tem grandes chances de terminar o Brasileiro no G6, classificando-se para a Libertadores. Virá à arena para vencer o Palmeiras, e pode conseguir o resultado naturalmente. Na última rodada , o Vitória, que goleou o Figueirense por 4 a 0, também precisará vencer o Palmeiras para continuar na Série A, outro resultado totalmente plausível.

Por mais que sofrer o gol de empate em cima da hora seja ruim, o Santos não foi tão mal no empate de 2 a 2 com o Cruzeiro, e com alguns ajustes e mais determinação e personalidade, poderá vencer o Flamengo, no próximo domingo, no Maracanã. O time carioca tem um bom ataque, mas sua defesa deixa muito a desejar, como mostrou no empate de 2 a 2 com o Coritiba. Passando pelo rubro-negro, na última rodada o Santos tem tudo para vencer bem o América Mineiro, na Vila.

Com o empate do Atlético Mineiro com o Santa Cruz, por 3 a 3, o Santos já tem um lugar garantido entre os três mais bem classificados do campeonato, o que significa uma vaga na fase de grupos da Libertadores, e um empate com o Flamengo praticamente o deixará na segunda posição este ano, o que não conseguia desde 2007. De qualquer forma, recuso-me a aceitar menos do que a luta pelo título até o último segundo.

Enquanto o Santos virou o jogo contra o Cruzeiro, porém, mesmo com um jogador a mais, tomou um gol de bola parada, em cima da hora, com o adversário em claro impedimento, o Palmeiras ganhou mais uma partida apertada, por apenas 1 a 0, diante de um Botafogo que também teve as suas chances, assim como havia ocorrido contra o Sport e o Internacional. Só que a Chape está jogando melhor do que esses três citados e tem tudo para fazer um jogo igual contra o líder, mesmo na capital paulista.

Quanto ao Santos, fará seu jogo do ano contra o Flamengo, no Maracanã – na verdade, o grande jogo dessa fase final do Brasileiro, pelo nível dos rivais e por valer, no mínimo, a disputa pelo segundo lugar, que dará R$ 10,7 milhões ao campeão, R$ 3,4 milhões a mais do que ao terceiro colocado. Algo me diz que será um grande jogo.

Clássico do futebol brasileiro, uma partida motivadora dessas deve extrair o melhor de cada jogador santista. Acredito que os destaques do time brilharão. Gostei muito de Ricardo Oliveira, autor dos dois gols, diante do Cruzeiro. Pena que Lucas Lima, o outro jogador diferenciado da equipe, não tenha mostrado tudo o que sabe. Copete e Zeca dessa vez não foram tão bem, mas Thiago Maia e Renato tiveram um bom rendimento.

É claro que é impossível, nessa hora, não lembrar de pontos bobos jogados fora contra o lanterninha América Mineiro (3 pontos), o rebaixado Figueirense, na Vila Belmiro (3 pontos), os reservas do Grêmio, na Vila Belmiro (2 pontos) e ao menos um empate naquele jogo em que o Santos foi garfado contra o Internacional (1 ponto), o que permitiria ao Glorioso Alvinegro Praiano até perder para o Flamengo e depois comemorar o título com uma vitória sobre o América de Minas, na última rodada.

De qualquer forma, como já escrevi antes, acredito que os deuses do futebol escrevem certo por linhas tortas e dessa vez querem forjar um campeão brasileiro mais espetacular do que nunca. Sim, o esforçado Palmeiras pode perder os dois jogos que lhe faltam, o Santos pode vencer os seus dois e poderemos ter o campeão mais fantástico de todos os tempos. Seria justo. Acreditemos.

Até agora Chapecoense e Palmeiras se enfrentaram cinco vezes, com duas vitórias para cada lado e um empate. A maior goleada foi essa que posto abaixo. Nem precisa ser tudo isso domingo...


dossie - imprensa

Um dos dois será Eneacampeão Brasileiro!

E com justiça. Boa parte de seus títulos foram conquistados na Era de Ouro do futebol brasileiro, entre 1958 e 1970, quando, em 12 anos, o Brasil foi três vezes campeão mundial.

O trabalho que impediu o “esquecimento” dos campeões nacionais de 1959 a 1970, de José Carlos Peres e meu, virou um livro histórico. Trata-se do Dossiê e está à venda na livraria deste blog. Basta clicar em Comprar Livros, no alto, à direita, na página inicial deste blog.

E para facilitar o Natal de santistas, palmeirenses, botafoguenses e de todos os interessados no “Dossiê Unificação dos Títulos Brasileiros a Partir de 1959”, faço uma promoção de Papai Noel: a compra de um exemplar do Dossiê, por apenas 38 reais, dá direito a mais um, sem nenhuma despesa extra. Compre um que eu envio dois para você.

Os exemplares devem ser encaminhados ao mesmo endereço, ou será impossível segurar o preço do correio. Veja que legal. Você terá o seu exemplar e com o outro poderá presentear um amigo santista, palmeirense, cruzeirense, botafoguense ou torcedor do Bahia ou do Cruzeiro. Que presentão de Natal, hein.

É só clicar em Comprar Livros, adquirir um Dossiê, e o resto fica comigo. E logo que comprar, envie e-mail para blogdoodir@blogdoodir.com.br e diga para quem quer as dedicatórias.

Se preferir, clique aqui para garantir o seu Dossiê e o presente de Natal do seu amigo santista ou palmeirense

Leia “O barqueiro de Paraty”, uma história de virtude e amizade que pode mudar sua vida!

Na livraria deste blog a versão em papel de “O barqueiro de Paraty” está esgotada. Mas é possível adquiri-lo em Ebook, na Amazon, por apenas R$ 15, 64. Essa história, um tanto autobiográfica, é um ótimo presente para quem quer aprender mais sobre a essência da vida simples. No link abaixo é possível ler o primeiro capítulo. Experimente…

Clique aqui para entrar na Amazon, ler uma parte do livro “O barqueiro de Paraty” e, se gostar, adquiri-lo por apenas R$ 15,64.

A promoção do livro Time dos Sonhos continua
Pelé dormindo com os livros Time dos Sonhos

Com apenas 68 reais você adquire um exemplar do livro Time dos Sonhos, a Bíblia do Santista, mas recebe dois, sem despesas de correio, tem direito a dedicatórias em cada um deles (basta enviar e-mail para blogdoodir@blogdoodir.com.br e dizer para quem quer as dedicatórias) e ainda recebe, por e-mail, as versões eletrônicas dos livros Donos da Terra, Ser Santista e Pedrinho escolheu um time.

Já tem o livro? Então compre para os amigos. Um livro com preciosas 535 páginas sobre a rica história do Santos é um presente para toda a vida, você sabe.

Clique aqui para comprar um exemplar do livro Time dos Sonhos e ganhar mais um, com dedicatórias exclusivas e mais as versões eletrônicas de Donos da Terra, Ser Santista e Pedrinho escolheu um time.Tudo por 68 reais, e ainda dá para parcelar!


Um dos dois será Enea!

Vencer ou vencer


Só para inspirar: um jogo na Vila, em 2003.

Conquistar os três pontos é a única opção do Santos nesta quinta-feira, às 19h30, diante do Vitória, na Vila Belmiro. À noite o Palmeiras enfrentará o Atlético Mineiro em Belo Horizonte e a combinação de resultados poderá colocar o Alvinegro Praiano a apenas três pontos da liderança do Campeonato Brasileiro. Porém, é preciso que o Santos faça a sua parte.

Com Yuri escalado na zaga, ao lado de Fabián Noguera, o Santos jogará com Vanderlei, Victor Ferraz, Fabián Noguera, Yuri e Zeca; Thiago Maia, Renato e Lucas Lima; Vitor Bueno, Copete e Ricardo Oliveira. Destes, Zeca, Copete, Renato, Yuri, e Vitor Bueno estão pendurados, com dois cartões amarelos. Precisarão se precaver, pois o próximo jogo do Santos será contra o Cruzeiro, no Mineirão, e não poderá perder mais nenhum titular.

O Vitória, do técnico Argel Fucks, também quererá somar pontos, pois está apenas um ponto acima da sona de rebaixamento. Deverá joagr com Caíque, José Welison, Kanu, Victor Ramos e Diego Renan; Willian Farias, Marcelo e Euller; Zé Love (Cárdenas), Marinho e Kieza. Nem é preciso dizer que é preciso ter cuidado com Zé Love, para que a maldição do ex-santista não se transforme em gols.

Quinta-feira tensa, meus amigos. Tirem as crianças da sala… e do campo. Jogo para homens, para quem tem sangue nas veias. O título é possível, sim, mas com afinco e determinação. Força Santos!

Um dos dois será Enea!

dossie - imprensa

Um dos dois será Eneacampeão Brasileiro!

E com justiça. Boa parte de seus títulos foram conquistados na Era de Ouro do futebol brasileiro, entre 1958 e 1970, quando, em 12 anos, o Brasil foi três vezes campeão mundial.

O trabalho que impediu o “esquecimento” dos campeões nacionais de 1959 a 1970, de José Carlos Peres e meu, virou um livro histórico. Trata-se do Dossiê e está à venda na livraria deste blog. Basta clicar em Comprar Livros, no alto, à direita, na página inicial deste blog.

E para facilitar o Natal de Santistas, Palmeirenses e de todos os interessados no Dossiê Unificação dos Títulos Brasileiros a Partir de 1959, faço uma promoção de Papai Noel: a compra de um exemplar do Dossiê, por apenas 38 reais, dá direito a mais um, sem nenhuma despesa extra.

Mas os exemplares devem ser encaminhados ao mesmo endereço, ou será impossível segurar o preço do correio. Veja que legal. Você terá o seu exemplar e com o outro poderá presentear um amigo santista, palmeirense, cruzeirense, botafoguense ou torcedor do Bahia ou do Cruzeiro. Que presentão de Natal, hein.

É só clicar em Comprar Livros, adquirir um Dossiê, e o resto fica comigo. E logo que comprar, envie e-mail para blogdoodir@blogdoodir.com.br e diga para quem quer as dedicatórias.

Se preferir, clique aqui para garantir o seu Dossiê e o presente de Natal do seu amigo santista ou palmeirense


Wladimir Hernandez está chegando. O que acha dele?

O prazo para votação do Troféu Ford Aceesp se encerrou. Quando sair o resultado, nós o divulgaremos por aqui. Grato a todos que votaram neste blog. Torçamos.

A promoção do livro Time dos Sonhos continua

Pelé dormindo com os livros Time dos Sonhos

Com apenas 68 reais você compra um exemplar do livro Time dos Sonhos, a Bíblia do Santista, mas recebe dois, sem despesas de correio, tem direito a dedicatórias em cada um deles (basta enviar e-mail para blogdoodir@blogdoodir.com.br e dizer para quem quer as dedicatórias) e ainda recebe, por e-mail, as versões eletrônicas dos livros Donos da Terra, Ser Santista e Pedrinho escolheu um time.

Já tem o livro? Compre para os amigos. Um livro com preciosas 535 páginas sobre a rica história do Santos é um presente para toda a vida, você sabe.

Clique aqui para comprar um exemplar do livro Time dos Sonhos e ganhar mais um, com dedicatórias exclusivas e mais as versões eletrônicas de Donos da Terra, Ser Santista e Pedrinho escolheu um time.Tudo por 68 reais, e ainda dá para parcelar!


Faltam 5 vitórias!

Neste momento a diretoria do Santos trabalha para confirmar o jogo contra o Flamengo na Vila Belmiro. Torçamos para que dê certo. Não se pode permitir a inversão do mando de campo em uma partida decisiva como essa.

FALTAM 07 DIAS! VOCÊ NÃO PODE PERDER!
Conheça os tempos em que o Santos ia pra cima e ganhava dentro ou fora do Alçapão
Pague 1, leve 2 exemplares do livro Time dos Sonhos, a Bíblia do Santista, com dedicatória exclusiva, e ainda ganhe o e-book do livro Donos da Terra. Receba em casa sem custo de correio. Tudo por apenas 68 reais. Mas só até 31 de julho. Aproveite antes que acabe!
Pelé dormindo com os livros Time dos Sonhos
A promoção continua até 31 de julho. Clique aqui para comprar o livro Time dos Sonhos, a Bíblia do Santista, e ganhar mais um exemplar de graça, além da versão eletrônica do livro Donos da Terra, frete pago e dedicatória exclusiva. Tudo isso só por R$ 68,00 e ainda dá pra parcelar. Clique já!

FALTAM 5 VITÓRIAS!

Quando se quer, se consegue, apesar de tudo. O Santos venceu o Vitória, no Barradão, por 3 a 2, porque não se contentou com o empate e porque, mesmo muito tardiamente, Dorival Junior colocou em campo jogadores que lutaram pelos três pontos. Com Léo Cittadini, Lucas Lima e Ricardo Oliveira dificilmente o time teria êxito. As presenças de Jean Mota, Fernando Medeiros e Rodrigão deram a força que o time precisava nos minutos finais.

Parecia que o time fraquejaria no fim. Começou ganhando, com gol de Vitor Bueno, e teve chances para ampliar, enquanto a torcida do Vitória vaiava seu time. Sofreu o empate em uma falha da defesa. Marcou o segundo gol em uma cobrança rápida de falta e um cruzamento perfeito de Caju para Copete. Teve outras oportunidades no segundo tempo, mas sofreu o gol de empate em outro cochilo da defesa. Porém, no fim aproveitou um contra-ataque para chegar ao gol da vitória em ótimo cruzamento de Copete, excelente passe de Vitor Bueno e chute melhor ainda de Jean Mota.

A partida deixou claro que a partir de agora o Santos não pode depender de jogador que quer ser escalado só pelo nome. Lucas Lima fez sua pior atuação pelo Santos, Ricardo Oliveira mal pegou na bola e Léo Cittadini personifica uma estranha obsessão de Dorival Junior. Não dá para jogar só com Renato marcando no meio de campo! A meiúca tem de ter Yuri, Jean Mota, Fernando Medeiros, Vecchio e talvez Renato. Até o Fatih, o pequeno santista do prédio, sabe disso. Não inventa Dorival! Não jogue esse título no lixo!

Agora, faltam cinco vitórias consecutivas, todas possíveis, para o time assumir a liderança do Brasileiro. Já está a apenas três pontos do Palmeiras e fará dois jogos seguidos com o mando de campo: diante de Cruzeiro e Flamengo (fiquei sabendo que o jogo com o Flamengo será mesmo na Arena Pantanal, em Cuiabá, onde o adversário terá, no mínimo, 80% da torcida. Lamentável…). É hora de confiar no título! Quem não quiser lutar pelo novo título brasileiro do Santos, que peça para não jogar. É hora de quem tem espírito de campeão entrar em campo!

Nessa importante vitória destaco o goleiro Vanderlei; o zagueiro Luiz Felipe, brigador e atento; o lateral Caju, que apoio e brigou como pode, às vezes sozinho, contra todos que caíram pelo seu lado; Copete e Vitor Bueno. Gustavo Henrique e Renato foram regulares. Agora, Victor Ferraz, Cittadini, Lucas Lima e Ricardo Oliveira decepcionaram.

O que é mesmo vergonhoso no futebol brasileiro

O narrador Jota Junior, do Sportv, fez um breve discurso contra as reclamações de técnicos e jogadores brasileiros depois que Dorival Junior reclamou de um provável pênalti em Copete. Só que o lance não foi repetido uma única vez. Por outro lado, em dois lances reclamados pelo Vitória – o segundo gol do Santos e um pretenso pênalti a favor do time baiano – o mesmo canal repetiu as jogadas três vezes, sempre com comentários de Jota Junior.

Então, posso dizer ao Jota que realmente há muita coisa vergonhosa no futebol brasileiro, e uma delas é a parcialidade, a torcida descarada do Sportv contra o Santos, principalmente dele, Jota, nessa partida contra o Vitória. Essa parcialidade foi um dos motivos que fez o Santos assinar com o Esporte Interativo. Tratasse o Santos com o respeito que ele merece, por tudo o que fez e faz pelo futebol brasileiro, e o canal não teria perdido um dos times mais carismáticos, populares e bem sucedidos do País para um concorrente. Por outro lado, o comentarista William Machado de Oliveira teve um comportamento exemplar. Parabéns a ele, que não está na onda do canal contra o Santos.

Um papo interessante sobre os mascotes do Santos no programa Mundo dos Mascotes:


E você, o que acha disso tudo?


Queremos 3 pontos hoje!


Quando não precisava, ganhou. Por que não hoje?

FALTAM 07 DIAS! VOCÊ NÃO PODE PERDER!
Conheça os tempos em que o Santos ia pra cima e ganhava dentro ou fora do Alçapão
Pague 1, leve 2 exemplares do livro Time dos Sonhos, a Bíblia do Santista, com dedicatória exclusiva, e ainda ganhe o e-book do livro Donos da Terra. Receba em casa sem custo de correio. Tudo por apenas 68 reais. Mas só até 31 de julho. Aproveite antes que acabe!
Pelé dormindo com os livros Time dos Sonhos
A promoção continua até 31 de julho. Clique aqui para comprar o livro Time dos Sonhos, a Bíblia do Santista, e ganhar mais um exemplar de graça, além da versão eletrônica do livro Donos da Terra, frete pago e dedicatória exclusiva. Tudo isso só por R$ 68,00 e ainda dá pra parcelar. Clique já!

QUEREMOS 3 PONTOS HOJE!

O jogo deste domingo, às 18h30, diante do Vitória, no Barradão, é muito importante para o Santos. Passando por este adversário, terá uma sequência de cinco jogos favoráveis, dos quais três serão em casa e dois contra os vencíveis América Mineiro e Coritiba fora. Enfim, é um confronto estratégico, que o Santos precisa vencer para seguir pensando no título.

Ouvi de colegas deste blog que o veterano Renato teria dito que o empate estava bom. Procurei sua frase e encontrei esta, publicado no Terra: “ O campeonato se resume à regularidade. Se tivéssemos empatado mais alguns jogos no ano passado, poderíamos ter ido à Libertadores. Vamos no intuito de tentar vencer o Vitória. Eles não perdem há muitos jogos. Na reta final de primeiro turno as equipes querem somar pontos em casa, mas a gente vai procurar exercer nossa filosofia fora de casa.”

Essa frase está meio Frankstein. O repórter deve ter emendado dois depoimentos distintos. De qualquer forma, Renato quer dizer que o Santos vai com o intuito de vencer, mas o empate não será de todo ruim. Ótimo. Mas por que não colocar a vitória como meta quase obrigatória?

Há dois anos, quando não precisava, o Santos foi ao mesmo Barradão e diante de um Vitória desesperado, que jogava a vida ou a morte no campeonato, venceu por 1 a 0 e rebaixou o time baiano, ao mesmo tempo em que salvou o Palmeiras. Por que agora não pode repetir a façanha?

O Santos pode vencer, hoje, porque tem melhores jogadores do que o Vitória e porque tem, ou deve ter, um objetivo mais relevante, que é obter o título da competição. O Vitória lutará? Ora, o Santos também pode lutar. Se no futebol só luta resolvesse, os times seriam formados por competidores de muay thai.

O time baiano não costuma ser retranqueiro, uma das qualidades do técnico Vagner Mancini. É uma equipe que joga e permite jogar. Seus desfalques para hoje serão Guilherme Mattis e Fernando Miguel, machucados, e Marinho, suspenso. Os jogadores pendurados por cartões amarelos são Dagoberto Amaral, Euller, Victor Ramos e Tiago Real.

No Santos, Caju, Yuri e Copete substituirão os olímpicos Zeca, Thiago Maia e Gabriel. Será mais uma boa oportunidade de ver como os reservas se saem. Algo me diz que podem render bem mais do que mostraram na última partida, contra o Gama. Os jogadores santistas pendurados são Lucas Lima, Luiz Felipe e Vitor Bueno, além do reserva Paulinho.

Vitória x Santos
24/07/2016, 18h30, Barradão
Vitória: Caique, Diego Renan, Kanu, Victor Ramos e Euller; William Farias, Marcelo, Vander e Serginho; Dagoberto e Kieza. Técnico: Vagner Mancini.
Santos: Vanderlei; Victor Ferraz, Luiz Felipe, Gustavo Henrique e Caju; Yuri, Renato e Lucas Lima; Vitor Bueno, Copete e Ricardo Oliveira. Técnico: Dorival Júnior.
Arbitragem: Rodolpho Toski Marques – PR (ASP-FIFA), auxiliado por Guilherme Dias Camilo – MG (FIFA) e Celso Luiz da Silva – MG (CBF-1).

E você, o que acha do Santos contra o Vitória?


Older posts

© 2017 Blog do Odir Cunha

Theme by Anders NorenUp ↑